Templates by BIGtheme NET
Início » Cultura » Parentalidade Positiva discutida em Fornos de Algodres

Parentalidade Positiva discutida em Fornos de Algodres

IMG_4155Na passada quarta-feira, dia 16 de março, a Dr.ª Cristina Fonseca, Presidente da Associação Quero-te Muito e especialista na área da Parentalidade Positiva, encontrava-se na sala polivalente da Escola Básica do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, pronta para receber Pais, Mães e outras pessoas interessadas em técnicas e dicas sobre a parentalidade positiva.
Os pais, e principalmente mães, ao chegar foram assinando uma lista de presenças e, seguidamente, foi-lhes entregue uma pasta do CLDS 3G .
Após a plateia e a oradora estarem preparadas, foi comunicada uma breve introdução sobre o projeto do CLDS 3G .
A Dr.ª Cristina Fonseca apresentou-se e deu as boas vindas aos participantes. Inicialmente, foi abordado o conceito sobre a Parentalidade Positiva. Foi referido que a parentalidadIMG_4151e positiva vem tirar a parte negativa da parentalidade, como a culpa, o castigo e o domínio, pois a parentalidade positiva é praticada na base do Amor.
Esta noção assenta na premissa que o desejo de qualquer criança é pertencer e ser amada, por isso, todos os comportamentos da criança têm por objetivo querer atenção e ser valorizada.
Além deste conceito base, foram abordados os conceitos de Domínio, Conquista, Poder, Vingança, Falta de Atenção e Disciplina. Relativamente à Disciplina foi referida a importância sobre os modelos que os pais são para os filhos, pois a parentalidade é vivida de acordo com a experiência que cada um teve na sua infância.
Dados os principais conceitos, a Dr.ª Cristina apresentou diferentes tipos de pais: O Pai permissivo, o Pai autoritário e o Pai democrático. O Pai permissivo assenta a sua educação na base da liberdade e não impõem regras, limites nem castigos. Por sua vez, o Pai autoritário assenta a sua educação na autoridade, nos castigos, na imposição de regras, na obediência, controlo e posse. No entanto, o Pai perfeito é o Pai Democrático. Este, sabe balançar entre estabelecer limites e permitir a independência, reforça as regras, comunica e estimula escolhas. Os filhos de pais democráticos, ao contrário dos pais permissivo e autoritário, são mais autoconfiantes, têm mais autoestima, gostam de arriscar e tornam-se mais rapidamente independentes.
Por fim, a Dr.ª Cristina apresentou e entregou 8 máximas da parentalidade positiva aos presentes, para que estes pudessem levar a informação para suas casas .

No momentIMG_4192o em que o Workshop estava a decorrer, em simultâneo, estava também a decorrer atividades lúdicas para os filhos dos pais que se encontravam a assistir ao Workshop. As crianças, acompanhadas por uma técnica de animação sociocultural e uma técnica do CLDS 3G, construíram umas cestas com motivos da época da páscoa e um coelho para colocar no lápis. Esta iniciativa possibilitou que os pais não tivessem de se preocupar onde deixar os filhos e possibilitou obter um maior número de pais presentes.

Por: PA – CLDS 3G

fotos:SP-MS

Publicidade...



 

Enviar Comentário