Templates by BIGtheme NET
Início » Vilar Formoso (Pagina 3)

Vilar Formoso

AF Guarda– Resultados do Campeonato Distrital da 2ªDivisão 4ªjornada

Vilar Formoso – S. Romão – 0-4

Manteigas – SC Mêda- 1-4

Os Vilanovenses – GC Figueirense- 3-0

ARD Nespereira – Paços Serra- 3-2

 

Classificação:

1º- Os Vilanovenses- 12

2º- ARD Nespereira- 7

3º- S.Romão- 6

4º- Paços Serra- 6

5º- SC Mêda- 3

6º- GC Figueirense- 3

7º- Manteigas- 3

8º- Vilar Formoso- 1

AF Guarda- Resultados do Campeonato Distrital da 2ªDivisão

Manteigas –  Vilar Formoso- 1-0
S. Romão –  Os Vilanovenses- 0-2
ARD Nespereira – GC Figueirense- 2-0
Paços Serra – SC Mêda- 2-0
Classificação:
1º- Os Vilanovenses-6
2º-Paços Serra-6
3º-ARD Nespereira-4
4º-Manteigas-3
5º-Vilar Formoso-1
6º-S.Romão- 0
7º SC Mêda-0
8º- GC Figueirense-0

AF Guarda—Taça Distrital 2ªDivisão 3ªjornada Séries: A e B

Taça Distrital da 2ªDivisão— 3ªjornada

Série A

São Romão – Os Vilanovenses-1-2

Paços Serra –  Manteigas(Interrompido)

1º- Os Vilanovenses-9

2º-São Romão-6

3º-Paços Serra-0

4ºManteigas-0

 

Série B

Nespereira –  Vilar Formoso 3-0 (Interrompido)

SC Mêda- GC Figueirense- (22 dez.)

 

1º-Nespereira-4

2º- SC Mêda-3

3ºVilar Formoso-3

4ºFigueirense- 1

AF Guarda- Taça Distrital 2ªDivisão 2ªjornada Séries: A e B

Série A

CF Os Vilanovenses – Paços Serra- 6-1
Manteigas – S. Romão- 0-7
Classificação:
1º- S.Romão-6
2º-Os Vilanovenses-6
3º-Paços Serra-0
4º-Manteigas-0
Série B
SC Vilar Formoso- SC Mêda- 1-3
GC Figueirense- ARD Nespereira-3-3
Classificação:
1º-ARD Nespereira-4
2º-SC Mêda-3
3º-SC Vilar Formoso-3
4º-GC Figueirense-1

AF Guarda —Taça Distrital 2ªDivisão — Série : A e B

Série A

AD Manteigas – CF Os Vilanovenses – 0-5

Paços Serra – S. Romão 0-4

 

 

 

Classificação:

1º-Os Vilanovenses- 3

2º-S. Romão-3

3º-Paços Serra-0

4º- Manteigas- 0

 

 

Série B

SC Vilar Formoso- GC Figueirense- 3-1

ARD Nespereira- SC Mêda- 2-0

 

Classificação:

1º- Vilar Formoso- 3

2º-ARD Nespereira- 3

3º-GC Figueirense- 0

4º- SC Mêda-0

 

A vacina da gripe chegou já a 33 ERPI’s da área de abrangência da ULS da Guarda

A vacinação contra a Gripe (época 2021-2022) iniciou-se na ULS da Guarda em 28 de setembro e até ao dia 02 de outubro foram já administradas vacinas em 33 Estruturas Residenciais Para Pessoas Idosas (ERPI), 3 instituições inseridas na Rede Nacional de Cuidados Integrados e um Serviço de Apoio Domiciliário.
Dos 1462 residentes em ERPI’s foram vacinados 1415 quase 97% dos residentes. Recusaram-se a ser vacinados 41 utentes e encontravam-se ausentes da instituição 4 utentes.
Relativamente a funcionários, dos 657 contabilizados, 67% foram já vacinados e houve recusa por parte de 29,98%, ou seja, 197 funcionários. Encontravam-se ausentes da instituição 16 funcionários.
Contas feitas, entre funcionários e utentes das ERPI’s estão neste momento vacinadas contra a gripe (época 2121-2022) 1859 pessoas.
Recorde-se que a vacinação contra a Gripe é uma responsabilidade da Unidade de Saúde Pública que continuará a vacinar as ERPI’s da área de abrangência da ULSG nas próximas semanas!
Fonte:ULSG

Símbolos da Jornada Mundial da Juventude entregues em Vilar Formoso

Foram  entregues este domingo, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude , através de dez jovens de Portugal, aos jovens de Espanha na fronteira de Vilar Formoso.
Os 10 jovens são da Diocese da Guarda, que faz fronteira com a Diocese de Espanha que vai acolher os símbolos da JMJ, Ciudad Rodrigo, e representam a juventude portuguesa que se prepara para celebrar, com jovens de todo o mundo, a Jornada Mundial da Juventude em Lisboa, em 2023.
Do itinerário em Espanha, fazem parte dioceses como Zamora, Barcelona, Salamanca e Madrid. A Conferência Episcopal de Espanha considera a peregrinação dos Símbolos da JMJ pelas dioceses espanholas uma oportunidade para “animar os jovens na preparação e na participação nos atos da JMJ Lisboa 2023”.
A29 de outubro,em Ayamonte, na Diocese de Huelva, será celebrada a eucaristia de encerramento da peregrinação dos símbolos em Espanha, às 18h30 (17h30 de Lisboa), e às 19h30 (18h30 de Lisboa) terá lugar a cerimónia de despedida. Às 20h30 (19h30 de Lisboa) os Símbolos atravessarão a fronteira do rio Guadiana para Portugal.

AF Guarda- Sorteio do Campeonato e Taça Distrital da 2ªdivisão e Taça de Honra

Após a polémica reunião magna deste sábado, teve lugar também o sorteio do Campeonato e Taça Distrital da 2ªdivisão e Taça de Honra, mas até agora a própria AF Guarda nada ainda divulgou, eles que defendiam a transparência, afinal, este ano foi tudo muito reservado, antes até transmitiam os sorteios e divulgavam as datas, este ano foi tudo muito camuflado, mas eles lá saberão porquê, agora estes campeonatos ficam já manchados por esta assembleia muito atribulada.

O dia 17 de outubro de 2021, vai ser o arranque do segundo escalão da AF Guarda.
A Taça da 2ª Divisão os clubes ficaram divididos em 2 grupos, onde o Nespereira tem as deslocações mais longas.
Série A: S. Romão, Manteigas, Vilanovenses e Paços da Serra.
Série B: Nespereira, Vilar Formoso, Mêda e Ginásio Figueirense
Na ronda inicial temos:
Paços da Serra – S. Romão
Manteigas – Vilanovenses
Nespereira – Mêda
Vilar Formoso – Ginásio Figueirense
Depois a Taça de Honra , o sorteio ditou que:  Vilar Formoso, Nespereira, Soito, S.C. Mêda, Paços da Serra, Guarda F.C., U.D. Pinhelenses, A.D. Fornos de Algodres e Vila Franca das Naves.no que toca à ronda inicial:

-S. Romão – Ginásio Figueirense

-Os Vilanovenses – Casal de Cinza

-SC Celoricense – Aguiar da Beira

– AD Manteigas – Trancoso

– Guarda D.F.C. – Freixo de Numão

– SC Sabugal – Vila Cortês do Mondego

-Foz Côa – E.Almeida

Depois no Campeonato Distrital da 2ªdivisão temos na ronda inicial:

Os Vilanovenses –AD. Manteigas

Vilar Formoso- Nespereira

Gin. Figueirense – Paços da Serra

SC Mêda – S. Romão

 

AF Guarda-Clubes indignados com Assembleia Geral que ditou formato de campeonato

DUAS DIVISÕES A INICIAR A 19 DE SETEMBRO

Como tínhamos noticiado, este sábado era a realização da Assembleia Geral que ditava o formato do campeonato de seniores distrital, agora de facto, a reunião magna aconteceu, mas um grupo de clubes que na temporada passada decidiram não entrar em prova devido à existência de casos Covid-19 no seio dos mesmo clubes e em assembleia geral dos mesmos decidiram não entrar na prova , para salvaguardar a saúde pública da comunidade.

Logo veio a AF Guarda na época dizer que quem não entrasse na próxima temporada(2021/22) pelo regulamento recomeçava na 2ºdivisão, mas creio que, face à pandemia houve tempo de esta gente ser humana, pensar mais à frente e fazer algo mais elevado e não apenas pensarem nos números.

Porque reparem se não houver clubes a AF Guarda fecha porta, logo devem tratar todos por igual porque todos pagam o mesmo, agora esta assembleia devia ter sido transparente e até ter proposto a própria associação , uma época de transição, onde se fazia uma divisão com 3 series a exemplo da vizinha AF Viseu e depois então na próxima época 2022/23, voltava tudo às duas divisões e tudo ficava em sintonia.

Mas segundo alguns clubes se queixam que esta reunião apenas serviu para impor quase um sistema que alguns OCS tiveram acesso durante esta semana e que ia ser aprovado.

Ora posto isto, nada mais a dizer, neste distrito a vertente humana fica para segundo plano, errado porque esta pandemia passou por todos e nuns lugares mais noutros menos. Quer isto dizer que ainda a procissão vai no adro já existe contestação, imaginamos como será quando arrancar o campeonato a 19 de setembro, essa é outra, quase nem tempo os clubes têm para fazer pré temporada. Mas estamos cá para ver.

Agora não digam que criticamos, apenas tentanos dar ideias a pensar sempre na vertente humana, nas pessoas.

Assim vamos ter na 1ªdivisão:SC Sabugal, Estrela de Almeida,Guarda FC, Casal Cinza,  Soito, Freixo de Numão, Vila Franca das Naves, AD Fornos de Algodres, Aguiar da Beira, Vila Cortêz, GD Trancoso, GD Foz Côa, Guarda Desportiva FC e UD Pinhelenses.

Na 2ªdivisão:Os Vilanovenses, AD São Romão, Paços da Serra,AD Manteigas, GC Figueirense, SC Mêda, SC Vilar Formoso e Nespereira.

 

GNR reforça o patrulhamento para prevenir incêndios rurais

Face ao agravamento do risco de ocorrência de incêndios rurais previsto para os próximos dias, e à Declaração Conjunta da Situação de Alerta para os 14 Distritos (Beja, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu), a Guarda Nacional Republicana, vai reforçar o patrulhamento e o esforço de vigilância terrestre em todo o Território Nacional, em coordenação com as demais entidades, no intuito de prevenir a ocorrência de ignições.

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, a Situação de Alerta e as medidas de carácter excecional terão início às 12h00 de hoje, dia 13 de agosto, e irão prolongar-se até às 23h59 de dia 16 de agosto, para os 14 distritos.

Nesta senda, a GNR recorda as medidas de caráter excecional:

1. Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;

2. Proibição da realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;

3. Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com exceção dos associados a situações de combate a incêndios rurais;

4. Proibição de realização de trabalhos nos demais espaços rurais com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal.

5. Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Laranja pela ANEPC.

De referir que a proibição não abrange:

1. Os trabalhos associados à alimentação e abeberamento de animais, ao tratamento fitossanitário ou de fertilização, regas, podas, colheita e transporte de culturas agrícolas, desde que as mesmas sejam de carácter essencial e inadiável e se desenvolvam em zonas de regadio ou desprovidas de florestas, matas ou materiais inflamáveis, e das quais não decorra perigo de ignição;

2. A extração de cortiça por métodos manuais e a extração (cresta) de mel, desde que realizada sem recurso a métodos de fumigação obtidos por material incandescente ou gerador de temperatura;

3. Os trabalhos de construção civil, desde que inadiáveis e que sejam adotadas as adequadas medidas de mitigação de risco de incêndio rural.

 

Nos espaços florestais e agrícolas, a GNR reforça os seguintes conselhos à população:

· Evite fumar ou fazer lume;

· Evite fumigar ou desinfestar apiários, a não ser com uso de fumigadores equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;

· Utilize tratores, máquinas e veículos pesados de transporte que possuam extintor, sistema de retenção de faúlhas ou faíscas e tapa-chamas nos tubos de escape ou chaminés;

· Em caso de incêndio, ligue de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada do incêndio e a forma de acesso mais rápida ao local.