Templates by BIGtheme NET
Início » Distrito da Guarda » Crédito Agrícola apresentou os 12 Finalistas do Prémio Empreendedorismo e Inovação

Crédito Agrícola apresentou os 12 Finalistas do Prémio Empreendedorismo e Inovação

Cerimónia de Entrega de Prémios está agendada para Fevereiro de 2022

 O Crédito Agrícola anunciou que já estão apurados os 12 projectos finalistas da 8ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação CA, uma iniciativa reconhecida no mercado pelo forte contributo aos sectores agrícola, agro-alimentar e florestal nacional, que premeia e apoia o que de melhor se faz em Portugal. O processo de candidaturas decorreu entre os dias 26 de abril e 30 de julho através do website www.premioinovacao.pt.

Os projetos vencedores desta edição, que volta a destacar o tema da Sustentabilidade, em linha com as prioridades nacionais e europeias de apoio à inovação no sector e com a estratégia do Crédito Agrícola, serão conhecidos em Fevereiro, na Cerimónia de Entrega de Prémios, que se realizará em data e local a confirmar. Além da entrega dos prémios haverá uma palestra do Prof. António Câmara (FCT/UNL) com o tema “A Revolução tecnológica ao serviço da Agricultura” e uma mesa-redonda a debater o tema “Estará o sector Agrícola nacional preparado para a revolução tecnológica do futuro?”.

O projeto vencedor de cada categoria – Agro-indústria 4.0; Biotecnologia e Bioeconomia; Produtores Inovadores – receberá um prémio monetário no valor de 5.000€ e serão ainda atribuídas duas distinções de reconhecimento especial, também de 5.000€ cada, ao melhor projeto de Inovação em Parceria e ao Projeto de Elevado Potencial promovido por Associado Crédito Agrícola. Ao finalista que se destaque enquanto Jovem Empresário Rural, será também atribuída uma Menção Honrosa no valor de 2.500€.

 

A ANI – Agência Nacional de Inovação, parceira do Prémio CA desde a 4ª edição, através do programa Born From Knowledge (BfK), atribuirá ainda o troféu “Árvore do Conhecimento” ao melhor projeto ou start-up de base científica e tecnológica.

Projetos finalistas da 8ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola

Categoria Agro-Indústria 4.0:

 Blueveg

Desenvolvimento de um sistema de aquaponia de água salgada com gestão por Inteligência Artificial autónoma, com vista à produção de proteína de origem animal (peixe de aquacultura), hortofrutícolas (aeroponia) e água potável, sem pegada ambiental e sem produção dos resíduos, uma vez que o sistema permite incorporar 100% dos resíduos novamente na cadeia de produção.

 

AI4RealAg

Sistema inteligente de extracção de conhecimento, baseado em Inteligência Artificial, que usa algoritmos de machine learning para extrair dos dados conhecimento útil para a tomada de decisão na produção agrícola. Os dados são obtidos através de um sensoriamento remoto, feito por drones com múltiplos sensores, e são combinados por fusão e pela aplicação de técnicas inovadoras de Data Science, permitindo uma extracção mais eficiente de conhecimento escondido nos dados.

 

Smart Trap

Armadilha inteligente que permite a monitorização remota do inseto vetor da Flavescência Dourada (Scaphoideus titanus Bal.) que é 5-10 vezes mais pequeno que outros insetos já detetados por armadilhas. O inseto é capturado numa fita cromática e a identificação é feita por um sistema de captura de imagem que possibilita a transmissão sem fios periódica e o seu arquivo.

 

SpecTOM

Utilização de inteligência artificial e técnicas de espetroscopia para visualizar as estruturas internas das plantas e quantificar a composição dos diferentes tecidos. Trata-se de uma solução portátil e não invasiva, o que permite um diagnóstico em tempo real. Através da quantificação de metabolitos chave, torna-se possível efetuar diagnósticos bastante precisos sobre o estado e/ou evolução de doenças/lesões internas da planta, bem como sobre a resposta aos tratamentos.


Categoria Biotecnologia e Bioeconomia:

 

InovPastel

Criação de opções de pastelaria tradicional mais saudáveis e funcionais mantendo o seu sabor original, através da redução do teor de açúcar e gordura e incorporação de bio-ingredientes menos calóricos e mais saudáveis, tais como fibras dietéticas.

 

NaturALL

Desenvolvimento de um desinfetante inteligente combinando princípios de nanotecnologia, matéria-prima florestal e economia circular. O objetivo é utilizar compostos extraídos maioritariamente de produtos da floresta endémica portuguesa como a bolota para o desenvolvimento de uma alternativa natural aos produtos sintéticos, e que seja também segura, não-tóxica, ecológica, biodegradável e sustentável.


Corium Biotech

Produção de couro bovino em laboratório. Propõe-se reconstruir pele bovina a partir de uma biópsia do animal e transformar a mesma em couro via um novo processo ecológico e sem dano para o animal. Este será um couro real, com as mesmas características de um couro tradicional, mas sem estar associado ao abate do animal ou aos poluentes usados no processo clássico da curtimenta.

 

Freetilizer

Tecnologia inovadora que permite a valorização de subprodutos agroalimentares, transformando-os em fertilizantes orgânicos líquidos e ração animal em menos de 24 horas. Tem como base um processo de hidrólise onde são digeridos os subprodutos, permitindo um aumento da biodisponibilidade de nutrientes.


Categoria Produtores Inovadores:

 

Agricultura Competitiva e Sustentável

Quinta totalmente sustentável, que tem apostado na eficiência energética e na agricultura de precisão, com tratores autoguiados, gestão da irrigação, sensores, satélites, drones e digitalização de todos os processos, com benefícios económicos e ambientais. Aposta também na substituição de fatores de produção de origem sintética para orgânica e investe na promoção da biodiversidade do solo, com técnicas de conservação como a sementeira direta, e da fauna, com a criação de zonas de refúgio para abelhas e outros animais.

 

Medronho Bottle

Exploração dedicada à produção de medronho e que desenvolveu uma bebida suave à base de medronho, inovadora e de baixo teor alcoólico, com caraterísticas distintivas que não existem no mercado. O projecto surge como estratégia de valorização do fruto, objetivando a criação e comercialização de um produto sustentável de valor acrescentado. O projecto prevê desenvolver quatro sabores distintos; Original (medronho), Laranja, Lima-Limão e Frutos vermelhos.

 

Amêndoas com identidade

Empresa que usa a tecnologia Blockchain para possibilitar que os consumidores das amêndoas Veracruz acompanhem o trajeto dos alimentos de forma 100% automatizada e em tempo real através das etiquetas de rastreabilidade QR Code. A Veracruz será a primeira empresa produtora de amêndoas a nível mundial a ter seu produto rastreável.


Vila Feliz Cidade

Exploração em regime de agricultura regenerativa, com estratificação vertical permitindo a rentabilidade do espaço. A diminuição do distúrbio do solo e aumento da biodiversidade, assim como a presença de coberto vegetal permanente na parcela agrícola, contribui para a regeneração do solo. O cultivo de espécies hortícolas (Capsicum sp.) nas entrelinhas permite rentabilizar a parcela nos primeiros anos após implementação. Neste projecto preserva-se também a conservação das 4 raças de galinhas autóctones de Portugal.

 

 

Júri do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola 2021

Elementos base

Licínio Pina | Crédito Agrícola (Presidente Júri)

Simão Soares | P-BIO – Associação Portuguesa de Bioindústria

José Vale | IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação

Nuno Canada | INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária

João Mendes Borga | ANI – Agência Nacional de Inovação

Aldina Fernandes | CONFAGRI – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal

António Gonçalves Ferreira | UNAC – União da Floresta Mediterrânica

Sofia Santos | Consultora para a Sustentabilidade e Gestora de Sustentabilidade do Crédito Agrícola

 

Jurados Adicionais

  • Agro-indústria 4.0:

Luís Mira | CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal

Pedro Queiroz | FIPA – Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares

  • Biotecnologia e Bioeconomia:

João Wengorovius Meneses | BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Des. Sustentável

Maria João Fernandes | ANI – National Contact Point do Horizonte Europa para a Bioeconomia / BBI / Biotecnologia

  • Produtores Inovadores:

Maria Custódia Correia | Rede Rural Nacional, DGADR

Firmino Cordeiro | AJAP – Associação dos Jovens Agricultores de Portugal

Publicidade...