Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: afguarda

Tag Archives: afguarda

50 anos- AD Fornos de Algodres – Estreia no Distrital da AF Guarda-1971/72

A Associação Desportiva de Fornos de Algodres nasceu no ano 1970, mas a competição oficial apenas surgiu na temporada 1971/72, apesar da sua filiação na Associação de Futebol da Guarda, ter acontecido no ano anterior, mas a decisão de alguns clubes não foi favorável à entrada em competição da AD Fornos de Algodres na temporada 1970/71, fez com que alguns atletas rumassem a Celorico, Mangualde e Trancoso.

Ainda assim registe-se que naquela altura todas as aldeias ao domingo se reuniam e jogavam amigavelmente. Ler Mais »

AF Guarda- Campeonatos devem retomar no final de abril

A AF Guarda reuniu, via zoom, recentemente com os clubes filiados deste organismo que participam no Distrital de Seniores de Futebol, no sentido de analisar a atual situação e ver como vai ser o futuro da competição.

A retoma das competições (Futebol e Futsal) foi debatida durante alguns momentos e foi concluído por maioria que a competição devia ser concluída, para tal está prevista a retoma à competição no fim de abril.

Por sua vez, o apoio financeiro aos clubes foi também debatido, onde aqui os clubes se mostraram desagradados com o fraco apoio que tem sido dado por parte da FPF, uma vez que, os clubes perderam todas as receitas.

Deste modo, a própria AF Guarda mostrou-se disponível para interceder junto da FPF que os apoios são insuficientes para os clubes.

AF Guarda- Sabugal- Guarda Desp. FC-1-3

Mais uma manhã de futebol, com o Sabugal a receber uma das sensações da prova a Guarda DFC e assim os visitantes a comprovar o estatuto, com o triunfo que lhes permite liderar a série B.

Assim, os raianos até entraram melhor a querer impor o seu futebol, abrindo o ativo, através da conversão de uma grande penalidade, por Bruno Sousa, aos 30´.

Era uma partida ativa, com os visitantes a remar contra a maré, onde a segunda parte trouxe novamente equilíbrio, mas a reta final da partida foi fatal para os raianos.

As alterações do técnico egitaniense deram efeito e Duque chega à igualdade aos 70´, mas Sabugal reage e com algumas alterações volta à procura do golo, mas foi a turma visitante por Vicente a dar a volta ao jogo e marca o segundo aos 81´.

A pressão aumentou , com o Sabugal a tentar a igualdade, mas com muitas faltas e ao cair do pano, o golo da Guarda a surgir com Guilherme a dar o triunfo à sua equipa.

Um bom encontro com duas formações empenhadas em vencer , com arbitragem de David Pimenta.

Assim o triunfo os guardenses lideram a série B isolados neste fecho de 2020.

Eleições AF Guarda-Amadeu Poço recandidata-se a novo quadriénio

Luís Tadeu, Hugo Fernandes, Alfredo Daniel Soares, José Sarmento, Francisco Filipe seguem ao lado de Amadeu Poço

As listas para a corrida à AF Guarda vão-se organizando e assim como tínhamos noticiado anteriormente, Amadeu Poço , atual presidente da instituição volta a recandidatar-se para novo mandato.

Desta forma, o atual líder  associativo, que ao longo dos anos tem procurado desenvolver o futebol distrital da Guarda, também esteve recentemente na direção da FPF, fazendo com que se realizassem alguns torneios internacionais de seleções no distrito da Guarda, a Fase final da Taça das Regiões também aconteceu na Guarda.

Assim Amadeu Poço, segundo conseguimos apurar tem já a sua lista completa, que apenas irá ser divulgada no momento certo, assim na sua página, o líder associativo, refere que serão candidatos para o próximo quadriénio, e que mantêm quem lhes dá garantias de se servir sem se servir com assiduidade e competência, saliente que existiram mudanças na equipa no sentido de melhorar o trabalho que se comprometem.

Agora segundo apurámos, estamos em condições de adiantar já alguns nomes que fazem parte da lista de Amadeu Poço que encabeça a direção, depois será candidato à presidência da Assembleia Geral, Luís Tadeu ;no Conselho de Justiça será Francisco Filipe; no Conselho de Disciplina será José Sarmento; no Conselho Fiscal será Hugo Fernandes, por fim, no Conselho de Arbitragem vai estar Alfredo Daniel Soares.

Algumas mexidas foram efetuadas em relação à atual direção, em breve, apresentaremos a lista completa e o seu programa.

AF Guarda organiza ações de formação

Vão acontecer duas ações de Formação Homolgadas para Revalidação do Título Profissional de Desporto de Futebol e Créditos UEFA – Grau (I,II,III,), nos dias 8 e 15 de junho. Esta é uma organização da A F Guarda, em parceria com a Gnosies.

Deste modo, a primeira acontece no dia 8 de junho com Ricardo Pires, com tema:”A Construção de uma Ideia de Jogo, depois no dia 15 de junho com Rui Manuel da Quinta. Inscrição 4€ – 40% valor reverte para Unidade Local de Saúde da Guarda.

As Inscrições devem ser efetuadas em : https://docs.google.com/…/1FAIpQLSd3gutOSFLeysC9ck…/viewform

foto:AFG

Artur Batista e Amadeu Poço na corrida à liderança da AF Guarda

Eleições na AF Guarda em julho

A Associação de Futebol da Guarda vai a votos , já no próximo mês de julho e para tal, desta vez segundo apuramos, existem dois candidatos para a liderança da instituição, Amadeu Poço e Artur Batista.

Assim , Amadeu Poço atual presidente, no cargo já há largos anos, quer continuar a liderar o seu projeto, por sua vez, Artur Batista, atual vice- presidente, foi  o secretário geral desta AF Guarda, mas segundo apurámos vai encabeçar uma equipa e um projeto de aposta na renovação com grandes melhoramentos do futebol distrital da Guarda.

Uma equipa muito jovem com elementos que têm provas dadas e outros mais velhos mas com um historial de grande orgulho para o distrito.

Assim , para já podemos avançar que , Artur Batista vai ser candidato à liderança da direção, levando consigo, alguns nomes sonantes do futebol distrital, para a Assembleia Geral, Carlos Gonçalves e no Conselho Disciplina, vai estar Jacinto Dias.

Depois para o conselho de arbitragem, Fábio Cardoso que tem feito ao longo dos anos um grande trabalho juntamente com todos os árbitros jovens, candidata-se  agora assumir a presidência , tendo a seu lado, um leque de jovens árbitros que terminaram a carreira , mas que querem continuar a desenvolver a arbitragem distrital, aqui honra seja feita a Fábio Cardoso, que nos últimos anos andou sempre no terreno ao lado dos árbitros.

Já Amadeu Poço aposta na direção em alguns elementos da atual direção e pelo que apuramos no Conselho de arbitragem o nome apontado para liderar é Daniel Soares que outros tempos andou em patamares de renome e inclusive passou pela arbitragem da Guarda, mas nos últimos tempos tem estado arredado da arbitragem.

Muito ainda por desvendar nesta corrida ao cadeirão da AF Guarda, alguns novidades vão surgir nos próximos dias também.

 

 

 

50 anos- ADFA-Uma geração dos anos 80 que merecia ter sido campeã

                                                       Imperava o verdeiro amor à camisola
A Associação Desportiva sempre foi um clube referência na formação e no escalão sénior, no distrito da Guarda, face a isso, a geração dos anos 80 da formação sénior merecia ter conquistado um título nesse escalão dada a qualidade que apresentava dentro das quatro linhas.
Desta forma, um plantel recheado de ótimos jogadores, onde alguns deles ainda viriam a vestir outras cores no Nacional da 3ªdivisão. Nesta foto que apresentamos, podemos verificar um vasto leque de jovens fornenses e depois algumas mais-valias de concelhos vizinhos.
Como Guarda-redes, Rui Melo, um homem muito completo dentro e fora dos postes, que sempre mostrou toda a qualidade e ainda veio mais tarde a defender as cores de “Os Vilanovenses” no Nacional. Depois estava Orlando um jovem guardião oriundo de Mangualde, que esteve na sombra do titular. Carlos Pina, outro guarda-redes que tinha qualidade mas esteve algum tempo na sombra do titular. Outro grande esteio entre os postes, era o Cunha , um guardião muito completo que desde muito jovem veio representar o clube e tornou-se uma referência para todos os guarda-redes que passaram neste clube.
No eixo defensivo, João Pacheco (Pote), um lateral direito que defendia e atacava fortemente, muito seguro e duro na posse de bola. Manuel Duarte era um polivalente no eixo defensivo, Carlos Nunes (Gito) foi um lateral esquerdo muito seguro tanto a defender como a atacar, Nen era um jovem esquerdino que fazia bem a ala esquerda, Girão era o patrão desta defesa, o esteio que dava as coordenadas, devido à sua larga experiência dos Nacionais, quando vestia as cores do Sp.Covilhã e mais tarde, ainda na 3ªdivisão jogou nos Vilanovenses.
Braga, um central que juntamente com Girão formavam uma dupla goleadora, pois chegaram a marcar imensos golos e a resolver muitas partidas. A completar o eixo defensivo, Tó Lopes outro jovem do concelho que através da sua elevada estatura defendia bem de cabeça e era muito importante no jogo aéreo e desenvolveu muito com Braga e Girão e mais tarde veio a afirmar-se como patrão do eixo. Rui Pina foi um jovem que jogava bem no eixo direito e esquerdo, mas tinha pela frente dois titulares muito fortes, mas ainda assim lutou imenso e mostrou o seu valor.
Zé Carlos, um grande defesa central que cedo se percebeu a grande qualidade e pouco tempo esteve no Fornos, aproveitou a maré e foi cedo para os Nacionais onde permaneceu durante longos anos e alcançou muitos triunfos por vários clubes.
Tó Lopes (Lúcio), um jovem médio que passou pela Briosa em Coimbra, depois foi ficando no Fornos e mais tarde afirmou-se no eixo defensivo direito do clube.
Titó outro jovem que foi singrando no eixo defensivo, onde permaneceu longos anos.
No setor intermédio, Vítor Tejo (Pinóia) era o grande maestro desta equipa, aliás devido à sua formação foi um atleta que nos dias de hoje andava pela II Liga sem problema.
To-Zé (Cancá) um recuperador de bolas nato, jogava bem na frente dos centrais e abria sempre o leque para que a equipa se organizasse. O jovem João Gomes ia surgindo aos poucos no onze, pois sempre que chamado procurava fazer sempre o que lhe era solicitado.
Nando Pompeu era outro elemento muito importante na manobra do eixo intermédio.
Prata da casa era o lema
José Ventura(Zé da Rita) outro homem forte no setor intermédio a recuperar bolas e sempre que podia usava o remate de meia distância, por sua vez Tó-Zé (Formigo), outro médio sempre importante no setor intermédio que fazia bem o pedido pelos técnicos.
Na frente de ataque, Fernando (Benfica) um jogador que cedo se impôs no plantel e no onze, fazia sempre, muitos golos, não era o nº9, era mais um avançado móvel que descaia bem nas alas e usava a velocidade como arma muito importante.
Jorge, um dianteiro que jogava em cunha no eixo dianteiro, também foi muito importante quando chamado e apontou alguns golos importantes.
Carlos Ventura, um dianteiro nato, sempre no lugar certo entre os centrais, ou melhor um quebra-cabeças para as defesas contrárias e fez alguns golos importantes.
Abú foi um jogador que jogava bem na esquerda ou como fixo, usava a velocidade como arma e foi um jogador que trouxe mais-valia ao plantel.
José António era um jogador muito forte com a bola nos pés e com velocidade que abria caminho para muitas assistências e grandes golos também apontou.
Os treinadores nesta fase foram Teixeira, Puskas e Girão.
Eram temporadas onde no distrito também abundavam grandes equipas, com grandes valores individuais, agora não existiam grandes saídas dos distritais para os Nacionais devido à vida profissional dos atletas, todos tinham os seus empregos.

 

AF Guarda- Soito- SC Mêda-1-3

Uma tarde cinzenta com o SC Mêda a manter a liderança, após vencer fora de portas a turma do Soito, num jogo bastante agradável. Uma fase inicial com ambas equipas a darem forte réplica, mas a equipa de Rogério abre o ativo por Pedro Rodrigues , por volta do minuto 28´.

O equilíbrio voltou na segunda parte com o empate a aparecer com Mauro a emendar, posto isto, a formação da Mêda volta a marcar com Pimenta a dar vantagem .

A formação de Frederico a reagir forte , mas Fábio consegue marcar e amplia dando o triunfo à Meda e mantém a liderança do campeonato.

AF Guarda- Distrital de Iniciados-Ronda 7

Teve lugar na tarde deste sábado mais uma ronda no distrital de Juniores C- iniciados da AF Guarda, com a goleada dos leões da fronteira por doze bolas sem resposta perante o Foz Côa.

Resultados:

Os Pinhelenses-Ass. Gaudella Ed Gouveia-1-3

Foz Coa-V.Formoso-0-12

 Casal Cinza-Trancoso-1-0
Sc Mêda-Guarda UD-1-4
Sc Celoricense–NDS-1-2
AD Fornos Algodres-Seia FC-1-3
Lidera:NDS-16 pts seguido do V.Formoso com 13 pts

AF Guarda- SC Mêda-Aguiar da Beira-1-0

Nova ronda da primeira distrital da AF Guarda, com o Estádio Augusto Carvalho a receber um clássico entre a Mêda e o Aguiar da Beira, com os locais a vencerem pela margem mínima.

Uma entrada mais forte dos medenses e assim conseguem uma grande penalidade ao minuto 7, que Pimenta muito experiente bateu o keeper dos cabicancas , abrindo o ativo.

A turma de Nuno Sena tentou sempre reagir e procurar anular a desvantagem e teve uma contrariedade com Gonçalo a ser substituído logo cedo, entrando David.

A Mêda foi fazendo o seu jogo e alcançou desta forma três pontos, que lhe permitiram chegar-se mais à frente, já o Aguiar da Beira bem comandado por Nuno Sena vai ganhando forma , uma equipa jovem mas com garra de vencer.

foto:DR