Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: palestra

Tag Archives: palestra

Celorico da Beira- Ação “Recuso Ser Vítima” a 24 de novembro

Vai acontecer no Centro Cultural de Celorico da Beira, a ação “Recuso Ser Vítima”, promovido pela Associação Tocar n’ Alma em colaboração com a CPCJ de Celorico da Beira, no dia 24 de novembro.

Com o intuito de acordar e consciencializar os cidadãos sobre a violência doméstica, realidade intemporal e transversal a todos os países, idades e classes sociais, “Recuso ser vítima” vai, a partir de um teatro fórum e uma palestra, abordá-la na perspetiva da vítima, quebrar tabus e preconceitos. A palestra será conduzida pela Presidente da Associação Tocar n‘Alma, seguida de debate.

Dirigido para técnicos profissionais das áreas da Justiça e Defesa, Educação, Saúde, CPCJ, Prevenção e Intervenção na Violência Doméstica, Psicologia, Social e outros profissionais que lidam direta e indiretamente com vítimas de violência doméstica, a iniciativa vai contribuir para o enriquecimento de conhecimentos e competências destes profissionais.

“Palestra COVID-19: salivar, ou não salivar, eis a questão”, abordada por Mangualde

Palestra foi dirigida aos alunos do 9º ano do AE de Mangualde e respetivos encarregados de educação.

O Município de Mangualde realizou na passada sexta-feira, dia 2 de outubro, no Auditório da Universidade Católica, das 18h às 19h, a “Palestra COVID-19: salivar, ou não salivar, eis a questão!”, no âmbito da primeira atividade STEM do ano letivo 2020/2021. Uma iniciativa dirigida aos alunos do 9º ano do AE de Mangualde e aos respetivos encarregados de educação.

Na primeira atividade STEM, deste ano letivo, a Academi@ STEM Mangualde, em parceira com a Universidade Católica de Viseu, através do laboratório SalivaTec, desenvolveu uma sessão sobre os impactos da COVID-19. Nesta atividade, para alunos e pais, exploraram-se conceitos extremamente importantes que afetam, atualmente, o dia-a-dia da população e demonstraram-se as repercussões das doenças infeciosas para a comunidade global.

Nesta sessão foi simulada uma recolha de amostra de saliva de uma voluntária, presente na plateia, e foi possível responder a um questionário online, através da plataforma Mentimeter, sobre o que aprenderam com esta atividade.

 A abertura da sessão foi realizada pelo Vice-presidente do Município de Mangualde, e responsável pelo Pelouro da Educação, Rui Costa, e a dinamização da mesma a cargo da SalivaTec, com o professor Nuno Rosa.

Palestra ao alunos sobre tema “Imaginação” no AE Fornos de Algodres

Teve lugar recentemente na Escola sede do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres uma palestra subordinada ao tema “a imaginação” pelo Professor Bibliotecário Pedro Freitas, inserida no Dia Nacional das Biblioteca Escolares.

Esta palestra foi dirigida a todos os alunos do Ensino Secúndário que se mostraram interessados nos diversos conteúdos abordados como:Conceito de imaginação, a imaginação e os livros, fatores influentes no desenvolvimento da imaginação, os media: significado e sua evolução até às redes sociais, imaginação ou força de vontade?, imaginação e a memória e ser uma pessoa de visão.

Floresta em debate em Mangualde

Nesta sexta-feira, dia 16, realizar-se uma palestrada sobre a “A importância da floresta na saúde de cada um”. Esta ação, organizada pela Câmara Municipal de Mangualde e pelo Agrupamento de Escolas Mangualde, decorrerá na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, tendo início marcado às 21 horas.

 O Professor Doutor Jorge Paiva será o orador desta palestra inserida na Rota da Floresta – Programa Eco-Escolas, numa noite que contará ainda com a atuação da Orquestra Juvenil das Escolas de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

Casa cheia na palestra no Hotel da Urgeiriça

O Hotel da Urgeiriça acolheu a Palestra “Há conversa com…Dr.ª Maria José Afonso” .

Foi com sala cheia que a jornalista, natural de Montalegre, foi recebida com um público participativo e interessado numa palestra sobre Comunicação Social intitulada de “Não há Pequenas Nem Grandes Importâncias, Há Importâncias”. Esta serviu para uma partilha de saberes entre comunidades com diferentes culturas mas um elo comum, a paixão e a defesa dos valores humanos. O Vereador Aires dos Santos apresentou o conceito desta palestra, agradecendo ao Hotel da Urgeiriça a cedência do espaço, por sua vez,  Sofia Relvas, Vice -Presidente do Município de Nelas, expôs a sua experiência relativa à Universidade Sénior, e o . Presidente da Câmara Borges da Silva, encerrou a sessão cultural elogiando esta iniciativa e parabenizando a palestrante por tão emotiva e sincera apresentação de um projeto de vida. Houve ainda tempo para um Dão de Honra que serviu de confraternização entre os presentes e a jornalista.

Por:MN

6ºdia aberto sobre o castanheiro em Aguiar da Beira

13102823_1072313566162914_1050066196787860173_n Foi realizado no sábado passado o 6º dia aberto, no âmbito do Protocolo de Cooperação para Instalação do Centro de Interpretação Vivo do Castanheiro.
Os produtores aderentes, receberam informação sobre a luta biológica contra a vespa das galhas do castanheiro e participaram na atividade de campo sobre poda de formação, de limpeza e arrolamento em castanheiros adultos.
O Gabinete Municipal de Apoio ao Agricultor (GMAA) informa que as inscrições para adesão de novos produtores que queiramcasta participar nestas ações, devem dirigir-se a este Gabinete.

Por:GMAAFA

Um olhar sobre a casa nobre das terras de Azurara e de Tavares

Palestra em Mangualde sobre Património Cultural

A Câmara Municipal realiza mais uma palestra sobre Património Cultural, desta feita sobre o tema “Um olhar sobre a Casa Nobre em Terras de Azurara e de Tavares”, com a palestrante Mestre Anabela Ramos. O encontro, de entrada livre, acontece no dia 1 de abril, no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, pelas 21h00.

Anabela Ramos, natural de Mangualde, é licenciada em História (U. Coimbra), Mestre em História Moderna (U. Coimbra), Pós-graduada em Assuntos Culturais no âmbito das Autarquias (U. Coimbra) e em Ciências Documentais, área de Arquivo (Universidade do Porto).

Foi Técnica superior no Arquivo Distrital de Viseu entre 1994 e 1999 e é Técnica Superior no Mosteiro de São Martinho de Tibães, Braga, desde 1999. Tem desenvolvido vários trabalhos de investigação na área da história social da época moderna, de que se destacam as seguintes obras publicadas: Violência e Justiça em terras de Montemuro; Casar, mas receber dote: estratégias familiares na escritura dotal (Mangualde, 1684/1715); Alimentar o corpo e saciar a alma: ritmos alimentares dos monges de Tibães, séc. XVII; O Cidrão: na história, no campo e na mesa; Alimentos medicinais à mesa monástica.

 Para mais informações, os interessados poderão contactar a Câmara Municipal de Mangualde, através do Gabinete de Gestão e Programação do Património e Cultura (T. +351 232 619 880; E. antonio.tavares@cmmangualde.pt).

 

 

 

Palestra sobre “Um olhar sobre a Casa Nobre em Terras de Azurara e de Tavares”

Palestra em Mangualde sobre Património Culturalconde

A Câmara Municipal realiza mais uma palestra sobre Património Cultural, desta feita sobre o tema “Um olhar sobre a Casa Nobre em Terras de Azurara e de Tavares”, com a palestrante Mestre Anabela Ramos. O encontro, de entrada livre, acontece no dia 1 de abril, no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, pelas 21h00.

Anabela Ramos, natural de Mangualde, é licenciada em História (U. Coimbra), Mestre em História Moderna (U. Coimbra), Pós-graduada em Assuntos Culturais no âmbito das Autarquias (U. Coimbra) e em Ciências Documentais, área de Arquivo (Universidade do Porto). Atualmente coordena um estudo sobre a alimentação monástica nos séculos XVII e XVIII, de que se destacam: Alimentar o corpo e saciar a alma: ritmos alimentares dos monges de Tibães, séc. XVII. Porto: Afrontamento, DRCN, 2013; O Cidrão: na história, no campo e na mesa. Braga: ATAHCA, 2014. Em colaboração com Augusto Assunção; e Mosteiro de Tibães: Alimentos medicinais à mesa monástica. Braga: Universidade do Minho, 2015.

Foi Técnica superior no Arquivo Distrital de Viseu entre 1994 e 1999 e é Técnica Superior no Mosteiro de São Martinho de Tibães, Braga, desde 1999. Tem desenvolvido vários trabalhos de investigação na área da história social da época moderna.

Para mais informações, os interessados poderão contactar a Câmara Municipal de Mangualde, através do Gabinete de Gestão e Programação do Património e Cultura (T. +351 232 619 880; E. antonio.tavares@cmmangualde.pt).

Por:Mun.Mangualde

Palestra “Cheguei à Adolescência Alguém avise os meus pais”

cpcjVai decorrer na Biblioteca Municipal de Fornos de Algodres, uma palestra subordinada ao tema “Cheguei à Adolescência
Alguém avise os meus pais”.

Esta ação vai ser conduzida por Cristina Nogueira da Fonseca, com o grande público a que se refere esta palestra deverá os mais adultos, vai ter lugar apartir das 21h00, na sexta -feira , 27 de novembro.

Uma iniciativa da CPCJ local com o apoio do Município fornense.

Por:António Pacheco

Palestra sobre arqueologia em Nelas

  De forma a divulgar o recém-criado projeto
plurianual denominado NeoMega, “Neolitização e Megalitismo na Plataforma do
Mondego”, a desenvolver entre 2016 e 2018, e que teve início informal este ano
com a intervenção arqueológica de emergência a decorrer Orca da Lapa do Lobo,
realiza-se este sábado, dia 4 de julho, no Auditório da Fundação Lapa do
Lobo pelas 18:00h uma Palestra denominada “Antigas Sociedades Camponesas entre
o Mondego e Dão: a propósito do estudo/escavação da Orca da Lapa do Lobo”.

  Este projeto, coordenado pelo Prof. Doutor João
Carlos Senna-Martinez do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de
Lisboa, surge numa parceria institucional entre os Municípios de Nelas e do
Carregal do Sal, a Direcção Regional da Cultura do Centro e Investigadores do
Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa, tendo como parceiros
a Fundação Lapa do Lobo, a Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, a Junta de
Freguesia da Lapa do Lobo e os Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim.
O projeto de investigação, recuperação, integração e valorização patrimonial,
está previsto para decorrer entre os anos de 2016 e 2018 em monumentos
megalíticos do concelho de Nelas e do concelho do Carregal do Sal, que irão ser
alvo de estudo e de intervenções arqueológicas que permitirão conhecer melhor o
território em causa durante o Neolítico.
Desta forma pretende-se que haja uma continuidade
no discurso interpretativo do património megalítico nos dois concelhos e também
dotar a Sala Museu de Arqueologia de Canas de Senhorim, como centro de
interpretativo arqueológico e futuro pólo da especialidade do Museu Municipal
de Nelas.
Por: Mun-Nelas