Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: IPO de Coimbra

Tag Archives: IPO de Coimbra

IPO de Coimbra obteve 5ª acreditação pelo CHKS

O IPO de Coimbra obteve pela quinta vez a acreditação pelo CHKS (Caspe Healthcare Knowledge Systems), relativamente à implementação dos seus processos e normas, o que comprova o cumprimento dos padrões internacionais das melhores práticas.

Após avaliação por uma equipa externa de profissionais de saúde seniores, com formação de auditoria e revisão por pares, o IPO de Coimbra conseguiu demonstrar, num contexto particularmente difícil de pandemia, a conformidade com os requisitos da qualidade exigíveis.

Moyra Amess, Diretora do Departamento de Acreditação do CHKS referiu a propósito que: “O processo de acreditação requer dedicação e compromisso. Cada organização para a qual concedemos este prémio provou aos nossos avaliadores externos que os seus padrões e processos cumprem os padrões internacionais das melhores práticas. Esta é uma conquista significativa”.

A distinção agora atribuída significa fundamentalmente o reconhecimento da “marca” IPOFG, o que só pode reforçar a posição do IPO de Coimbra como instituição de referência na área da oncologia que assegura há 60 anos na região centro, com rigor e competência, a prestação de cuidados ao doente oncológico.

Para os cidadãos, esta acreditação internacional significará certamente o reforço da confiança numa instituição cuja qualidade e prestígio aqui fica também uma vez mais reconhecida.

Recorde-se que o IPO de Coimbra é uma instituição acreditada por esta entidade desde 2005 tendo obtido sucessivas reacreditações em 2010, 2014 e 2017.

IPO de Coimbra com projeto finalista na Bolsa “Capital Humano em Saúde”

Este projeto é ambicioso, implica a adoção de medidas a curto, médio e longo prazo, mas é um projeto que marcará a diferença na instituição.

O Projeto “Mudança para a Liderança” foi um dos 12 projetos selecionados para passar à fase seguinte da 2ª Edição Bolsa “Capital Humano em Saúde”, uma iniciativa da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) que tem como objetivo reconhecer e potenciar o capital humano do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Este projeto procura maximizar o capital humano da Instituição, desenvolvendo as competências dos profissionais com responsabilidades presentes ou futuras na Direção de Serviços/Unidades, Coordenação de Grupos ou Comissões, para que sejam gestores e líderes das suas equipas e disponham de ferramentas para construir modelos de gestão focados na criação de valor, de forma integrada e alinhada com as necessidades da organização, preparados para os desafios de um cenário de transição, capazes de promover uma melhor gestão, com acréscimo de eficiência na utilização dos recursos e de qualidade na prestação dos cuidados de saúde ao doente oncológico.

O IPO de Coimbra, como finalista, terá acesso ao Bootcamp preparatório, que decorrerá nos dias 10 e 11 de março de 2022, numa unidade hoteleira em Coimbra.

Novo acelerador Linear entra em funcionamento no IPO Coimbra

Após a entrada em funcionamento de um novo acelerador linear em junho passado, inicia-se hoje a atividade no segundo equipamento.

O IPO de Coimbra fica, assim, capacitado com dois novos aceleradores lineares, correspondentes a um investimento superior a 5,8 milhões de euros.

Desde o dia da sua receção, no passado dia 11 de setembro, este equipamento esteve em processo de testes de aceitação e controlo de qualidade (commissioning), com o objetivo de o disponibilizar para o tratamento clínico, cumprindo todos os requisitos de qualidade e segurança.

Trata-se de um acelerador linear dotado de características tecnológicas e especificidades que permitirão realizar tratamentos com recurso a técnicas avançadas de radioterapia, sempre guiadas por imagem (IGRT), tais como radioterapia de intensidade modulada (IMRT), arcoterapia volumétrica, também, com intensidade modulada (VMAT), radioterapia estereotáxica de fração única (também designada por radiocirurgia) e com hipofracionamento (SBRT). Por último, este equipamento permite, ainda, a realização de radioterapia com técnicas de sincronização respiratória (gating).

A maioria destas técnicas são já realizadas no IPO de Coimbra nos equipamentos que têm vindo a ser instalados desde 2016, primeiro a Tomoterapia e, mais recentemente com o acelerador linear que entrou em funcionamento em 2021.

Estes novos equipamentos permitem aumentar a capacidade de resposta às necessidades dos doentes de toda a Região Centro, particularmente no que diz respeito à complexidade das técnicas de tratamento, com tradução quer na precisão, quer na segurança da radioterapia prescrita, garantindo a capacidade de tratamento de forma eficiente, clinicamente efetiva e de acordo com os mais elevados padrões de qualidade técnica e científica.

Reforça-se, assim, o posicionamento do IPO de Coimbra, como instituição de referência, nos tratamentos de radioterapia, fortalecendo e consubstanciando a rede assistencial em radioncologia.

Protocolo de doação de viatura de transporte de doentes ao IPO de Coimbra

O Núcleo Regional do Centro da LPCC procedeu  à doação de uma viatura para transporte de doentes ao Instituto Português de Oncologia de Coimbra, no âmbito da sua ação de humanização da assistência ao doente oncológico em contexto hospitalar.

Decorreu, no passado dia 18 de outubro, a sessão de assinatura de protocolo de doação de uma viatura para transporte de doentes, do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro ao IPO de Coimbra. A cerimónia contou com a presença do Professor Vítor Rodrigues, Presidente da Direção do Núcleo Regional do Centro da LPCC, da Presidente do Conselho de Administração do IPO de Coimbra, Dr.ª Margarida Ornelas, da secretária-geral do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Dr.ª Natália Amaral, dos Vogais Executivos Dr. Luís Filipe, Dr.ª Catarina Monteiro e do Enfermeiro Diretor João Moreira entre outras entidades presentes.

Após assinatura do protocolo e entrega simbólica das chaves da viatura doada, o Professor Vitor Rodrigues, informou que: “esta doação surge em reconhecimento do papel dos IPO’s em Portugal, nomeadamente do IPO de Coimbra.” Acrescentou, ainda, que se “trata de uma doação que resulta do apoio que a Liga Portuguesa Contra o Cancro recebe dos cidadãos e comunidade em geral”, sendo que esta oferta representa, em grande medida, “o reforço, por parte da LPCC, da humanização da assistência ao doente oncológico no contexto hospitalar”. “As pessoas, e os doentes nomeadamente, estão em maior dificuldade. A LPCC reconhece a importância em dar algum carinho quando mais precisam. Por isso, o foco da Liga é alocar com mais eficiência os seus apoios às necessidades das pessoas”, acrescentou o Presidente da Direção do Núcleo Regional do Centro da LPCC.

Para encerrar a sessão, a Presidente do Conselho de Administração do IPO de Coimbra, Dr.ª Margarida Ornelas, no uso da palavra referiu que: “Este gesto de doação de uma viatura ao IPO é um bom exemplo desta parceria com a LPCC.”  Referiu que “Este gesto é, ainda, particularmente relevante no contexto atual, dado o período de obra que estamos a viver: a empreitada de requalificação do edifício de cirurgia/imagiologia. Em virtude das obras que decorrem atualmente e que visam a construção de um novo edifício, foi necessário realojar os doentes que estavam instalados no Hotel de Doentes, com a transformação do Hotel numa unidade de internamento para as especialidades cirúrgicas, o que levou à necessidade de encontrar uma resposta fora do campus hospitalar em 3 unidades na cidade. Deste modo, tem sido possível continuar a dispor do Hotel, assegurando o IPO as deslocações destas unidades para o Hospital e vice-versa.

Acrescentou ainda que: “o IPO transporta diariamente cerca de 40 doentes para tratamentos de radioterapia, sendo que destes doentes, alguns fazem no mesmo dia, outros tratamentos ou realizam consultas, o que perfaz uma média de 150 km diários percorridos entre a instituição e as três unidades onde se encontram alojados. Disse, ainda, que “estas deslocações diárias ocorrem numa janela temporal muito alargada, entre as 8 e as 22,00, mas por vezes ocorrem mesmo antes das 8 e até às 23,00, 23:30, porque há necessidade de prolongar tratamentos de radioterapia, resultando, pois, este trabalho de um esforço extraordinário e que publicamente gostaria de enaltecer, não só dos profissionais do Serviço de Radioterapia, como, também, dos nossos motoristas, a quem não posso deixar de prestar um público reconhecimento.”

Por último afirmou que: ”A doação desta carrinha permitirá: melhorar o conforto dos doentes que diariamente são transportados das entidades externas, onde estão alojados, para virem efetuar os seus tratamentos de radioterapia; garantir boas condições de segurança, visto que a carrinha permite o distanciamento entre passageiros; garantir uma maior eficiência ao nível da gestão do fluxo dos doentes e ocupação dos equipamentos/espaços, visto que a carrinha ao permitir transportar um maior número de pessoas torna o processo mais fluído, reduzindo tempos de espera em sala.

Prémio HINTT 2021 – IPO de Coimbra colabora com projeto vencedor

O Conselho de Administração do IPO de Coimbra refere em comunicado que:

O IPO de Coimbra voltou a marcar presença, na cerimónia de atribuição do Prémio HINTT 2021, depois da Instituição ter sido finalista, em 2019, com a candidatura “Cuidar da mulher sobrevivente de cancro da mama” e de há um ano ter conquistado o Prémio HINTT – Maturidade Digital, na categoria “Patient Safety”, com o projeto Oncommunities.

Este ano, é com enorme satisfação, que o IPO de Coimbra se congratula com a atribuição do Prémio HINTT – Maturidade Digital, na categoria “Value Proposition” à Fraunhofer AICOS, pela candidatura “DERM.AI- Utilização de Inteligência Artificial para Potencializar o Rastreio Teledermatológico”, projeto marcado pela colaboração do IPO de Coimbra com a Associação Fraunhofer Portugal e a SPMS (Serviços Partilhados do Ministério da Saúde).

Este projeto visa o uso da inteligência artificial no rastreio teledermatológico, tendo como objetivos avaliar uma aplicação móvel que permita uma aquisição fácil de lesões de pele com qualidade e o desenvolvimento de uma plataforma de Inteligência Artificial para priorização do risco das lesões. Esta plataforma constitui uma ferramenta de apoio à decisão do triador, sendo particularmente útil na avaliação de risco de cancro cutâneo, nomeadamente do melanoma, no qual um rastreio atempado é de grande importância.

Início da Empreitada de Requalificação do Edifício de Cirurgia/Imagiologia do IPO de Coimbra

Deste modo, o conselho de administração do IPO-Coimbra informa que a Empreitada de Requalificação do Edifício de Cirurgia/Imagiologia do Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil E.P.E. terá inicio nesta segunda-feira, dia 27 de setembro, com uma previsão de execução de 675 dias.

·         Esta obra obrigará à alteração dos circuitos de acesso ao IPO de Coimbra, passando a ser privilegiada a circulação pela Rua Dr. José Alberto Reis. 

·         Está em curso uma ampla campanha de comunicação e sensibilização de doentes, profissionais e comunidade. 

·         Ao longo das próximas semanas o campus hospitalar irá sofrer alterações estruturais para a instalação do estaleiro e demolição do edifício atual.

·         Em articulação com outras entidades, o Conselho de Administração procurará implementar as melhores soluções para minimizar o impacto desta obra na dinâmica diária da Instituição e da área envolvente da Cidade.

·         O novo edifício vai materializar um projeto há muito tempo sonhado e imprescindível ao desenvolvimento das atividades do IPO Coimbra em prol da melhor assistência ao Doente Oncológico.

IPO de Coimbra – Auto de Consignação Empreitada de Requalificação do Edifício da Cirurgia e Imagiologia

  • O IPO de Coimbra procedeu à assinatura do auto de consignação da Empreitada de O IPO de Coimbra procedeu, hoje, à assinatura do auto de consignação da Empreitada de Requalificação do Edifício da Cirurgia e Imagiologia.
  • A empreitada foi adjudicada à empresa Embeiral – Engenharia e Construção S.A, com um valor de adjudicação de 22.699.530,83 € (acrescido de IVA à taxa legal em vigor), após concurso público e será iniciada no presente mês de setembro;
  • A fiscalização da obra ficará a cargo da empresa VHM (Vítor Hugo – Coordenação e Gestão de Projetos);
  • É uma obra que marcará de forma inexorável o IPO de Coimbra, a Cidade e a Região, uma vez que contribuirá para uma melhoria significativa no cuidar do doente oncológico;
  • Esta obra implicará alterações no campus hospitalar e área envolvente, necessárias à sua execução, garantindo a atividade do IPO de Coimbra e a segurança de doentes e profissionais.

NEG/RUN angariou 1500€ para o IPO de Coimbra

O IPO de Coimbra acolheu uma comitiva do Núcleo de Estudantes de Gestão da Associação Académica da Universidade de Coimbra, tendo recebido um cheque simbólico do valor angariado.

Com mais de 1000 inscritos, o NEG/RUN permitiu aos participantes, através de uma corrida ou caminhada, solidarizar-se com o IPO de Coimbra.

Segundo Marisa Silva, Presidente do Núcleo de Estudantes de Gestão da AAC: “Foi gratificante poder ajudar uma instituição como o IPO de Coimbra. Sabíamos do desafio que ia ser, mas superámos as expetativas que tínhamos inicialmente traçado, reforçando a razão deste evento. Queremos, também, referir que fomos sempre muito bem recebidos pelo IPO de Coimbra. Agradecemos toda a disponibilidade demonstrada tendo contribuindo, certamente, para o sucesso deste evento”.

A Presidente de IPO de Coimbra, Margarida Ornelas, retribuiu o agradecimento referindo que ” a doação reflete um importantíssimo valor: o da solidariedade. Ser solidário é marcar a diferença e isso é notável”.

Outras informações:

Comitiva do Núcleo de Estudantes de Gestão da Associação Académica da Universidade de Coimbra

  • Marisa Silva – Presidente NEG/AAC
  • Martim Costa – Coordenador do pelouro Desportivo do NEG/AAC e Organizador do projeto NEG RUN
  • Joana Gonçalves Correia – Coordenadora do pelouro de Relações Externas do NEG/AAC

IPO de Coimbra- Visita do NEG/AAC para debater NEG/RUN

O IPO de Coimbra recebeu recentemente, uma comitiva do Núcleo de Estudantes de Gestão da Associação Académica da Universidade de Coimbra, no âmbito da divulgação do evento NEG/Run.

Este evento desportivo, que já conta com mais de 750 inscritos, é uma corrida/caminhada adaptada à situação pandémica que o país e o Mundo atravessam.

Segundo a Presidente do Núcleo de Estudantes de Gestão: “hoje é um dia muito importante, pois entregamos, de forma simbólica, uma camisola referente à corrida NEG/RUN. O NEG/RUN é um evento solidário adaptado às condições permitidas pelo contexto de pandemia e pelas normas impostas pela Direção Geral da Saúde. Todos os participantes podem inscrever-se de forma gratuita e fazer uma doação, ajudando esta Instituição tão nobre que é o IPO de Coimbra”.

A Presidente de IPO de Coimbra, Dr.ª Margarida Ornelas, agradeceu o gesto referindo que ” são iniciativas destas que provam como são importantes estes valores, como o da solidariedade, presentes nos estudantes da Universidade de Coimbra. Um evento solidário onde os testemunhos de atletas de alta competição, como é o caso do Nélson Évora, Naide Gomes, Marlene Sousa, Reinaldo Ventura ou o Francisco Belo, que, com o seu contributo, estão ajudar na sua divulgação. O valor que resultar da doação dos participantes será investido no cuidar dos doentes, missão principal do IPO de Coimbra. Esta corrida solidária, também, apela, à questão da importância do exercício físico, da condição física, de sermos ativos. Esses também são mensagens que o IPO de Coimbra tem transmitido. Ainda, recentemente, aquando da celebração do Dia Mundial da Luta Contra o Cancro, a 4 de fevereiro, lembrámos as máximas do código europeu contra o cancro, uma das quais é a de nos mantermos fisicamente ativos.

Entre 1 e 8 de maio, os participantes são incentivados a realizar uma corrida ou caminhada. A inscrição é gratuita, mas quem quiser poderá fazer uma doação, cujo valor reverterá para o IPO de Coimbra.

IPO de Coimbra – Recebeu Acelerador Linear

 Chegou ao IPO de Coimbra, o primeiro de dois aceleradores lineares, que visam substituir outros dois equipamentos de megavoltagem, com mais de uma década de atividade.

Com um investimento que ultrapassa os 5,8 milhões de euros, estes novos equipamentos permitem aumentar a capacidade de resposta particularmente no que diz respeito à complexidade das técnicas de tratamento, com tradução quer na precisão, quer na segurança da radioterapia prescrita.

Trata-se de um acelerador linear Sistema Halcyon/Varian, que é a primeira unidade deste tipo a ser instalada em Portugal e que traduz um novo conceito de tratamento, permitindo a realização de técnicas complexas de tratamento, guiadas por imagem, mais precisas, seguras e, portanto, mais eficazes. É um equipamento robusto e com características inovadoras também no que diz respeito aos requisitos de espaço físico, uma vez que pode ser instalado em áreas de menores dimensões, permitindo a otimização dos espaços e dos circuitos dedicados.

Com este novo equipamento, o Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil, EPE vê reforçado o seu posicionamento de instituição de referência na Região Centro, no que concerne aos tratamentos de radioterapia, fortalecendo e consubstanciando a rede assistencial em radioncologia.