Templates by BIGtheme NET
Início » Guarda (Pagina 3)

Guarda

Associação Move Beiras promove a viagem de comboio

A Associação Move Beiras, recentemente criada com o intuito de valorizar os territórios servidos pelas Linhas Ferroviárias de Beira Baixa e Beira Alta, através da utilização do comboio, vem por este meio apresentar a próxima atividade:

Dia 24 de setembro , será uma viagem de comboio até ao Entroncamento.
A referida viagem terá vários objetivos dos quais se destaca o relembrar e o dar a conhecer a história da ferrovia, mostrar como este meio de transporte é sustentável e incentivar a sua utilização com mais frequência. Animação, convívio e cultura serão os pilares deste dia. Realiza-se esta atividade com habitantes de várias gerações e de várias localidades para promover o relacionamento entre elas e “trazer” vida às Beiras.
Haverá as seguintes visitas guiadas:
• Museu Nacional Ferroviário;
• Oficinas de Conservação e Restauro do museu;
• Bairros Ferroviários;
• Passeio no Mini Comboio.

A viagem irá encher duas carruagens de Intercidades (cerca de 160 pessoas), será de 1 dia (saída às 07:00h e regressamos por volta das 23:40h) e terá incluída animação musical a bordo durante todo o dia. Estarão envolvidas 4 freguesias: Guarda, Benespera, Vela e Tortosendo.
O Tortosendo terá um momento importante: Com uma paragem especial concedida, será a primeira vez que um Intercidades fará paragem para embarcarem os passageiros daquela vila.
Os passageiros levam o seu farnel e terão a oportunidade única de comer em carruagens restaurante disponibilizadas pelo Museu.

Esta atividade tem as seguintes parcerias:
• Associação Cultural e Recreativa de Benespera;
• Associação Cultural e de Melhoramentos do Bairro de Nossa Senhora de Fátima;
• União de Reformados, Pensionistas e Idosos do Tortosendo;
• Clube Cicloturismo da Vela.

Guarda promove Jornadas Europeias do Património

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro, o Município da Guarda, através do seu Museu, promove as Jornadas Europeias do Património, iniciativa de âmbito internacional e que em 2022 é subordinada ao tema “Património Sustentável”.  As atividades iniciam-se na sexta-feira, dia 23 de setembro, pelas 20h00, com uma visita encenada à Torre dos Ferreiros pela Associação Hereditas. Trata-se de uma visita noturna que possibilitará uma viagem no tempo até aos séculos XIII e XIV, época a que remonta a construção da Torre dos Ferreiros, durante o reinado de D. Dinis. Atualmente é um dos mais bonitos miradouros da Guarda possibilitando uma visão real a 360º da cidade e arredores.

As Jornadas prosseguem no sábado, dia 24, com uma proposta para o público das famílias que serão desafiadas a visitar várias salas do Museu e participar em diversas propostas, entre as 10h00 e as 12h30.

Para o final da tarde, às 18h00, está marcado o concerto com o Trio Espiral. O grupo apresentará um registo instrumental de músicas celtas, com novos arranjos de composições próprias. O trio é formado por Anne Clément na flauta de bisel, tin whistle e gaita de foles galega, Emiliana Silva no violino, e Sara Vidal na harpa celta, guitarra acústica e voz.

E no último dia destas jornadas, domingo, dia 25, o Museu será palco de duas visitas guiadas. A primeira às 11h00 e a seguinte às 14h00. Todas as atividades propostas se destinam a toda a família e são de livre participação, carecendo, contudo, de inscrição através do email: museu.guarda@mun-guarda.pt ou 271213460. Todas as visitas são limitadas a 20 participantes.

Recorde-se que em 2022, e fazendo jus ao tema escolhido, o objetivo das jornadas é chamar a atenção para as alterações climáticas e para a degradação ambiental sobre o Património Cultural, bem como o papel das comunidades no processo de construção de um futuro mais sustentável. As Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, celebrada por toda a Europa, como forma de promover a sensibilização do público para a importância da preservação e salvaguarda do Património Cultural.

Cerca de duas dezenas de tenistas no 2º Open Ergovisão –Barracão – Guarda

António Dourado e Emanuel Barata venceram nas finais A e B

Foi um fim de semana inteiramente dedicado à atividade física, desta feita na modalidade de Ténis Amador, com a realização do 2º Open Ergovisão –Barracão – Guarda, da qual muito nos orgulhamos.

O evento contou com a presença de 18 participantes, oriundos da Guarda, de Vila Nova de Foz Côa, Lisboa, Viseu, Figueira Castelo Rodrigo e Moimenta da Beira.

Neste torneio, que se destacou pela alta performance dos jogadores, foi disputado o Quadro principal, o Quadro B, ambos na vertente de singulares e ainda, para quem quisesse aderir, a vertente de Duplas que nesta edição contou com a participação de 7 equipas. Ler Mais »

Guarda- Nuno Laginhas apresentou o seu primeiro livro “Sentido Interior”

O Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda foi palco para Nuno Laginhas apresentar o seu primeiro livro “Sentido Interior” com a chancela da editora Primeiro Capítulo.
 Com uma sala repleta de pessoas, a apresentação ficou a cargo de António Monteirinho e António Saraiva, tendo encenado um diálogo entre os dois, retratando através dos poemas do livro as angústias, paixões e sonhos do autor. O momento foi iniciado com três poemas que constam no livro, dois pelas filhas do autor e o terceiro pela autora da sinopse do mesmo.
O autor começou por referir que a capa do livro e o título foram da responsabilidade das suas filhas, Isabel Laginhas e Lisandra Laginhas, respectivamente. A autora da sinopse, Diana Silva, segundo Nuno Laginhas, retrata o que é a essência do livro, um atrevimento. Nuno Laginhas referiu que é um atrevimento por várias razões: por ter o desejo de escrever e gostar de escrever; por querer escrever e precisar de uma fonte de inspiração, então recorreu aos sentimentos; por ser o primeiro livro e se atrever a ser autobiográfico. O autor, no livro Sentido Interior, expõe todos os seus sentimentos, desde a paixão, passando pela angústia até à revolta, demonstrando uma auto avaliação e alguns poemas com teor crítico.
O livro está à venda na livraria online da editora Primeiro Capítulo, como também nas plataformas online da Bertrand e da FNAC. Contudo, quem desejar a aquisição do livro, de forma mais personalizada, pode entrar em contacto com o autor através das redes sociais.

Casa Daniel Vendeiro vai ser inaugurada em Fernão Joanes

Depois da homenagem em livro sobre Daniel Vendeiro, agora vai ter lugar no sábado a inauguração da Casa Daniel Vendeiro em Fernão Joanes, pelas 17 horas , na Praça da Freguesia.

Depois da cerimónia segue-se um lanche convívio para todos os presentes, com atuação da Banda Trivenção. Este é mais um grande momento e uma merecida homenagem a Daniel Vendeiro.

Festival contraDANÇA na região da serra da Estrela

A 13.ª edição do Festival de Dança e Movimento Contemporâneo contraDANÇA, vai ter lugar até dia 8 de outubro
A edição de 2022 do Festival contraDANÇA decorre de 27 de setembro a 8 de outubro, tendo este ano cinco palcos, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Gouveia e Teixoso.
Assim esta localidade vão puder assistir aos espetáculos e reviver um pouco estas culturas apresentadas.

AF Guarda-Distrital Sub-17 de Futebol já tem calendário

Teve lugar no auditório da AF Guarda, o sorteio do Campeonato Distrital Sub-17 de Futebol. A prova conta com 11 equipas e  tem início no dia 16 de outubro de 2022 e termina a 02 de abril de 2023.
1 – UD os Pinhelenses
2 – SC de Vilar Formoso
3 – SC Celoricense
4 – SC de Mêda
5 – ADRC Aguiar da Beira
6 – Seia FC
7 – NDS
8 – GC Figueirense
9 – AD Fornos de Algodres
10 – ED Gouveia
11 – GD Trancoso

1a jornada: 1-3/ 10-5/ 8-7/ 6-9/ 4-11
UD os Pinhelenses x SC Celoricense
ED Gouveia x ADRC Aguiar da Beira
GC Figueirense x NDS
Seia FC x AD Fornos de Algodres
SC Mêda x GD Trancoso

Guarda- Conselho Cinegético e da Conservação da Fauna Municipal elegeu representantes

Decorreu nos Paços do Concelho, uma reunião do Conselho Cinegético e da Conservação da Fauna Municipal na qual foram eleitos representantes no que diz respeito às Zonas de Caça Associativas e Municipais, às entidades de agricultores e do ambiente. Em cada município e região cinegética são criados, com funções consultivas, os conselhos cinegéticos e da conservação da fauna com objetivo de contribuir para o equilíbrio de interesses entre a atividade cinegética e as atividades agrícolas, florestais, pecuárias e da conservação da natureza, promovendo a valorização do mundo rural e o desenvolvimento local regional. Este Conselho foi dirigido pelo presidente da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa.

Por:MG

AF Guarda- Distrital Sub-19 de Futebol já tem calendário

O auditório da Associação de Futebol da Guarda acolheu o sorteio do Campeonato Distrital Sub-19 de Futebol, nesta segunda-feira. A prova tem início no dia 15 de outubro.

1. SC Sabugal
2. Aguiar da Beira
3. Vilar Formoso
4. AD. São Romão
5. Guarda FC/NDS
6. Guarda Unida
7. UD os Pinhelenses
8. S.C. Celoricense
9. GD Trancoso
10.S.C. Mêda

1a jornada: 2-1/ 3-9/ 4-8/ 5-7/ 6-10

Aguiar da Beira x SC Sabugal
Vilar Formoso x GD Trancoso
AD São Romão x SC Celoricense
Guarda FC/ NDS x UD Pinhelenses
Guarda Unida x SC Mêda

Medidas de apoio extraordinárias para as autarquias foram defendidas no Encontro Nacional de Autarcas

A presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) defendeu medidas de apoio extraordinárias para as autarquias, de forma que o impacto da inflação e dos aumentos do custo da energia não desequilibrem as contas municipais.
Na sessão de abertura do Encontro Nacional de Autarcas, em Viseu, Luísa Salgueiro disse que os impactos provocados nas contas pelo aumento da inflação e dos custos da energia, “são de tal ordem que exigem e recomendam que o Governo também adote medidas extraordinárias para os municípios”.
A autarca de Matosinhos afirmou que no Orçamento do Estado para 2023 o Governo “terá de ir mais longe para garantir que as autarquias locais têm condição para cumprir as suas competências – as antigas, as tradicionais e as novas – mas mantendo as contas em ordem”.
“É importante, e diremos ao Governo, o papel de defesa das pessoas, que colocou em primeiro lugar é decisivo, e das empresas, mas que também está na hora de tratar dos municípios”, sublinhou a presidente da ANMP, enfatizando as dificuldades que os municípios têm sentido para acudir a todas as situações.
Luísa Salgueiro evocou ainda as novas condições para os municípios que resultam do novo regime das revisões extraordinárias de preços “e que o impacto da inflação no preço das matérias-primas não era acomodável pelas empresas.
“Foi publicada legislação especial para que possamos proceder às revisões extraordinárias de preços, mas quem tem de pagar são os municípios e o que acontece é que esse impacto não é, muitas vezes, acomodável, e mais uma vez o país não responde de forma homogénea, em que municípios mais pequenos têm enorme dificuldade em garantir o equilíbrio dos seus orçamentos”, alertou.
A presidente da ANMP salientou que os autarcas não abdicam de “reivindicar todas as condições” para que, agora acautelada a situação das empresas, também seja garantido que “os municípios não verão a sua situação desequilibrada por força de mais este regime extraordinário”.
Relativamente ao processo de descentralização em curso, que será alvo de um painel durante a tarde, para ponto de situação e debate, Luísa Salgueiro disse que a ANMP está a avançar para que “não haja retrocessos e que os municípios não sejam penalizados nas suas contas nesta etapa”.
“Nesta fase, o foco que temos é garantir que as contas fiquem equilibradas e que o acordo que fizemos no final de junho e que agora terá repercussão no Orçamento do Estado e nos nossos orçamentos municipais, é profundamente diferente das regras que estava anteriormente e garantem que, nos variados setores, esse equilíbrio seja garantido”, referiu.
Salientando que o processo não está concluído e existem “muitos problemas por resolver”, a dirigente adiantou que, neste mês e em outubro, será o período dedicada para fechar novo acordo na área social.
Fonte:LUSA