Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: cineteatro

Tag Archives: cineteatro

Aventuras, fantasia e humorismo no Cine Teatro de Mangualde

0mangAconteceu no Cineteatro há 64 anos’

No dia 8 de março de 1953, Mangualde deixou-se envolver-se num filme de aventuras, fantasia e humorismo. ‘Frá-Diávolo’ retrata uma história de aventuras desenroladas nos fins do século XVIII, na Itália Meridional, quando as tropas Napoleónicas invadiram o reino de Nápoles de que era chefe o rei Fernando IV de Bourbon. Um filme que narra as aventuras de um herói que só encontra rival em Robin Hood. Com Amedeo Nazzari, Maria Mauban, Jean Chevrier e Jacqueline Pierreux, ‘Aconteceu no Cineteatro há 64 anos’.

A campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ é promovida semanalmente pela autarquia mangualdense.

 RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano. Esta iniciativa tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

 

Recordar filme ‘Morte dum Ciclista” em Mangualde

0Deixar morrer um homem foi a alternativa encontrada por dois amantes no filme ‘Morte dum Ciclista’. A obra de J. A. Bardem apresenta a forma como o casal tentou evitar um escândalo, acabando na morte do amante para que ela não fosse para a prisão. O realismo da história exaltou críticas a nível mundial, incluindo a conquista do Grande Prémio da Crítica Internacional de Cannes, e ‘Aconteceu no Cineteatro há 61 anos’.

 O espetáculo centra-se na questão do egoísmo e exibe uma sociedade falsa, apodrecida nos costumes e nas finalidades da vida. A película, para maiores de 18 anos, contou com a artista italiana Lucia Bosé e com o artista hispano-americano Alberto Glosas.

A campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ é promovida semanalmente pela autarquia mangualdense.

 RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano. Esta iniciativa tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

 

Aconteceu no Cineteatro de Mangualde há 61 anos

cinAventuras, ciladas, perigos e emoção marcaram o filme ‘Um Segredo em Cada Sombra’, transmitido no Cineteatro de Mangualde no dia 5 de janeiro de 1956. A história, que ‘Aconteceu no Cineteatro há 61 anos’, conta os desafios de um grupo capaz de arriscar a vida mil vezes para cumprir a missão que lhes competia: proteger um homem que guardava um segredo terrível. Ao perseguidor deste homem esperavam um mapa, um punhal e uma ampola de veneno.

A obra cinematográfica remete para a resistência francesa ocorrida durante a Primeira Guerra Mundial. A história é interpretada por Phyllis Thaxter, Karl Malden e Steve Cochran, entre outros atores.

A campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ é promovida semanalmente pela autarquia mangualdense.

 RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano. Esta iniciativa tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

 

Recordar o filme ‘Do Alto do Terraço’ em Mangualde

cine 7O filme ‘Do Alto do Terraço’, exibido em Mangualde a 7 de outubro de 1962, ‘Aconteceu no Cineteatro há 54 anos’ e é hoje relembrado pela Câmara Municipal de Mangualde.

Um filme de grande poder universal que apaixonou todos os públicos do mundo e que retrata o amor em todos os seus aspetos e facetas. Do alto do terraço vê-se o amor verdadeiro, o falso amor e todo o imprevisto maravilhoso da vida com as suas intrigas, as suas ambições, os seus desesperos, as suas traições e as suas alegrias. Um filme excecional destinado a obter todos os prémios e que contou com um elemento de luxo composto por Paul Newman e Joanne Woodward.

 A peça integra a campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ promovida semanalmente pela autarquia mangualdense.

 RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano. Esta iniciativa tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde.

Por:MM

 

Reviver o que se passava no Cineteatro

mangA campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ desta semana tem o prazer de apresentar uma aventura monumental, num mundo selvagem de paixões ardentes, amores violentos e ambições sem nome: ‘Duelo na Lama’. Trata-se da história de um homem que jogava tudo, até o amor, sacrificando tudo para vencer na vida. Num mundo de violência e de paixões bárbaras. ‘Aconteceu no Cineteatro há 54 anos’, no dia 23 de setembro de 1962, e foi uma obra-prima no seu género.

A iniciativa, que tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde, é promovida pela Câmara Municipal de Mangualde.

RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano.

 

 

 

Cavaleiro do Rei Artur em destaque no Cineteatro em Mangualde

   mang1O Cavaleiro do Rei Artur’ é o filme em destaque na campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ desta semana. A iniciativa, que tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde, é promovida pela Câmara Municipal de Mangualde. Trata-se de um espetáculo arrebatador pelas aventuras, torneios, duelos e idílios em mágico tecnicolor que ‘Aconteceu no Cineteatro há 60 anos’… era dia 16 de setembro de 1956. Um filme que retrata a época da galantaria quando, em volta da Tábua Redonda, se reúnem os cavaleiros do Rei Artur para defender a honra das damas e a opressão dos humilhados. Um misterioso cavaleiro negro chamava a si os maiores riscos e era sempre vencedor… Vencedor dos homens… Vencedor dos corações… Vencedor das intrigas. Um filme que coroa a carreira de Alan Ladd como um ator enérgico e viril.

RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTATO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

    Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano.

Por:Mun.Mangualde