Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Estudo:Preço das casas aumentam no Litoral

Estudo:Preço das casas aumentam no Litoral

O preço das casas no litoral português aumentou 3,9% em abril de 2021 face ao mesmo mês do ano passado –, fixando-se o preço do metro quadrado (m2) em 1.371 euros, segundo um estudo realizado pelo idealista.

As casas no litoral do distrito de Beja foram as que mais encareceram, com os preços a dispararem 11,4%, para 1.932 euros por m2. Seguem-se as habitações localizadas nos litorais dos distritos de Aveiro, com uma subida de preço de 10,9%, do Porto (10,6%) e de Setúbal (9,4%). Já no litoral do distrito de Faro, pertencente à Costa algarvia, os preços subiram 5,5%. Nos litorais dos distritos de Lisboa, Leiria, Viana do Castelo e Coimbra os preços aumentaram 5,2%, 4,3%, 4,2% e 2,9%, respetivamente, enquanto na Ilha de Porto Santo (Madeira) o aumento registado foi de 0,6%.

Por outro lado, foi na Ilha Terceira onde os preços das casas no litoral português mais desceu, -5,3%. Seguem-se a Ilha de São Miguel (-3,6%), o litoral do distrito de Braga (-3,1%) e a Ilha da Madeira (-1,3%).

É no litoral do distrito de Lisboa que é mais caro comprar casa perto da praia, com o m2 a custar 2.288 euros. Seguem-se os litorais dos distritos de Faro (2.247 euros/m2), Beja (1.932 euros/m2), Setúbal (1.855 euros/m2) e Porto (1.828 euros/m2) e a Ilha da Madeira (1.376 euros/m2) e de Porto Santo (1.334 euros/m2).

Em sentido inverso, ou seja, onde é possível comprar as casas mais baratas à venda no litoral do país, encontram-se a Ilha de São Miguel (839 euros/m2) e a Ilha Terceira (849 euros/m2) e os litorais dos distritos de Coimbra (934 euros/m2), Viana do Castelo (1.036 euros/m2), Braga (1.123 euros/m2), Aveiro (1.201 euros/m2) e Leiria (1.333 euros/m2).

Por:Idealista

Publicidade...