Templates by BIGtheme NET
Início » Serra » Scutvias vai colocar pórtico experimental na A23

Scutvias vai colocar pórtico experimental na A23

A empresa Scutvias vai instalar um pórtico experimental de cobrança de portagens na autoestrada A23, junto ao nó da Lardosa, em frente às instalações da empresa, disse hoje o director-geral Levi Ramalho.
Levi Ramalho disse que, de acordo com a lei, o início da cobrança de portagens está programado para 15 de Abril, e aquele pórtico servirá entretanto para testar o equipamento.
Para já, decorrem as obras de construção civil nas bermas e do separador central da via para instalação do equipamento.
Posteriormente, “passará a ser um pórtico definitivo”, referiu.
O director-geral admite que “a localização definitiva dos restantes pórticos na A23 será indicada à Scutvias pelo Governo dentro de uma semana a 10 dias”.
De acordo com o director-geral da empresa, aquele é o prazo razoável para “respeitar a programação prevista” que inclui “duas semanas de ensaios” antes da cobrança das portagens.
Segundo aquele responsável, o preço deverá rondar oito cêntimos por quilómetro, à semelhança das restantes ex-SCUT.
Levi Ramalho considera não fazer sentido “já haver três SCUT que foram convertidas e que têm um valor de cerca de oito cêntimos por quilómetro e agora surgirem outras com um valor diferente”.
No entanto, sublinha que “há aspectos que muito dizem respeito às próprias regiões: a A23 tem especificidades grandes e tem havido conversações”, nomeadamente sobre as isenções.
A cobrança de portagens teve início a 15 de Outubro nas SCUT Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata e até 15 de abril, segundo o Governo, o regime vai ser alargado às SCUT Interior Norte, Beiras Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve, e aos lanços das três concessões do Norte não abrangidos na primeira fase.
Esta semana, numa audição parlamentar, o ministro das Obras Públicas disse que o valor da cobrança de portagens nas três antigas SCUT do Norte rondou os “16 a 17 milhões de euros” até 31 de Dezembro de 2010.
in terras da beira 

Publicidade...



 

Enviar Comentário