Templates by BIGtheme NET
Início » Desporto (Pagina 4)

Desporto

AF Viseu- Campeonato da 1ª Divisão— 1ª jornada

Norte

Oliv. Douro – Tarouquense – 1-0

Gcd Ceireiros Gente Nave Alvite- 0-2

CD Cinfães “B” – Arcos FC- 6-0

AD Piães – Boassas 26 set.

 

Classificação:

1º- CD Cinfães “B”- 3

2º- Gente Nave Alvite-3

3º- Oliv. Douro- 3

4º-Boassas- 0

5º-AD Piães-0

6º- Tarouquense-0

7º-Ceireiros-0

8º-Arcos Fc-0

 

Centro

CD Santacruzense – Sezurense – 1-0

AC Travanca – Os Vouzelenses- 1-2

Viseu e Benfica – UD Vilamaiorense

 

Sul

Nandufe – GD Santacombadense- 4-5

Cabanas Viriato Benfica- Besteiros FC- 1-2

Os Ciências- SC Santar(5 out)

Sport Vale Madeiros Benfica – Vila Chã Sá (5 out)

 

Classificação:

1º- Gd Santacombadense- 3

2º – Besteiros FC- 3

3º- SC Santar- 0

4º- Vila Chã Sá-0

5º-Sport Vale Madeiros Benfica- 0

6º-Os Ciências – 0

7º- Cabanas Viriato Benfica-0

8º- Nandufe-0

AF Viseu Campeonato da Divisão de Honra 2ªjornada

Grupo Norte

GD Parada – GD Resende- 0-4

Paivense – Moimenta da Beira – 0-4

Nespereira FC – Lamelas – 1-2

SC Lamego – CD Cinfães (5 out)

Classificação:

1º- GD Resende- 6

2º- Moimenta da Beira-6

3º-Lamelas-4

4º-CD Cinfães-3

5º-SC Lamego- 1

6º- Nespereira FC- 0

7º-SC Paivense- 0

8º-GD Parada- 0

 

Grupo Centro

Campia – Oliveira de Frades- 0-1

UD Sampedrense – Sátão- 2-2

Lusitano Vildemoinhos – Carvalhais – 2-0

Penalva do Castelo – Roriz- 1-1

Classificação:

1º-Oliveira de Frades- 6

2º- Lusitano Vildemoinhos – 4

3º- Sátão-4

4º-Campia- 3

5º-Roriz-2

6º-UD Sampedrense- 1

7º Penalva do Castelo-1

8º- Carvalhais- 0

 

Grupo Sul

Vale de Açores – Carregal do Sal- 4-1

Molelos – Canas Senhorim- 6-2

GD Mangualde – Moimenta Dão – 0-0

SL Nelas – Mortágua FC- 1-2

Classificação:

1º Mortágua- 6

2º- GD Mangualde- 4

3º-Molelos – 3

4º- Canas Senhorim- 3

5º- Vale de Açores-3

6º- Moimenta Dão-1

7º-Sl Nelas- 0

8º-Carregal do Sal- 0

 

 

 

AF Guarda-Plano Estratégico a pensar no futuro do futebol e futsal

Foi aprovado recentemente pela Direção da Associação Futebol da Guarda ,na sua reunião habitual, a elaboração de um “Plano estratégico” para o futuro do futebol e futsal distrital.

O documento agora apresentado é um esboço daquilo que virá a ser o Plano Estratégico, que tem por objetivo criar uma estratégia para melhorar o futebol e futsal no distrito e no panorama nacional.

Os clubes filiados na AF Guarda, Autarquias e Agrupamentos de Escolas vão ser convidados a participar na construção deste plano. “Os clubes vão ser os principais intervenientes na elaboração deste plano que vai ter uma fortíssima componente de proximidade, contato e partilha, ouvindo os seus problemas, as suas dificuldades, ideias e ambições.”, explica a Direcção.

As reuniões para a elaboração do Plano Estratégico vão ter início em breve com todos os intervenientes.

Fonte:AFG

Aventura Dacia, uma década na Serra da Estrela

Vai acontecer no fim-de-semana de 22 a 24 de outubro , numa iniciativa do Clube Escape Livre , a Aventura Dacia , com arranque do Hotel Lusitânia na cidade da Guarda .

Um passeio de todo terreno turístico e de lazer que percorre os caminhos e trilhos fantásticos da Serra da Estrela.

São 10 anos de aventura, descoberta e convívio entre os proprietários dos modelos Duster e Sandero Stepway da Dacia que, aproveitando as características fora de estrada dos seus modelos, não perdem a ocasião de descobrir Portugal. Desde a primeira aventura no Douro em 2012 que a adesão não tem parado de crescer e na última edição, em 2020, quase 50 equipas descobriram o centro de Portugal.

Agora, a Serra da Estrela e a suas paisagens recebem a caravana Dacia que no sábado almoça em Folgosinho na bem conhecida Casa Albertino que dará a desfrutar cinco pratos para além de entradas e sobremesas.

No regresso à Guarda passagem na Cabeça do Faraó e paragem na aldeia de Videmonte, antes de um percurso final ao longo dos passadiços do Mondego que em breve abrirão ao público e todos quererão percorrer.

No domingo a etapa avança em direção ao Vale do Mondego e às suas magnificas paisagens.

Mas as celebrações dos 10 anos da Aventura Dacia vão iniciar-se logo na 6ª-feira com uma visita e um flute de espumante da Beira Interior no Solar da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, e culminarão com o almoço de domingo com partilha de grandes e boas memórias para a família Dacia.

As inscrições ainda podem ser feitas no site do Clube em www.escapelivre.com e têm o custo de 325€ para 2 pessoas com programa completo.

Michel Machado e Sandra Monteiro venceram Viseu Dão Lafões Riders Challenge 2021

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões deu por concluída a segunda edição do Viseu Dão Lafões Riders Challenge, um desafio inovador que voltou a atrair para as estradas de montanha da região atletas nacionais e internacionais (Espanha, Reino Unido).

Nesta prova, que decorreu entre os dias 15 de julho e 15 de setembro de 2021, os participantes foram, novamente, desafiados a percorrer as quatro Subidas Épicas | Viseu Dão Lafões, desta feita, em três circuitos distintos traçados nas encostas das serras do Caramulo, Arada e Montemuro.

Neste desafio, em que as componentes de superação e de descoberta são condimentos principais, a vertente competitiva não é esquecida por via do registo dos tempos obtidos em cada uma das etapas.

Assim, no plano competitivo, foram validadas mais de 110 subidas. Entre os atletas que completaram as três subidas (finishers), Sandra Monteiro, atleta da equipa Clube de Montanha Alto Trilho – Javali, foi a Vencedora Absoluta Feminina; Michel Machado, da equipa Vasconha BTT Vouzela, foi, novamente, o Vencedor Absoluto Masculino.

 

Na sua segunda edição o Viseu Dão Lafões Riders Challenge continua a assumir-se enquanto alternativa válida para a prática desportiva, permitindo a captação e o acolhimento de atletas no território, respeitando todas as diretivas associadas à situação sanitária atual.

 

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho: “Atendendo ao contexto em que vivemos, consideramos que a segunda edição do Viseu Dão Lafões Riders Challenge foi um sucesso, tanto no plano desportivo como no âmbito da promoção da região enquanto destino de excelência para turismo natureza e desportivo.

 

Ainda de acordo com o Secretário Executivo: “O sucesso desta iniciativa, que começa a criar raízes no território, está diretamente relacionado com potencial de atração que os recursos naturais da região exercem sobre os amantes de atividades ao ar livre. Com esta iniciativa, a CIM procura criar, não só, novas oportunidades para os apaixonados da natureza e do ciclismo e para o setor turístico, mas também atrair novos públicos para a região, apresentando-a enquanto um território pleno de desafios, diverso e sustentável”.

Este desafio contou com a parceria do Turismo Centro de Portugal, da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e dos 4 Municípios envolvidos no projeto.

Os resultados finais podem ser consultados em: https://resultados.viseudaolafoes.stopandgo.net/

Vai avançar a 3ªfase de desconfinamento

Em conferência , o Primeiro Ministro António Costa  referiu que “Estamos agora em condições de avançar para a terceira fase de desconfinamento”, estamos muito perto do ponto em que estávamos em março do ano passado”, ao nível da incidência e R(t). De acordo com o líder do executivo, temos hoje uma taxa de incidência de 140 infeções por 100 mil habitantes e um Rt de 0,81″.

Assim as medidas vão ser mais moderadas a partir de 1 de outubro, aliás, Portugal  passa a estar em Situação de Alerta;
-Abertura de bares e discotecas para pessoas com certificado digital ou teste negativo;
-Fim dos limites de horários;
-Restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo;
-Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local;
-Fim do limite de lotação no comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais;
-Certificado digital ou teste negativo necessário para viagens marítimas e aéreas, em visitas a lares e estabelecimentos de saúde. O mesmo é verificado para acesso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos;
-Máscara continua a ser obrigatória em transportes públicos, lares, hospitais, salas de espetáculo e eventos, grandes superfícies e locais interiores de permanência prolongada;
-Máscaras deixam de ser obrigatórias nos recreios das escolas. A DGS irá também atualizar as normas sobre confinamento nos próximos dias;
-A máscara também deixa de ser obrigatória no comércio local;
-Eliminação da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores;
-Fim da limitação à venda e consumo de álcool;
-Fim da necessidade de certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios.

Fonte:GP

Mangualde- Inscrições abertas na Escola de Natação

Vai abrir já no dia 11 de outubro, a Escola de Natação do Município de Mangualde .
As inscrições poderão ser efetuadas a partir do dia 4 de outubro, já as renovações a partir do dia 27 de setembro. As aulas irão decorrer no complexo das Piscinas Municipais até ao dia 30 de junho de 2022.
Existem diversas aulas que englobam diferentes faixas etárias: nível de Adaptação ao Meio Aquático, crianças dos 3 aos 5 anos; nível de Natação Pura, dos 6 aos 17 anos e idade superior a 17 anos; aulas de Hidroginástica e Tarifário Combinado, a partir dos 14 anos. Existe ainda a modalidade de natação livre e a possibilidade de desfrutar do Centro de Saúde e Lazer, nomeadamente de squash e da sauna.

Paulo Sousa do Sabugal foi o grande vencedor do 1º Open Ergovisão 2021

Seleção espanhola dominou Trial das Nações em Gouveia

Um domingo bem preenchido, na cidade jardim, com grande adrenalina.

Mais de 70 pilotos provenientes de 17 países e três continentes disputaram este domingo, em Gouveia, o prestigiado FIM Trial das Nações, considerado o ‘Campeonato do Mundo’ de seleções da modalidade.

Seleção espanhola dominou a competição masculina e feminina, numa prova onde Portugal terminou no 10.º lugar (masculino) e no 8.º lugar (feminino).

Um fim de semana em cheio na Serra da Estrela. Durante dois dias, Gouveia recebeu as principais competições mundiais de Trial, primeiro a decisão do Campeonato do Mundo de TrialGP, no sábado, e depois a edição de 2021 do Trial das Nações, disputada este domingo. Sem surpresa, Espanha conquistou os títulos masculino e feminino de seleções, repetindo o feito da edição anterior, realizada em 2019, em Ibiza. Toni Bou, Adam Raga e Jaime Busto dominaram por completo a competição masculina, e Laia Sanz, Berta Abellán e Sandra Gomez fizeram o mesmo na prova feminina.

O pódio masculino da categoria principal (World) ficou completo com as seleções de França (Benoit Bincaz, Alexandre Ferrer e Teo Colairo), no segundo lugar, e de Itália (Matteo Grattarola, Gianluca Tournour e Lorenzo Gandola), no terceiro posto. Portugal, representado por Diogo Vieira, Paulo Gonçalves e Filipe Paiva, terminou no 10.º lugar da categoria International, que foi ganha pela Noruega (Jarand Gunvaldsen, Hakon Pedersen e Sondre Haga).

Na competição feminina, Espanha foi acompanhada no pódio de Gouveia pelas formações da Grã-Bretanha (Emma Bristow, Alicia Robinson e Alice Minta) e da Noruega (Seline Meling, Huldeborg Barkved e Ingveig Hakonsen). A seleção feminina de Portugal, formada por Rita Vieira, Mariana Afonso e Leonor Moreira, terminou no 8.º lugar final.

Depois de já ter recebido o Campeonato do Mundo de TrialGP em 2018 e 2019, Gouveia voltou a destacar-se entre a elite mundial do Trial, novamente sob a organização do clube Talentos Objetivos e do Município local.

Foto:MG

Autárquicas 21- Fornos de Algodres- Conversa com Manuel Fonseca(PS)

Nesta campanha, fomos ao encontro dos Candidatos à Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Por parte do PS, realizamos a entrevista com Manuel Fonseca que está abaixo, por parte da Coligação PSD/CDS, a candidata Joaquina Domingues preferiu que fosse escrita e assim fizemos, mas não tivemos as respostas até hoje das questões que lhe foram enviadas, face a isso, depois de muitos esforços para que nos fossem enviadas, tal não foi feito logo, temos de publicar o que temos, dado que o tempo urge.

De facto é com pena nossa, que não temos as duas entrevistas , mas neste caso fizemos todos os esforços para tal, mas o prazo esgotou e não podemos obrigar ninguém a responder, assim aqui fica a entrevista do candidato do PS, Manuel Fonseca.

__________________________________________________________________________

“Um trabalho de proximidade”

A campanha eleitoral vai a meio, face a isso, fomos conversar com os candidatos ao Município de Fornos de Algodres, neste caso, conversámos com Manuel Fonseca, atual Presidente da Câmara, que se recandidata pelo Partido Socialista.

Magazine Serrano(MS)- Que balanço faz destes 4 anos de mandato, onde 2 anos teve o obstáculo pandemia e teve de alterar todo o programa?

Manuel Fonseca(MF)-Não há dúvida, que houve dificuldades, dado que tivemos de alterar toda a estratégia, devido ao combate à covid-19. Era um vírus que pouco de nós conhecia a sua forma de atuação, mas no entanto, arranjamos uma estratégia mais virada para a pandemia.

Mas nunca descuramos, muitas das coisas que tínhamos de fazer, apesar do Covid, é um balanço altamente positivo, conseguimos lançar e terminar algumas obras, a Zona Industrial de Juncais, a obra de requalificação do Mercado Municipal, conseguimos lançar a obra da Escola do 1ºCiclo de Figueiró da Granja, que já se encontra em andamento. Conseguimos concluir o Jardim “Quintas da Vila”, ao mesmo tempo, conseguimos um conjunto de outras obras, sobretudo na área do ambiente.

Fizemos para já 2 Etar´s no concelho de Fornos de Algodres, no sentido de melhorar o ambiente deste concelho. O ambiente é uma preocupação que temos de ter, uma vez que em relação às fossas nada tinha sido feito e fomos nós que, iniciamos o caminho, para além destas Etar´s, vamos construir mais Etar´s no próximo mandato de maneira que o Município fique dotado com um leque de Etar´s que melhorem drasticamente a questão ambiental no concelho.

Etar de Vila Ruiva, promessa cumprida

Vila Ruiva era o caso mais preocupante, uma vez que a Etar que existia não estava preparada para que ali fosse construída uma unidade hoteleira, como é o Inatel e verificou-se que a partir de determinada altura, “já rebentava pelas costuras”, e criando graves problemas de saúde e ambientais na localidade. Tinha sido uma promessa nossa e foi cumprida no sentido de resolver os problemas da população e do Inatel que é um ex-libris, de Vila Ruiva e do concelho e como tal, não podiam existir problemas de foro ambiental. Ler Mais »