Templates by BIGtheme NET
Início » Trancoso (Pagina 30)

Trancoso

Alexandre Poço, líder nacional da JSD de visita ao Distrito da Guarda

De visita ao distrito da Guarda, , vai estar o dia todo em digressão por alguns concelhos, integrado no 1.º Roteiro Distrital, numa iniciativa da JSD Distrital da Guarda, vão ser visitados 5 concelhos, alertando para diferentes temáticas necessárias ao desenvolvimento socioeconómico dos nossos territórios.

O Presidente da JSD fará uma Conferência de Imprensa por volta das 18h30 no exterior do Hospital Sousa Martins, Guarda, acerca de várias temáticas importantes para o Distrito, entre as quais a necessidade da requalificação do chamado Pavilhão 5 do Hospital.

 

Mais se informa que o roteiro, que cumprirá as normas sanitárias recomendadas pela DGS, passará pelos seguintes concelhos:

– 10h15 – Seia

– 14h15 – Celorico da Beira

– 16h15 – Trancoso

– 17h45 – Guarda

– 19h45 – Pinhel

Escolas recebem 50 a 75 euros por tonelada na campanha “Escola Electrão”

Electrão – Associação de Gestão de Resíduos – quer aumentar a quantidade de pilhas, baterias e equipamentos eléctricos usados recolhidos nos estabelecimentos de ensino durante este ano lectivo de 2020-2021, que coincide com a 10º edição da campanha “Escola Electrão”.

“O ano lectivo será marcado pela incerteza, devido à Covid-19, mas mais do que nunca o Electrão quer ver crescer os resultados desta acção, não só em relação ao número de escolas envolvidas, mas também no que diz respeito a alunos participantes e, claro, à quantidade de resíduos recolhida. A pandemia que nos assolou veio mostrar que é urgente mudar os comportamentos”, sublinha o director-geral do Electrão – Recolha e Reutilização, Ricardo Furtado.

Para cumprir esta missão o Electrão conta com o envolvimento da comunidade escolar, a começar nos alunos e nas suas famílias, passando pelos professores, sem esquecer todos os funcionários dos estabelecimentos de ensino aderentes.

Por cada tonelada de equipamentos eléctricos recolhidos cada escola recebe 50 euros. Cada tonelada de pilhas e baterias vale 75 euros. As quantidades recolhidas dão também direito a pontos que podem ser convertidos em prémios, atribuídos com o apoio dos parceiros da campanha.

O Electrão disponibiliza meios para o acondicionamento dos equipamentos nas escolas, nomeadamente caixas para recolha de pilhas, de lâmpadas, tubulares e outras, e cubas para pequenos equipamentos.

Para aderirem a esta campanha as escolas podem preencher o formulário que está disponível no site do Electrão.

Aprender com a “Escola Electrão”

Mas nem só para distribuir prémios existe a “Escola Electrão”. A campanha tem também como objectivo a sensibilização para a necessidade de reencaminhar correctamente os resíduos. Para essa missão conta com o apoio dos professores.

A “Escola Electrão” disponibiliza por isso aos docentes recursos educativos e conteúdos ajustados a cada ciclo para que a temática possa ser explorada durante as aulas.

No ano passado foi distribuído, em papel, o livro “Electrão? Conheço bem, muito obrigado!” e lançado o “Quiz Escola Electrão”, um desafio para todos, criado para motivar os alunos para o desígnio da reciclagem, que habilita as escolas a ganhar prémios.

Neste novo lectivo o Quizz irá manter-se activo e está a ser preparada uma nova coleção intitulada “Mini-Aventuras Electrão”, que as escolas poderão consultar em versão digital no site electrao.pt. “Onde começa tudo?” é o primeiro livro desta série.

Outra das novidades deste ano será o desafio “Repórter Electrão”, a lançar às escolas, para que incentivem os seus alunos a criar conteúdos criativos que ajudem a criar hábitos de reciclagem.

AF Guarda- Arranque do distrital adiado para 11 de outubro

Depois de ter sido apontada a data de 4 de outubro, o arranque do Distrital de seniores da AF Guarda, mas face às circunstâncias do dia a dia, foi adiado o arranque para dia 11 de outubro, com o sorteio a ser previsto a sua realização, no próximo dia 19, onde terá lugar , uma reunião preparatória com todos os clubes seguido do sorteio, a ter início às 16h00 no Auditório do Paço da Cultura na Guarda.

Quanto ao formato do campeonato vai decorrer com 3 séries, em regime de proximidade, proposta aprovada pelos clubes em Assembleia Geral.

Série A- Mêda, Aguiar da Beira, VF Naves, Foz Côa, Trancoso, Pinhelenses, Freixo Numão

Série B- Sabugal, Soito, E.Almeida, V.Formoso, Casal Cinza, Guarda FC, Guarda D e NDS

Série C- Gouveia, AD Fornos de Algodres, Manteigas, Os Vilanovenses, Celoricenses, S.Romão,Paços da Serra e Nespereira

 

Secretária de Estado do Turismo visitou Trancoso

A cidade de Bandarra acolheu na manhã desta sexta- feira a visita de trabalho da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, acompanhada pelo Presidente do Turismo do Centro,  Pedro Machado, no sentido de verificar de perto dois projetos que se encontram já em execução na área do turismo:
• Requalificação da Igreja de Santa Marinha e Largo envolvente e criação de Centro Interpretativo da Necrópole de Moreira de Rei
• Requalificação do Castelo.
Tempo houve ainda para a apr
esentação, por parte dos responsáveis do departamento de engenharia civil e arquitetura da UBI (Universidade da Beira Interior), do “Ante-projeto” – Museu da Cidade – a instalar no palácio Ducal; Projeto âncora e estruturante para posicionar Trancoso como destino turístico de excelência na região.

foto:MT

Espaço Empresa inaugurado na Guarda

Teve lugar a inauguração do Espaço Empresa que já funciona desde abril, com a presença do secretário de Estado da Economia, João Correia que,  inaugurou este espaço de apoio às empresas situado no segundo piso do edifício da Câmara Municipal da Guarda. Uma iniciativa que tem como principais parceiros governo e autarquia e que pretende uma «maior proximidade aos empresários e fomentar o investimento», como defendeu o presidente da Câmara.

Este espaço nasce de uma parceria entre a Câmara da Guarda, o IAPMEI, a AMA e o AICEP e pretende ser a “Loja do Cidadão” do empresário.

Trancoso apresenta novos projetos

Vai ter lugar , na cidade Bandarra , durante a manhã a visita da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, no sentido de visitar algumas novidades para o futuro do concelho de Trancoso.

Assim depois, da recepção no Paços do concelho, terá lugar a visita à Necrópole de Moreira de Rei, seguido da apresentação do projeto.

Mais tarde, a visita ao Castelo da Cidade de Bandarra, com a apresentação da requalificação do Castelo, para finalizar, a visita ao Palácio Ducal, onde será feita a apresentação do projeto do Museu da Cidade-Igreja de Sta Maria.

São todos projetos muito importante para a cidade e para os visitantes que têm depois outros interesses nesta localidade.

Alerta para risco de incêndios

A manutenção do risco de incêndio rural,conduz aos  Ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, do Ambiente e da Ação Climática e da Agricultura determinarem o prolongamento da Situação de Alerta em 14 distritos do Continente.

A Situação de Alerta,  prolonga-se agora até às 23h59 horas de sexta-feira, dia 11 de setembro.

Os distritos abrangidos são os de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

A Declaração da Situação de Alerta decorreu da necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio previsto pelo IPMA na maioria dos concelhos do continente nos próximos dias.

No âmbito da Declaração da Situação de Alerta, prevista na Lei de Bases de Proteção Civil, estão em vigor as seguintes medidas de caráter excecional:

1) Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;

2) Proibição da realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;

3) Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Laranja pela ANEPC;

4) Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com exceção dos associados a situações de combate a incêndios rurais;

5) Proibição de realização de trabalhos nos demais espaços rurais com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal.

A proibição não abrange:

1) Os trabalhos associados à alimentação e abeberamento de animais, ao tratamento fitossanitário ou de fertilização, regas, podas, colheita e transporte de culturas agrícolas, desde que as mesmas sejam de carácter essencial e inadiável e se desenvolvam em zonas de regadio ou desprovidas de florestas, matas ou materiais inflamáveis, e das quais não decorra perigo de ignição;

2) A extração de cortiça por métodos manuais e a extração (cresta) de mel, desde que realizada sem recurso a métodos de fumigação obtidos por material incandescente ou gerador de temperatura;

3) Os trabalhos de construção civil, desde que inadiáveis e que sejam adotadas as adequadas medidas de mitigação de risco de incêndio rural.

A Declaração da Situação de Alerta implica, entre outros aspetos:

A) A elevação do grau de prontidão e resposta operacional por parte da GNR e da PSP, com reforço de meios para operações de vigilância, fiscalização, patrulhamentos dissuasores de comportamentos e de apoio geral às operações de proteção e socorro que possam vir a ser desencadeadas, considerando-se para o efeito autorizada a interrupção da licença de férias e a suspensão de folgas e períodos de descanso;

B) O aumento do grau de prontidão e mobilização de equipas de emergência médica, saúde pública e apoio psicossocial, pelas entidades competentes das áreas da saúde e da segurança social, através da respetiva tutela;

C) A mobilização em permanência das equipas de Sapadores Florestais;

D) A mobilização em permanência do Corpo Nacional de Agentes Florestais e dos Vigilantes da Natureza que integram o dispositivo de prevenção e combate a incêndios, pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P., através da respetiva tutela;

E) A realização pela GNR de ações de patrulhamento (vigilância) e fiscalização aérea através de meios da Força Aérea, nos distritos em estado de alerta especial do SIOPS, para o DECIR, incidindo nos locais sinalizados com um risco de incêndio muito elevado e máximo.

F) A dispensa de serviço ou a justificação das faltas dos trabalhadores, do setor público ou privado, que desempenhem cumulativamente as funções de bombeiro voluntário, salvo aqueles que desempenhem funções em serviço público de prestação de cuidados de saúde em situações de emergência, nomeadamente técnicos de emergência pré-hospitalar e enfermeiros do Instituto Nacional de Emergência Médica, I. P., nas forças de segurança e na ANEPC.

A par da emissão de avisos à população pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil sobre o perigo de incêndio rural, a Força Aérea – através do Ministério da Defesa Nacional – tem disponibilizado os meios aéreos para, em caso de necessidade, estarem operacionais nos locais a determinar pela ANEPC.

GNR- Atividade operacional das últimas 12 horas

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de ações policiais, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 31 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 19 por condução sob o efeito do álcool;
  • 7 por condução sem habilitação legal;
  • 3 por ofensa à integridade física
  • 1 por tráfico de estupefacientes
  1. Apreensões:
  • 24,15 de liamba.
  • 21,2 doses de haxixe;
  • 1,7 de Cocaína;
  • 0,93 heroína.
  1. Trânsito:

Fiscalização372 infrações detetadas, destacando-se:

  • 244 por excesso de velocidade;
  • 45 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 36 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 14 relacionada por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 11 relacionado por falta ou incorreta de cinto de segurança e/ou sistema retenção para crianças;
  • Nove por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • Seis por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Sinistralidade: 36 acidentes registados, destacando-se:

  • 2 feridos graves;
  • 9 feridos leves.

Castanha em debate no Dia aberto em Trancoso

 Teve lugar mais uma sessão do “Dia Aberto”, ao abrigo do protocolo TRANCASTNUT (Municipio/UTAD) ,subordinado ao combate do bichado da castanha, cumprindo as regras emanadas pela Direção Geral da Saúde. Nesta sessão,que teve lugar no auditório do Multiusos de Trancoso, foram ainda abordados temas como doenças e pragas que se manifestam nesta época:
 
– O crescimento da população do Torymus sinensis em Trancoso:
– Análise às visitas-técnicas efetuadas junto dos produtores de castanha;
– Apresentação dos ensaios de endoterapia (luta contra a tinta do castanheiro);
– Meios de luta contra o bichado da castanha e septoriose do castanheiro;
No souto de demonstração observaram-se os castanheiros sujeitos aos ensaios de endoterapia efetuados no anterior dia aberto (3/7/2020).
Realizou-se também, neste souto, um ensaio na luta contra o bichado da castanha e a septoriose do castanheiro.
O evento contou com a presença dos professores José Laranjo e Maria João Gaspar e do bolseiro Rui Carneiro da UTAD, do técnico de acompanhamento do protocolo Hugo Martins e do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Trancoso, Amílcar Salvador, que abriu a sessão.