Templates by BIGtheme NET
Início » Mangualde (Pagina 2)

Mangualde

Projeto “IR e VIR” inicia em Mangualde

O Município de Mangualde passou a ter disponível o serviço de transporte flexível “IR e VIR”, uma iniciativa que permite às populações deslocarem-se na região Viseu Dão Lafões, de forma económica e rápida, cujo objetivo é aumentar a cobertura de serviço público de transporte de passageiros, servindo áreas onde os transportes públicos não operam ou operam com pouca frequência.  Esta solução de transporte por táxi passa a permitir viagens intermunicipais, a incluir deslocações para as estações e apeadeiros da linha da Beira Alta e a estar disponível todos os dias da semana.

Mangualde integra agora a segunda fase do serviço de transporte flexível, a pedido, “IR e VIR”. Um projeto da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, lançado a 1 de outubro de 2021, com grande sucesso, e que nesta segunda fase apresenta novidades que vão tornar o “IR e VIR” um serviço ainda mais amigo das populações.

Outra das principais novidades é a oferta de duas novas modalidades de transporte, que se juntam ao “Serviço Municipal” – o qual já ligava todas as localidades sem acesso a transporte público (ou que apenas têm esse transporte em alguns horários) aos centros dos municípios. A partir de agora, as populações têm, também, ao dispor o “Serviço Intermunicipal”, que oferece ligações entre as sedes de concelho e os municípios abrangidos, quando essa ligação não exista através de carreira pública; e ainda o “Serviço de Comboio”, que irá ligar todas as localidades dos municípios às estações e apeadeiros da linha da Beira Alta presentes no território. Assim, um morador de uma localidade da região pode, de forma cómoda, deslocar-se entre concelhos ou ser levado a uma estação ou apeadeiro ferroviário.

PROPOSTA DE MOBILIDADE INOVADORA

O serviço de transporte flexível “IR e VIR” é um projeto que visa aumentar a cobertura de serviço público de transporte de passageiros na região, servindo áreas onde os transportes públicos não operam ou operam com pouca frequência.

O serviço é realizado por táxis, devidamente identificados por um dístico próprio, sendo que o preço do bilhete é igual ao preço que o utente pagaria num autocarro para percorrer a mesma distância.

Com paragens e horários definidos, a grande diferença para o transporte público regular é que no sistema “IR e VIR” é o próprio utente que aciona o serviço, bastando, para o efeito, realizar uma chamada telefónica gratuita para a central de reservas e combinar o mesmo. Deste modo, as viaturas só efetuam os percursos se, antecipadamente, o serviço tiver sido solicitado e só parará nas paragens que tiverem reservas efetuadas.

No dia e hora marcada pelo utente, este só precisa de se dirigir ao ponto de paragem e aguardar pelo táxi. As placas de paragem estão identificadas com o nome do serviço de transporte flexível “IR e VIR”. O táxi que o transporta está identificado com um dístico da mesma cor e com o mesmo nome.  O bilhete é pago ao taxista no início da viagem.

Já é possível ativar o “IR e VIR”, nas três modalidades apresentadas, em qualquer dia útil, mediante reserva efetuada até às 12h00 do dia útil anterior à viagem, através do número gratuito 800 10 20 30.  O centro de atendimento garante a reserva da viagem e esclarece qualquer dúvida. Toda a informação relativa ao serviço está disponível neste mesmo número, todos os dias úteis das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Mangualde recebeu a visita do Presidente do IFAP

O concelho de Mangualde recebeu a visita do Presidente do IFAP (Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas), João Mateus, neste dia.
Com o objetivo de conhecer alguns dos projetos agrícolas do concelho, João Mateus, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Marco Almeida e pelo vereador da Agricultura, Rui Costa, visitou várias explorações agrícolas nas mais variadas áreas do setor, vinícola, frutos vermelhos e produção de queijo Serra da Estrela DOP.
O Presidente do IFAP ficou a conhecer de perto a importância do setor primário na economia local, bem como a importância dos apoios que são atribuídos aos agricultores através do Instituto que tutela.
Para Marco Almeida, Presidente da autarquia mangualdense, esta visita foi importante para o concelho, mais em concreto para o setor agrícola, uma vez que “o senhor Presidente do IFAP pôde testemunhar vários projetos no concelho, ouviu pela voz dos produtores e dos presidentes das cooperativas muitas das suas preocupações.”
João Mateus, aproveitou ainda a sua visita a Mangualde, para visitar o Gabinete de Apoio ao Agricultor (GAA) que este ano comemora 12 anos de atividade, sendo que nos últimos cinco anos, teve um grande crescimento, passando de 560 candidaturas ao Pedido Único em 2017, para 800 candidaturas ao Pedido Único em 2022, tendo um crescimento de 30%, nestes cinco anos.

«Mangualde Fashion» regressa a 2 de setembro

Castings para manequins a 4 de agosto

No dia 2 de setembro, às 21h00, o Largo Dr. Couto, em Mangualde, recebe a 9ª edição do «Mangualde Fashion». Trata-se de um desfile de moda que visa promover e dinamizar o comércio e as marcas locais, bem como dar uma oportunidade no mundo da moda aos jovens que sonham enveredar por esse caminho.

Assim, o casting para a escolha dos manequins que irão desfilar terá lugar no próximo dia 4 de agosto, no auditório da Câmara Municipal de Mangualde. O «Mangualde Fashion» destina-se a jovens entre os 15 e os 30 anos de idade, com 1,65m ou mais de altura e com gosto pela moda. As inscrições para a participação nesta iniciativa são limitadas e devem ser efetuadas até ao dia 1 de agosto, através dos seguintes contactos: Posto de Turismo, turismo@cmmangualde.pt e T. 232 613 980. Pode ser ainda efetuada inscrição online, através do link https://www.cmmangualde.pt/inscricoes-mangualde-fashion-2022/

O «Mangualde Fashion» é promovido pelo Município de Mangualde e conta com o apoio da Associação Empresarial de Mangualde. Em 2019, os manequins Merche Romero e Cláudia Belo foram os protagonistas e subiram ao palco numa noite em que a moda foi rainha

“Em Quarto Crescente” regressou com muito sucesso

De 9 a 16 de julho, o Município de Mangualde promoveu a 7ª edição do “Em Quarto Crescente”A iniciativa, que decorreu no Largo Dr. Couto, contou com uma programação eclética que procurou ir ao encontro de todos os públicos, trazendo ao palco artistas locais e nacionais.

O evento teve início no dia 9 de julho, com a inauguração da exposição “CONTRASTES” de autoria de Sérgio Amaral. Esta obra, que pretende levar o espetador a tomar consciência perante a diferença, estará patente ao público até 18 de novembro, e pode ser visitada em vários pontos da cidade de Mangualde, Relógio Velho e Biblioteca Municipal. O itinerário da exposição está desenhado através de uma série de instalações construídas com diferentes materiais, sendo que alguns são reciclados. O percurso, através da narrativa de formas, cor e luz, poderá levar o espetador a exercer sob o seu subconsciente, a dúvida e, consequentemente, a transformação necessária a uma sociedade mais justa, generosa e amiga do ambiente.

A primeira noite no Largo Dr. Couto, 13 de julho, foi dedicada aos heróis da animação e da BD, onde se destacaram os artistas locais, quer na área do teatro musical, quer na música. Rafael Pina, através da Associação CultuDão, em parceria com a Biblioteca Municipal e com a participação da Orquestra POEMa, construíram um espetáculo multidisciplinar que proporcionou ao público uma noite de memórias felizes e muito boa disposição. Seguiu-se Gongori, o mais recente projeto musical de Gonçalo Alegre. As leituras desta noite foram protagonizadas por Tomás Albuquerque e Leonor Rodrigues.

No dia 14 de julho, a noite foi dedicada aos heróis de sempre. Nos textos, foram relembrados os feitos heroicos de figuras mitológicas, históricas e da literatura, onde as leituras estiveram a cargo das jovens Mariana Pereira e Daniela Gomes. O espetáculo “VINIL” com David Valente em palco levou o público ao universo dos célebres Long Play, e foram eles o mote para um espetáculo sonoro, visual, virtuosístico, onde a técnica circense se aliou à música, a uma narrativa específica e a uma prosaica dramaturgia. O segundo espetáculo da noite deu a conhecer “O GAJO”, um projeto de grande qualidade de João Morais, com Carlos Barreto e José Salgueiro. A viola campaniça, instrumento de raiz tradicional portuguesa é a figura central deste projeto instrumental, com referências arábicas e mediterrânicas, numa nova linguagem para uma viola antiga, que na sua melhor tradição renasce pelas mãos D`O Gajo.

A noite de sexta-feira, 15 de julho, teve início com o teatro amador TEIA (Teatro Experimental de Intervenção Alvarim) da Associação Recreativa Cultural e Alvarim de Tondela, que trouxe uma peça que satirizou as conversas das tradicionais comadres. Um momento de boa disposição, ao qual se seguiu o concerto de Mazgani, que constituiu um grande momento musical nesta sétima edição do “Em Quarto Crescente”, trazendo ao publico de Mangualde o seu registo musical com uma forte inquietação lírica. Mazgani é considerado um dos mais talentosos escritores de canções da música portuguesa da última década.

Os textos desta noite, dedicados aos heróis de Mangualde – todos aqueles que lutaram e lutam pela prosperidade desta terra, foram lidos por Mariana Campos.

O último dia, 16 julho, foi dedicado ao 25º aniversário da Biblioteca Municipal. Depois das leituras com as jovens Inês Lomba, Juliana Santos e Juliana Rebelo, seguiu-se o primeiro espetáculo da noite, que trouxe o Palhaço Escultor, de Pedro Tochas. Uma iniciativa fantástica que encheu o Largo Dr. Couto de sorrisos e gargalhadas, agradando a todas as gerações presentes. O segundo momento da noite foi protagonizado por SENZA, um projeto musical de Catarina Duarte e Nuno Caldeira, músicos e viajantes que compõem canções inspiradas nas viagens que fazem pelo mundo. O seu espetáculo transportou o público de Mangualde para os locais remotos onde já estiveram.

O encerramento do “Em Quarto Crescente” de 2022, foi protagonizado pela Biblioteca Municipal que presenteou o público com um vídeo-mapping na fachada do edifício da Câmara Municipal, deixando o convite para as próximas iniciativas no âmbito do 25º aniversário da Biblioteca Municipal, que decorrerão ainda este ano.

O Município de Mangualde e a Biblioteca Municipal agradecem a todos o que tornaram possível a realização desta sétima edição do “Em Quarto Crescente”, particularmente aos colaboradores do Município diretamente envolvidos, às Professoras e Professor Bibliotecários das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas, aos jovens participantes nas leituras, à Papelaria Adrião que esteve todos os dias presente com a sua mostra de livros, deliciando os mais novos, ao Igor Figueiredo, pelo cuidado com o serviço de bar, e a todos os profissionais das diversas áreas necessárias ao evento.

Mangualde celebra 25ºaniversário da Biblioteca e 80 anos da Revista Beira Alta

O Município de Mangualde acolhe duas iniciativas realizadas no âmbito da programação de comemoração do centenário do nascimento de Alexandre Alves, do 25º aniversário da Biblioteca Municipal e do 80º aniversário da Revista Beira Alta. No passado dia 9 de julho, realizou-se uma visita guiada às capelas e à ermida da Nossa Senhora do Castelo, acompanhadas por momentos musicais protagonizados por elementos da Orquestra POEMa. No dia 19 de julho, próxima terça-feira, pelas 18h30, será apresentada a Revista Beira Alta, nomeadamente, o número especial de homenagem a Alexandre Alves, na Igreja da Misericórdia, e, ainda, conduzida uma visita pela Igreja.

Pretende-se com esta programação revisitar a obra escrita de Alexandre Alves sobre o património de Mangualde, e, também, projetar a sua imagem ao nível da região Dão Lafões sobre a qual desenvolveu investigação. Neste enquadramento, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves em colaboração com a Direção da Revista Beira Alta e o Departamento dos Bens Culturais da Diocese de Viseu uniram-se para apresentar um conjunto de iniciativas tiveram início em maio e decorrerão até dezembro de 2022.

No dia 19 de julho, pelas 18h30, será promovida a apresentação da Revista Beira Alta, nomeadamente o número especial de homenagem a Alexandre Alves, que terá lugar na Igreja da Misericórdia. Neste dia, o público será ainda conduzido a uma breve viagem pela Igreja da Misericórdia, através dos textos de Alexandre Alves. A visita estará a cargo de Fátima Eusébio. O final da sessão contará com um momento musical protagonizado por Margarida Ferreira dos Santos.

Taxa Zero ao Volante” em balanço

A Campanha de Segurança Rodoviária Taxa Zero ao Volante, da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), decorreu nos dias 5 a 11 de julho e teve como objetivo alertar os condutores dos veículos para os riscos da condução sob a influência do álcool.

Esta campanha contou, uma vez mais, com a participação do serviço da administração regional da Região Autónoma da Madeira em ações de sensibilização, completando o trabalho de fiscalização que tem sido realizado pelos comandos Regionais da PSP.

Inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2022, a campanha foi divulgada nos meios digitais e através de cinco ações de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização realizadas pela GNR e pela PSP, nas localidades de Torres Vedras, Aveiro, Braga, Porto e Ceira. Idênticas ações ocorreram na Região Autónoma da Madeira. Ler Mais »

 Cláudio Pinto vence Masters M.P. Martins Consultores 2022 e torna-se Tricampeão Let & Stroke

 

Aconteceu nos passados dias 2 e 3 de Julho com organização do Let&Stroke – Secção de Squash da Casa do Povo de Mangualde, o Masters M.P. Martins Consultores 2022, prova mais importante e de encerramento da época de squash em Mangualde.

A prova contou com a participação dos melhores 16 atletas masculinos e das 7 melhores atletas femininas apurados de entre os 60 participantes e após os 3 torneios que compuseram o Circuito Hotel Senhora do Castelo 2021/22

Jogadores de Mangualde, Viseu, Coimbra, Leiria, Aveiro, Santa Comba Dão, Anadia, Estarreja, Lamego, Lisboa, Porto, Albufeira e Covilhã constituíram o lote de participantes deste Masters.

Em termos desportivos, o grande vencedor Masculino foi Cláudio Pinto (Porto), que levou a melhor sobre o jogador revelação da época Bruno Gomes (Lisboa), num jogo muito bem disputado e em que em alguns momento se presenciou squash da mais elevada qualidade. O resultado final foi de 3-0 (16/14, 11/8, 11/4). Já no feminino e no primeiro ano em que o Masters foi englobado e disputado,a grande vencedora foi Inês Silva (Aveiro) que levou a melhor sobre a júnior Leonor Marques (Santa Comba Dão) vencendo a final por 3-0 (11/6, 12/10, 11/6).

Por fim, destacar o enorme equilíbrio, competitividade e combatividade em muitos dos jogos deste torneio, mas também o fair-play que se viveu durante todo o fim de semana.

A classificação final do Masters, que contava com um prize-money de 1750€ (Masculino) e 350€ (Feminino), os maiores prémios a nível nacional para torneios apenas com atletas nacionais, ficou assim definida:

MASCULINO

1 Cláudio Pinto (Porto)
2 Bruno Gomes (Lisboa)
3 Rui Cruz (Lisboa)
4 Jorge Faria (Anadia)
5 Nelson Pereira (Mangualde)
6 Fábio Ferreira (Porto)
7 Richard Hill  (Lisboa / Singapura)
8 Rui Ferreira (Viseu)
9 Zélio Neto (Albufeira)
10 Leonel Pereira (Lamego)
11 Tiago Filipe (Covilhã)
12 Norberto Monteiro (Estarreja)
13 Simão Neves (Anadia)
14 Gabriel Neto (Albufeira)
15 Rafael Ferreira (Mangualde)
16 Nuno Castro (Mangualde)

FEMININO
1 Inês Silva (Aveiro)
2 Leonor Marques (Santa Comba Dão)
3 Liliana Pais (Porto)
4 Sandra Costa (Leiria)
5 Manuela Nunes (Aveiro)
6 Cristina Neto (Coimbra)
7 Rita Castro Leal (Coimbra)

Como habitualmente e aproveitando a prova de encerramento de época entregaram-se ainda três dos prémios mais importantes do squash mangualdense, o Prémio Vencedores do Circuito 2022, Prémio Jogador Revelação 2022 e o Prémio Let&Stroke 2022.

O circuito é ganho pelo atleta que conquista mais pontos no decorrer das 3 provas de apuramento e no caso o atleta que o conseguiu foi no masculino Jorge Monteiro (Aveiro) e no feminino Sara Neves (Anadia).

No que toca ao Prémio Jogador Revelação 2022 este ano foi atribuído ao atleta Bruno Gomes pela sua grande evolução e determinação no crescimento dentro da modalidade.

Por fim, este ano o prémio Let&Stroke foi atribuído à atleta Manuela Nunes pela sua persistência e dedicação, para que Mangualde tivesse também o sector feminino nas suas provas.

Para além do Masters e como também é já uma tradição na noite de sábado dia 2 Julho realizou-se um jantar/gala convívio no Hotel Sra. do Castelo com a participação de 30 pessoas entre atletas, familiares e patrocinadores e representantes da Federação Nacional de Squash.

O  muito obrigado à Casa do Povo de Mangualde, Câmara Municipal de Mangualde, Piscinas Municipais de Mangualde, Hotel Sra. do Castelo, M.P.Martins Consultores, Gabinete de Projectos, Ourivesaria Sonho d´Ouro, Restaurante Cascata de Pedra, Vida Sadia – Bolachas e Snacks, Mestre Design e Caves Messias por toda a ajuda prestada.

AF Viseu- Divisão de honra com 20 clubes e duas séries

Teve lugar recentemente, uma reunião entre a Associação de Futebol de Viseu e os 20 clubes filiados que irão participar na Divisão de Honra na Época 2022/2023.

Na reunião que decorreu no Auditório Carlos Costa, debateram-se assuntos de interesse dos clubes e foi apresentado o formato competitivo da Divisão de Honra, que vai iniciar a 18 de setembro.

Assim os 20 clubes serão distribuídos por 2 séries (norte e sul). Os quatro primeiros classificados de cada série apuram-se para a fase de subida (8 clubes) e os restantes seis clubes de cada série disputarão a fase de permanência (12 clubes). Descem 3 clubes à 1ª Divisão Distrital.
O campeonato da Divisão e Honra terá início a 18 de setembro e o final a 14 de maio.
Por definir (em virtude do processo disciplinar instaurado ao CF Carregal do Sal) estão os clubes que irão integrar as duas séries, sendo que será realizada a distribuição geográfica.
Por último, os clubes decidiram escolher o modelo competitivo adotado em 21/22 para a Taça Sócios de Mérito.
fotos:AFV

Marcelo Rebelo de Sousa esteve nos 60 anos do Grupo Stellantis,

Foram assinalados os 60 anos de existência do Grupo Stellantis, em Mangualde, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do secretário de estado da economia, João Neves e do CEO do grupo, Carlos Tavares, assim como o Presidente da Câmara, Marco Almeida, o deputado João Azevedo e demais convidados.
Trata-se de uma empresa que faz parte da história de Mangualde e que se projeta no futuro com inovadores e importantes projetos.

Stellantis Mangualde celebra 60º aniversário em Mangualde

Stellantis Mangualde acolhe o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa na celebração dos 60 anos da Fábrica e anuncia novos projetos para o futuro.

O CEO da Stellantis, Carlos Tavares, e Sua Excelência, o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, vão celebrar na próxima quinta-feira, 07 de julho, o 60º aniversário do Centro de Produção da Stellantis em Mangualde. Neste evento, o CEO da Stellantis anunciará novos projetos de monta para o futuro desta unidade em Portugal.

 

Programa:

  • 14h15 – 14h45 | Receção e acreditação
  • 15h00 | Chegada das Entidades Convidadas
  • 15h30 | Chegada de S. Exa. o Presidente da República
  • 15h50 | Visita às instalações da unidade fabril
  • 16h10 | Sessão comemorativa dos 60 anos
  • 16h30 | Fotografia de grupo
  • 16h40 | Sessão de P&R com o CEO da Stellantis, Carlos Tavares
  • 17h00 | Final do evento.