Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: GD Mangualde (Pagina 3)

Tag Archives: GD Mangualde

GD Mangualde deseja Boas Festas

Em comunicado, o GD Mangualde deseja a todos Boas Festas.

“A poucos dias de terminar o ano 2020, é chegada a hora de em poucas palavras, avaliar o presente e projetar o futuro.

Vivemos hoje um contexto inédito, inesperado e imprevisível, que impôs ao desporto uma realidade muito diferente daquela que conhecíamos. A saúde e o bem-estar, são hoje a preocupação dominante, relegando para segundo plano as questões desportivas. Em poucos meses tudo se alterou. Deixámos de conseguir planear “com os olhos postos no futuro” como sempre fizemos e passámos a gerir a incerteza do “dia a dia”.

Hoje, o movimento associativo, sobretudo no desporto amador, atravessa uma crise sem precedentes. Por imperativo legal, estamos fisicamente afastados dos nossos Sócios, Adeptos e Simpatizantes, o que se traduz numa quebra abrupta de receitas de quotização, donativos e bilhética. Simultaneamente e por força da atual crise económica, deparamo-nos com uma diminuição drástica do apoio publicitário dos nossos patrocinadores. Estes indicadores são ainda mais preocupantes, quando acompanhados pela total ausência de medidas de apoio das instituições que tutelam o desporto e que, ao decidirem manter os elevados custos de competição, sufocam o normal funcionamento dos clubes.

É por isso fundamental que o nosso compromisso presente e futuro, com os Sócios, Atletas e Treinadores, seja a obrigação de tudo fazermos para que o Grupo Desportivo de Mangualde consiga sobreviver ao maior desafio da sua história. Tal como sucedeu num passado não muito longínquo, não hesitaremos em colocar a sustentabilidade financeira acima de meros resultados desportivos. Será um risco que assumiremos, como aliás sempre fizemos, conscientes de que este é o melhor caminho para o G.D.M continuar a enfrentar os desafios que os novos tempos nos colocam.

Ao desânimo e resignação, responderemos ainda com mais trabalho e dedicação, na certeza de que JUNTOS conseguiremos VENCER mais esta batalha.

Os Órgãos Sociais do Grupo Desportivo de Mangualde desejam a TODOS um Bom Natal e um Bem-aventurado Ano Novo”

AF VISEU- GD Mangualde derrotado pelo Sátão por 2-0

Uma manhã própria para a prática do futebol, com os mangualdenses à procura de um triunfo, mas o adversário era forte e queria também vencer, isto é o Sátão, que viria a vencer por 2-0.

Uma primeira parte mais equilibrada com alguns lances interessantes de parte a parte, mas sem acertar na baliza de ambos os lados. Existiram alguns amarelos de parte a parte.

A segunda parte trouxe os satenses mais fortes e mais certeiros, ao abrirem o marcador aos 48´, por intermédio de David Aguiar. Para tal a reação dos locais fez-se sentir com a entrada de Vadinho, mas seria o Sátão por Adriano, a fazer novo golo , aos 69´.

Novas mexidas em ambos xadrezes, mas o resultado estava feito, com os satenses a arrecadar três pontos preciosos, já os mangualdenses terão de tentar recuperar este desaire agora fora de portas.

AF Viseu- GD Mangualde já iniciou os treinos de pré-temporada

As equipas começam a trabalhar na nova temporada, assim o Grupo Desportivo de Mangualde apresentou-se nesta segunda -feira, no Estádio Municipal, com o primeiro treino da temporada 2020/21.

Um plantel bem organizado e orientado pelo técnico João Bento e o presidente Ricardo também esteve presente na sessão de arranque, assim como dois atletas da equipa de veteranos, Armando Polónio e Luís Gouveia que vieram saudar o plantel. Agora no próximo sábado, dia 22 de agosto está agendado o primeiro jogo particular, no Estádio Municipal da Premoreira, às 17 horas, frente à AD Sátão.

O arranque do Campeonato da Divisão de Honra está previsto para o dia 13 de setembro.

A sessão de treino contou com a visita de dois atletas da equipa de veteranos, Armando Polónio e Luís Gouveia que aproveitaram para dar as boas- vindas ao plantel.

Foto:GDM

AF Viseu-João Bento novo treinador do GD Mangualde

Depois de na última temporada ter passado nos Vilanovenses, na AF Guarda, regressa agora ao Distrito de Viseu e à Divisão de Honra , mais concretamente ao Grupo Desportivo de Mangualde.

Assim recorde-se que João Bento este ano celebra 25 anos de treinador.

Esta uma aposta para comandar os mangualdenses, depois de na temporada passada ter sido treinador Ricardo Duarte. Em breve vamos saber das novidades a nível de plantel.

foto:FDV

83/84-Taça de Portugal-Mangualde-FC Porto-0-1

                          Sonho acabou ao cair do pano

Uma tarde de festa no Estádio Conde Anadia, com uma grande enchente com todos os cantinhos com público. A bancada, o monte, os muros e até as varandas dos edifícios em redor do retângulo ainda pelado, tinham gente oriunda de diversos concelhos limítrofes.

Depois de ter ultrapassado a AD Fornos de Algodres em casa por duas bolas a zero e seguindo-se o Tirsense e também venceu em casa, pela margem mínima com golo de Guilherme.

Depois de ter anteriormente recebido o Benfica duas temporadas antes, agora foi o FC Porto, foram os anos de ouro do Desportivo de Mangualde, que na prova rainha ia tendo a sorte de receber os grandes do futebol português promovendo grandes encaixes financeiros para os cofres do clube.

Jogar sempre em casa

Uma partida muito equilibrada, com os mangualdenses a lutar imenso e a agigantar-se perante um dos grandes, que possuía um leque de grandes atletas do futebol nacional e europeu e um dos treinadores mais credenciados, José Maria Pedroto, com o nulo a chegar até ao intervalo com festa nas bancadas e muita ansiedade para o resto do jogo.

Apesar das intenções de ataque, os caminhos para a baliza da casa, mas iam sendo anulados pela defesa mangualdense. Esta foi uma partida muito complicada para os portistas que deram o tudo por tudo e somente aos 83´, chega o golo do FC Porto por intermédio do gigante defesa António Lima Pereira que viria a salvar a sua equipa neste encontro.

Agora mais uma grande prestação dos mangualdenses que se bateram de igual para igual de sucumbiram ao cair do pano.

Assim o árbitro foi Raúl Ribeiro, já o Mangualde tinha uma equipa equilibrada, com Alfredo, Guilherme, Mário,Manuelzinho, Hermínio, Mourilhe, Claudino, Moitas, Vieira, Almendra, Vieira, Renato, Pina,Abel, Ribeiro, Valente e Fernando.

FC Porto: Zé Beto, Eurico, António Lima Pereira, João Pinto, Frasco, Vermelhinho, Jacques, Sousa, Quinito, Jaime Pacheco e Jaime Magalhães. Jogou ainda Eduardo Luís.

Foto:GDM

81/82- Taça de Portugal- GD Mangualde- SL Benfica-1-3

Um dia de festa na cidade de Mangualde teve lugar na tarde do dia 22 de novembro de 1981, jogava-se a 2ªeliminatória da prova rainha, com uma grande enchente esteve no Estádio Conde de Anadia, com Azevedo Duarte da AF Braga a arbitrar esta partida.

Jogava o Desportivo de Mangualde frente ao Benfica que sempre arrastou multidões, assim a cidade parou para ir à bola, o estádio foi pequeno para tanta gente, que as varandas os muros estavam repletos numa grande receita para os mangualdenses.

Um Benfica com grandes nomes do futebol português que apresentou a equipa quase na máxima força:Bento, Bastos Lopes, Frederico, Veloso, José Luis, Néné, Shéu, João Alves, Alberto B.Lopes, Chalana e Reinaldo.

Jogaram ainda;César e Jorge Gomes

O GD Mangualde possuía um bom leque de jogadores que militavam no Nacional da 3ªdivisão serie C, com: Alfredo, Alan, Herminio, Renato, Biro Biro, Guilherme, Almeida, Mário, Artur, Almendra, Luís Filipe, João Carlos, Cláudino, Ribeiro, entre outros.

Uma partida que tinha um favorito, a turma encarnada, mas que tinha uma turma do Mangualde motivada, que vinha de 2 vitórias e 7 empates e tentou dar o máximo e aguentou até aos 38´, onde acontece uma grande penalidade que Néné, o goleador mor abriu o ativo, seguiu-se novo golo por João Alves, aos 41´para delírio dos encarnados.

Em cima do intervalo, ainda novo golo dos encarnados com Néné a bisar na partida e a vantagem era enorme para os encarnados.

A segunda parte foi mais equilibrada, com os benfiquistas a levantar o pé e os donos da casa a tentar chegarem-se à frente , mas o tento de honra surge aos 89´por Renato na transformação de grande penalidade.

Como foi natural o triunfo encarnado, mas o Mangualde fez história dado que, o estádio registou o máximo de espetadores e a festa era grande dos adeptos encarnados.

O fairplay também fez parte do encontro, onde as equipas fizeram uma foto conjunta para mais tarde recordar.

foto:GDM

 

 

AF Viseu-Div.Honra-Mangualde-Sátão-2-1

Uma tarde domingueira de muito frio, com o Mangualde a agigantar-se e a vencer o Sátão, que viu o seu técnico Pinto sair do comando técnico da equipa.

Face a isso, uma primeira parte bastante equilibrada, com duas equipas a lutar lado a lado, no sentido de alcançar o golo , mas ia tardando e o intervalo chega com a igualdade a zero no marcador.

Qualidade a subir em flecha

Após o reatamento, o Mangualde a entrar muito forte, Vadinho a entrar pela esquerda e serve Aryson e este emenda por cima da baliza visitante, aos 10´. O Sátão tenta de bola parada, através de canto, com a bola rasar a baliza da casa, já com a dianteira reforçada após entrada de Marylson.
Continua a série de cantos, trazendo o Sátão mais pressionante com Tiago a sacudir o perigo e a aliviar a sua área.
O Mangualde pressiona e  após um ataque , surge uma perdida de bola da defesa do Sátão e Aryson a servir Márcio e este a marcar aos 72´, abrindo o ativo.
O Sátão reage e eis que surge um lance disputado na asa esquerda do seu ataque , o árbitro aponta falta que nos pareceu forçada e advém um livre para a área e num aglomerado de jogadores o árbitro aponta para a grande penalidade, muito contestada pelos locais, que também nos pareceu forçado e daí, David chamado a converter empata para a sua equipa aos 77´.

Dos protestos do lance, o técnico Ricardo Mangualde é expulso, mas a turma da casa ganhou novo alento e volta a pressionar mais ainda e chega Fábio a servir Aryson que emenda sem hipóteses para o keeper do Sátão, era a festa dos locais no campo e na bancada, aos 81´.
Vadinho a rematar a rasar aos 88´e a revelar-se muito importante na manobra ofensiva, assim como todo o setor atacante que realizaram um ótimo encontro.

Um belo jogo que teve momentos de classe na segunda parte, com o GD Mangualde a vencer e a subir degraus na tabela.

Uma arbitragem com muitos erros ao longo de todo encontro.

AF Viseu- Mangualde-Ferreira de Aves-1-1

Igualdade em dia festivo

Em dia de festa , na cidade de Mangualde, o Municipal recebeu uma partida entre Mangualde e Ferreira de Aves, que culminou com a igualdade a uma bola, a contar para a Divisão de Honra da AF Viseu.

Assim uma partida bem disputada por duas equipas que tentaram equilibrar na zona central do terreno, o Ferreira de Aves uma equipa mais coesa a nível de plantel dado que, mantém grande parte da estrutura da temporada passada, já o Mangualde que este ano regressou à divisão maior da AF Viseu, bateu-se bem e procurou anular os ataques dos visitantes.

Ainda assim foram surgindo diversas oportunidades, ao longo da partida para ambas formações, mas os golos surgiram apenas na reta final, com José Henrique a abrir o ativo para os visitantes.

O Mangualde reagiu de imediato e chega à igualdade, com uma jogada concluída por Vitor Bruno ao cair do pano.

Uma igualdade que se aceita , face ao desenrolar da partida e à entrega dos jogadores durante todo encontro.

AF Viseu- Mangualde- Penalva do Castelo-2-0

O Municipal de Mangualde recebeu um clássico distrital de duas forças do futebol distrital, assim Mangualde e Penalva mediram forças, com o triunfo a sorrir aos Mangualdenses.

O equilíbrio foi a nota dominante na fase inicial, com a equipa da casa a pressionar e vai daí aos 9´, Vítor coloca a bola nas redes penalvenses e abriu o ativo.

Depois aconteceu futebol bem explanado de parte a parte e a vantagem mangualdense chegava ao intervalo.

Para o segundo período do jogo, oportunidades foram acontecendo , mas somente aos 74´, Simão consegue marcar e amplia para 2-0 e aumentaram as dificuldades dos Penalvenses.

Um triunfo que assenta bem aos donos da casa, que alcançou a 1ªvitória nesta temporada.