Templates by BIGtheme NET
Início » Desporto » AF Viseu-Div.Honra-Mangualde-Sátão-2-1

AF Viseu-Div.Honra-Mangualde-Sátão-2-1

Uma tarde domingueira de muito frio, com o Mangualde a agigantar-se e a vencer o Sátão, que viu o seu técnico Pinto sair do comando técnico da equipa.

Face a isso, uma primeira parte bastante equilibrada, com duas equipas a lutar lado a lado, no sentido de alcançar o golo , mas ia tardando e o intervalo chega com a igualdade a zero no marcador.

Qualidade a subir em flecha

Após o reatamento, o Mangualde a entrar muito forte, Vadinho a entrar pela esquerda e serve Aryson e este emenda por cima da baliza visitante, aos 10´. O Sátão tenta de bola parada, através de canto, com a bola rasar a baliza da casa, já com a dianteira reforçada após entrada de Marylson.
Continua a série de cantos, trazendo o Sátão mais pressionante com Tiago a sacudir o perigo e a aliviar a sua área.
O Mangualde pressiona e  após um ataque , surge uma perdida de bola da defesa do Sátão e Aryson a servir Márcio e este a marcar aos 72´, abrindo o ativo.
O Sátão reage e eis que surge um lance disputado na asa esquerda do seu ataque , o árbitro aponta falta que nos pareceu forçada e advém um livre para a área e num aglomerado de jogadores o árbitro aponta para a grande penalidade, muito contestada pelos locais, que também nos pareceu forçado e daí, David chamado a converter empata para a sua equipa aos 77´.

Dos protestos do lance, o técnico Ricardo Mangualde é expulso, mas a turma da casa ganhou novo alento e volta a pressionar mais ainda e chega Fábio a servir Aryson que emenda sem hipóteses para o keeper do Sátão, era a festa dos locais no campo e na bancada, aos 81´.
Vadinho a rematar a rasar aos 88´e a revelar-se muito importante na manobra ofensiva, assim como todo o setor atacante que realizaram um ótimo encontro.

Um belo jogo que teve momentos de classe na segunda parte, com o GD Mangualde a vencer e a subir degraus na tabela.

Uma arbitragem com muitos erros ao longo de todo encontro.

Publicidade...



 

Enviar Comentário