Início » Ambiente » Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo aprovou Orçamento de 2024, no valor total de 20.948.774€

Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo aprovou Orçamento de 2024, no valor total de 20.948.774€

                                                                                Orçamento ambicioso e rigoroso
A Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo aprovou, na última reunião de câmara, o orçamento para o ano de 2024, no valor total de 20.948.774€. O
reforço financeiro (de 5.174.556€), em comparação com o ano transato, está relacionado com o incremento de oportunidades de financiamento, sustentado num árduo trabalho de elaboração de candidatura para a captação de fundos comunitários e de articulação com as autoridades de gestão, que este Executivo fez questão de encetar desde a primeira hora.

O documento agora aprovado, que ainda será submetido à Assembleia Municipal, assim como os outros documentos previsionais, pretendem ir ao encontro das expetativas dos cidadãos e neles estão definidas as linhas orientadoras de planeamento e desenvolvimento estratégico de médio e longo prazo, bem como a política financeira de curto prazo.
Apesar da elaboração deste importante documento surgir num contexto de uma crise política nacional, de incerteza e imprevisibilidade, está orientado e sustentado numa estratégia bem delineada para o desenvolvimento do concelho e para promover o bem-estar da população de Figueira de Castelo Rodrigo.
Não obstante o cenário macroeconómico negativo, o executivo municipal cumpriu os dois anos de mandato autárquico, com muitas realizações, com elevada responsabilidade e grande determinação, tendo terminado obras que há muito estavam estagnadas, desde o tempo da gestão do anterior executivo, enquanto se concluíram projetos para se iniciarem, em 2024, investimentos e obras importantes, algumas delas alavancadas por fundos comunitários.

Este orçamento honrará o compromisso de levar a efeito todos os esforços para se prosseguir o estímulo à inovação, ao tecido empresarial local, à requalificação da oferta turística e o apoio social à população num ano que se adivinha de grandes dificuldades. “Há, por isso, a necessidade de atender principalmente à população mais carenciada e mais envelhecida, não esquecendo as condições de atratividade para os mais jovens”, refere o autarca Carlos Condesso.

As medidas de apoio à população, nomeadamente no que diz respeito aos cuidados de saúde, estão bem identificadas no orçamento, como é o caso do Cartão de Saúde Municipal “Cuidar dos Nossos”, que continua a permitirconsultas e exames de diagnóstico gratuitos para toda a população, continuando a garantir operações gratuitas às cataratas, com o protocolo “Dar Visão a Figueira de Castelo Rodrigo”, assinado com a Fundação Álvaro Carvalho. Estes serviços assegurados pela Câmara Municipal e que são
prioridade deste orçamento, complementam a rede de assistência do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que está atualmente com grande fragilidade, nomeadamente com a falta de médicos no Centro de Saúde de Figueira de Castelo Rodrigo e o encerramento frequente do serviço de urgências do Hospital da Guarda.

Ao abrigo de uma candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para o Parque Público de Habitação a Custos Acessíveis, em colaboração com o HIRU e a CIMBSE, vamos iniciar os procedimentos para reabilitar 15 fogos no centro histórico de Figueira de Castelo Rodrigo, no valor de cerca de 1 milhão e 700 mil euros, investimento financiado a 100%. Também, no seguimento do contrato programa assinado com a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, em 2024, vamos iniciar as obras de Reabilitação do Quartel da GNR de Figueira de Castelo Rodrigo, cujo investimento apoiado a 100% é de 1 milhão e 250 mil euros.

Continuaremos também a apoiar a revitalização do setor agrícola, que tantas vezes é condenado ao esquecimento.

Outras obras de registo plasmadas neste orçamento, são o inicio da construção de um Parque de Lazer e de uma Praia Fluvial na Barragem de Santa Maria de Aguiar, para que os figueirenses e os nossos visitantes possam beneficiar e desfrutar deste investimento há muito ambicionado; a beneficiação e reparação de edifícios onde funcionam os diversos serviços municipais; a requalificação do espaço verde entre a Av.ª Sá Carneiro e Av.ª 25 de Abril; a remodelação do Largo Dr. Vilhena; a conclusão do projeto para a execução da Pedovia entre Figueira de Castelo Rodrigo e o Convento de St.ª Maria de Aguiar e ainda a execução da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Zona Industrial de Figueira e da Estação Elevatória de Águas Residuais no Ribeiro das Alagoas.

Os eventos de referência vão continuar a ser uma aposta neste orçamento, com o objetivo de dinamizar a economia local, atraindo visitantes ao longo do ano.

Para Carlos Condesso, Presidente da Câmara Municipal, “o orçamento para 2024 é um documento ambicioso, rigoroso e responsável, garantindo respostas e qualidade de vida à população, promovendo o progresso do concelho, mesmo em tempo de grandes incertezas como é aquele que estamos a viver”.

Foto:MFCR

Publicidade...