Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: prevençao

Tag Archives: prevençao

Abril, mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância

Este mês de abril, se destaca pela Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, face a isso, um pouco por toda a parte se colocam laços azuis nas varandas, janelas, portas de casas particulares e edifícios institucionais.

Assim , como retrata a foto, o CLDS 4G Servir Fornos de Algodres já colocou o seu laço, assim como o Município de Mangualde, com o tema para este ano 2021:“Serei o que me deres… Que seja amor!

Assim fica o desafio deixado por todas as instituições para toda a gente fazer o seu laço azul e o colocar em local visível.

CIM Viseu Dão Lafões Debateu “O Fogo Prescrito Para Além do Combate aos Fogos Florestais”

 A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, através do seu Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal, promoveu, o webinar “O Fogo Prescrito Para Além do Combate aos Fogos Florestais”.

Neste seminário online, entre outros, foram abordados temas como “A perspetiva técnica do uso e da necessidade do fogo”, “O papel da mulher no uso do fogo” ou a “Gestão integrada do fogo”.

Enquadrado no tema escolhido pela Collaborative Partnership on Forests para as comemorações do Dia Internacional das Florestas 2021, este fórum teve como objetivo facilitar a partilha de informação e experiências no âmbito do uso do fogo controlado em diferentes regiões do globo (EUA, Brasil e Equador).

Este Webinar, integrado no projeto Life Landscape Fire, teve como oradores diversos especialistas internacionais como Luíz Gustavo Gonçalves, do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (Brasil); Flavia Bertier, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Brasil); de Rohdri Wiseman, da The Nature Conservancy-Oregon (EUA); e de José Luís Duce Aragüés, Coordenador Internacional do Programa TREX (The Nature Conservancy – Equador).

Reunindo mais de 250 participantes de todo o mundo, o seminário contou com a presença de inscritos oriundos de Espanha, EUA, Brasil e Itália, entre outros países.

Recorde-se que, o fogo controlado ou prescrito revela-se como a ferramenta mais eficaz e eficiente para a gestão de combustíveis, apresentando-se como uma estratégia essencial na regulação dos incêndios, ao mesmo tempo que, pela sua versatilidade, permite cumprir diversos objetivos de carácter ecológico como a restauração dos ecossistemas.

Para o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com este webinar, a CIM Viseu Dão Lafões, procurou, novamente, contribuir para promoção e partilha de conhecimento relativo ao uso de fogo controlado na gestão de combustíveis e combate aos incêndios florestais”.

Estes tipos de ações afiguram-se, também, como instrumento essencial para dotar a região Viseu Dão Lafões de informação e ferramentas que permitam a adoção de estratégias cada vez mais eficazes no combate ao flagelo dos incêndios florestais e para a resiliência da nossa floresta”, concluiu o Secretário Executivo.

GNR-Operação “Viajar Sem Pressa” 2020 em ação

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai realizar, até dia 19 de agosto, uma operação de fiscalização rodoviária intensiva de controlo da velocidade, na sua área de responsabilidade, com o objetivo de promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e a diminuição da sinistralidade rodoviária grave.

O excesso de velocidade continua a constituir em Portugal uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave, seja pela diminuição do tempo de reação do condutor para fazer face a um imprevisto, ou pelo agravamento das suas consequências em resultado da maior violência do embate. Importa salientar que, quando a velocidade duplica, a distância de travagem quadruplica e, em caso de acidente, a probabilidade de resultarem vítimas mortais ou feridos graves aumenta de oito a 16 vezes.

A GNR, relativamente à prevenção da sinistralidade rodoviária, no ano de 2019 e 1.º semestre de 2020, controlou a velocidade de mais de dez milhões de veículos, dos quais 227.443 circulavam em excesso.

Nesta operação serão empenhados militares dos Destacamentos de Trânsito dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estarão especialmente atentos à infração de excesso de velocidade, uma vez que este período de verão carateriza-se, não só pela realização de grandes deslocações, seja por motivo de férias ou para o gozo de períodos de lazer mais curtos, como também pelo aumento do tráfego rodoviário e do cometimento de alguns excessos, nomeadamente de velocidade, potenciando a ocorrência de acidentes e o agravamento das suas consequências.

GNR-Atividade operacional semanal

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 8 e 14 de maio. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções202 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·      63 por condução sem habilitação legal;

·      51 por condução sob o efeito do álcool;

·      16 por tráfico de estupefacientes;

·      11 por furto;

·      Seis por violência doméstica;

·      Três por posse ilegal de armas;

·      Dois por posse de arma proibida;

·      Um por ameaça e coação;

·      Um por ofensa à integridade física simples;

·      Um por dano;

·      Um por caça ilegal.

2.    Apreensões:

·      1 323 doses de haxixe;

·      77 doses de cocaína;

·      56 doses de heroína;

·      26 armas de fogo;

·      15 armas brancas;

·      3 645 munições de diversos calibres;

·      50 000 cigarros;

·      1 800 quilos de pescado;

·      1 400 quilos de bivalves;

·      Cinco veículos;

·      3 745 euros em numerário.

3.    Trânsito:

Fiscalização3 767 infrações detetadas, destacando-se:

·      2 261 excessos de velocidade;

·      264 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·      173 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·      167 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·      149 por falta de seguro de responsabilidade civil;

·      135 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·      69 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·      47 relacionadas com tacógrafos.

Operação de preventiva contra incêndios no concelho de Mangualde

Operação preventiva, enquadrada na execução do Plano Municipal de Defesa da Floresta, totaliza um investimento de cerca de 100 mil euros.
Com o objetivo de promover uma eficiente gestão florestal no concelho de Mangualde, a União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, no âmbito da candidatura ao PDR2020, nomeadamente a Operação 8.1.3. Prevenção da Floresta contra Agentes Bióticos, tem em curso os trabalhos de execução da faixa de gestão de combustíveis da Rede Primária. Esta operação de silvicultura preventiva, enquadrada na execução do Plano Municipal de Defesa da Floresta, compreende uma área de aproximadamente 120 hectares e totaliza um investimento de cerca de 100 mil euros.
A Rede Primária contempla a criação de faixas de redução e/ou faixas de interrupção de combustível com uma largura não inferior a 125 metros, que criarão compartimentos de redução da carga combustível, contribuindo assim para a defesa da floresta e aglomerados populacionais contra os incêndios.
Neste momento encontram-se já executados cerca de 30 hectares, maioritariamente em áreas de matos. O Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, o Vice-presidente, Rui Costa e o Presidente da U.F. de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, Rui Valério, juntamente com os serviços técnicos do Gabinete Técnico Florestal e do Serviço Municipal de Proteção Civil realizaram uma visita esta manhã, dia 2 de março, ao terreno para se inteirarem dos trabalhos em curso.

GNR- Atividade operacional das últimas 12 horas

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 30 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 22 por condução sob o efeito do álcool;
  • Dois por condução sem habilitação legal;
  • Um por tráfico estupefacientes;
  • Um por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
  • 222 doses de haxixe;
  • Seis doses de cocaína;
  • Uma arma branca.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 314 infrações detetadas, destacando-se:

  • 61 por excesso de velocidade;
  • 46 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 27 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 15 por anomalias nos sistemas de sinalização ou iluminação;
  • 13 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • Nove por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 47 acidentes registados, destacando-se:

  • 14 feridos leves.

 

Declaração da Situação de Alerta de 2 a 6 de agosto

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Governo, através do Ministro da Administração Interna assinou, esta quarta-feira, o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental. Ler Mais »

Trancoso sem fogos depende de todos

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Trancoso reuniu para definir estratégias e medidas para o período crítico de incêndios que se iniciou.
Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Trancoso que contou com a presença de representantes do CDOS da Guarda, GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, ICNF, Cooperações de Bombeiros de Trancoso e de Vila Franca das Naves, Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca, Infraestruturas de Portugal, EDP, Técnicas do Gabinete Técnico Florestal, Coordenador Municipal de Proteção Civil, do Representante das Junta de Freguesia do Concelho e do Executivo do Município de Trancoso.
Após enquadramento e discussão de medidas e estratégias da temática DFCI, os presentes deslocaram-se às instalações das Corporações de Bombeiros do Concelho, Postos de Vigia e a alguns dos troços de Faixas de Gestão de Combustível da rede viária municipal executados no âmbito da defesa da floresta contra incêndios pelo Município de Trancoso.
Num princípio de cooperação e de prevenção, procura-se a cada ano com esta iniciativa, dar voz aos principais intervenientes na defesa da floresta contra incêndios do concelho, até porque se considera que… TRANCOSO SEM FOGOS DEPENDE DE TODOS.

Por:MT

Simulacro no CAC Vila Franca da Serra

A prevenção é a melhor maneira de proteger os bens e as populações e face a isso, os simulacros servem para prevenir e remediar alguns problemas que possam advir no futuro e foi o que se tentou por parte da Proteção Civil, desta vez na aldeia de Vila Franca da Serra.

Assim , os soldados da paz desta zona inerente levaram a efeito um simulacro no Centro de Dia do CAC de Vila Franca da serra, dado que é uma instituição bastante representativa da localidade.

Tudo foi equacionado com as corporações de Bombeiros da zona, GNR a surgirem e a atuar como se de uma ocorrência real se trata-se, para que no futuro, se possa prevenir e em caso de alguma ocorrência, tudo possa ser resolvido de forma eficaz.

São estas manobras e exercícios de prevenção que contribuem para tudo possa ser equacionado de forma mais prática e alterar alguns aspetos menos positivos nas respetivas instituições.

Fotos de AP

DECIF 2017 apresentado na Guarda

16730102_1901271926565678_5913134944382638409_n Teve lugar , no período da manhã desta quinta feira, dia 11 de maio, a Apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), pelo Comandante Operacional Distrital, António Fonseca, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes,  nos Paços do Concelho da Guarda.

Estiveram presentes muitos autarcas e elemen18425040_1901273403232197_1332896233479811346_ntos das diversas corporações de Bombeiros do Distrito da Guarda, assim como, restantes elementos que participam nestas atividades durante este período critico do ano, onde os incêndios acontecem.

Este Decif 2017 vai ser composto por  597 operacionais, 151 veículos e três helicópteros.

Jorge Gomes, Secretário de Estado da Administração Interna, referiu que, as 18423839_1901272053232332_1882155236851457255_nvárias alterações introduzidas este ano no dispositivo de combate aos incêndios florestais e salientou que o Governo volta a pretender que existam “mortes zero”, a começar nos operacionais.

Por:AP Fotos:MG