Início » Tag Archives: Passadiços do Mondego

Tag Archives: Passadiços do Mondego

Passadiços do Mondego receberam “Óscar do Turismo” na Gala dos World Travel Awards, em Berlim

Os Passadiços do Mondego foram galardoados com o prémio Projeto Líder de Desenvolvimento do Turismo 2024 [Europe’s Leading Tourism Development Project 2024] na Gala dos World Travel Awards que decorreu ontem à noite (6 de março) no The Ritz Cartlon, em Berlim, Alemanha. Os World Travel Awards são considerados os “Óscares” do Turismo; os mais prestigiados prémios atribuídos no setor. O Município da Guarda agradece a todos os que contribuíram com o seu voto, para que este prémio fosse possível.

«Este reconhecimento internacional destaca o compromisso excecional do Município com a excelência no setor do Turismo. Este prémio é a prova do empenho em oferecer uma experiência única e inesquecível aos visitantes dos Passadiços e de toda a região da Guarda, destacando-se como um destino turístico de classe mundial. Nesta corrida ao reconhecimento no WTA ficamos gratos por ver o nosso trabalho reconhecido e felizes por dar a conhecer esta atração turística, situada no distrito da Guarda, a toda a comunidade internacional», refere o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa, sobre a atribuição deste prémio. Acrescenta ainda o autarca, que «Este prémio é também o compromisso renovado de continuar a proteger e promover o nosso património natural e cultural, garantindo que as gerações futuras também possam vir a desfrutar dos Passadiços do Mondego»

Recorde-se que os Passadiços do Mondego concorriam aos World Travel Awards 2024 em três categorias: Principal Atração Turística de Aventura; Nova Atração Turística Líder; e Projeto Líder de Desenvolvimento do Turismo. Os Passadiços do mondego abriram ao público em novembro de 2022 e estão inseridos no Parque Natural da Serra da Estrela e no Estrela Geopark Mundial da UNESCO, contando com um percurso de 12 quilómetros que atravessa cascatas, levadas e moinhos e que mostra o antigo património da Indústria Têxtil do concelho, onde se fabricava o famoso cobertor de papa. Desde a sua abertura já passaram pelos Passadiços do Mondego mais de 130 mil pessoas.

 

Guarda vai estar na BTL- Lisboa 24

Promovida pela Fundação AIP, a 34ª edição da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa irá decorrer de 28 de fevereiro a 3 de março de 2024, na Feira Internacional de Lisboa – FIL do Parque das Nações e a Guarda volta a marcar presença, neste que é o maior certame do setor do Turismo do nosso país.

O Município da Guarda estará representado no espaço da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela (CIM BSE), promovendo o Turismo da Natureza, o Desporto e a Saúde, através dos Passadiços do Mondego e dos vários trilhos pedestres e cicláveis do nosso concelho, bem como do programa + 65. Os trilhos pedestres com cerca de 62km estão homologados pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal e os cicláveis são 11 percursos, certificados pela Federação Portuguesa de Ciclismo (Centro Cyclin’ Portugal): nove de BTT e dois de Estrada, com quatro níveis de dificuldade e duas portas de entrada: no Parque Urbano do Rio Diz e na Praia Fluvial da Barragem do Caldeirão.

Ainda sobre os Passadiços do Mondego, itinerário de 12km, que abriu há mouco mais de um ano já foi visitado por mais de 120 mil pessoas e foi recentemente candidatado aos óscares europeus do Turismo, os World Travel Awards 2024, em 3 categorias. Os Passadiços voltam a estar no centro da promoção turística do território, sem esquecer os produtos endógenos e os eventos, com destaque para o Ciclo de Festivais de Cultura Popular do Concelho da Guarda e para o Guarda Wine Fest, cuja 3ª edição decorre de 12 a 14 de julho.

Por:MG

Passadiços do Mondego receberam mais de 120 mil visitas

Com pouco mais de um ano de existência, os Passadiços do Mondego tornaram-se numa atração imperdível para todos os amantes da natureza e entusiastas da cultura. Este projeto inovador encontra-se nomeado em três categorias nos WTA – Word Travel Awards e já foi visitado por mais de 120 mil pessoas.

Os Passadiços do Mondego estão inseridos no Parque Natural da Serra da Estrela e no Estrela Geopark Mundial da UNESCO, contando com um percurso de 12 quilómetros que atravessa cascatas, levadas e moinhos. Abrangem as freguesias de Videmonte, Trinta/ Corujeira, Maçainhas e Mizarela/Pero Soares/Vila Soeiro, permitindo apreciar o que resta das antigas fábricas de tecelagem e de produção de eletricidade e moinhos existentes nas margens do rio Mondego.

“Este reconhecimento internacional destaca o compromisso excecional do Município com a excelência no setor do turismo. Esta nomeação é um testemunho do empenho em oferecer uma experiência única e inesquecível aos visitantes, destacando-se como um destino turístico de classe mundial. Nesta corrida ao reconhecimento no WTA são várias as razões que levam esta atração turística, situada no distrito da Guarda, a estar na shortlist,” refere Sérgio Costa, Presidente da Câmara Municipal da Guarda.

Inovação e Sustentabilidade: Os Passadiços do Mondego destacam-se pela abordagem inovadora e sustentável na conceção e manutenção das infraestruturas. Desde materiais eco-amigáveis até à gestão consciente dos recursos naturais, o projeto representa um compromisso genuíno com a sustentabilidade ambiental.

Experiência do Visitante Excecional: Esta atração oferece uma experiência única que combina a beleza natural do Rio Mondego com elementos culturais. O percurso que pode ser realizado em ambos os sentidos e com vários pontos de saída, proporciona oportunidades para a interação, tanto com a natureza, como com a história local, promovendo o turismo sustentável e incentivando a preservação do património cultural.

Impacto na Comunidade: Os Passadiços não são apenas uma atração turística, mas também têm um impacto positivo na comunidade local. O projeto tem contribuído para o desenvolvimento económico da região, promovendo o turismo sustentável e incentivando a preservação do património cultural.

A equipa dos Passadiços do Mondego apela aos votantes dos World Travel Awards para considerarem a singularidade e a contribuição significativa deste destino turístico. O voto nos Passadiços do Mondego é um voto a favor da excelência, sustentabilidade e autenticidade (https://www.worldtravelawards.com/vote).

Passadiços do Mondego nomeados no World Travel Awards

Os Passadiços do Mondego (Estrela UNESCO Global Geopark), Portugal estão nomeados em três categorias para os World Travel Awards, os Óscares Internacionais do Turismo. O itinerário de 12 km, que liga a Barragem do Caldeirão a Videmonte e que é uma referência de toda a Região Centro, está nomeado para Principal Atração Turística de Aventura da Europa 2024 | Europe’s Leading Adventure Tourist Attraction 2024

Nova Atração Turística Líder na Europa 2024 | Europe’s Leading New Tourist Attraction 2024

Projeto Líder de Desenvolvimento do Turismo na Europa 2024 | Europe’s Leading Tourism Development Project 2024

As votações decorrem até 4 de fevereiro, neste link, e só serão efetuadas após registo em:

https://www.worldtravelawards.com/vote

Passadiços do Mondego distinguidos pelos Prémios Imobiliário Expresso/ Sic Notícias

A Guarda foi premiada e  Os Passadiços do Mondego foram galardoados na 5ª edição dos prémios do Imobiliário Expresso/SIC Noticias, numa sessão que se realizou no Paço dos Duques, em Guimarães, e numa organização do Expresso e da SIC Notícias. Nesta quinta edição foram avaliados projetos terminados em 2022, em oito categorias. O Itinerário guardense foi distinguido na categoria Espaço Público: Espaço Verde/Urbanismo. O Prémio foi entregue durante a sessão ao presidente da Câmara Municipal da Guarda.

A organização distinguiu projetos nas seguintes categorias: Melhor empreendimento – Construção Nova; Reabilitação Urbana e Reconstrução; Espaço Público; Arquitetura de interiores; Sustentabilidade; Inovação na mediação; Inovação na Construção; Projeto de Impacto económico, social e ambiental; e Prestígio.

Recorde-se que os Passadiços do Mondego foram inaugurados há quase 1 ano, a 6 de novembro de 2022. Trata-se de uma obra estruturante do Turismo da Guarda e que tem atraído milhares de visitantes não apenas ao concelho da Guarda, mas a toda a região centro do país, vindos sobretudo de Portugal e Espanha.

«Os passadiços mais bonitos do país», como os classificou o presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, estendem-se por 12 km entre a Barragem do Caldeirão e a localidade de Videmonte, em território que é também Parque Natural da Serra da Estrela e Geopark Mundial da UNESCO. O percurso aproveita 5Km de caminhos já existentes e integra uma zona de 7km de travessias, passadiços e pontes suspensas com paisagens de cortar a respiração e onde abundam as veredas, açudes, cascatas, levadas e moinhos e onde ainda é possível observar os vestígios de património industrial de antigas fábricas de lanifícios ou de produção de eletricidade.

Dia Internacional da Montanha celebrado nos Passadiços do Mondego

Vai ter lugar no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Montanha, o Estrela Geopark Mundial da UNESCO e o Município da Guarda dinamizam uma caminhada interpretada naquela que é a mais recente atração turística deste território, os Passadiços do Mondego. será no domingo, dia, 11 de dezembro, pelas 9 horas com a duração de  4h / 4h30min, com 12 kms, com arranque na Barragem do Caldeirão

Para mais informações, deve consultar o seguinte link: https://www.geoparkestrela.pt/atividades

Guarda aproveita INTUR para promover os Passadiços do Mondego e a FIT 23

Assim até domingo, a Guarda marca presença na INTUR – Feira Internacional de Turismo de Interior de Valladolid (Espanha). Com a participação nesta feira, o Município da Guarda pretende levar mais longe a divulgação da cidade e do território, divulgando e promovendo o que de melhor tem a região: do turismo de Natureza ao património cultural, passando pelos produtos endógenos. Em 2022, o destaque é para os Passadiços do Mondego, itinerário de 12 km recentemente inaugurado, e que pretende ser o exlibris natural da região, captando público que habitualmente escolhe a Natureza para as suas rotas turísticas. Recorde-se que a Guarda tem neste seu território o Geopark , Património Mundial da Humanidade (UNESCO). Neste certame, a Guarda irá também promover a 7ª edição da Feira Ibérica de Turismo que em 2023 se realizará entre 28 de abril e 1 de maio.

A INTUR é considerada uma das mais importantes montras da diversidade de oferta do Turismo de Interior, um espaço profissional que promove uma imagem conjunta, com a cultura, a gastronomia e a natureza a surgir como ofertas integradas e estruturadas.

Recorde-se que para além do valor histórico e patrimonial, a Guarda oferece vários roteiros temáticos de grande riqueza patrimonial e cultural, privilegiando o contacto com a natureza.

A Guarda vai estar representada no primeiro pavilhão do recinto da Feria de Valladolid. A INTUR pode ser visitada hoje (só para profissionais) até às 18h30 e na sexta e durante o fim-de-semana entre as 10h30 e as 20h30.

Foto:DR

Passadiços do Mondego abrem ao público a 6 de novembro

Abertura oficial dos Passadiços do Mondego, segundo adiantou, o presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, vai ser o dia 6 de novembro como data de arranque para o funcionamento deste itinerário do Alto Mondego.

«Garanto-vos que haverá um antes e um depois dos Passadiços do Mondego. Este é um investimento fundamental para o Turismo da Guarda e para toda a Região. Esta obra será a referência para o turismo e lazer do nosso Concelho e de todo o nosso território, com a qual poderemos pensar positivamente no seu sucesso futuro. A Guarda está pronta para começar a sua viagem, para o sucesso na atração do turismo e da atividade económica a nível nacional e internacional.», refere o autarca sobre a abertura.

Recorde-se que se trata de um investimento na ordem dos 4 milhões de euros, em parte co-financiados a 85 por cento por fundos europeus, no âmbito do Centro 2020, FEDER. A inauguração será no domingo, pelas 12h30 e contará com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Com um percurso pelas margens do rio Mondego e os seus afluentes de cerca 12 km, os Passadiços começam junto à Barragem do Caldeirão, estendendo-se depois pelo vale, nos territórios das localidades de Trinta, Vila Soeiro e terminando já na montanha, em Videmonte.

O percurso aproveita 5Km de caminhos já existentes e integra uma zona de 7km de travessias, passadiços e três pontes suspensas com paisagens de cortar a respiração e onde abundam as veredas, açudes, cascatas, levadas e moinhos. Os Passadiços do Mondego estão integrados no Parque Natural da Serra da Estrela e no Estrela Geopark Mundial da UNESCO.

O Itinerário compreende Geossítios como o Miradouro do Mocho Real, escombreiras e cascalheiras, do Alto Mondego e ainda os vestígios de património industrial de antigas fábricas e engenhos de lanifícios ou de produção de eletricidade, nos Trinta, testemunhos de um passado ligado à indústria têxtil deste território, onde teve origem o afamado cobertor de papa. Mas também vestígios mais antigos como uma ponte medieval (entre Pêro Soares e Mizarela) que se acredita ter surgido sobre uma ponte já existente da época romana. Muito para descobrir e aprender num local onde podemos ver a Natureza em harmonia com a passagem humana pela paisagem.

Esta é uma obra de valorização do património natural da Guarda que pretende mostrar a importância deste rio para a região e para o país, destacando o valor cultural e paisagístico das aldeias de montanha que atravessa.

Guarda comemorou 820 anos de cidade

A cidade mais alta celebrou os 820 anos, com a chuva a marcar presença, mas a cerimónia do hastear da bandeira decorreu junto ao edifício dos Paços do Concelho onde estiveram presentes as Corporações de Bombeiros Voluntários do concelho da Guarda e a Banda Filarmónica de Famalicão da Serra.

Seguiu-se, na Sala António de Almeida Santos, a Sessão Solene Comemorativa do 820º aniversário da cidade que este ano teve como tema “As empresas e o seu contributo para o desenvolvimento regional”.

A cerimónia iniciou com a intervenção da presidente da Assembleia Municipal da Guarda, Cidália Valbom, de seguida procedeu-se à entrega das distinções com a medalha de Mérito Municipal, grau prata a várias personalidades com provas dadas pelo seu trabalho desenvolvido e também foram entregues as medalhas de excelência e dedicação a funcionários do Município. A sessão foi presidida por Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial.

Fez a sua intervenção Carlos Monteiro Presidente do Município, e por fim , Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial.

Foi assinado o Auto de consignação da empreitada dos Passadiços do Mondego.

De seguida, teve lugar no Paredão da Barragem do Caldeirão o Lançamento da Primeira Pedra dos Passadiços do Mondego.

Trata-se de um investimento de perto de três milhões de euros; obra estruturante para a valorização do território, que prevê um itinerário pelas margens do rio Mondego de cerca de 11 km.

As comemorações do 820ºaniversário da Guarda prosseguiram durante a tarde.