Templates by BIGtheme NET
Início » Gouveia (Pagina 177)

Gouveia

Município de Gouveia entrega 80 000 euros às colectividades

 Com o Salão Nobre dos Paços do Concelho repleto de dirigentes associativos, teve lugar na passada Terça-feira, dia 28 de Dezembro a entrega da última tranche no valor de 85.000€ dos subsídios atribuídos por este Município às 52 colectividades do Concelho.
 O montante global de subsídios ordinários atribuídos pela Autarquia às colectividades cifra-se em 170.000€ ano.
O Presidente do Município, Álvaro dos Santos Amaro, sublinhou mais uma vez, a importância que o movimento associativo tem tido no nosso Concelho, bem como o empenho e espírito de entrega dos seus dirigentes e todas as pessoas que integram as colectividades.
O Autarca referiu ainda, a preocupação que o Municipio tem tido em pagar os subsídios no tempo certo, tendo em conta as dificuldades inerentes ao funcionamento das entidades associativas. 
in municipio de gouveia

Cervas faz balanço

Cervas regista melhor resultado de sempre na recuperação de animais
O ano que agora termina registou os melhores resultados do Cervas – Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens no que respeita à recuperação de animais desde 2006, início do funcionamento daquela estrutura sedeada em Gouveia, pertencente ao Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB)/Parque Natural da Serra da Estrela e sob gestão da Associação Aldeia. «Considerando os 36 animais que transitaram para 2010, o total de animais em recuperação neste ano foi de 331 e o número de animais libertados foi de 194 (58,6 por cento)», concretiza o Cervas no balanço solicitado por este semanário sobre a sua actividade. Até ao passado dia 12, o número de ingressos totalizava 407, 295 dos quais vivos, e 172 animais libertados (58,3 por cento), refere o documento. Nestes quatro anos de existência do Centro, ingressaram 1423 animais, dos quais 1041 vivos. A diferença mais acentuada verificou-se entre o primeiro (52 animais que ingressaram) e o segundo ano de funcionamento (246). Número que aumentou nos anos seguintes. Em 2008 foram 301, em 2009 408 e este ano, até ao passado dia 12, apenas menos um que no ano anterior.
Para além do seu objectivo principal, a recuperação de animais selvagens, o Cervas «mantém vários outros projectos que contribuem para detecção e solução de diversos problemas associados à conservação e gestão das populações de animais selvagens e dos seus habitats, assim como tem uma componente de educação ambiental bastante activa e ambiciosa». «É uma estrutura que recebe muitas pessoas com diferentes experiências de trabalho e que de alguma forma contribuem para o melhoramento dos projectos e actividades que são desenvolvidas», afirma aquele organismo.
Na vertente de educação ambiental e divulgação, o Cervas realizou durante este ano 151 acções de libertação, sendo o número de pessoas envolvidas/a assistir de 4324 pessoas. Mais de 3600 pessoas participaram em acções sem libertação/oficinas e/ou visitaram o Centro.
Na componente da formação, nas cerca de 50 actividades – cursos, workshops, saídas de campo e jornadas – promovidas desde 2006 passaram por Gouveia mais de mil pessoas, principalmente estudantes universitários.
in terras da beira

Activado Plano Operacional Nacional para a Serra da Estrela

Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) anunciou hoje que activou o Plano Operacional Nacional para a Serra da Estrela, que se manterá activo até à Páscoa de 2011, para assegurar a protecção e socorro aos visitantes.Em comunicado, a ANPC explica que o plano é um instrumento de gestão operacional, “que permite planear, organizar e coordenar um Dispositivo Conjunto de Proteção e Socorro na Serra da Estrela, constituído por meios humanos e equipamentos, capazes de responder com eficácia às necessidades dos cidadãos”.O dispositivo é constituído pelos corpos de bombeiros da Covilhã, Gouveia, Loriga, Manteigas, S. Romão e Seia, pela Força Especial de Bombeiros, pelo Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS/GNR) e por outras forças e meios, qualificados para a execução das missões de protecção e socorro.O plano abrange uma vasta área do Maciço Central, envolvendo os distritos da Guarda e de Castelo Branco, que abrange zonas dos municípios da Covilhã, Manteigas, Seia e Gouveia, situados a uma altitude superior a 1400 metros, com excepção da área urbana das Penhas da Saúde.Com a activação deste dispositivo, a ANPC pretende assim definir mecanismos rápidos de protecção e socorro que permitam fazer face a eventuais situações de perigo, num período em que a Serra da Estrela costuma receber milhares de visitantes.
in terras da beira

Governador Civil e autarcas contra Plano Regional de Ordenamento do Território do Centro

O Governador Civil e os Presidentes de Câmara do distrito «levantam a voz contra o Plano Regional de Ordenamento do Território do Centro, apresentado pela CCDRC». A opinião é unânime, «o documento é péssimo para o distrito» refere o site da Rádio F. «É um péssimo documento e longe de beneficiar o distrito da Guarda». Esta foi a conclusão da análise feita ao PROT–C – Plano Regional de Ordenamento do Território do Centro, apresentado pela CCDRC – Centro de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. Por iniciativa do Governo Civil, o documento foi alvo de uma análise crítica, por parte de três professores do Instituto Politécnico da Guarda. O vice-presidente do IPG, Gonçalo Poeta fez uma exposição do estudo, na presença de vários autarcas e outras entidades do distrito. No final, ouviram-se vozes críticas da parte dos presidentes de câmara, como foi o caso do autarca de Gouveia. Álvaro Amaro não queria acreditar quando viu, que no Plano Regional de Ordenamento do Território do Centro não consta o concelho de Gouveia entre outros concelhos do distrito. Também o autarca do Sabugal, António Robalo considera que o documento parou no tempo. O Governador Civil, também apontou falhas ao Plano Regional de Ordenamento. Santinho Pacheco considera que o estudo trata mal a região do interior, nomeadamente o distrito da Guarda. Por isso, será apresentado à CCDRC, um estudo elaborado pelo Instituto Politécnico da Guarda, com propostas de alteração ao actual Plano Regional de Ordenamento do Território do Centro.

fonte:Rádio F

Fornos de Algodres a mostrar as suas qualidades

Batuta D´Alegria

Decorreu no passado domingo em S. Paio – Gouveia, o XI Festival de Sopas da Serra da Estrela. Certame com pregaminhos no actual percurso de festivais gastronómicos. A muita afluência de público, apesar do tempo não ter ajudado, deu ao festival uma projecção que todos os serranos se devem orgulhar.
O desfile etnográfico, que devido ao mau tempo teve que ser transferido para a tenda principal, mostrou a todos quantos se mantiveram até ao final as nossa raízes e tradições que devem ser mantidas e divulgadas. Mas o momento mais esperado era sem dúvida a atribuição dos respectivos prémios do XI Festival de Sopas da Serra da Estrela, e assim, o Grande prémio ou seja a Melhor Sopa do Festival foi atribuído à Sopa de Urtigas à moda da Confraria da Confraria da Urtiga de Fornos de Algodres, também a Associação de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres recebeu o 2º lugar com a sopa de Castanhas enriquecida de S. Martinho na classe Sopa de Castanhas, no escalão de Outro tipos de sopa a canja de galinha Campestra da Associção de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres colocou-se em 1º Lugar, no escalão Profissionais da Restauração o 3º lugar foi para a Sopa Serrana com paladares de Outono do Restaurante Quinta das Courelas. Foi sem dúvida um certame que contemplou Fornos de Algodres com estes prémios de prestígio para a nossa terra.

vencedor do festival

De realçar a participação da aldeia de Algodres no desfile etnográ fico que mostrou de uma forma simples mas com muita beleza as actividades de antigamente nas nossas aldeias. A Batuta D´ Alegria com a sua participação levou a este Festival de Sopas a animação esperada. Quando tudo corre bem estamos todos de parabéns.

Fonte: Noticias de Fornos

Veteranos: Gouveia-(2)-AD Fafe-A60-(0)

Iniciou a época para os veteranos e o D.Gouveia recebeu e venceu na tarde de ontem a turma da AD Fafe-A60, uma equipa muito bem fisicamente e tecnicamente bem dotada, mas o Gouveia a conseguiu equilibrar na 1ªparte e a superiorizar-se na segunda metade , com dois golos apontados , por Carlos santos e Júlio Almeida.
uma tarde de convivio onde a 3ªparte acaba por ser sempre a mais salutar, onde todos convivem e criam laços de amizade.

AD Fafe/A60

este foi o arranque de uma epoca que para o Gouveia vai ser a serio dado que em Outubro se inicia a prova distrital.

Gouveia

U.Leiria vence 2-0 SEL.Gouveia

Foi na tarde de ontem que a U.leiria realizou o primeiro teste frente a uma selecção de jogadores do concelho de gouveia, com os pupilos de Pedro Caixinha a vencer por 2-0, mas fica a boa replica dada pelos locais, perante uma boa moldura huna no Farvão.
o futebol de primeira continua em 6 de agosto com o trofeu Estrela, com a participação da Academica e do Beira Mar.