Início » Tag Archives: feiras

Tag Archives: feiras

Parque Verde de Freixedas (Pinhel) (1ªfase) vai ser uma realidade

Foi aprovado em reunião do Executivo Municipal da Cidade Falcão, o projeto para  a construção do Parque Verde de Freixedas (1ª Fase),que vai permitir  revitalizar e tornar mais funcional e atrativa a zona central da freguesia de Freixedas, onde habitualmente se realizam as feiras de ano e onde também existe um campo desportivo.

Assim, a área de intervenção corresponde a uma plataforma com cerca de 48.000m2, sendo de referir que é na zona envolvente a esta área que se encontram equipamentos comunitários como o Centro de Dia, a Igreja Paroquial, a Escola Primária, a Junta de Freguesia, os CTT e o Posto da GNR, assim como vários estabelecimentos comerciais.

Elaborado pela mesma equipa de arquitetos paisagistas responsável pelo projeto do Parque Urbano de Pinhel, é notória a preocupação em “criar um ambiente visual agradável que potencie o bem-estar e conforto humano, para quem aceda ou esteja na área de intervenção, ou tenha acesso visual para o mesmo”.

Por outro lado, o espaço terá de ser versátil e polivalente, “possibilitando o recreio e o lazer, assim como a prática de desporto informal”, de modo a poder ser usufruído pela população local, mas também por visitantes, motivo pelo qual também inclui uma área destinada a acolher caravanas.

Com base nestes pressupostos, a intervenção foi dividida em três importantes linhas de ação:
– Área de recreio e lazer (que corresponde em concreto ao parque verde, contempla vários pontos de interesse para as várias faixas etárias, quer ao nível de recreio ativo, mas também áreas de estadia e repouso);
– Área de feiras (esta área será requalificada e reorganizada, permitindo a instalação de um total de 76 lugares para tendas e criando na sua envolvente 45 lugares de estacionamento para viaturas ligeiras, 2 lugares para autocarros e ainda um pequeno parque para motociclos).
– Vias circundantes (criação de passeios e requalificação dos pavimentos nas vias circundantes à área de intervenção).

Em suma, o projeto teve em conta as condicionantes e potencialidades do espaço onde vai desenvolver-se, procurando dar resposta às necessidades da população e às pretensões do Município que, com este investimento, acredita na revitalização desta área central da freguesia de Freixedas.

Feiras e mercados de levante autorizados pelo Município de Fornos de Algodres

Em comunicado, o Presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, António Manuel Pina Fonseca informa que:
Tendo em consideração:
• A Resolução do Conselho de Ministro n.º 92-A/2020, de 2 de novembro, que declara a situação de calamidade, no âmbito da pandemia da doença da COVID-19, e estabelece as medidas excecionais e temporárias de resposta à epídema SARS-COV-2 e à doença da COVID-19;
• Que, de acordo com a alínea b) do n.º 8. Do artigo 28.º da referida Resolução, o Presidente da Câmara Municipal pode autorizar a realização de feiras e mercados de levante, caso estejam verificadas as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela Direção Geral de Saúde (DGS);
• Que as feiras e mercados do concelho, desde a sua reabertura, têm funcionado no estrito cumprimento daquelas normas e orientações, sem que tenha ocorrido, até à data de hoje, qualquer circunstância impeditiva do seu funcionamento, no quadro atual da pandemia;
• A inquestionável função económica e social deste setor retalhista para as localidades e para os cidadãos, o qual representa um importante apoio a o desenvolvimento da economia local.
De acordo com o disposto na alínea b) do n.º 8. do artigo 28.º da Resolução do Conselho de Ministro n.º 92-A/2020, de 2 de novembro, determino a:
• Autorização da realização de feiras e mercados de levante, no total cumprimento das orientações definidas pela DGS.
Esta condição pode ser alterada em função da evolução da situação epidemiológica.

COVID -19-Fornos de Algodres cancela todos eventos em março

Em comunicado enviado, o Municipio de Fornos de Algodres,  relativo à aprovação do Plano de Contingência e medidas para mitigar o possível impacto do surto do COVID -19 , entre as quais o cancelamento da Feira do Queijo Serra da Estrela em Fornos de Algodres.

O Município de Fornos de Algodres decidiu , depois de consultada a Comissão Municipal de Proteção Civil adotar um conjunto de procedimentos para mitigar o possível impacto do surto do COVID-19 no concelho em particular e no país em geral.

Para além da aprovação do plano de contingência, o município decidiu adotar um conjunto de medidas que abaixo enumeramos:
-Cancelamento da Feira do Queijo Serra da Estrela em Fornos de Algodres;
-Adiamento do Seminário Ambiental de Fornos de Algodres;
-Suspensão até ao final do mês de março das atividades do Projeto de Envelhecimento Ativo “Fornos Vida”;
-Encerramento da Piscina Municipal até ao final do mês de março;
-Suspensão do projeto de Férias Desportivas na paragem letiva do 2º período;
-Suspensão da Feira Quinzenal e do Mercadinho de produtos locais até ao final do mês de março.
Todas estas decisões foram assentes em critérios de saúde pública e na defesa dos superiores interesses de toda a população.

Conversa com empresário Felisberto Cardoso–Chuva de Sucesso

Um homem de sucesso no mundo do espetáculo

Na altura da realização da Feira das Atividades Económicas de Aguiar da Beira, fomos conversar com um homem que dispensa apresentações no mundo do espetáculo, apesar de não cantar, Felisberto Cardoso é um dos empresários de grande sucesso neste nosso Portugal.

Leva a todo lado um espetáculo de qualidade para que as comissões organizadoras de eventos possam ter sucesso também, face a isso convidamos a ouvir esta conversa que nos concedeu:

Por:António Pacheco

25ª edição da Feira do Vinho do Dão foi apresentada

18j fv Na Mostra de Vinhos e Iguarias “Dão Capital”, no Pátio da Galé em Lisboa, o Município de Nelas esteve presente, no passado dia 15 de Julho,sexta-feira, para uma elegante e deslumbrante apresentação da 25ª edição da Feira do Vinho do Dão, a realizar-se de 2 a 4 de Setembro próximo, onde foi entoado pela primeira vez o Hino Oficial da Feira do Vinho, tema produzido por António Leal e interpretado pela ilustre fadista Lenita Gentil, seguido de um animado FlashMob com vinte jovens da Associação Cultural Contra Canto terminando com a construção de um “cubo mágico” cujas faces estão decoradas com imagens alusivas à Feira e a Nelas.

 Na Apresentação Oficial da Feira do Vinho do Dão o Presidente da Câmara Municipal de Nelas, na presença do Ministro da Agricultura, Secretário de Estado da Agricultura, Presidente do Turismo de Portugal, Presidente do Instituto da Vinha e Vinho, Presidente da CCDRC e Presidente da CRV Dão, destacou a relevância da Feira como o maior certame profissional de vinhos de toda a Região Demarcada envolvendo produtores de todos os 16 municípios que a compõem, estimando-se este ano o maior numero de sempre na Feira. O Presidente da Câmara referiu ainda que a Feira do Vinho do Dão, tem, ao longo destes 25 anos, assumido ser um dos principais cartões-de-visita e dinâmica económico e turística da região servindo de montra para os seus produtos e produtores, determinante, não apenas para a economia local diretamente relacionada com o produto Vinho do Dão ou todo o enoturismo por ele potenciado, mas também na hotelaria e na restaurfv18jnação. Este é o um evento capaz de continuar a impulsionar o comércio local cuja visibilidade sai renovada, atraindo milhares de pessoas ao Concelho, reforçando, assim a centralidade de Nelas na dinâmica económica da Região Demarcada do Vinho do Dão. O Presidente terminou deixando um convite a todos os presentes para visitarem Nelas em Setembro, conhecer e saborear os produtos, os Vinhos e brindar aos 25 anos da Feira do Vinho do Dão.

                                                              Sobre o “Dão Capital”

O “Dão Capital – Mostra de Vinhos e Iguarias” é um evento promovido anualmente pela Comissão Vitivinícola do Lisboa, com o objetivo de promover os vinhos do Dão e a Rota dos Vinhos do Dão, prevista no Plano de Atividades da CVR do Dão para 2016. Co-financiado pelo Programa Portugal 2020-Centro 2020 e produzido e divulgado com a colaboração da Revista de Vinhos, a Dão Capital prevê atrair milhares de visitantes nacionais como internacionais.

Por:Mun:Nelas