Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: viseu (Pagina 11)

Tag Archives: viseu

MÚSICA E PALAVRA JUNTAM maestro António Vitorino D` Almeida e O poeta José Fanha

 ‘A
MÚSICA E A PALAVRA’ é mote escolhido para a edição de maio do projeto:
‘AS SEXTAS DA LUA’. A sessão realiza-se no dia 29 de maio, às 21h00, na
Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, e vai reunir no
mesmo palco a excelência musical do maestro António Vitorino D` Almeida
no piano e as vibrantes palavras declamadas pelo poeta José Fanha.

 A
grande música e a grande poesia tornam-se com eles em momentos únicos
de emoção artística e agradável reconhecimento cultural num diálogo que
se pretende divertido, denso e feliz. A aposta destes dois artistas fora
dos grandes circuitos artísticos vem proporcionar às autarquias uma
oferta cultural de grande qualidade que, de forma envolvente, junta o
erudito e o popular, a música e a palavra.
 O
projeto ‘AS SEXTAS DA LUA’ vai permitir que, na última sexta- feira de
cada mês, a comunidade se junte no café concerto, num ambiente acolhedor
e intimista e que vivencie um momento cultural que envolve a palavra e a
música. Cada noite vai ter um tema geral que vai servir de mote para
diversas performances: escritores, dramatizações teatrais, performances
de dança, leitura de textos em prosa ou poesia, entre outras formas de
expressão, sempre com a música presente. 
Por:Mun.Mangualde

Desempregados escolhem roupa para os filhos na loja social da Cáritas de Viseu

A loja social da Cáritas de Viseu tem roupa,
brinquedos e outros bens para a casa. É uma loja como outra qualquer, só
que ali troca-se e oferece-se, não há dinheiro à vista, e qualquer
pessoa é bem-vinda, uma vez que a loja está cheia de roupa. A Cáritas de
Viseu apela a que lhes forneçam expositores, para que possam mostrar
todo o vestuário e calçado que ali têm.

Desempregados de longa duração com origens em encerramentos de pequenas e médias empresas definem o cliente-tipo da loja social.
Eva
Pinto, de 51 anos, chega pouco antes do meio-dia à loja, praticamente
já vazia, pelo aproximar da hora de almoço, e escolhe roupa para o filho
que estuda no 12º ano. Eva está desempregada há anos demais. Vive do
rendimento social de inserção. “Trabalhei numa fabrica de calçado, em
Jugueiros. Fechou, deixaram de fabricar, entretanto  faleceram os donos e
os herdeiros não quiseram dedicar-se àquilo e venderam para lotes. Não
podia arranjar mais nada, tenho que viver de ajudas para mim e para o
meu filho”, relata à RR.

Desempregados também ajudam
A
voluntária Maria Eduarda, 59 anos, recebe quem chega. Também ela está
desempregada.”Trabalhava num escritório de contabilidade, que fechou
e, como estava em casa, vim ajudar aqui”, sorri.

“Recebo o subsidio de desemprego, mas não é muito. Vamos vivendo e ajudando”, diz com uma réstia de esperança.

Os pedidos de ajuda à Cáritas de Viseu não param de crescer. Em
Março, surgiram novos 80 casos de carência. Cerca de 800 pessoas foram o
universo de beneficiários. Destes, 157 não têm qualquer subsidio.

Na
primeira quinta-feira do mês de Junho, a Cáritas de Viseu, vai
organizar um peditório de bens alimentares, de modo a encher os sues
armazéns, vazios, de momento, ao contrário do que se vê na loja social,
que transborda de roupa e brinquedos.

Por Liliana Carona-RR

Mangualde assinala Dia da Mãe com concerto dedicado a todas as mães

  Como forma de
assinalar o Dia da Mãe, a Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde acolhe um
concerto, da Orquestra Municipal POEMA e do Coro de S. Teotónio da Diocese de
Viseu, dedicado a todas as mães. A iniciativa realiza-se no dia 3 de maio, às
17h00, e é organizada pela Câmara Municipal de Mangualde, com o apoio da ENDESA
e a colaboração do Agrupamento de Escolas de Mangualde e da Ourivesaria
Pereirinha. Haverá uma oferta surpresa para todas as mães.

 Será um
concerto de música clássica – Te Deum de Antero Ávila – preparado pela
Orquestra POEMA – Projeto Orquestra Estúdio de Mangualde e pelo Coro de S.
Teotónio da Diocese de Viseu, envolvendo entre músicos (alunos e professores) e
coristas mais de 200 pessoas. Os intervenientes deste projeto são elementos das
Bandas Filarmónicas do concelho de Mangualde e alunos/ex-alunos do
Conservatório Regional de Viseu “Dr. José de Azeredo Perdigão”, com idades
compreendidas entre os 12 e os 30 anos de idade, podendo haver algumas
exceções.
Por: CMM

Sensibilização para o transporte de crianças

AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO – TRANSPORTE DE CRIANÇAS

A Secção de Programas Especiais, em conjunto com o Posto Territorial de Penalva do Castelo, do Destacamento Territorial
de Mangualde e a CPCJ do Município de Penalva do Castelo, em Penalva do
Castelo, dinamizaram uma ação de sensibilização/prevenção para o
transporte de crianças em viaturas automóveis.
O público alvo da ação
foram os pais que transportavam os alunos para as escolas.
Por: GNR Viseu

2ªedição da Prova Regional de XCO em Fornos de Algodres

A vila de Fornos de Algodres vai receber no final do mês de maio, a 2ªedição da Prova Regional de XCO, cuja organização esta a cargo da Associação Regional de Ciclismo de Viseu e com a colaboração local da A.D.F.A.-Ciclismo, sendo o local escolhido a serra da Esgalhada, um local muito arbóreo e com uma paisagem fantástica e de certo vai ser um fim de semana proveitoso.

Vai ser um evento que nos dias 30 e 31 de maio vai trazer muitos visitantes a esta vila serrana.
 Reportagem de AP

Viseu recebe Jornada Diocesana da Juventude

foto :Pastoral juvenil diocesana

  O Seminário Maior de Viseu vai acolher a Jornada Diocesana da Juventude, no sentido de juntar os jovens desta diocese e debater temas e também sobretudo rezar desta maneira num momento próprio com o Bispo da diocese D.Ilidio, pelo meio vai haver um concerto com os Godstones.

Fornenses presentes no curso de Introdução à Pedagogia Escutista.

   Realizou-se no fim de semana de 7 e 8 de março de 2015 o curso de Introdução à Pedagogia Escutista em Viseu, onde os fornenses estiveram presentes para ganharem experiência e poderem dar vida ao escutismo em Fornos de Algodres.

 O IPE, vem em substituição do antigo CIP, e adaptado à nova metodologia
escutista de formação. Esta foi a primeira vez que a Região de Viseu
realizou o curso e sendo uma das primeiras regiões a implementar a nova
metodologia de formação de adultos.
  Um fim de semana bastante
animado, onde os nossos candidatos a dirigente mostraram estar à altura.
Neste IPE foram abordados temas como as 7 maravilhas do método, Mística
e Simbologia, Sistema de Progresso, Relação dos adultos no escutismo e
Equipa de Animação e Organização da Unidade.
  No seguimento do curso, os Candidatos a Dirigente voltarão a reunir-se em novembro para mais uma sessão.
 fonte:JRV

Bruna Oliveira estudante na Escola Superior de Educação vence prémio internacional

   A aluna Bruna Oliveira, atualmente a frequentar o 3.º ano do curso de
Artes Plásticas e Multimédia da Escola Superior de Educação do Instituto
Politécnico de Viseu, foi uma das vencedoras de um concurso
internacional para criação de poster para o evento “Typography Day
2015”, promovido pelo Industrial Design Centre do Indian Institute of
Technology Bombay, estando o seu trabalho a ser divulgado na página do
evento a par dos restantes premiados originários de diversos países,
como Estados Unidos, Japão, Inglaterra e Irão.
Fonte:DV

Comboio regressa a Viseu

Comboio regressa a Viseu
Foto:J.Sérgio /Sol

O comboio vai voltar a circular no Vale do Vouga, fazendo a ligação
entre o Porto de Aveiro, Viseu e Vila Franca das Naves, onde encaixará
na Linha da Beira Alta, seguindo depois para Espanha. A decisão está
tomada e se a solução encontrada ficar abaixo dos 1,4 mil milhões de
euros será uma realidade. O Governo está a negociar a solução com a
União Europeia (UE) e impôs silêncio às associações empresariais.

Os responsáveis políticos ouvidos pelo SOL consideram que a
nova ligação é uma exigência para que o noroeste peninsular não fique
isolado

A ligação que o Governo negoceia com a UE retoma o projecto
de 2009, do troço designado Lote 4A – entre Aveiro e Celorico da Beira,
acordado com Espanha. Será em bitola europeia e ligará o noroeste
peninsular, através da ligação da Linha do Norte a Salamanca, incluído
nas redes transeuropeias. O atravessamento da fronteira a norte de Vilar
Formoso possibilita a ligação em pouco mais de 130 km, o que encaixa
nos orçamentos previsíveis.
O troço terá uma extensão de 110 km, com passagem por Viseu. O custo
por quilómetro aponta para 10 milhões de euros e pressupõe 60
quilómetros de via única. Quanto ao financiamento, o valor final está
ainda por definir. Um estudo do Grupo de Trabalho Centro e Norte, que
reúne as associações empresariais de Portugal, Minho e Centro, aponta
para um investimento de 1,9 mil milhões de euros, um valor
“incomportável porque equivale ao dinheiro que o país dispõe para o
investimento total em ferrovia”, sustenta um responsável político ouvido
pelo SOL.
Quebrar o isolamento
Todavia, lembra que o estudo foi feito com base numa via dupla,
quando se prevê agora uma via única, capaz de garantir velocidades até
250 km em bitola europeia, a que acresce um ramal de ligação a Viseu, de
5 km, e outro entre Vila Franca das Naves e a Plataforma Logística da
Guarda. Essa solução fará Portugal “honrar os compromissos e dividir as
verbas disponíveis entre a ligação Aveiro-Salamanca e Sines-Badajoz”,
acrescenta.
Os responsáveis políticos ouvidos pelo SOL consideram que a nova
ligação é uma exigência para que o noroeste peninsular não fique
isolado. Essa é a convicção do presidente da Câmara de Viseu, que num
encontro com jornalistas prometeu que a cidade “irá voltar a dispor de
ferrovia”. Apesar das insistências, Almeida Henriques pouco mais
adianta, mas assume que “será uma evidência a curto prazo”. Também o
autarca da Guarda assume a “vontade política para a construção, com
financiamento europeu”. Álvaro Amaro pede “um compromisso entre os
partidos do arco do Governo para que o país não marque passo”, numa
solução que permitirá “servir os portos de Leixões, Aveiro e Figueira da
Foz e quebrar o isolamento do país em ferrovia”.
Esta ligação tem sido reclamada pelos franceses da PSA, que têm duas
fábricas de automóveis Peugeot Citröen, em Vigo e Mangualde. Carlos
Tavares, o presidente do grupo, tem insistido que a ligação
Vigo-Mangualde permitiria reduzir os custos de operação em 20%, ajudando
à manutenção da fábrica em Mangualde. Também a mina de ferro de Torre
de Moncorvo tem um estudo que aponta para a viabilidade apenas com a
exportação do minério, a partir de Vila Franca das Naves e dali para o
Porto de Aveiro.
Nas associações empresariais de Portugal e do Minho ninguém assume
mas, sob anonimato, os dirigentes reconhecem a existência de
negociações. O primeiro sinal de que o anúncio da nova construção está
por um fio foi sentido em Cacia, nos arredores de Aveiro, uma zona
industrial onde a procura por terrenos disparou.
fonte:Sol

Novo Presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Viseu recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Nelas

NOVO PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO DE BOMBEIROS DO DISTRITO DE VISEU RECEBIDO NO SALÃO NOBRE DOS PAÇOS DO CONCELHO DE NELAS
  A convite do Executivo Municipal e no
seguimento da recém-eleição dos novos órgãos sociais da Federação de
Bombeiros do Distrito de Viseu teve lugar no Salão Nobre da Câmara
Municipal de Nelas uma receção com os principais responsáveis locais e
distritais dos Bombeiros, onde foram definidas possíveis estratégias a
serem tomadas no exercício das suas funções, em conjugação de esforços
com as corporações dos Bombeiros Voluntários locais de forma a garantir e
melhorar o bem-estar das populações.


Na reunião além do Presidente
da Câmara de Nelas, Dr. Borges da Silva, do Vice-Presidente Dr.
Alexandre Borges e do Presidente da Assembleia Municipal Prof. António
Manuel Borges, estiveram também alguns novos elementos da Federação de
Bombeiros do Distrito de Viseu, nomeadamente o seu Presidente Dr. José
Amaro (Presidente dos B.V. de Tarouca), os Vice-Presidentes Miguel
Ângelo David (Comandante dos B.V. Carregal do Sal) e João Rodrigues
(Comandante dos B.V. Canas de Senhorim), o Secretário Adjunto Guilherme
Almeida (Comandante dos B.V. de Nelas) e os Suplentes da Direção
Humberto Sarmento David (Comandante B. V. Tarouca) e Heldér Ambrósio
(Presidente dos B.V. Canas de Senhorim) bem como o Suplente do Conselho
Fiscal José António Montenegro (Presidente dos B.V. de Nelas).
Pelas
21 horas reuniram no Multiusos em Nelas, os membros de todos os órgãos
sociais da Federação para preparar o futuro, a começar na tomada de
posse agendada para o próximo dia 16 de Janeiro. Temos assim, enaltecido
o espírito de estreito relacionamento institucional entre o Município
de Nelas, os seus corpos de Bombeiros e os seus representantes do
Distrito de Viseu, sendo que no estreitamento desses laços, em
particular do Presidente da Câmara com o Presidente da Federação, que
chegam a ser familiares, muito se deseja em termos de aumento na
proximidade entre todas as instituições.

Fonte:Município de Nelas