Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Celorico da beira

Tag Archives: Celorico da beira

Roteiro V em Celorico da Beira

Vai ter lugar no Município de Celorico da Beira  de 10 a 12 de setembro, o Roteiro V do projeto Viver ao Vivo, com Tempo no Centro, promovendo atividades inspiradas na relação da arte com a filosofia e a existência humana.
Durante três dias, o concelho vai ganhar uma nova dinâmica e animação com as diversas atividades programadas para o evento, a saber: concertos musicais, gastronomia, workshops, exposições e uma caminhada para acompanhar um pastor na condução do seu rebanho de ovelhas até à pastagem.
Todos os eventos são de ENTRADA GRATUITA, carecendo apenas de inscrição por motivos de saúde pública, através da seguinte ligação: https://viveraovivo.pt/roteiros/#roteiroV
Viver ao Vivo, com tempo no Centro é um projeto cultural, promovido em itinerância e intercambio entre os municípios de Sardoal, Castanheira de Pera e Celorico da Beira, com a coordenação da Academia Internacional de Música “Aquiles Delle Vigne”.

Celorico da Beira-Candidaturas  para esterilização de animais de companhia

Decorrem até dia 10 de setembro, as candidaturas  para esterilização de animais de companhia, cães e gatos, com mais de seis meses, do município de Celorico da Beira.
Com o intuito de combater o abandono, reduzir e controlar a população de animais vadios e errantes no município e incentivar a adoção, a Câmara Municipal de Celorico da Beira promove Campanha de Esterilização Solidária de Canídeos e Felídeos.
Para aderir à campanha e apresentar candidatura para esterilizar os seus animais de companhia (máximo de 2 animais por agregado familiar), deve dirigir-se ao Gabinete Veterinário Municipal, fazendo-se acompanhar dos seguintes documentos:
– Formulário de candidatura, aqui disponível para download, ou requerê-lo no Gabinete Veterinário Municipal; (https://cutt.ly/IQ164lP)
– Comprovativo de residência em Celorico da Beira;
– Comprovativo da identificação eletrónica com o registo atualizado no sistema de informação de animais de companhia (SIAC) e no caso dos canídeos o Boletim sanitário com vacina antirrábica válida.
Para mais informações consulte:
Normas para a Campanha de Esterilização Solidária de Canídeos e Felídeos, do município de Celorico da Beira; (https://cutt.ly/jQ0qt1L)
Contacte – veterinario@cm-celoricodabeira.pt, Tel: 271747400

António Morgado (Bairrada) venceu a 15.ª Volta a Portugal de Juniores

Foram quatro etapas que percorreram a nossa região, com António Morgado (Bairrada) a destacar-se em grande escala e face a isso, foi o grande vencedor desta prova.

No total, foram largas centenas de quilómetros, que iniciou em Almeida e finalizou na Guarda, nesta derradeira etapa, Celorico da Beira acolheu a partida, onde Carlos Ascensão, autarca local, juntamente com Delmino Pereira, presidente da FPC, cortou a fita para a partida, que levou o pelotão à cidade mais alta da Guarda.

Percorridos os 110,9 quilómetros, chegou em primeiro à cidade mais alta, o ciclista Gonçalo Tavares (Bairrada), mais 10 segundos que a camisola amarela, António Morgado que viria a vencer a geral e todas as camisolas em disputa. Por equipas, a Bairrada também foi a grande vencedora. No final da Volta, António Morgado, era um homem feliz por ter conseguido os objetivos e quer continuar a dar o seu melhor nas corridas que realizar até ao final da época e puder estar a 100% em todas.

Inaugurada Capela Mortuária no Minhocal

Foi recentemente inaugurada ,a Capela Mortuária, no Minhocal, que resulta de um investimento de 40 mil euros e de máxima importância para a Freguesia do Minhocal cuja concretização foi possível graças ao empenho de todos.
Nesta cerimónia marcou presença o Bispo da Guarda, D. Manuel Felício, do Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, do Presidente da Junta de Freguesia do Minhocal, José Gomes, do Pároco da Freguesia, assim como o vereador Bruno Almeida e elementos da Junta de Freguesia.
Num ambiente de festa, os habitantes da aldeia viram concretizado um projeto de elevada importância para a população.
Se por um lado importa lembrar que o edifício onde foi instalada a Capela foi doado por um benemérito, a família Brás, por outro lado importa referir que se tratou de uma obra da responsabilidade da Junta de Freguesia que contou com o apoio da Câmara Municipal de Celorico da Beira que disponibilizou uma verba de 15 mil euros para a realização dos trabalhos entre outros apoios.
A cerimónia de inauguração foi iniciada com a Missa Solene presidida por D. Manuel Felício logo seguido do descerramento de uma placa alusiva ao ato e bênção da Capela, terminando com uma visita guiada às instalações.

Celorico da Beira viveu o II Roteiro Sensorial

Linhares da Beira em destaque
No âmbito do projeto Viver ao Vivo, com Tempo no Centro que agrega numa rede de itinerância cultural os municípios de Sardoal, Castanheira de Pera e Celorico da Beira, sob orientação artística da também parceira, Academia Internacional de Música “Aquiles Delle Vigne”, em Linhares da Beira, aconteceu o II Roteiro Sensorial.
Desta forma na  tarde de sábado, os participantes  viajaram pelo mundo da história da aldeia, ficando a conhecer o património e os acontecimentos que marcaram a história de Linhares da Beira ao longo do tempo.
Numa autêntica noite de verão, no imponente Castelo de Linhares da Beira foi entoado pelo som do piano e pelas mãos da pianista Tracy Tang, que criou um grande momento musical dedicado à obra “Quadros de uma Exposição “do compositor russo, Modest Mússorgsky, e que culminou com o tema “Grande Porta de Kiev”.
Já no domingo de manhã, inserida no programa do II Roteiro Sensorial, aconteceu uma caminhada dedicada ao património cultural, com arranque junto ao Solar do Queijo da Serra da Estrela, levou os participantes a uma parte do troço dos “Caminhos de Santiago” que passa por Celorico da Beira e uma visita à Estação Arqueológica e Necrópole de S. Gens, ao Penedo do Sino, à Calçada Romana e Ponte da Lavandeira.
No final realizou-se um workshop gastronómico onde foi dado a conhecer e a provar a todos os participantes o Bolo Sacadura Cabral.
O II Roteiro Sensorial que se realizou em Linhares e Celorico da Beira terminou com um Workshop de Desenho, com a organização de Philip Cabau e Paulo Bernardino Bastos e um concerto no Castelo de Linhares da Beira com Manuel Araújo (piano) e com os artistas convidados Eliseu Silva e Matilde Bezerra Bastos (piano).
Fotos: Mun. Celorico

Celorico da Beira-Caminhada Solidária “Dou Mais Tempo à Vida”

Vai acontecer em Celorico da Beira , a Caminhada Solidária , no dia 24 de julho,  integra a Iniciativa Solidária “Dou Mais Tempo à Vida- Juntos Venceremos o cancro”, a decorrer em toda a Região Centro até final de setembro. A ação visa a promoção de estilos de vida saudáveis, sobretudo através do exercício físico e alimentação saudável.

 Dou Mais Tempo à Vida – Juntos Venceremos o Cancro” (DMTV) é o lema desta iniciativa solidária a decorrer na Região Centro até setembro. Celorico da Beira associa-se à ação, organizando uma caminhada solidária,  que pode ser realizada de forma individual ou em pequenos grupos, com horários e percursos livres.

A ação tem em vista a promoção de estilos de vida saudáveis, sobretudo da prática de exercício físico. É possível participar independentemente da idade, género, condição física, lugar de execução da atividade física ou do horário que for mais conveniente.

As inscrições (5 euros) devem ser feitas junto dos voluntários do Grupo de Voluntariado Comunitário de Celorico da Beira da LPCC. O participante recebe uma t-shirt “Dou Mais Tempo à Vida”, e desta forma está também solidariamente a apoiar o doente oncológico e a sua família. Tendo em conta a adaptação à atual conjuntura da pandemia por Covid-19, a iniciativa realizar-se-á no cumprimento das recomendações das Autoridades de Saúde. Relembramos que a participação na atividade implica o cumprimento de todas as orientações, nomeadamente as relativas à desinfeção das mãos, utilização de máscara e de distanciamento físico.

O DMTV, nestes termos, vem substituir as habituais caminhadas solidárias na comunidade. Os participantes poderão produzir e partilhar pequenos vídeos ou fotografias, exibindo a t-shirt “Dou Mais Tempo à Vida e a atividade realizada, para posterior partilha online.  Os registos deverão ser enviados para o email voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt.

NDS campeão no Torneio Regresso de Infantis

foto CM

Decorreu esta manhã, no Estádio Municipal de Celorico da Beira, a final do Torneio Regresso Infantis com o encontro entre a  Escola de Desporto de Gouveia e o NDS “A”

Foi uma partida bem disputada entre as  duas equipas de jovens atletas promissores, com os guardenses a conseguirem superiorizarem-se e venceram por cinco bolas a uma.

Deste modo, nesta temporada atípica, o NDS “A “a sagrar-se campeão neste Torneio de Regresso de Infantis.

IPG realiza estudos para criar sistemas de recolha de biorresíduos nos municípios da Cova da Beira

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG foi escolhido pela Associação de Municípios da Cova da Beira para realizar estudos municipais que irão permitir o desenvolvimento de sistemas de recolha seletiva de biorresíduos: sobras de refeições, cascas de frutas e legumes, folhas e ervas do jardim. As versões preliminares dos estudos encontram-se disponíveis para consulta pública e para submissão de contributos que visem a melhoria dos documentos até julho. A iniciativa é financiada pelo Fundo Ambiental.

“O projeto visa identificar estratégias e soluções eficazes para que cada município possa assegurar a separação e a reciclagem dos biorresíduos”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Estamos empenhados em desenvolver projetos de investigação ambiental em parceria com empresas e municípios. Iniciativas como esta permitem melhorar a educação ambiental, sensibilizar para a economia circular e pôr o nosso conhecimento ao serviço da comunidade”.

Os biorresíduos representam 37% dos resíduos urbanos produzidos em Portugal. A diretiva do Parlamento Europeu e do Conselho sobre os resíduos obriga os Estados Membros a fazerem a recolha seletiva de biorresíduos ou a sua separação e reciclagem na origem, a partir de 1 de janeiro de 2024.

“Escolhemos o Politécnico da Guarda para desenvolver este projeto pela reconhecida qualidade científica, pelo mais baixo custo e pela longa relação de confiança que existe entre as duas instituições”, afirma José Manuel Biscaia, secretário-geral da Associação de Municípios da Cova da Beira. “Os estudos elaborados pelo IPG irão trazer grandes vantagens para o planeamento intermunicipal, permitindo uma visão integrada sobre os biorresíduos, bem como a definição de estratégias de atuação – ao nível de equipamentos e transportes – que beneficiem a região”.

A presidência do IPG nomeou Pedro Rodrigues, docente responsável pelo Laboratório de Monitorização e Investigação Ambiental do IPG, para coordenar este projeto. Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso foram os municípios analisados para a elaboração dos estudos que irão permitir implementar eficazes sistemas de recolha de resíduos orgânicos.

“Este projeto faz parte da estratégia europeia para diminuir a deposição de resíduos sólidos em aterros sanitários”, afirma Pedro Rodrigues, docente do IPG. “Em termos ambientais iremos dar um salto qualitativo muito importante: os biorresíduos separados do lixo indiferenciado serão transformados em energia e/ou em composto orgânico para os solos. Para além destas vantagens ambientais, a reciclagem dos resíduos orgânicos irá permitir maior longevidade dos aterros sanitários”.

Celorico da Beira presente no projeto “Viver ao Vivo, Com Tempo no Centro”

Vai decorrer até dia 30 de junho de 2022, o projeto “Viver ao Vivo, Com Tempo no Centro” que compreende dez etapas, nove roteiros de fim de semana e uma ação de disseminação, com cerca de 70 atividades culturais gratuitas, multidisciplinares, centradas na música clássica e na perceção sensorial do mundo, a promover nos municípios de Sardoal,

Castanheira de Pera e Celorico da Beira, sob a orientação artística da Academia Internacional de Música “Aquiles Delle Vigne”, também parceira do projeto.
Resultante de uma candidatura a fundos comunitários (Centro 2020), esta rede de itinerância e intercâmbio cultural entre os três municípios, tem o intuito de promover o território da região, impulsionar o turismo, valorizar os produtos endógenos, o património e dinamizar e estimular a economia local e a cultura, tão afetadas pela crise sanitária que ainda atravessamos.

A apresentação do projeto “Viver ao Vivo, Com Tempo no Centro” ocorreu no passado dia 7 de junho, no Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Residências artísticas e o workshop “À volta da terra – Jornadas de Desenho”, com realização prevista entre 16 e 20 de junho, antecedem o arranque do primeiro roteiro sensorial, que terá lugar de 2 a 4 de julho, em Sardoal.

A arte, a cultura e o património arquitetónico militar, religioso e civil, existentes em Linhares da Beira – Aldeia Histórica que integra a Grande Rota das Aldeias Histórica (GR22) e o Geopark Estrela da Unesco-, constituirão o mote para o segundo roteiro sensorial que ocorrerá no município de Celorico da Beira, no período de 10 a 11 de julho. O castelo de Linhares será o palco para o concerto de abertura. Momento musical (piano) dedicado à obra “Quadros de uma Exposição “do compositor russo, Modest Mússorgsky, o qual culminará com o tema “Grande Porta de Kiev”. De seguida, terá lugar uma exposição de artes visuais, que contará com novas versões de quadros originais, inspirados na música de Mússorgsky, com a particularidade das obras estarem espalhadas pela aldeia de Linhares, impelindo o público a visitar outros edificados de interesse da aldeia, numa espécie de caça ao tesouro.

O terceiro roteiro sensorial decorrerá no fim de semana de 30 de julho a 1 de agosto, no município de Castanheira de Pera.
As atividades programadas para os três municípios decorrerão, quase todas ao ar livre e, em conformidade, com as regras impostas pela DGS no quadro da pandemia.
Para consultar a Programação detalhada ou mais informações sobre o Projeto, por favor, aceda aos sites dos três municípios ou aos links:

info@viveraovivo.pt
https://www.facebook.com/ViverAoVivo

CIMBSE divulga o melhor do Verão das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e da Serra da Estrela (CIM-BSE) foi ‘a banhos’ na praia fluvial de Vale do Rossim, em Gouveia, com a vasta equipa do Aqui Portugal, da RTP. Tratou-se de uma produção de peso da estação pública no território, com dezenas de profissionais, corpo logístico e repórteres que percorreram os 15 municípios de lés-a-lés, com o único intuito de levar até ao público nacional e audiência internacional, a campanha de Verão da CIM-BSE. Esta iniciativa faz parte de uma campanha mais ampla que visa promover as praias fluviais e os espaços de natureza em todo o território e assim chamar de novo os portugueses e restantes turistas a visitarem e descobrirem a região, pós-confinamento. Esta é a primeira de muitas iniciativas que estão a ser desenvolvidas. Press Trips, visita de bloggers e influencers… o verão promete aquecer na Serra da Estrela.

Foto: ©RTP, Aqui Portugal

Hélder Reis e Vanessa Oliveira foram os apresentadores ‘de serviço’ de um programa memorável em plena praia fluvial de Vale do Rossim, paredes-meias com os municípios de Gouveia, Manteigas e Seia. O Aqui Portugal da RTP contou com uma megaprodução levada a cabo pela estação pública com o contributo da CIM-BSE. Dados os constrangimentos provocados pela crise pandémica, todos os participantes e staff foram devidamente testados e acauteladas todas as regras de segurança e distanciamento emanadas da Direção-Geral de Saúde.

Além do enfoque nas praias fluviais e zonas balneares, o programa abordou o melhor do seu território e dos seus 15 municípios. De Mêda ao Fundão, passando por Trancoso, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas, Seia, Covilhã, Belmonte, Sabugal, Guarda, Celorico da Beira, Pinhel, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo falou-se do melhor da região – projetos inovadores como as iniciativas Cultura em Rede, a Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela, a candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, o Estrela Geopark Mundial da UNESCO, entre outras iniciativas.  Os ex-libris da gastronomia também estiveram em destaque como o Queijo Serra da Estrela, os azeites de montanha, os vinhos da beira Interior, Douro e Dão e todos os produtos característicos de cada município, mas também os ícones da cultura identitária como os têxteis em burel e o artesanato. Reveja aqui o programa na íntegra.

Ponto mais alto das férias de Verão vai ser nas Beiras e Serra da Estrela

 Este programa é só uma das muitas iniciativas previstas nesta campanha há de comunicação turística. Até setembro, a CIM-BSE leva a cabo uma série de propostas com vista a dar a conhecer a serra no verão. A campanha de verão da CIM-BSE tem como intuito dar a conhecer o destino, assim como as rotas alternativas de curta a média duração para o verão no pós-confinamento, que vão ao encontro de programas de férias saudáveis, essencialmente em espaço natureza para famílias e pessoas de várias faixas etárias. O objetivo passa por promover todo o potencial e recursos naturais e paisagísticos, ao mesmo tempo que se divulgam a identidade e oferta turística, a cultural, a histórica, a gastronómica, o património das suas gentes, dos seus saberes e sabores tão identitários deste território. Para tal irá organizar uma press trip com jornalistas nacionais e internacionais e várias road trip com bloggers e influencers de aventura e família para viverem e experienciarem o que é ter um verão na serra.

Esta ação enquadra-se no Projeto Produtos Turísticos Integrados de Base intermunicipal, desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, em parceria com o Turismo Centro de Portugal, cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.