Início » Ambiente » Raid do Bucho e Outros Sabores rumo à Freineda

Raid do Bucho e Outros Sabores rumo à Freineda

O Raid do Bucho e Outros Sabores entra na sua 13ª edição reclamando para si o título do mais importante passeio todo-o-terreno gastronómico do Clube Escape Livre. Agendado para os dias 17 a 19 de março, conhece percurso totalmente novo desenhado ao volante de um Jeep, marca oficial
do evento, que oferecerá a todos os participantes que utilizem modelos da marca uma lembrança especial. Será uma agradável surpresa para a comitiva que levará à Freineda adeptos da condução fora de estrada e da gastronomia beirã vindos de todo o país.
Com organização do Clube Escape Livre e colaboração da Junta de Freguesia da Freineda, esta edição
do Raid do Bucho e Outros Sabores procura manter a espetacularidade do evento com a recriação
das Invasões Francesas e o famoso almoço do Bucho, mas a equipa do Clube Escape Livre desenhou
um percurso onde a riqueza paisagista e a passagem por locais icónicos da Beira Interior vão deixar
os participantes maravilhados.
Tendo como ponto de encontro o Hotel Lusitânia na Guarda, unidade de 4 estrelas, a caravana desta
edição do Raid do Bucho e Outros Sabores será recebida no dia da chegada (6ª feira) com uma prova
de Vinhos da Beira Interior e o habitual jantar de boas-vindas.
Após uma noite retemperadora, a caravana encaminhar-se-á para as belezas paisagistas da Serra da
Estrela rumo ao geosítio do Geoparque Estrela, a Quinta da Taberna. Um local onde corre, num
traçado sinuoso, o rio Mondego sobre cama de esporão rochoso com 300 milhões de anos e densos
bosques em redor, com uma beleza surpreendente. Um local de cortar a respiração, a visitar com a
colaboração da Junta de Freguesia de Videmonte.
Palmilhando o novo percurso do Raid do Bucho e Outros Sabores, a caravana irá passar pela praia
fluvial da quinta da Taberna, encaminhando-se, depois, para dois ex-libris da região. Primeiro os
Baloiços da Rapa e, depois, os espetaculares Passadiços do Mondego.
Os primeiros encontram-se na Serra da Lomba, encostados ao marco geodésico da Rapa a 990
metros de altitude. Um baloiço está virado para o lado nascente com vista para o Mondego, o outro
para poente vislumbrando a vila de Celorico da Beira.
Já os Passadiços do Mondego estão inseridos num território reconhecido pela UNESCO como
Geopark Estrela. O trajeto, com cerca de 12 km, de beleza ímpar, proporciona paisagens de cortar a
respiração e integra zonas de travessia, passadiços e pontes suspensas.
Um dia absolutamente extraordinário com muita ação fora de estrada que termina com o regresso à
Guarda e visita ao Museu da cidade antes da chegada ao Hotel Lusitânia em cujos salões decorrerá o
jantar convívio.

Publicidade...