Templates by BIGtheme NET
Início » Aguiar da Beira » Artigo de opinião: Quando procurar o Terapeuta da Fala?

Artigo de opinião: Quando procurar o Terapeuta da Fala?

índice Sabe quando deve procurar um Terapeuta da Fala e a que sinais de alerta deve estar atento? Informe-se, não espere mais tempo!

O Terapeuta da Fala é o profissional de saúde responsável pela prevenção, avaliação, diagnóstico e intervenção nas perturbações que comprometem a comunicação verbal  (linguagem oral e/ou escrita, articulação, fluência e voz), comunicação não verbal, assim como alterações relacionadas com as funções auditivas, cognitivas, oro-musculares e várias funções associadas (eg. reflexos orais, mastigação, respiração, deglutição e motricidade orofacial). Por isso, ser Terapeuta é muito além de ensinar a falar!!

O encaminhamento para a Terapia da Fala, normalmente é feito pelo Médico de Família, Pediatra, Otorrinolaringologista ou pela Escola. Contudo, com o despertar para esta especialidade, a sociedade começa a estar alerta para todos os sinais que possam indicar a necessidade desta valência.

Não existe uma idade para iniciar a intervíndice1enção, afinal a Terapia da Fala pode começar com recém-nascidos, quando há dificuldades de sucção, deglutição ou qualquer impedimento a uma alimentação por via oral, até à população idosa com alterações neurológicas consequentes de AVC, do próprio envelhecimento ou de demência.

De seguida apresentam-se algumas das queixas mais comuns nas pessoas que são encaminhadas para a Terapia da Fala. Todos os comportamentos apresentados são sinais de alerta e portanto não são indicativos nem sinónimos de existência de uma perturbação ou necessidade de Terapia da Fala. O objetivo não é alarmar a população, mas sugerir, que na eventualidade de identificarem alguns destes indicadores e surgirem dúvidas, procurem um Terapeuta da Fala.

E, não se esqueça que necessitar de apoio do Terapeuta da Fala, não faz de ninguém melhor ou pior, não é considerado inferior relativamente aos pares, nem lhe é atribuído rótulo nenhum!

Não deixe de procurar, não deixe de saber, não deixe de ajudar a criança o mais cedo possível ou o idoso promovendo uma maior qualidade de vida.

Vale a pena esperar?

Por:Ana Carolina Melo Marques  – Terapeuta da Fala na APSDCFA

Publicidade...



 

Enviar Comentário