Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho de Pinhel

Tag Archives: Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho de Pinhel

Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho de Pinhel inaugurado

O dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, foi aproveitado em Pinhel para a  inauguração do Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho de Pinhel no Largo da Fonte Nova , na cidade falcão. Este monumento é da autoria do arquiteto guardense António Saraiva.
Estiveram presentes nesta cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura e o Executivo Municipal, Presidente da Direção do Núcleo de Pinhel da Liga dos Combatentes, António Correia da Cruz, Tenente Coronel José Pires Martins, Arquiteto António Saraiva, representantes dos núcleos da Liga dos Combatentes dos concelhos vizinhos, 2º Comandante do Regimento de Infantaria Nº14 de Viseu ,Tenente Coronel Paulo Almeida, militares, combatentes, a Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro e demais entidades.
Foi uma iniciativa conjunta do Município de Pinhel e do Núcleo de Pinhel da Liga dos Combatentes em que foi feita homenagem aos munícipes que combateram ao serviço de Portugal.
Depois da inauguração e da bênção  do monumento pelo Pároco Jorge Castela, o arquiteto António Saraiva realça que: “Trata-se de um monumento muito singelo, acima de tudo para a grandiosidade dos homens que aqui estão referenciados, mas que tem por detrás muito de esperança, e de ser dinâmico”. Foi um rematar deste espaço, que tem muito de cívico, que tem de animação, de dinamismo, está muito perto também das escolas, e do ensino que nós queremos manter viva, esta questão que foi uma página da História de Portugal aos nossos jovens este conjunto ganha é precisamente pelo conjunto. Não é uma simples peça, é algo dinâmico que começa com elementos de aço que eles próprios se transformam em bancos para a reflexão, para estar, mas também para o lazer simbólico neste espaço, os próprios blocos também para além de servirem com esse complemento demonstram o nosso granito daqui de onde saíram aqueles homens mas também os obstáculos do campo de batalha que estes homens encontraram no Ultramar. Por sua vez, todo este verde como símbolo de esperança e numa referência precisamente à nossa bandeira”.

Por sua vez, Rui Ventura, salienta que: “No dia em que celebramos Portugal, é uma honra para o município de Pinhel inaugurar um monumento que é acima de tudo uma homenagem, uma homenagem a Portugal e àqueles que em tempos difíceis foram chamados a travar uma guerra que infelizmente como em todas as guerras foi demasiadamente longa e como todas as guerras deixou demasiadas marcas. Quero aqui hoje manifestar o meu respeito por todos aqueles que tiveram de partir ao rumo desconhecido e ao perigo dispostos a fazer o melhor que sabiam e que podiam pelo seu país, foi este sentimento de respeito que levou o município de Pinhel a associar-se ao Núcleo de Pinhel da Liga dos Combatentes nesta homenagem sob a forma de monumento ou de memorial, o anseio deste monumento ou memorial era antigo e tinha razão de ser.

A homenagem que prestamos aqui hoje é mais que justa e merecida, a obra como perceberam é da autoria do arquiteto António Saraiva que eu agradeço desde já, mas também tivemos o privilégio de o ter connosco nas comemorações dos 250 anos da cidade de Pinhel”.

Depois , a Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro refere:” Quero antes de mais agradecer ao Município de Pinhel na pessoa do  Presidente Rui Ventura, o convite para participar neste dia, que é um dia tão significativo na inauguração do momento de  homenagem aos Antigos Combatentes  de Pinhel e concedendo assim senhor presidente a honrosa oportunidade que é verdadeiramente isso de me associar a esta iniciativa conjunta do Município de Pinhel e do Núcleo de Pinhel da Liga dos Combatentes e deste modo tomar parte nesta homenagem aos munícipes que combateram ao serviço de Portugal e que nos cabe a todos escrever na história como sendo dignos titulares desse reconhecimento.

Foi com grande satisfação como já pude dizer pessoalmente ao presidente que prontamente aceitei este convite e em particular pelo grato privilégio de poder prestar esta homenagem aos Antigos Combatentes neste dia que é Dia de Portugal, Dia de Camões e das Comunidades”.

Foram ainda condecorados 6 antigos combatentes:

Alípio Fernandes Lopes (Guiné, 1972/1974)

António Costa Almeida (Angola, 1973/1974)

Egberto Damas Ferreira (Angola, 1973/1975)
José Alberto Teixeira (Guiné, 1966/1968)
José Caetano Pinheiro Carvalho (Angola, 1967/1969)
Manuel Alves Martins (Moçambique, 1967/1969)