Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: 250 anos

Tag Archives: 250 anos

Pinhel com história mas em movimento

                                           250 anos celebrados na Cidade Falcão

Pinhel esteve em festa, no dia que foram assinalados os 250 anos da elevação a Cidade, onde em simultâneo decorrem as Festas da Cidade com diversos momentos culturais e algumas inaugurações.

O Dia da Cidade foi assinalado com diversos acontecimentos ao longo de todo dia, o Hastear das Bandeiras pelas entidades convidadas para o momento.

Seguiu-se a Sessão Solene, no exterior dos Paços do Concelho, com Rui Ventura, Presidente do Município, a saudar todos os presentes e a deixar algumas palavras:” a propagação da Covid-19 e suas consequências, onde em Pinhel houve 2 óbitos, para já está estável, há mais de 2 meses sem casos. As comemorações foram repensadas e muitas coisas ficaram por fazer, mas para proteger os nossos. Agora neste dia é muito importante, obras emblemáticas são inauguradas, agora foi um investimento que significa muito para Pinhel, a Trincheira é um local importante, agora com um toque de modernidade.

É um orgulho ser presidente, a visão estratégica do Município tem a ver com o turismo, o nosso concelho tem cada vez mais visitantes, face a isso, retocamos o património e demos melhores condições para os visitantes e para os pinhelenses.

A paisagem natural é importante, o Côa vai dar-nos potencial para o turismo, vários concelhos do Ribacôa já reuniram e precisam de articular com o Parque para trazer mais turistas para todos, é uma aposta que a Câmara está focada para isso.

A estratégia de valorização do Côa passa pela Falcoaria e andarem nos carreiros do Côa e também o Miradouro do Côa. A abertura da porta sul do Vale do Côa é uma realidade e tem financiamento garantido e até ao fim de 2020 vai ser concretizado.

Este é o caminho a seguir, agora a partir de setembro, a zona histórica passa ser fechada a viaturas, apenas os moradores podem circular. Agora os turistas podem visitar tudo a pé e conhecer Pinhel a fundo, e assim todos ficam a ganhar”.

A primeira inauguração foi um painel em bronze com um extrato do Alvará atribuído a Pinhel por El Rei D. José I, a 25 de agosto de 1770, seguido de um painel multimédia que passa a ser mais um elemento de comunicação autárquica, sempre atualizado com todas a novidades e noticias do concelho Pinhelense.

A comitiva seguiu até à Escola Secundária – Escola Sede do Agrupamento de Escolas de Pinhel, com a inauguração das obras de requalificação e modernização da mesma, que envolveu alguns importantes neste estabelecimento de ensino, assim como a ampliação do número de salas, a construção de um auditório, a par da melhoria das condições térmicas e de acessibilidade são algumas das mais-valias inerentes às obras realizadas e cujo investimento rondou os dois milhões e cem mil euros (1.500.000,00€ comparticipados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Programa Centro 2020; 132.352,94€ pagos pelo Ministério da Educação, e o restante pelo Município de Pinhel.

Os alunos tiveram notas acima da média, para tal, a Escola fica agora dotada de melhores condições, fruto de uma estratégia onde Pinhel é central no Distrito.

Aqui esteve também presente na cerimónia, José Vaz, Diretor do Agrupamento de Escolas, Cristina Oliveira, Delegada Regional de Educação do Centro que realçou: “As instalações são excelentes e os alunos terão o privilégio de usufruir de todas estas condições para alcançarem bons resultados. O investimento foi uma boa aposta, logo os alunos devem estar desertos para vir para a escola. Houve muita disponibilidade para ser executada e concluída e os novos fundos comunitários vão surgir e Pinhel vai aproveitar decerto”.

                 A Trincheira é um local emblemático para os Pinhelenses

As comemorações continuaram no período da tarde, coma inauguração de uma “Cabine de Leitura” no Parque Urbano de Pinhel. É um projeto desenvolvido pela Altice Portugal / Fundação PT, ao qual o Município de Pinhel se associa com o objetivo de promover o livro e a leitura, segundo o mote “levar, doar, ler, devolver”.

Marcou presença também a Diretora Executiva da Fundação Altice, Ana Estelita, que acrescentou: “são 30 cabines pelo País e esta é uma iniciativa onde os Pinhelenses podem usufruir dos livros e leiam bastante”.

Assim, os livros da “Cabine de Leitura” serão disponibilizados pela Biblioteca Municipal de Pinhel, que também irá aceitar doações de publicações de modo a assegurar rotação e alguma variedade do fundo documental. Quanto ao modo de funcionamento, é simples: o utilizador escolhe um livro, regista nome, contacto e título do livro; terminada a leitura, deve proceder à entrega / devolução do livro.

Seguidamente, mais uma inauguração da 1ªfase das obras da requalificação do Parque Municipal da Trincheira, resultou num investimento a rondar os 615 mil euros, como objetivo de devolver dignidade, funcionalidade e atratividade ao Parque Municipal que acompanhou o crescimento de várias gerações de famílias, mas que apresentava já graves sinais de degradação.

Esteve presente nesta cerimónia para além das entidades locais, Jorge Botelho, secretário de estado da Descentralização e da Administração Local que salientou: “Parques públicos carregados de história e este canhão com muita   temos de potenciar e melhorar aquilo que é a nossa terra, isso tem valor, a população pode usufruir com parte cultural  e militar e tem tudo para ter visitantes”.

Seguiram concertos clássicos em vários pontos do parque, Rui Ventura sublinhou que: “Vivemos a situação do Covid-19, são 250 anos e com muito orgulho Pinhel está a comemorar, não da forma que desejaríamos, mas com uma forma sentida e com grande importância”.

Mais à noite, Flávia Castro, acordeonista pinhelense animou o momento no Parque Municipal da Trincheira, que marcou o fim do dia do Feriado Municipal e das Festas da Cidade.

250º aniversário da erecção canónica do bispado de Pinhel vai ser celebrado

A Paróquia de Pinhel está de novo em festa, por causa do 250º aniversário da erecção canónica do bispado de Pinhel, no dia 10 de julho, sexta-feira.

Estava previsto que, entre o dia 21 de junho e o dia 12 de julho se intensificassem as actividades para celebrar estas datas importantes, mas a pandemia provocada pelo coronavírus não o permitiu.

Ainda assim, para assinalar o 250º aniversário da erecção canonica do bispado, por breve do Papa Clemente XIV, a paróquia, por ocasião da celebração eucarística desse dia, pelas 18h30, irá colocar ao culto a imagem de S. Salvador. Esta imagem é oriunda da primeira catedral da diocese de Pinhel.