Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Câmara Municipal da Guarda

Tag Archives: Câmara Municipal da Guarda

Guarda vai ter um Centro Operacional Agrícola

Foi assinado entre a Câmara Municipal da Guarda e a AgroGuarda  um contrato de comodato que tem por objetivo, a criação de um Centro Operacional Agrícola da Guarda, através da cedência de um espaço localizado na Plataforma Logística, com uma área total de 1.323,00m2. Sublinhando a importância do setor agrícola no desenvolvimento da economia, Sérgio Costa, presidente da Câmara, afirmou que com a implementação deste Centro “estamos a criar condições para que os nossos agricultores tenham quem os ajude a promover, a divulgar e escoar os seus produtos”, acrescentando que “a Guarda precisa que os seus produtos sejam reconhecidos pela sua origem porque têm qualidade de excelência”. Esta sessão, que decorreu dia 9 de maio, nos Paços do Concelho, contou com a presença do presidente e do vice-presidente da AgroGuarda, Jorge Godinho e José Simão Cabral, que assinaram o contrato, da Diretora Adjunta da DRAPC, Vanda Batista, de Presidentes de Junta e de diversos agricultores do concelho da Guarda.

Guarda- Condicionamento de trânsito na Av.Rainha D.Amélia

Até ao dia 3 de março, mantém-se a alteração de tráfego na Av. Rainha D. Amélia; sendo prorrogado o prazo por 15 dias. Assim, o trânsito automóvel continuará cortado no sentido ascendente da Av. Rainha D. Amélia, entre o cruzamento com a Av. Eng.º Adelino Amaro da Costa e o início da Rua Batalha Reis, processando-se, em ambos os sentidos, na via de sentido descendente na forma de circulação alternada, com recurso a semáforos. Solicita o Municipio a compreensão e atenção de todos para a sinalização no local.

Festa de Porco – feira de enchidos, vinhos e azeite” em Aldeia Viçosa

O Clube de Pesca e Caça do Mondego, com sede em Aldeia Viçosa, vai organizar a II Edição da “Feira do Porco – Feira de enchidos, vinho e azeite”, no fim de semana de 19 e 20 de fevereiro, no Salão Cultural desta freguesia. O evento vai juntar 15 expositores com os melhores enchidos da região, bons vinhos, azeite de elevada qualidade, e outros produtos endógenos como o mel. Pretende-se que as pessoas possam abastecer-se do melhor que há na região para o seu Carnaval. Estarão também presentes alguns convidados distintos, como os ovos moles de Aveiro, entre outros.
Durante o fim de semana, haverá diversos eventos: atuação de rancho folclórico e de concertinas, prova de sabores da feira, sessão de homenagens, entre outros. No domingo, os visitantes poderão assistir à desmancha do porco e participar no almoço porqueiro, a preço simbólico, no recreio da escola.
Este evento pretende ainda recordar a evolução toponímica da freguesia que, até 1939, se chamava Porco.
O evento conta com o apoio da Junta de Freguesia de Aldeia Viçosa e da Câmara Municipal da Guarda, e será realizado no Salão Cultural da freguesia e nos espaços exteriores envolventes, cumprindo com as regras recomendadas pela DGS.
Assim, as portas abrirão no sábado, às 14 horas. Seguir-se-á a atuação do Rancho Folclórico da Guarda e uma prova de sabores da feira.
No domingo, às 11h30, no pátio da escola, será feita a desmancha do porco, logo seguida do almoço porqueiro, a preço simbólico. Durante a tarde, haverá a atuação do Grupo de Concertinas da Sequeira e uma sessão de homenagens a personalidades que fomentaram a pesca e a caça em Aldeia Viçosa, assim como à nossa campeã nacional de natação adaptada, Diana Mendes.
Todos os motivos são bons para virem a Festa de Porco em Aldeia Viçosa, seja para fazer as compras de Carnaval, seja para desanuviar um pouco do contexto de pandemia, seja para lanchar com os amigos, num ambiente que salvaguarda as regras de prevenção do Covid.

Exposição “Falar com o tempo”, de Ilda David’ inaugurada no Museu da Guarda

Teve lugar, nesta quinta-feira, ao final da tarde, a inauguração da exposição “Falar com o tempo”, de Ilda David’, no Museu da Guarda, no Paço da Cultura e na Capela Solar dos Póvoas, até ao próximo dia 17 de abril e reúne trabalhos que a artista plástica fez ao longo da sua já longa carreira, alguns deles, os mais recentes, criados durante o confinamento. A seleção das obras esteve a cargo de Nuno Faria, curador desta exposição e atual diretor artístico do Museu da Cidade do Porto.
Na inauguração, da iniciativa do  Município da Guarda esteve presente o presidente da Câmara, Sérgio Costa, salientou a importância da iniciativa na afirmação da Guarda como cidade de cultura, numa altura em que a Candidatura está a poucos dias de saber se continua ou não na corrida à Capitalidade Europeia da Cultura em 2027.

Município da Guarda reage em comunicado sobre Academia de Futebol da Guarda

O executivo liderado por Sérgio Costa reagiu em comunicado, sobre a Academia de Futebol ser em Celorico e não na Guarda, aliás vai fazer uma exposição à FPF sobre o caso.

Segundo o comunicado, “o atual Executivo da Câmara Municipal da Guarda foi confrontado e surpreendido com a decisão da Associação de Futebol da Guarda em submeter à Federação Portuguesa de Futebol a decisão de construção de uma academia de futebol em Celorico da Beira.

Foi unicamente, pelas declarações prestadas à comunicação social pela AFG, que tivemos conhecimento que o anterior executivo da Câmara Municipal da Guarda teria apresentado uma candidatura à construção de uma academia de futebol.

Como é público, não houve qualquer passagem de dossiers do anterior Executivo para o atual.

Mas, mesmo com esta infeliz falha democrática, não seria o normal e correto papel da AFG, enviar nova comunicação ao novo Executivo da Câmara Municipal da Guarda, sabendo que o Executivo sofreu uma mudança há bem pouco tempo, para que as eventuais dúvidas fossem sanadas?

Será que as declarações proferidas pelos diversos atores no passado, pré-anunciando este investimento fora do Concelho da Guarda, seria já um prenúncio para o atual desfecho?

Temos no nosso Concelho da Guarda as maiores escolas de formação de todo o distrito, sendo cerca de 70% dos Árbitros oriundos do Concelho da Guarda.

Só o NDS possui neste momento perto de 300 atletas, o que a somar aos restantes clubes, mais do que duplica.

Sabemos que o NDS também não foi contactado por nenhuma forma, para o que quer que seja.

É com tristeza e perplexidade, que nos parece assistir a uma tentativa de levar esta situação para caminhos políticos e não caminhos desportivos, sendo do nosso total desconhecimento outros quaisquer interesses que estejam por trás desta decisão.

O Desporto foi uma das maiores apostas do nosso programa eleitoral. Basta relembrar o Projeto da Nova Cidade Desportiva.

Este Executivo tem bem presente a importância do desporto na formação e na saúde de todos.

Ao atual executivo da Câmara Municipal da Guarda apenas interessa o bem-estar e o desenvolvimento da Guarda e dos Guardenses, pelo que nos vemos obrigados a emitir este comunicado, após Reunião com todos os Clubes federados do concelho da Guarda.

À política o que é da política. Ao desporto o que é do Desporto.

Iremos informar a Federação Portuguesa de Futebol de todos os contornos desta situação”.

Uma situação que promete muito debate ainda.

Guarda é o 1º Município a integrar FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, como Território de Montanha

A Guarda é o primeiro município a nível nacional que vai integrar a FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, como “Território de Montanha”. A iniciativa encontra-se agora em processo de certificação, através da atribuição do selo de garantia da organização, a alguns dos produtos endógenos da região. No seguimento desta ação, o Município da Guarda irá também promover no território o acolhimento em regime de voluntariado, de cientistas especializados no desenvolvimento de Territórios de Montanha. Irá ainda contribuir como membro consultivo para a elaboração do Relatório Bienal do secretário-geral da ONU, António Guterres, a apresentar à Assembleia Geral dos Territórios de Montanha da FAO, a cuja organização a Guarda irá apresentar candidatura, simbolicamente no dia 11 de dezembro, data em que as Nações Unidas assinalam o Dia Mundial das Montanhas.

Desta forma, a Guarda vai liderar a nível regional, nacional e transfronteiriço, a emissão de pareceres aos fóruns nacionais e internacionais que vão ser entretanto dinamizados sobre os Territórios de Montanha.

De referir ainda que está em curso a criação da Rota Europeia das Cidades de Altitude, processo iniciado e conduzido pela Guarda, e que incluiu um Passaporte Turístico com todas as cidades europeias acima dos 1000 metros, critério efetivo na definição de Território de Altitude: Guarda, Ávila, Sória, Segóvia, Briançon (França), La Chaux-de-Fonds (Suiça).

Recorde-se que os Territórios de Montanha são os fies guardadores de tesouros naturais únicos. As montanhas são a reserva de 70 por cento da água doce do Planeta, e darão origem nos próximos 10 anos, a 60 por cento das energias renováveis. Estes territórios constituem ainda o último refúgio para 25 por cento da biodiversidade terrestre. São ainda fonte de riqueza económica, gerando perto de 20 por cento do turismo global.

Cápsula do Tempo Guarda 2050 celebra 8º aniversário

“O Futuro da Comunicação: oportunidades e ameaças” é o tema do aniversário da iniciativa “Cápsula do Tempo – Guarda 2050” que como habitual se celebra no dia 1 de julho.

Se em 2020 a cerimónia de aniversário da Cápsula do Tempo teve como tema a pandemia no interior de Portugal, 2021 assinala mais um aniversário da iniciativa do Clube Escape Livre com um tema muito diferente, mas igualmente pungente neste período de começo de abertura da
sociedade.

Apresentado pela Professora Dra. Rita Figueiras, docente da Universidade Católica, o tema “O Futuro da Comunicação: oportunidades e ameaças” quer despertar consciências, alertar para o garrote das notícias falsas e estimular a comunidade a envolver-se nesta discussão.

Uma reflexão que se deseja alargada e por isso mesmo o evento organizado pelo Clube Escape Livre decorrerá ao final do dia e com abertura ao público, mas sempre no estrito cumprimento das regras de segurança sanitária impostas pela DGS.

Para lá do lançamento de mais uma chávena da coleção alusiva à Cápsula do Tempo – Guarda 2050, produzida pela SPAL e com assinatura do arquiteto António Saraiva e da plantação de uma árvore, haverá outro momento simbólico.

António José Teixeira, diretor de informação da RTP, filho da cidade da Guarda e membro da lista de personalidades da Cápsula do Tempo – Guarda 2050, vai cinzelar a pedra que serve de marco desta iniciativa.

A organização é do Clube Escape Livre, Instituto Politécnico da Guarda e da Rádio Altitude e com as parcerias da Câmara da Guarda e Junta de Freguesia da Guarda e colaboração da SPAL, Cauny e Transportes Bernardo Marques.

Guarda- Apresentado livro “Rua do Encontro-Ficções da Guarda”

Recentemente, teve lugar a apresentação da coletânea de narrativas breves e inéditas “Rua do Encontro-Ficções da Guarda”, no pátio do Museu da Guarda.
É uma edição que foi lançada no Dia Mundial da Língua Portuguesa pela Câmara Municipal da Guarda e Âncora Editora e reúne textos dos autores guardenses : Ana Monteiro, Anabela Matias, Angela Canez, António Moreira, Carlos Adaixo, Carlos Carvalheira, Carlos Galinho Pires, Cristino Cortes, Jerónimo Jarmelo, Jorge Carvalheira, Jorge Margarido, Maria Afonso e Teresa Martins Marques.

Centro de Estudos Ibéricos celebra aniversário de nascimento de Eduardo Lourenço

O Centro de Estudos Ibéricos, associação transfronteiriça sediada na Guarda que resultou da parceria entre a Câmara Municipal da Guarda, as Universidades de Coimbra e de Salamanca e o Instituto Politécnico da Guarda, vai assinalar simbolicamente o aniversário do seu mentor no próximo dia 21 de maio com as seguintes iniciativas:

11h00 – Sessão de Entrega do Prémio Eduardo Lourenço 2020, ao Prof. Ángel Marcos de Dios, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda (sessão presencial e online)

15h00 – Webinar “Leituras de Eduardo Lourenço”, com apresentação e moderação de Guilherme d´ Oliveira Martins e intervenções de Paulo Filipe Monteiro (Universidade Nova de Lisboa), Francisco Noa (Moçambique) e Nuno Grande (Universidade de Coimbra) (online)

17h00 – Inauguração do Memorial Eduardo Lourenço, na sede do Centro de Estudos Ibéricos, na Guarda – Apresentação da Gravura “Eduardo Lourenço – Heterodoxias” e da Medalha Comemorativa dos 20 anos do CEI (sessão presencial e online)

Sessão de Entrega do Prémio Eduardo Lourenço 2020 ao Prof. Ángel Marcos de Dios, Professor Catedrático jubilado da Universidade de Salamanca.

O Prémio Eduardo Lourenço visa galardoar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas.

Na 16ª edição, o júri reconheceu o mérito académico e científico de Ángel Marcos de Dios na área da Língua e Literatura portuguesas e a sua longa e profícua dedicação ao desenvolvimento e aprofundamento das relações culturais e académicas entre Portugal e Espanha. O Catedrático da Universidade de Salamanca junta-se a um vasto leque de premiados, onde se inclui Maria Helena da Rocha Pereira, Professora da Universidade de Coimbra (2005), Maria João Pires, Pianista (2007), César António Molina, Escritor (2010), Mia Couto, Escritor (2011), Agustina Bessa- Luís, escritora (2015), Luis Sepúlveda, escritor (2016), Fernando Paulouro das Neves (2017), jornalista e escritor e Carlos Reis, professor e investigador (2019), entre outros.

Webinar “Leituras de Eduardo Lourenço”

Honrar o legado de Eduardo Lourenço também passa por manter o Conhecimento, a Cultura e a Cooperação como coordenadas estratégicas duma missão nele inspirada.

O Projeto “Leituras de Eduardo Lourenço” assume a obra do Ensaísta como elemento congregador e pretende, além de gerar um movimento cultural de discussão e (re)leitura critica do seu legado, promover a reflexão dum pensamento vasto e labiríntico através de múltiplas iniciativas, onde se inclui um Ciclo de Seminários que decorrerão durante 2021 e 2022.

O projeto é coordenado por António Pedro Pita (Universidade de Coimbra), Margarida Calafate Ribeiro e Roberto Vecchi (Cátedra Eduardo Lourenço, Universidade de Bolonha) e Rui Jacinto (Centro de Estudos Ibéricos e CEGOT-Universidade de Coimbra).

Apresentação e Moderação:

Guilherme d´ Oliveira Martins – Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian e Presidente do Centro Nacional de Cultura

Intervenções: Paulo Filipe Monteiro (Universidade Nova de Lisboa) Francisco Noa (Moçambique); Nuno Grande (Universidade de Coimbra)

Informações e inscrições: https://www.cei.pt/webinar-leituras-de-eduardo-lourenco/

(cartaz em anexo)

Memorial Eduardo Lourenço

A ideia seminal lançada pelo Professor Eduardo Lourenço (1923-2000) num célebre discurso que proferiu em 27 de novembro de 1999, por altura das Comemorações do Oitavo Centenário da Cidade da Guarda, que intitulou “Oito séculos de altiva solidão”, esteve na génese do Centro de Estudos Ibéricos (CEI) e da relação tutelar que acabaria por manter com o Centro criado sob a sua inspiração.

No ano em que se comemoram 20 anos da assinatura do protocolo fundador do CEI entre os Reitores da Universidade de Coimbra, da Universidade de Salamanca e a Presidente da Câmara Municipal da Guarda (27.11.2000), como da formalização da respetiva escritura pública (18.05.2001), o Centro de Estudos Ibéricos presta uma singela e sentida homenagem ao seu mentor, patrono e Diretor Honorífico com a inauguração de um espaço Memorial na sua  sede  onde estão expostos alguns Prémios, Diplomas e Condecorações que o Professor Eduardo Lourenço legou à Guarda.

Para assinalar a data, será apresentada a Gravura “Eduardo Lourenço – Heterodoxias” e a medalha comemorativa dos vinte anos do CEI, ambas da autoria de João Pedro Cochofel.

“Contem comigo” para a Guarda 2027

Recentemente, junto ao semáforo da Avenida Rainha D. Amélia, os automobilistas, que ali passaram, foram convidados a parar para serem abordados pelo Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Monteiro, pelo coordenador geral da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura, Vítor Amaral, e pelo Presidente do Clube Escape Livre, Luís Celínio.

Objetivo: sensibilizá-los para a importância da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, para os reflexos que a sua concretização pode ter para a cidade e torná-los parte integrante do projeto, com a oferta de um autocolante, com as palavras “Contem comigo”, para colocar no vidro traseiro da viatura. Na ocasião, também a agenda da candidatura “Guarda a Capital Europeia da Cultura” e a última edição da Revista Escape Livre Magazine foram oferecidas.

Para Carlos Monteiro estamos «perante uma candidatura envolvente, que integra todas as partes desde as associações às pessoas, e agregadora, por envolver 17 municípios, que procura potenciar a cultura do território e torná-la um fator de desenvolvimento. Estamos a distribuir uma Agenda Cultural que reporta aquilo que cada município está a fazer em termos de produção cultural e artística, uma vez que a cultura que existe neste espaço é facto de desenvolvimento do território».

 Vítor Amaral explicou que «todos os anos a Comissão Europeia escolhe dois países, neste caso Portugal e Letónia, para Capitais da Cultura e as respetivas cidades candidatam-se. Neste caso, e para além da Guarda, candidataram-se Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Leiria, Oeiras e Viana do Castelo que têm de, até novembro, apresentar o dossier de candidatura. De seguida, um júri internacional fará a sua escolha com a decisão a ser anunciada no início de 2023».

 Para Luís Celínio a ação de hoje justifica-se porque «no âmbito de uma associação como o Escape Livre, onde o automóvel é utilizado para promover um território, os automobilistas devem ser chamados a dar o seu apoio a uma iniciativa como a da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura».

 Instado pelos jornalistas presentes sobre a atividade do Clube face à pandemia, o presidente do Escape Livre anunciou que «enquanto não podemos voltar às atividades quer de todo terreno, quer desportivas, estamos a preparar novos desafios. E um deles, a apresentar em breve, trata-se das Rotas de Portugal, onde com o Clube Escape Livre, vamos mostrar o menos conhecido e o mais importante de grandes estradas nacionais, marcantes para a Guarda e região, começando pela EN18».

 No decorrer da ação, algumas centenas de condutores receberam a oferta com entusiasmo e o seu veículo automóvel passa agora a mensagem “Contem Comigo!”.