Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: gnr

Tag Archives: gnr

GNR Guarda – Vila Nova de Foz Côa – Pulseira eletrónica por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Vila Nova de Foz Côa, deteve um homem de 44 anos por violência doméstica, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica contra a vítima, sua mãe de 68 anos. Perante a possibilidade de agravamento dos episódios de violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente posteriormente ,ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Coa, ficando sujeito às medidas de coação de pulseira eletrónica, afastamento da residência e apresentações semanais no posto policial da área de residência.

GNR Guarda-Seia – Detido por violência doméstica 

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, deteve um homem de 76 anos por violência doméstica, no concelho de Seia.

No âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica contra a vítima, sua esposa de 72 anos. Perante a possibilidade de agravamento dos episódios de violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial da Seia, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contatos com a vítima por qualquer meio, afastamento da residência e obrigatoriedade de tratamento à dependência do álcool.

GNR Guarda-Almeida – Dois detidos por furto de quatro mil testes de Covid-19

O Comando Territorial da Guarda  deteve dois homens de 35 e 54 anos, por furto de quatro mil testes de Covid-19, no concelho de Almeida.

Na sequência de um alerta transmitido pelo Comando Territorial de Aveiro a dar conta de um furto de testes de Covid-19, numa empresa em Esmoriz, os militares da Guarda encetaram diligências policiais tendo sido possível apurar-se que os suspeitos estavam a deslocar-se para a região de Múrcia, em Espanha. Na sequência da ação, foi desenvolvida uma operação policial e acionados meios de reforço necessários para os intercetar, que viria a acontecer perto da fronteira de Vilar Formoso, culminando com as duas detenções e com a apreensão do seguinte material:

  • Uma viatura;
  • Quatro mil testes de Covid-19;
  • 675 euros em numerário.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda, do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso, do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Vilar Formoso, do Posto Territorial de Vilar Formoso e do Comando Territorial de Aveiro.

Os detidos serão presentes ao Tribunal Judicial de Ovar, para aplicação de medidas de coação.

GNR Guarda-Sabugal – Detido por caça ilegal com meios proibidos

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da Guarda, deteve um homem de 78 anos por caça ilegal com meios proibidos, no concelho do Sabugal.

No decorrer de uma ação de patrulhamento da Operação “Artemis”, os elementos do NPA detetaram o suspeito a caçar com recurso a laços, sendo este um meio não permitido, tendo sido apreendidos e o suspeito detido em flagrante. No decorrer da ação os elementos do NPA verificaram ainda o transporte de uma arma de caça sem obedecer às regras de transporte, nomeadamente a colocação de cadeado de gatilho.

A ação culminou com a apreensão de diverso material, destacando-se:

  • Dois cabos de aço;
  • Uma arma de fogo;
  • Um cadeado de gatilho.
  • Um estojo para transporte de arma

O detido foi constituído arguido, e os factos remetidos ao Tribunal Judicial da Guarda

GNR Guarda-Almeida – Detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso,  deteve um homem de 42 anos por tráfico de estupefacientes, no concelho de Almeida.

No âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária, os militares da Guarda observaram que o homem se encontrava nervoso com a sua presença, tendo adotado um comportamento suspeito. No seguimento das diligências policiais foi possível verificar que no interior do seu veículo se encontrava diverso produto estupefaciente. Foi então efetuada uma busca ao veículo, tendo sido apreendidas 69 doses de heroína e 2,5 doses de cocaína.

O detido encontra-se referenciado por vários crimes de tráfico de estupefacientes nas localidades da Guarda, Vilar Formoso, Covilhã e Fundão.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Almeida.

GNR-Operação “Bom Caminho”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem em curso a Operação “Bom Caminho”, que decorrerá até ao dia 31 de dezembro de 2022, com o objetivo de promover a visibilidade e o patrulhamento de proximidade da Guarda, na proteção e segurança dos peregrinos que se deslocam a Santiago de Compostela e que transitam ao longo do Caminho Português, do Caminho Português da Costa e do Caminho Português Interior, através dos Comandos Territoriais do Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Ciente da importância dos “Caminhos de Santiago”, que remontam ao século IX, e que têm tido, nos últimos anos, um crescimento exponencial, principalmente desde a realização das Jornadas Mundiais da Juventude em Santiago de Compostela em 1989 e da sua classificação pela UNESCO em 1993 como Património da Humanidade, que lhe conferem  uma dimensão cada vez mais internacional, a Guarda irá manter um conjunto de atividades operacionais que contribuem para o sentimento de segurança e a visibilidade junto dos peregrinos, nos diferentes percursos.

Assim, pretende-se reforçar a presença na Guarda nos locais mais vulneráveis à passagem dos peregrinos, nomeadamente locais isolados e ermos, infraestruturas de acolhimento e locais de grande concentração, através de patrulhamento específico e ações de sensibilização, tendo em vista transmitir os principais conselhos de segurança:

·         Planeie/prepare o percurso antecipadamente;

·         Evite desviar-se do percurso;

·         Caminhe apenas nos períodos diurnos;

·         Utilize roupas claras e material retrorrefletor;

·         No trajeto circule pelos passeios ou na ausência pelas bermas;

·         Em grupo, caminhe em fila única;

·         Mantenha o telemóvel com bateria e o contacto diário com a família;

·         Não utilize auscultadores durante o caminho e evite o transporte de grandes quantidades de dinheiro;

·         Nos albergues não deixe bens/dinheiro ao alcance de terceiros;

·         Desloque-se sempre munido de documento de identificação (cartão de cidadão/passaporte e cartão europeu de saúde).

 Adicionalmente, nos períodos de maior afluência de peregrinos, em particular na Semana Santa e no período do Verão, realizar-se-ão patrulhas conjuntas com a Guardia Civil.

GNR-Operação “Natal e Ano Novo 2021” – Balanço 2ª Fase

A Guarda Nacional Republicana (GNR), até dia 2 de janeiro de 2022, realiza a Operação Natal e Ano Novo 2021, com o objetivo de combater a criminalidade e intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, através do esforço de patrulhamento, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança, contribuindo ainda para o cumprimento das medidas necessárias à contenção da COVID-19, em todo o território nacional.

Entre os dias 23 e 26 de dezembro, decorreu a segunda fase da operação, referente ao período do Natal. Nesta fase houve ainda um maior empenhamento da GNR em ações coordenadas de patrulhamento, fiscalização e sensibilização, tendo sido registados 72 crimes e 3 436 contraordenações, das quais se destacam:

154 por condução sob a influência do álcool, das quais, 56 detenções por taxa crime igual ou superior a 1,2 g/l;
16 detenções por condução de veículo sem habilitação legal;
949 por excesso de velocidade;
248 por falta de inspeção periódica;
97 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança ou de sistemas de retenção;
74 por utilização indevida do telemóvel durante a condução;
90 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Relativamente à sinistralidade rodoviária, a GNR registou 752 acidentes, dos quais há a registar quatro vítimas mortais, 19 feridos graves e 248 feridos leves.

No período entre o dia 30 de dezembro e 2 de janeiro, irá decorrer a terceira fase da operação Natal e Ano Novo, pelo que a Guarda irá manter-se particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente o excesso de velocidade, as manobras perigosas, a correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, a utilização indevida do telemóvel, à circulação correta na via mais à direita em autoestradas e itinerários principais e complementares, bem como à incorreta ou à não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças.

 

GNR Guarda-Gouveia e Aguiar da Beira – Apreensão de cerca de 200 artigos contrafeitos 

 

O Comando Territorial da Guarda, através do Destacamento Territorial de Gouveia, recentemente, apreendeu 198 artigos contrafeitos, nos concelhos de Gouveia e Aguiar da Beira.

No âmbito de uma operação policial à feira mensal de Vila Nova de Tazem e à feira quinzenal de Aguiar da Beira, os militares da Guarda fiscalizaram diversas bancadas que tinham, para venda, diversos artigos de vestuário e perfumes contrafeitos de marcas conhecidas, motivo que levou à sua apreensão.

No seguimento da ação, foram identificados quatro suspeitos, um homem e três mulheres, com idades compreendidas entre os 28 e os 56 anos.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Gouveia e de Trancoso.

A Guarda Nacional Republicana relembra que o objetivo principal deste tipo de ações é garantir o cumprimento dos direitos de propriedade industrial, visando essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos.

 

GNR-Operação “Natal e Ano Novo 2021” está na estrada

A Guarda Nacional Republicana (GNR), inicia mais uma  Operação “Natal e Ano Novo 2021” a qual decorrerá até ao dia 2 de janeiro de 2022, com o objetivo de combater a criminalidade e intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, através do esforço de patrulhamento, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança, contribuindo ainda para o cumprimento das medidas necessárias à contenção da COVID-19, em todo o território nacional.

Tendo em consideração que o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária constitui uma prioridade estratégica, a Guarda terá em conta o maior fluxo rodoviário nos trajetos dos locais de residência habitual dos cidadãos para os locais de festividades associadas às comemorações do Natal e do Ano Novo, bem como adotará mecanismos de prevenção e sensibilização à população, para evitar a ocorrência de furtos no interior de residência e estabelecimentos durante este período em que as pessoas se ausentam das suas casas, através de um empenhamento criterioso dos meios disponíveis, por forma a garantir assim uma maior capacidade de intervenção.

Como tal, serão empenhados, durante a operação, várias valências das diversas Unidades da Guarda, numa ótica de complementaridade e de sinergia de várias ações de patrulhamento, fiscalização e sensibilização, de forma flexível, orientando o esforço de forma a contribuir para a diminuição da criminalidade em geral e da sinistralidade rodoviária, para a fluidez do tráfego e para o apoio dos utentes nas vias. Esta operação abrangente visa ainda garantir o cumprimento dos normativos decretados na situação de calamidade e sensibilizar a população para que se abstenha de ações, atitudes e comportamentos que poderão, de alguma forma, potenciar a propagação do vírus, através de uma presença dissuasora, interventiva e preventiva.

Numa fase primária, de prevenção e sensibilização, antes das festividades do Natal e do Ano Novo, a Guarda aconselha:

  • Quando se ausentarem das suas casas, por vários dias, informar a autoridade policial da sua zona de residência, para que se consiga orientar o patrulhamento para estes locais;
  • Se estiver instalado um sistema de alarme em casa ou no estabelecimento, verificar se está devidamente ligado antes de saírem;
  • Evite o crime de oportunidade: não deixe portas e janelas abertas;
  • Não deixar escritos ou sinais na porta, nas janelas ou na caixa de correio que indiquem a sua ausência;
  • Não deixar acumular correspondência na caixa de correio.

Relativamente ao combate à sinistralidade rodoviária, a Guarda estará particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente  o excesso de velocidade, as manobras perigosas, a correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, a utilização indevida do telemóvel, à circulação correta na via mais à direita em autoestradas e itinerários principais e complementares, bem como à incorreta ou à não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças.

Para que os condutores possam usufruir de uma época festiva em segurança, a Guarda aconselha a que:

  • Efetuem um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos do dia onde se prevê maior intensidade de tráfego;
  • Descansem convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade, façam paragens para descansar;
  • Adequem a velocidade às condições meteorológicas, ao estado da via e ao volume de tráfego rodoviário;
  • Evitem manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou que, de alguma forma, possam originar acidentes;
  • Adotem uma condução atenta, cautelosa e defensiva, contribuindo para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária. O objetivo é que esta quadra natalícia e a entrada no novo ano, sejam períodos caracterizados pela união das famílias,
  • No atual contexto de pandemia, devem abster-se de ações, atitudes e comportamentos que poderão potenciar a propagação do vírus COVID-19, devendo seguir e garantir o cumprimento das orientações das autoridades de saúde;
  • Garantir o distanciamento social, privilegiando, no entanto, nesta época familiar, os idosos e aqueles que estão mais sozinhos, com singelos gestos.

Visitas aos idosos pelo CLDS 4G Servir Fornos e GNR

O CLDS 4G Servir Fornos de Algodres, nesta terça-feira juntou-se uma vez mais nas visitas aos idosos mais isolados e que vivem sozinhos, nas localidades de Casal do Monte e Queiriz pela Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário do Destacamento Territorial da GNR de Gouveia, Cabo Guerrinha e Guarda Principal Baptista.

Uma iniciativa que ajuda todos os idosos a poderem conviver mais um pouco.