Início » Celorico da Beira (Pagina 30)

Celorico da Beira

AF Guarda- 1ªjornada do Campeonato Distrital 1ª Divisão

Decorreu a jornada inaugural do Distrital maior da AF Guarda, com os seguintes resultados:
Os Vilanovenses – SC Sabugal-3-2
Guarda FC – SC Mêda-2-0
Aguiar da Beira – S. Romão-2-4
AD Manteigas – V. Cortez-1-1
AD Fornos de Algodres – GD Foz Côa-4-1
VF Naves – SC Celoricense (5 out)
 GD Trancoso-Acdr Freixo Numão-5-0

Celorico da Beira com atividades na Semana Europeia do Desporto

No âmbito da Semana Europeia do Desporto, o município de Celorico da Beira associa-se à iniciativa #BEACTIVE Portugal do IPDJ, promovendo nos próximos dias 24 e 27 de setembro, atividades desportivas dirigidas a toda a população.
Com o propósito de incentivar os celoricenses a combaterem o sedentarismo e a inércia, através da adoção de boas práticas desportivas, potenciadoras da saúde física, mental e psicológica, não só durante esta semana mas, o ano todo, o Gabinete de Desporto lança o desafio, sob o lema #BEACTIVE Em FAMÍLIA, de participarem no próximo dia 24 de setembro em duas atividades destinadas às famílias, a saber: Ensino de BTT, às 10H00, na mata, junto ao estádio Municipal e Atividades no Jardim Parque Carlos Amaral, às 14H00.
Destinada à população sénior do concelho, terá lugar no próximo dia 27 de setembro, nas Piscinas Municipais, uma Mega Aula de Hidroginástica.
Iniciativa da Comissão Europeia, a Semana Europeia do Desporto é um evento desportivo à escala europeia que objetiva incentivar a prática desportiva e a atividade física junto da população europeia, sensibilizando-os para os benefícios que advêm destas práticas salutares. Com vista à concretização deste desígnio, desenrolam-se durante esta semana, diversas atividades desportivas em todos os países da Europa.

Por:MCB

AF Guarda- Calendários da formação Sub-13, 15, 17 e 19

Assim foram efetuados os sorteios da formação da AF Guarda, onde aqui deixamos os links para consultar os respetivos calendários dos Sub-13, 15, 17 e 19.

SUB-13CAMPEONATO SUB-13 FUTEBOL

SUB-15CAMPEONATO SUB-15 FUTEBOL

SUB-17CAMPEONATO SUB-17 FUTEBOL

SUB-19CAMPEONATO SUB-19 FUTEBOL

 

GNR-Operação ECR 2023 “Transporte rodoviário de passageiros”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), até dia 23 de setembro, realiza uma operação de controlo e fiscalização direcionada para o transporte rodoviário de passageiros, em todo o Território Continental, orientando as ações de fiscalização para as vias mais críticas à sua responsabilidade e onde se verifique um maior volume de tráfego de veículos.

Esta operação decorre no âmbito do Euro Contrôle Route (ECR), um grupo de organismos europeus de fiscalização dos transportes rodoviários que cooperam em conjunto para melhorar a segurança rodoviária, a sustentabilidade, a concorrência leal e as condições de trabalho no transporte rodoviário por meio de atividades relacionadas ao cumprimento das regulamentações existentes.

A GNR, enquanto parceira, desenvolve ações de fiscalização, no sentido de contribuir para a adoção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores profissionais, com o objetivo de promover a segurança rodoviária.

As ações de fiscalização de veículos pesados de transporte de passageiros, vão incidir nas seguintes temáticas:

· Alteração de caraterísticas e transformação de veículos;

· Tempos de condução diária e semanal, pausas e períodos de descanso diários e semanais;

· Velocidades instantâneas do veículo, registadas pelo aparelho de controlo durante as últimas 24 horas, no máximo, de utilização do veículo;

· Funcionamento do aparelho de controlo (tacógrafo).

CPPME em comunicado propõe propostas a constar no OE2024

Em comunicado, a Direção da CPPME – Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias
Empresas,refere que foi realizada uma reunião desta quarta-feira, onde foi analisada a gravidade da atual situação
económica e financeira do país e os seus impactos nas MPME, tendo constatado que
são enormes os constrangimentos das mesmas e profundas as preocupações em
praticamente todos os sectores de atividade.
Da participada e sentida discussão sobre as dificuldades que consomem as MPM
empresas, resultaram oportuníssimas e atuais as 26 medidas apresentadas ao
Governo pela CPPME, no início do seu mandato, verificando-se, até, terem surgido,
entretanto, novos acérrimos defensores das mesmas, nas pessoas dos dirigentes
de outras confederações empresariais.
Relembram algumas dessas medidas:
• Alterações ao IVA:
✓Redução do IVA de 23% para 21%, permitindo o crescimento e o desenvolvimento
da economia nacional;
✓Entrega do IVA de Caixa só após boa cobrança;
✓Redução do IVA da Restauração para 6%, incluindo o das bebidas concretização já
decidida em Orçamentos de Estado anteriores;
✓Reversão do IVA do Gás Natural, GPL, Gás Butano, Gás Propano e Eletricidade
para 6%, tal como vigorava até 2011, como forma inequívoca de apoiar os
rendimentos das famílias e, por consequência, as MPM empresas;

• Tributações Autónomas:
✓Isenção de Tributação Autónoma para a 1a viatura das Micro e Pequenas Empresas;
✓Análise e revisão das taxas aplicadas, extinguindo algumas e diminuindo as
percentagens aplicáveis noutras;
✓Extinção do agravamento das Tributações Autónomas nos casos em que as
empresas registam resultados fiscais negativos;
• Direito à dedução do IVA na aquisição de carrinhas com caixa aberta de 6 ou 7
lugares, a exemplo do existente nos veículos comerciais e de mercadorias;
• Contenção e limitação das taxas de juro e spreads para as MPME, nomeadamente
nos créditos e linhas de crédito obtidas antes de 2022 e na sequência de
situações de emergência (intempérie ou pandemia), em que as mesmas foram
apresentadas como apoios bonificados do governo;
• Redução da taxação e controle do aumento do preço dos custos energéticos, com
destaque para os combustíveis, que afetam profundamente a atividade e a
competitividade das nossas MPM empresas e mais não são do que a teta em que o
governo insiste em mamar sem cessar;
A Direção da CPPME ainda salienta que, já solicitou uma reunião à Ministra do Trabalho, Ana Mendes
Godinho, assim como vai solicitar reuniões com o Ministro das Finanças e aos partidos
políticos com representação parlamentar, logo que o Governo apresente a sua proposta
de Orçamento de Estado para 2024, com vista a recolocar e aprofundar a discussão das
suas propostas no que toca ao Orçamento de Estado para 2024.
Deste modo, a CPPME exige que o Governo passe à implementação das medidas necessárias ao
desenvolvimento do País e cesse os anúncios ilusionistas que nunca são
implementados e falham no seu alcance e condições de acesso!
Por fim deixam um apelo aos Micro, Pequenos e Médios Empresários que se mantenham atentos e
interventivos na defesa das suas empresas e dos seus sectores de atividade, que é o
mesmo que dizer, na defesa do nosso país e da Economia Nacional.

“CARDO – Celorico on my mind” em Celorico da Beira

O Centro Cultural de Celorico da Beira recebe no próximo dia 30 de setembro, pelas 21H30, a performance criativa “CARDO – Celorico on my mind”.
“CARDO – Celorico on my mind” é o mais recente trabalho de Alexandre Sampaio com o Grupo de Teatro Comunitário de Celorico da Beira.
Nas palavras do encenador, “esta criação artística revela aspetos muito diferentes das anteriores, para falar de algo da maior importância para todos os elementos do grupo, o território e o seu futuro.
Para montar este espetáculo, conversámos muito, partilhámos experiências de vida, desejos e temores em redor de quem somos e da nossa relação com Celorico da Beira. O resultado será um hino, de quem sabe que está para ficar, e para todos os que duvidam, um olhar em frente de quem arregaça as mangas para construir um caminho comum. Bem-disposto e com referências e estórias que a todos e todas dizem respeito, este é um espetáculo cheio de surpresas que não deve perder, em família.
Pelo preço simbólico de 3€, o espetador tem a oportunidade de assistir a um espetáculo “sui generis”, não só, porque os atores são celoricenses, como também, porque a temática versa sobre a realidade, as vivências e o quotidiano de Celorico da Beira, garantindo, à partida, uma maior empatia com o público. Mas, o espetáculo, além de despoletar no espetador um sentimento de pertença, de partilha, de identificação, de reconhecimento das estórias, e de estabelecer uma relação afetiva e emotiva entre o público e os artistas em palco, suscitará certamente, uma reflexão sobre a identidade celoricense, enquanto comunidade, que permitirá descobrir quem somos, o que somos e a comunidade que queremos construir no futuro.

Por:MCB

Celorico da Beira-ATIVAR+MENTE – Estimular o físico e a mente

Vai ser assinalado no dia 22 de setembro , pelas 14h30, no Centro Cultural  de Celorico da Beira, o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer que de acordo com o Relatório “Health at a Glance 2017” (“Uma visão da saúde”) da OCDE, a estimativa do número de casos com demência para Portugal é de mais de 205 mil pessoas, número que subirá para os 322 mil casos até 2037!!
Esta é uma atividade do Município de Celorico da Beira, com a parceria do CLDS 4G Celorico Solidário, GAF e Universidade Sénior.

SRCentro lança APP EuAlerto

A Secção Regional Centro (SRCentro) da Ordem dos Enfermeiros (OE) acaba de lançar a aplicação (APP) EuAlerto, disponível gratuitamente para iOS e Android.

A nova aplicação EuAlerto, lançada pela SRCentro para os sistemas iOS e Android, resulta de uma evolução natural da plataforma inicialmente existente, possibilitando o acompanhamento de situações ou denúncias, no sentido de garantir a proximidade e apoio que a SRCentro pretende prestar aos seus membros. Este desenvolvimento tecnológico, que se iniciou durante o período pandémico, proporcionou a conceção de uma APP muito útil a todos os enfermeiros, de todos os contextos do exercício profissional da Enfermagem.

Assim, as suas principais funcionalidades são:
– denúncia e/ou exposição de situações que comprometam a dignidade profissional e a qualidade e segurança dos cuidados prestados aos cidadãos, e que necessitem da intervenção da OE;
– gestão e organização da escala de trabalho de cada enfermeiro, sendo possível associar outro horário ao seu próprio agendamento (p. ex. o horário do cônjuge);
– acesso a notícias privilegiadas da OE e da SRC;
– adesão à rede de ELOs (Elementos de Ligação à Ordem) que operam como um agente de mudança e defesa do interesse de profissionais e utentes, cumprindo os desígnios de ambas as partes e uma ponte de interação com o órgão regulador;
– notificação de suspeitas de reações adversas a medicamentos/vacinas;
– live Chat com a SRC;
– acesso a legislação e a documentos relevantes para o desempenho profissional dos enfermeiros.

Para Ricardo Correia de Matos, a nova APP EuAlerto permite que a OE esteja cada vez mais próxima dos seus membros, construindo uma relação de confiança, cooperação e compromisso, elementos necessários para o empoderamento da Enfermagem. “Este é o caminho, contamos convosco e com o vosso interesse nesta solução inovadora apresentada pela SRCentro”, concluiu o Presidente do Conselho Diretivo Regional.

A aplicação EuAlerto é gratuita e está disponível para download na App Store (Apple) e Google Play (Android),
links:
Apple Store: https://apps.apple.com/pt/app/eualerto/id1567033639?l=en-GB
Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=pt.ordemenfermeiros.eualerto

Recupera: um novo espaço de apoio a alunos e professores

Já está disponível online o Recupera, um novo site com um conjunto alargado de recursos – videoaulas, propostas de atividades, artigos explicativos, entre outros – dirigidos a alunos e professores, dos três ciclos do ensino básico ao secundário.

O Recupera tem como missão ajudar a comunidade escolar na recuperação de aprendizagens, com especial foco na matemática e português. Estão também disponíveis materiais com intérprete de língua gestual portuguesa e português língua não materna.

Em permanente atualização, o Recupera pretende chegar a outras áreas, com recursos que ajudem ao desenvolvimento das aprendizagens essenciais, focados nas competências mais comprometidas pela suspensão do ensino presencial.

A recuperação de aprendizagens é hoje um fator decisivo para garantir o sucesso de todos os alunos. A monitorização do Plano de Recuperação das Aprendizagens Escola+ 21|23, a recolha de dados pelas escolas e outros instrumentos de aferição, como as provas nacionais, permitiram concluir que a disciplina de Matemática e algumas competências de leitura constituem domínios que merecem um trabalho mais intenso.

É neste contexto que surge o Recupera, promovido pelo Ministério da Educação, através da Direção-Geral da Educação, do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, do Plano Nacional de Leitura e da Rede de Bibliotecas Escolares, visando igualmente promover a autonomia dos alunos e apoiar os docentes na prática letiva.

Por:GP

Diabetes tipo 1? APDP deixa cinco conselhos

As aulas iniciaram e encontrar estratégias para ajudar os mais novos a terem a melhor experiência possível é crucial. No caso das crianças com diabetes tipo 1 (DT1), é importante que a escola seja uma aliada das famílias na gestão da diabetes. A propósito disto, a Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) frisa a importância de uma boa integração em ambiente escolar e recorda que a comunicação é a chave para facilitar o regresso de crianças com DT1 à escola.

“Uma boa integração em ambiente escolar deve ser um dos principais objetivos para melhorar a aceitação da diabetes, o controlo metabólico e a qualidade de vida. Como tal, é importante o trabalho de equipa entre os pais, a comunidade escolar e os profissionais de saúde que acompanham a criança.”, explica Raquel Coelho, pediatra e coordenadora médica do Departamento de Crianças e Jovens da APDP.

A APDP deixa-lhe cinco conselhos para melhorar a relação da criança com diabetes e a escola:

Conhecer a diabetes é fundamental

As crianças com DT1 podem ter dificuldade de integração no meio escolar devido aos cuidados inerentes à diabetes. Mesmo quando não existem casos de DT1 na família é importante o conhecimento para promover a inclusão destas crianças e de outras crianças com doença crónica, nas famílias e na sociedade em geral. A escola deverá ter um papel de destaque, promovendo a aceitação, a literacia e a integração.

A equipa escolar deve ser uma aliada

O regresso às aulas não deve ser um momento de ansiedade para a criança que vive com DT1. É fundamental que o estabelecimento de ensino desenvolva todas as estratégias necessárias para o enquadramento e o apoio a estas crianças. Por exemplo, uma reunião de turma com profissionais de saúde pode ser um passo crítico para o sucesso da integração.

O momento da refeição é importante

A colaboração da equipa da escola é determinante para ajudar na escolha dos alimentos. Acompanhar a refeição, informar os pais sobre alterações da rotina escolar, apoiar na administração de insulina e na contagem de hidratos de carbono, são algumas das ações que a equipa escolar pode realizar para garantir o bem-estar da criança que vive com DT1. As crianças com DT1 podem e devem ter uma alimentação saudável igual à dos restantes alunos.

Atividade sempre

A atividade física é essencial para todos. Nas crianças com DT1 devem ser tidos em conta alguns cuidados, como vigiar a glicemia antes e após o exercício, eventualmente ajustar as doses de insulina e verificar a necessidade de reforço alimentar. A equipa de saúde que acompanha a criança será quem melhor pode aconselhar o professor de educação física e também a família e criança com DT1.

A integração deve ser uma preocupação

Uma grande parte do dia da criança é passado na escola, sendo crucial a articulação entre os pais, a equipa de saúde e a equipa escolar, que deverá incorporar a gestão da diabetes no seu contexto.

“A escola deve ser um local seguro onde as crianças com diabetes tipo 1 se sintam totalmente integradas. Para tal, é importante a partilha dos cuidados entre os familiares, a escola e a equipa de saúde. Os profissionais da escola devem estar capacitados para assegurar a prestação de cuidados em ambiente escolar.”, explica a pediatra.

A APDP organiza, de forma regular e programada, cursos para as equipas escolares. A inscrição é gratuita e pode ser feita através do email cursos@apdp.pt.