Templates by BIGtheme NET
Início » Penalva do Castelo (Pagina 4)

Penalva do Castelo

Estrelacoop qualifica provadores de Queijo Serra da Estrela

Para que cada Queijo Serra da Estrela com Denominação de Origem Protegida (DOP) mereça este rótulo inconfundível revelador da sua identidade e características únicas, há um longo processo que começa na sua cadeia de valor e acaba num painel de provadores qualificados e especializados. Com o objetivo de alargar o número de provadores qualificados para júri do Painel Oficial do Queijo Serra da Estrela DOP, a Estrelacoop, Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela, CRL, está a lançar uma formação profissional de provadores especializados, que irá realizar-se em dois momentos – nos dias 17 e 18 de setembro e nos dias 24 e 25 do mesmo mês. A formação integra uma alargada prática de avaliação sensorial, com aferição das características e atributos de queijos Serra da Estrela DOP, designadamente a crosta, a forma e consistência, a textura, a cor da pasta e o sabor e o aroma.

Esta formação presencial com duração de dois dias é aberta a participantes de todo o país e acontece na sede da Estrelacoop em Celorico da Beira. Será realizada pela ALS Portugal, entidade formadora no âmbito da biotecnologia aplicada à segurança alimentar, saúde animal e controlo ambiental.

No final do curso cada participante conseguirá obter a Qualificação para integrar o Painel Oficial de Provadores do Queijo Serra da Estrela DOP, permitindo ao provador garantir que tem conhecimento sobre os elementos distintivos DOP, capacidades ímpares de avaliação sensorial do queijo, bem como de análise da qualidade de produção.

 Os interessados podem inscrever-se, gratuitamente, no site oficial da Estrelacoop www.estrelacoop.pt ou diretamente aqui

Vera Vilaça (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais) conquistou a Taça de Portugal Feminina

Penalva do Castelo recebeu o Troféu Feminino da Beira Alta – 4ª Taça de Portugal de Ciclismo Feminino, Penalva do Castelo, a quarta e última etapa da Taça de Portugal de Ciclismo de Estrada feminino.

A competição, inserida no Troféu Feminino da Beira Alta, percorreu algumas localidades do concelho, tendo partida e chegada na Avenida Castendo, junto da Câmara Municipal.
Vera Vilaça (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais) conquistou a Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa na categoria de elite.
A atleta foi a mais rápida a cumprir os 75,6 quilómetros da corrida de elite, cruzando a meta isolada, ao fim de 2h18m32s a pedalar. Iulia Legkova (Korpo Activo/Penacova) ficou na posição imediata, a 7 segundos. Lucy Odonnell (Velo Performance/JS Campinense) fechou o pódio do dia, com o mesmo tempo da segunda classificada.
A geral feminina da Taça de Portugal Jogos Santa Casa foi disputada com grande equilíbrio. A formação Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais foi a melhor na derradeira etapa, mas a geral foi vencida pelas corredoras do conjunto 5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ, com 38 pontos, mais três dos que os somados pelas ciclistas da equipa Vesam/Blok-Vilanovense Cycling Girls e mais oito do que os conseguidos pelas representantes do coletivo Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais.

BUPi já esta a funcionar em Penalva do Castelo

O BUPi (Balcão Único do Prédio) já é uma realidade em Penalva do Castelo, trata-se de uma plataforma dirigida aos proprietários de prédios rústicos e mistos, que permite mapear, entender e valorizar o território português, de forma simples e gratuita. Começou em 2017 como um projeto piloto em 10 Municípios. Após o seu sucesso, está agora a ser expandido a todo o país.

Porque a inscrição dos terrenos nas finanças não é suficiente para garantir a proteção dos seus direitos de propriedade e o respetivo registo na Conservatória do Registo Predial é imperativo quando se pretende comprar ou vender terrenos, a disponibilização deste novo serviço é de extrema importância para todos os munícipes e para o próprio Município que, doravante, pode planear e gerir o seu território de forma mais sustentável.

O BUPi está a funcionar em balcão próprio no edifício dos Paços do Concelho. O procedimento de RGG é gratuito durante 4 anos a partir desta data. O funcionamento está assente na articulação com as demais entidades envolvidas no projeto (IFAP, AT, IRN, etc.).

O projeto contempla a contratação de dois técnicos que irão executar no terreno um contacto de proximidade junto de toda a população, facilitando o registo das propriedades. Os equipamentos informáticos e viatura estão igualmente comtemplados na operação financiada no âmbito de uma candidatura supramunicipal apresentada pela CIM Viseu Dão Lafões no âmbito do Aviso N.º CENTRO 62-2020-10 – Sistema de apoio à transformação digital a Administração Pública e é comparticipada pelos fundos FEDER, que abrange os 14 municípios da CIMVDL.

Quaisquer dúvidas e questões podem ser colocadas para o endereço bupi@cm-penalvadocastelo.pt ou por telefone para 232 640 020.

Programa de Capacitação “Enoturismo no Dão – Qualificar a Oferta”em marcha

No âmbito da conclusão do Programa de Capacitação “Enoturismo no Dão – Qualificar a Oferta”, promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, , os agentes de enoturismo da região recebem nos seus espaços os mentores, especialistas nas diversas temáticas abordadas durante o programa.

Neste programa, iniciado em abril, estão a participar mais de 20 operadores do setor do enoturismo (quintas, adegas, solares), tendo-se realizado sessões de capacitação conjuntas em regime online, nas quais se abordaram temáticas como Comunicação, Marketing e Vendas, Acolhimento e Hospitalidade Turística, Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos/Serviços e Turismo, Segurança e Acessibilidade.

Aos operadores durante o processo de capacitação, foram disponibilizado acessos livres e gratuitos a um vasto leque de conteúdos de interesse para desenvolverem as suas atividades e, ainda, a oportunidade de realizar mentorias individuais e personalizadas de acordo com as suas necessidades.

Desenvolvido no âmbito do Programa Valorizar, Turismo de Portugal, o projeto “Enoturismo na Região Demarcada dos Vinhos do Dão” prevê a dinamização da Rota do Vinho do Dão, com propostas diferenciadoras, tirando partido de outras iniciativas com potencial turístico já em curso no território, nomeadamente ao nível da gastronomia, da ativação do património histórico, das tradições culturais e da vertente natureza, com particular incidência no inegável valor histórico e patrimonial vitivinícola existente na região do Dão.

De acordo com o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, “Com este projeto, muito focado na capacitação e qualificação dos diversos agentes locais ligados ao enoturismo, a CIM e os seus parceiros, pretendem dar mais um passo na dinamização de todo o património vínico associado à marca Dão, enquanto fator diferenciador e de atratividade turística ao serviço do desenvolvimento regional“.

AF Viseu- Divisão de Honra em 3 séries em 21/22

Depois de uma temporada a duas velocidades, a AF Viseu reuniu com os clubes e chegaram a consenso, sobre o novo figurino da nova divisão de Honra com 24 clubes assim foram divididos em em 3 Zonas:

Zona Norte – Cinfães, Resende, Moimenta da Beira, Lamego, Nespereira, Lamelas, Parada e Paivense;

Zona Centro – Lusitano FC , Penalva, Sátão, Roriz, Carvalhais, Sampedrense, Campia e Oliveira de Frades;

Zona Sul – G.D.M., Nelas, Mortágua, Molelos, Vale Açores, Moimenta do Dão, Carregal do Sal e Canas Senhorim.

Na 1.ª fase, o campeonato será disputado a duas voltas, transitando para a 2.ª fase de subida, os 2 primeiros de cada série e os 2 melhores terceiros.

O pior terceiro classificado e todos os clubes do quarto ao oitavo lugar de cada série transitam para a fase de manutenção / descidas. Nesta fase serão colocadas as 16 equipas distribuídas em duas séries em função do ranking na tabela classificativa da 1.ª fase.

Na verdade vai ser um campeonato muito competitivo e a luta pela subida e manutenção vai ser elevada em todas as séries.

CIM Viseu Dão Lafões entregou Equipamentos para Técnicos de Fogo Controlado 

No Edifício Multiusos de Nelas, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões promoveu a entrega de equipamentos para Técnicos de Fogo Controlado.

Teve como objetivo dotar os Técnicos de Fogo Controlado, dos municípios do território da CIM Viseu Dão Lafões, de equipamentos de proteção individual (EPI´S) e das ferramentas necessárias para desenvolverem ações de fogo controlado.

Além da presença do Presidente da CIM Viseu Dão Lafões e autarcas do território, o evento contou com a participação do Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino.

Entre os equipamentos entregues destacam-se: estações meteorológicas portáteis, rádios, mochilas táticas, computadores portáteis, pinga-lumes, bem como todos os EPI´s indispensáveis para a prossecução das ações de fogo controlado.

Nesta cerimónia foi ainda celebrado, entre a CIM Viseu Dã​o Lafões e a GNR , um protocolo de capacitação de recursos humanos no âmbito do uso do fogo controlado.

Recorde-se que, ao longo dos últimos meses, a CIM Viseu Dão Lafões, ao abrigo do projeto LIFE Landscape Fire – Novas Metodologias para Prevenção de Incêndios Florestais, tem desenvolvido ações de capacitação de 25 Técnicos de Fogo Controlado e de 75 Operacionais de Queima, provenientes de diversas estruturas da região Viseu Dão Lafões.

Indo ao encontro das medidas estabelecidas no Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas, e da Estratégia Intermunicipal de Proteção Civil e de Proteção da Floresta, o projeto LIFE Landscape Fire permite alavancar novas abordagens à prevenção dos incêndios florestais, fomentando a cooperação territorial.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva, “Esta região foi profundamente afetada pelos acontecimentos de 2017, como comunidade estamos empenhados em desenvolver ações que visem a capacitação de técnicos para uma defesa efetiva da floresta e das populações do nosso território”. 

“Felicito, ainda, todos os municípios pelo trabalho que têm vindo a desenvolver no domínio da proteção civil e da defesa da floresta”, prosseguiu o Presidente do Município de Nelas.

De acordo com o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes “A CIM no âmbito do projeto Life Landscape Fire Project, procura dotar a região de um “know-how”, no domínio do fogo controlado, extremamente valioso para o reforço da nossa capacidade de prevenção e combate aos incêndios rurais”.

“Ao capacitar e equipar técnicos no uso de fogo controlado, a CIM Viseu Dão Lafões mostra, não só, o seu compromisso no esforço, que deve ser de todos, para a defesa da floresta; mas também, a sua forte aposta no desenvolvimento económico e social dos espaços rurais e no reforço da resiliência do território”, concluiu o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões.

 

Para o Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino “Há um País que precisa de ser olhado de uma perspetiva dos incêndios rurais, é isso que estamos a fazer. A CIM Viseu Dão Lafões tem sido das comunidades intermunicipais mais interventivas na área dos incêndios rurais e na defesa da floresta, a aprovação do Projeto Life é um reconhecimento, por parte das entidades europeias, do bom trabalho que tem sido desenvolvido neste território“.

Penalva do Castelo-Francisco Carvalho recandidata-se pelo PS a novo mandato

O atual presidente da autarquia de Penalva do Castelo, vai novamente se recandidatar a novo mandato pelo PS, face a isso, deixa assim o seu discrrso com as razões da sua recandidatura: “Após oito anos de trabalho, com muita dedicação e empenho no desenvolvimento do concelho, aceitei, com humildade, honra e satisfação, liderar novamente a candidatura, pelo Partido Socialista, à Câmara Municipal de Penalva do Castelo nas próximas eleições autárquicas, que irão realizar-se no próximo dia 26-09-2021.
Fi-lo, com muito gosto, grande orgulho enorme responsabilidade e motivação.
Nestes últimos anos tive o privilégio de trabalhar com uma equipa dinâmica, empreendedora e disponível para servir Penalva do Castelo e os Penalvenses.
Nunca virámos a cara perante as adversidades ou em qualquer outra circunstância, exercemos os nossos cargos com grande proximidade a todos os Penalvenses, bem como com as Associações, Instituições e restantes órgãos autárquicos.
Assumi o compromisso de construir um concelho melhor. Por isso, desde o primeiro dia em que tomei posse como Presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, coloquei-me ao serviço de todos, disponível para dar um rumo distinto ao desenvolvimento deste território. O que me motiva essencialmente é o amor que sinto pela nossa terra e pelas nossas gentes.
Honrámos o nosso compromisso. Hoje Penalva do Castelo está diferente.
Temos obra feita! Ela é visível e reconhecida em todo o concelho. Por todas as freguesias há marcas novas de desenvolvimento!
As contas da Câmara revelam uma boa solidez financeira.
Implementámos medidas importantes para a melhoria da qualidade de vida e para a afirmação de Penalva do Castelo.
O próximo mandato traz-nos grandes desafios e certamente muitas oportunidades.
É esta certeza que me motiva a querer continuar um trabalho focalizado nas pessoas, em busca de um futuro cada vez melhor!
Vai iniciar um novo quadro comunitário o Portugal 2030 e com a execução do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência), proporcionando novas oportunidades de investimentos, que devem ser geridos com a experiência adquirida, obtendo o melhor aproveitamento para a solução dos problemas estruturantes do concelho.
Queremos continuar a trabalhar com as Freguesias, Associações e Instituições, envolvendo-as nas decisões da Câmara Municipal.
Queremos concluir as obras em fase de execução e lançar outras.
O nosso maior partido é Penalva do Castelo, a nossa Terra, as Nossas Gentes, que tanto queremos e estimamos!
Esta é uma candidatura de todos e para todos.
Privilegio o confronto de ideias e aceito as sugestões daqueles que querem o melhor para a nossa terra.
Sou defensor da afetividade na política.
Quero que todos abracem a nossa paixão por Penalva.
Acompanham-me aqueles que o fizeram desde a primeira hora, os mais capazes, os mais dedicados e os mais conhecedores da realidade local, uma equipa unida e coesa”!

EDIÇÃO EM PAPEL Nº52 NAS BANCAS

É com grande satisfação que apresentamos a nossa edição papel nº 52 sem quaisquer interrupções, o nosso lema continua cada vez mais forte ” Somos a Voz serrana para o Mundo”
Bem haja aos nossos leitores, anunciantes e comunidade em geral.
Nesta edição temos surpresas.

GD Trancoso campeão Distrital

Pinhel recebe etapa TMBI em BTT- pág.3

-50 anos de ADFA- Conversa com Alexandre Lote—pág.6

-Gouveia vai ter um Verão 5 estrelas—-pág.4

-Estrela Geopark em atividade ———pág.5

-Conversa com José Carvalho (GD Trancoso)- pag.7

-Forninhos com nova resposta social—-pág.9

Luís Filipe Pinto novo Presidente do SC Penalva do Castelo

O SC Penalva do Castelo  reuniu em Assembleia Geral Ordinária na sua  sede onde foram discutidos vários pontos de interesse para o clube, como principalmente:
– Apreciação, discussão e votação das contas relativas à temporada desportiva 2020/21
– Eleição dos órgãos sociais para o biénio 2021/23
– Tomada de posse dos corpos gerentes para o biénio 2021/23
– Plano de Atividades para a temporada 2021/22
– Outros assuntos de interesses para o clube
Assim, em primeiro lugar, foram aprovadas, por unanimidade, as contas apresentadas relativas à temporada desportiva 2021/22, seguido da eleição dos novos órgãos sociais para o clube, tendo sido apresentada apenas uma lista, que também teve todos os votos favoráveis dos presentes.
Posteriormente dado lugar à tomada de posse dos novos corpos gerentes para o próximo biénio, para depois prosseguir com o plano de atividades para a próxima temporada desportiva e para terminar com discussão de outros assuntos de interesse para o clube.
Luís Filipe Pinto foi eleito novo presidente do clube penalvense.
Os sócios do clube presentes, em número considerável que compareceram na sede do clube, elegeram a única lista sujeita a sufrágio na Assembleia-geral realizada anteriormente que assim tomou posse e é agora quem comanda oficialmente os destinos do clube, prestes a completar 76 anos de existência e atividade ininterrupta.
O nossos corpos gerentes para o biénio de 2021/23:
Assembleia-Geral:
Presidente: Leonidio Monteiro
Vice-Presidente: João Carlos Osório
1º Secretário: João Poças
2º Secretário: Tiago Santos
Direção:
Presidente: Luís Filipe Pinto
Vice-Presidente: José Luíz Pina
Vice-Presidente: Albano Laires
Vice-Presidente: Luís Cabral
Tesoureiro: João Pedro Rocha
1ª Secretária: Ana Isabel Magalhães
2ª Secretária: Catarina Rodrigues
Vogal: José Guilherme Almeida
Vogal: António José Matos
Vogal: António Macário
Vogal: Romeu Monteiro
Vogal: Luís Miguel Martins
Vogal: Armando Monteiro
Vogal: Ricardo Gomes
Vogal: André Pereira
Vogal: Rui Gonçalves
Vogal: Jorge Matos
Vogal: Micael Lopes
Vogal: António José Ferreira
Vogal: Marco Rocha e Silva
Vogal: Rui Ferreira
Concelho Fiscal:
Presidente: Francisco Almeida
Secretário: Paulo Jorge Cunha
Secretário Relator: Jerónimo Fernandes