Templates by BIGtheme NET
Início » Cultura (Pagina 2)

Cultura

Livro “Mangualde, o Nosso Património” já foi lançado

Foi lançado nesta sexta-feira o livro “Mangualde, o Nosso Património”, uma cerimónia que aconteceu no Salão Nobre da autarquia mangualdense, contou com a presença e intervenções do autor, António Tavares, do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, do Vereador da Cultura, João Lopes, de Gertrudes Branco, prefacista do livro, e António Amaral, representante da Alcatuna. A edição da obra é da responsabilidade da Câmara Municipal de Mangualde.
Trata-se de uma obra que compila todos os bens patrimoniais do concelho de Mangualde trabalhados na campanha de promoção “Mangualde, O Nosso Património”. O livro visa, assim, dar a conhecer o património herdado e as criações contemporâneas, mas também promover a sua preservação.
A campanha de promoção “Mangualde, O Nosso Património” nasceu em 2011 e teve como objetivo catalogar o património mangualdense e dá-lo a conhecer, aproximando os mangualdenses do seu património. Quinzenalmente e, posteriormente, mensalmente era publicada uma imagem do património e uma nota explicativa do mesmo em formato de cartazes, colocados nas montras de comércio e serviços. Eram ainda produzidos postais, colocados no posto de turismo, bem como adaptada a imagem para as redes sociais e site do Município.
Os interessados em adquirir o livro “Mangualde O Nosso Património” poderão fazê-lo na Papelaria Adrião ou no Posto de Turismo de Mangualde.
O autor, António Tavares, com formação superior em História e Arqueologia, mestre em Gestão e Programação do Património Cultural pela Universidade de Coimbra, é arqueólogo e gestor do património cultural na Câmara Municipal de Mangualde. Acrescenta ainda ao seu currículo: Investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, da Universidade de Coimbra; tem realizado e coordenado trabalhos de arqueologia de salvaguarda e prevenção em obras públicas; responsável por projetos de valorização de sítios e monumentos arqueológicos; tem investigação e publicação de artigos de Arqueologia, História e Património Cultural, em revistas da especialidade e é autor e coordenador de livros, com destaque para “Património Cultural: Gestão e Programação à escala municipal” e “Mangualde desde o Pós-Segunda Guerra Mundial (1953-2015); desenvolveu intensa atividade artístico-cultural, tudo no âmbito das políticas culturais da Câmara Municipal de Mangualde.

Carlos Chaves Monteiro faz balanço do seu mandato

Carlos Chaves Monteiro, presidente cessante da Câmara Municipal da Guarda, vai fazer o balanço dos seus dois anos de mandato como presidente e iniciar a passagem de pasta ao novo presidente eleito, Sérgio Costa. O balanço será apresentado em conferência de imprensa na Câmara Municipal da Guarda, na próxima segunda-feira, dia 11 de outubro, pelas 11:00.

O presidente cessante da Câmara da Guarda convidou o presidente eleito, Sérgio Costa, para a última prestação pública de contas do mandato. “Queremos fazer a transição da forma mais completa, natural e transparente possível”, afirma Carlos Chaves Monteiro. “É o momento de colocar os mecanismos democráticos acima das divergências políticas e pessoais”.

Deixo o cargo de presidente da Câmara da Guarda com o sentimento de dever cumprido. Quero fazer a transição do poder autárquico da forma mais completa, natural e transparente possível”, afirmou Carlos Chaves Monteiro. “Agora é o momento de colocar os mecanismos democráticos e o desprendimento do poder acima das divergências políticas e pessoais. É o momento de continuar a contribuir, de outra forma, para o desenvolvimento da cidade e concelho”.

Carlos Chaves Monteiro fez questão de convidar o seu sucessor, Sérgio Costa, para acompanhar pessoalmente a apresentação do balanço final do seu mandato, bem como a situação financeira atual do município. “Convido o presidente da Câmara eleito para acompanhar a apresentação dos resultados que o empenho e a dedicação da nossa equipa conseguiu alcançar: quem, dentro de dias, assumir a gestão do município vai encontrar uma ótima situação financeira, boas obras em curso e vários projetos de muita qualidade bem encaminhados para sua concretização”, afirma o autarca.

Durante a conferência de imprensa serão apresentados os projetos em curso, as contas do município, estudos e projetos urbanísticos, protocolos e planos estratégicos desenhados para a cidade e para o concelho da Guarda durante os últimos anos.

Apresentação do Livro “A Raposa Fabulosa” em Seia

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) e a Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela (RIBBSE), numa parceria com o escritor Pedro Seromenho, apresentaram hoje dia 9 de outubro, na Biblioteca Municipal de Seia,  a obra “A Raposa Fabulosa”.

  É uma obra infantojuvenil  inspirada na Serra da Estrela, na sua mística, e nas personagens que a habitam e enriquecem como corvos, raposas e lobos.

   O evento, teve  início no concelho de Seia, contou com a presença do escritor Pedro Seromenho, do ilustrador Sebastião Peixoto e com a contadora de histórias Estefânia Surreira. Estiveram ainda presentes o Presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo e o Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela(CIMBSE), António Ribaldes.
   O projeto surge no âmbito do Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da CIMBSE para a região e pretende incentivar e promover uma viagem única e memorável em redor do livro e da leitura pelos 15 concelhos das Beiras e Serra da Estrela, sempre em estreita concordância com a estratégia cultural da RIBBSE.
   De  hoje até 21 de outubro, cerca de 45 atividades, de promoção do livro e da leitura, com sessões com o escritor, oficinas de ilustração e horas do conto vão ter lugar em diferentes locais do território.

  A Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez esteve presente na apresentação deste livro.

Misericórdia de Mangualde recebeu novo Capelão Padre Paulo Domingues

Foi um dia de grande alegria na Misericórdia de Mangualde , com o Provedor José Tomás, com a receção do Pe. Paulo Domingues que vai ser agora o Assistente Espiritual da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde.
Esta função, decretada no passado dia 20 de Agosto por D. António Luciano, será desempenhada em acumulação com as funções de Pároco de Mangualde e das outras paróquias que lhe estão confiadas.
O agora Capelão da Misericórdia de Mangualde visitou todos os Utentes seguindo-se uma Celebração Eucarística no Lar Nossa Senhora do Amparo.
fotos:MM

Filmes do Turismo Centro de Portugal são finalistas de competição internacional

Os filmes promocionais “No Centro de Portugal, A Vida é Agora”, do Turismo Centro de Portugal, são candidatos a melhores filmes de turismo do ano, numa votação online que decorre a nível mundial.

A série de filmes está nomeada para os “People´s Choice Awards” (prémios do público) do festival CIFFT. Esta é uma competição internacional que reúne os melhores filmes que participam no circuito mundial de festivais de filmes de turismo. Este ano, há 40 filmes na votação pelo título de Melhor Filme de Turismo do Mundo – entre eles, a série de filmes do Centro de Portugal.

O vencedor dos “People´s Choice Awards” é decidido pelos votos online, numa votação aberta até às 12h00 do dia 25 de outubro. Os vencedores serão anunciados no final do ano, no Grand Prix CIFFT, em Viena.

Os votos na série de filmes do Centro de Portugal são feitos pelo link: https://www.cifft.com/film/tourism-center-of-portugal-i-no-pain-no-gain.  Cada pessoa pode votar uma vez por dia, podendo fazê-lo também através do site e das redes sociais do Turismo Centro de Portugal.

A série de filmes “No Centro de Portugal, A Vida é Agora” surgiu como resposta à crise provocada pela pandemia de covid-19. Produzidos pela Slideshow para o Turismo Centro de Portugal, no final do ano de 2020, os filmes pretenderam posicionar a região como destino alinhado com as novas tendências turísticas. Cada episódio apresentou as mais-valias da região em vários produtos, como o turismo ativo, o turismo gastronómico e vínico, o nomadismo digital ou turismo cinematográfico, entre outros.

Todos os filmes começam com seis pessoas em reunião via plataforma digital. No final da reunião, o protagonista fecha o computador e vemo-lo em vários locais atrativos do Centro de Portugal, demonstrando que é possível, em simultâneo, trabalhar e aproveitar a vida ao máximo nesta região.

Os filmes “No Centro de Portugal, A Vida é Agora” podem ser vistos neste link: https://bit.ly/3cEUxKk.

Filme das Aldeias Históricas de Portugal também é candidato
A região Centro apresenta outro filme entre os 40 finalistas da competição. Trata-se do filme “De Corpo e Alma”, promovido pelas Aldeias Históricas de Portugal.

No filme, os reis D. Dinis e D. João I e o navegador Pedro Álvares Cabral conduzem o espectador numa viagem intensa através das paisagens e da alma das 12 Aldeias Históricas de Portugal. Pode ver e votar neste filme em https://bit.ly/3FhAUp3 .

Livro: A Guarda no Mundo, o Mundo na Guarda, de Pedro Miguel Cardoso

Imagem: Apresentação de livro: A Guarda no Mundo, o Mundo na Guarda, de Pedro CardosoVai ser apresentado, no próximo sábado na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, pelas 16 horas, na Guarda, o livro de Pedro Miguel Cardoso, “A Guarda no Mundo, o Mundo na Guarda”.

​“Do prefácio: “Homo sum: humani nihil a me alienum puto. (P. Terentius Afer)”. O ser humano é um ser social e a quem nada do que é próprio do seu ser lhe é indiferente. Assim o pensou e escreveu esse grande escritor romano do século II a. C., nascido em África e que em Roma conviveu com esse outro agente da cultura romana, Cipião. Atribui-se-lhe a frase citada em epígrafe. É nesta linha de compromisso que estão escritos estes textos de Pedro Miguel Cardoso. Ele é um cidadão consciente da sua cidade, do seu país e do mundo inteiro.

Agenda Cultura de Gouveia com muita música

Pólo Norte, o Noiserv e o festival do contraDANÇA
Na Cidade Jardim, o Teatro Cine vai receber, nos meses de outubro, novembro e dezembro, um conjunto de artistas e espetáculos nacionais, passando pela música, dança, teatro e performance. Em destaque estão os Pólo Norte, o Noiserv e o festival do contraDANÇA.
Numa mistura de dança com teatro e performance, a 12.ª edição do contraDANÇA vai passar por Gouveia, num projeto que se afirma como uma montra artística para a região do interior. Explorando a arte contemporânea, a iniciativa cultural que pretende despertar para a consciência crítica da arte estará no Teatro Cine de Gouveia entre 07 e 09 de outubro com os espetáculos “Wanted”, de entrada gratuita, e “It’s a Long Yesterday” e “SillySeason– Geração Z”, ambos com um custo de 4€.
A pisar os palcos de Gouveia estará também Noiserv, o projeto musical do multi-instrumentalista David Santos. Ao fazer sucesso em 2008 com a sua estreia musical, o artista conhecido por ser uma “banda de um homem só” iniciou a carreira com composições na língua inglesa.
Agora, Noiserv regressa aos palcos com “Uma Palavra Começada Por N”, o seu mais recente disco, desta vez cantado em português, mas com a sonoridade que sempre caraterizou o artista. Um espetáculo gratuito e comemorativo do 79.º aniversário do Teatro Cine de Gouveia: dia 13 de novembro, às 21h30.
Celebrando 25 anos de carreira, os Pólo Norte vão regressar aos maiores palcos do país, passando pelo Teatro Cine de Gouveia. A banda que tem como voz Miguel Gameiro traz as emblemáticas músicas que marcaram uma geração. Para celebrar a carreira, o grupo irá presentear o público com temas que se enraizaram na cultura musical portuguesa. A não perder no dia 04 de dezembro às 21h30, com custo de entrada de 10€.
Para além dos espetáculos que vão passar pelo Teatro Cine, estão ainda programadas atividades e eventos pelo concelho.
Em Folgosinho, celebra-se entre 29 e 31 de outubro a Festa da Castanha. No âmbito das Aldeias da Montanha, Folgosinho será a aldeia em destaque com este produto endógeno tão importante para o território.
Celebrando a 24 de novembro o 14.º aniversário do Museu da Miniatura Automóvel, o espaço contará com a inauguração das novas exposições temporárias, trazendo nesse dia a presença de pilotos conceituados.
Já o Museu Municipal de Arte Moderna Abel Manta irá receber a exposição “O sortilégio da Serra da Estrela”, trazendo ainda aos alunos do Ensino Básico atividades desafiantes de expressão plástica.
Naquele que tem sido, ao longo destes anos, um espaço de excelência para receber as manifestações culturais da comunidade, o Teatro Cine de Gouveia teve a sua qualidade confirmada ao passar a constituir, desde o passado mês, a Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP).
Após um ano com a lotação reduzida, o Teatro Cine de Gouveia retomou a ocupação a 100%, passando-se a usufruir da totalidade dos lugares sentados, mas mantendo-se imperativo o uso de máscara, a desinfeção de mãos e o controle de temperatura à entrada.
As atividades da Agenda VIVER GOUVEIA tiveram início a 01 de outubro e estarão a decorrer até ao dia 06 de janeiro do próximo ano.

Pinhel- Programação cinema em outubro

Município de Pinhel apresenta a programação de cinema agendada para o mês de outubro, sendo os filmes exibidos no Cineteatro São Luís, em Pinhel, nos dias e horários abaixo indicados.

 

 

 

 

 

 

 

8 e 10 de outubro
A Volta ao Mundo em 80 Dias (VP)
(Animação / Comédia / Aventura – M6)
sexta-feira, dia 8, 21.30h
domingo, dia 10, 16.30h

 

 

 

 

 

15 e 17 de outubro, 21.30h
007 – Sem Tempo para Morrer
(Thriller / Ação / Aventura – M12)

 

 

 

 

 

 

22, 23 e 24 de outubro, 21.30h
Fátima
(Drama / Histórico – M14)
NOTA: produção internacional, parcialmente filmada em Cidadelhe / Pinhel

 

 

 

 

 

29 e 31 de outubro, 21.30h
Halloween mata
(Terror / Mistério – M16)

Município de Mangualde e o Instituto Piaget assinaram protocolo de cooperação

Foi assinado um Protocolo de Cooperação para introdução do Ensino Superior em Mangualde, visando o desenvolvimento de Cursos de Pós-Graduação, formações especializadas e contínuas. Para o efeito estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, e o Presidente e Fundador do Instituto Piaget, António Oliveira Cruz.

Elísio Oliveira sublinha que “o apoio à educação tem sido uma das prioridades do atual executivo. A educação é um elemento essencial, quer para o processo de desenvolvimento pessoal e social, quer no progresso do concelho”. Destaca ainda que “o processo de expansão da rede do ensino superior criará um espaço de oportunidades, de evolução, de potencial, de desenvolvimento e de capacitação. O ensino superior tem um papel indispensável na evolução das sociedades atuais, mas também na atração e fixação de pessoas”.

A seleção dos docentes/formadores dos Cursos de Pós-graduações e de Formação serão aprovados pelos órgãos estatutariamente competentes do Instituto Piaget. A lecionação dos referidos cursos terá lugar nas instalações designadas pelo Município de Mangualde. O Instituto Piaget é a entidade responsável pela gestão pedagógica-científica e administrativa dos Cursos de Pós-graduação e de Formação, sendo que o Município de Mangualde disponibilizará o apoio logístico necessário para a concretização dos Cursos de Pós-graduação e de Formação.

Lamego acolhe 3ªs Jornadas de Apoio Médico, Psicológico e Social

Realizadas com o apoio da Câmara Municipal de Lamego, as 3as Jornadas de Apoio Médico, Psicológico e Social vão decorrer, pela primeira vez, na cidade lamecense.

Acontecem no quadro das comemorações do centenário da Liga dos Combatentes, o evento terá como principal temática de abordagem o apoio médico, psicológico e social junto dos combatentes e respetivas famílias.

No próximo dia 8 de outubro (6ª feira), o Teatro Ribeiro Conceição receberá mais uma edição das Jornadas de Apoio Médico, Psicológico e Social, organizadas pela Liga dos Combatentes com o apoio da Câmara Municipal de Lamego.

Com o propósito de assinalar o 100º aniversário da Liga dos Combatentes, estas jornadas realizam-se com o intuito de proporcionar um momento de encontro e partilha entre todos os participantes, onde se dará a conhecer o trabalho desenvolvido ao longo dos anos, mas também pretende ser uma oportunidade para debater as lacunas existentes ao nível do apoio médico, psicológico e social junto dos combatentes e seus familiares.

Composto por quatro painéis de oradores, as Jornadas iniciam-se pelas 08h30 num primeiro debate dedicado ao “Apoio Médico”. Fernando Reis, antigo combatente da Guerra do Ultramar, fará uma intervenção dedicada ao tema “Do passado ao futuro”, com a participação dos convidados José Andrade, João Hipólito e Margarida Ribeiro.

Após a cerimónia de sessão de abertura (11h00), seguir-se-á o segundo painel, subordinado ao “Apoio Psicológico”, moderado por Ana Teixeira, psicóloga e membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. À mesa de debate juntar-se-ão os oradores Odete Nunes, Catarina Gonçalves e Inês Maroco.

Ao início da tarde os trabalhos recomeçam às 14h30, com o tema “Apoio Social”, moderado por Paula Santos, professora na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, e que contará com as intervenções de Ana Melo, Marta Marques, Maria de Fátima Santos, Vítor Oliveira, José Oliveira, Rui Ruas e Renata Miranda.

O evento terminará com a temática “Estudos e Investigações”, com moderação de João Hipólito, professor catedrático doutorado em medicina e psicologia. Compõem os oradores deste painel Ana Vianez, Rute Brites e Maria Vieira.

Para além do debate e partilha de experiências e práticas clínicas e sociais, as 3as Jornadas de Apoio Médico, Psicológico e Social incluirão também diversos espaços de exposição.