Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: segurança social

Tag Archives: segurança social

GNR e Segurança Social assinam protocolo

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e o Instituto da Segurança Social (ISS I.P.) assinaram um Protocolo de Cooperação para aumentar informação dos cidadãos relativa ao Estatuto do Cuidador Informal. O protocolo foi assinado no Comando-Geral da GNR, no Largo do Carmo, pelo Comandante Operacional da GNR, Tenente-general José Manuel Lopes dos Santos Correia, em representação da Guarda, e pelo Presidente do Concelho Diretivo do Instituto da Segurança Social, Dr. Rui Fiolhais.

O ISS, I.P., tem por missão o acompanhamento, fiscalização e avaliação do cumprimento das medidas das respetivas áreas de intervenção, devendo providenciar os instrumentos e os meios adequados à sua concretização, onde se inclui o Estatuto do Cuidador Informal (ECI), que regula os direitos e os deveres do cuidador e da pessoa cuidada, estabelecendo as respetivas medidas de apoio.

A GNR, através da sua Repartição de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, desenvolve programas específicos de proximidade à comunidade, amplamente reconhecidos e aceites pelos cidadãos, cumprindo a sua visão estratégica de ser reconhecida como “uma força de segurança humana, próxima e de confiança”.

Nesse sentido, e reconhecendo que a GNR possui capacidade nacional para beneficiar com informação os cidadãos mais isolados e vulneráveis, a GNR e o ISS pretendem com este Protocolo organizar ações conjuntas de formação destinadas a divulgar informação relativa às regras de apoio e de acesso dos cidadãos, seus diretos e benefícios previstos para o Estatuto do Cuidador Informal.

As ações e iniciativas que as entidades podem desenvolver conjuntamente no âmbito do Protocolo assinado, terão maior incidência no âmbito da Operação Censos Sénior, que decorrerá durante o próximo mês de outubro, na qual serão divulgadas as informações relativas aos cuidadores dos Idosos, em ações de proximidade e/ou nas redes sociais, bem através de várias ações de sensibilização em grupo de pessoas idosas mais vulneráveis.

Ministro Vieira da Silva vai visitar Fornos de Algodres

12507167_1519422411691495_945264594472961639_nInserido nas comemorações dos 350 anos da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, no próximo sábado, 25 de junho, o Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Dr.Vieira da Silva, vem de visita a esta localidade.

Do programa consta, pela 11horas, a recepção no salão nobre da Câmara Municipal, seguida da visita às valências da Misericórdia (Atribuição de Topónimos), o almoço será no antigo quartel da AHBVFA.

Por:António Pacheco

Mexidas na segurança social da Guarda

Vinte funcionários da Segurança Social da Guarda integram a lista para o Quadro da Mobilidade

Em conversa com o Director da Segurança
Social, que apesar de não querer prestar declarações gravadas, referiu
que falou pessoalmente com a totalidade dos funcionários com o intuito
de os tranqualizar. Perante a situação o sindicato da função pública
mostra-se preocupado, José Pedro Branquinho anunciou que está agendada
uma reunião com os trabalhadores e a segurança social, no sentido de
encontrarem a melhor solução.

No caso concreto do distrito da Guarda, foram
notificadas três educadoras de infância e os restantes são assistentes
operacionais. Um assunto que o sindicato está a acompanhar e quer
encontrar uma solução de forma que os funcionários do distrito não
fiquem no desemprego.
fonte:Radio F

Trabalhadores do privado vão passar a descontar 18% para a Segurança Social

  • dinheiro

Os trabalhadores do sector privado deverão passar a descontar, a
partir do próximo ano, 18% para a Segurança Social, o que representa uma
subida de 7 pontos percentuais, face à contribuição actual de 11%,
avança o “Jornal de Negócios”.

Esta terá sido uma das medidas que Pedro Passos Coelho irá anunciar
às 19h20, altura que está marcada para revelar as novas medidas de
austeridade.

Segundo o jornal, esta medida foi comunicada durante o dia de hoje aos ministros, durante uma reunião mantida em São Bento

 Feitas as contas, esta subida equivale a cortar um dos catorze salários anuais.

O primeiro-ministro, no referido encontro, terá revelado os eixos
centrais da intervenção que daqui a pouco irá fazer aos portugueses, sem
referir quaisquer medidas adicionais de austeridade para ao ano em
curso.

Segundo o “Jornal de Negócios”, Pedro Passos Coelho deverá também
anunciar, medidas que afectam os mais ricos e as grandes empresas, em
matéria fiscal.

fonte:jornal I