Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Campanha “Outubro Rosa” na Guarda angariou mais de 16 mil euros

Campanha “Outubro Rosa” na Guarda angariou mais de 16 mil euros

Em resposta ao repto solidário ficou acima de qualquer expectativa, com a realização de muitas dezenas de ações de sensibilização, o reforço de parcerias com entidades locais, e uma angariação de fundos que, no total, soma a verba de 16 336,10€, destinadas ao apoio ao doente oncológico e familiares.

A comunidade da Guarda foi ímpar na adesão a este projeto, organizado pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, onde a prevenção e o diagnóstico precoce foram os motes de mobilização para a luta contra o cancro da mama.

Além da vertente de sensibilização pública, a campanha integrou diversas atividades de angariação de fundos a favor do doente oncológico e familiares. Juntaram-se a este desafio centenas de mulheres, famílias, entidades da sociedade civil e entidades diversas, tanto públicas (Câmara Municipal da Guarda, Juntas de Freguesia do concelho, escolas diversas) como privadas (comércio local, farmácias, IPSS, Associações). O envolvimento de todos resultou numa das mais participadas ações na comunidade na Guarda.

Num ano atípico como o que vivemos, as voluntárias do Movimento Vencer e Viver (MVV) da Liga Portuguesa Contra o Cancro na Guarda, reconhecem o espírito de união e solidariedade que a comunidade da Guarda mostrou ter nesta iniciativa, e que inspira a mudança.

Recorde-se que o cancro de mama é um problema de saúde pública, apesar de não ser dos mais letais, tem uma incidência elevada, sobretudo na mulher (apenas 1 em cada 100 cancros se desenvolvem no homem). Atualmente em Portugal, com uma população feminina de 5 milhões, surgem mais de 6000 novos casos de cancro da mama por ano, ou seja, 11 novos casos por dia, morrendo por dia 4 mulheres com esta doença.

A LPCC e as voluntárias do MVV na Guarda agradecem a todos os que se juntaram a esta causa, apoiando todas as mulheres e famílias afetadas pela doença, e contribuindo para o progresso e a luta contra o cancro de mama.

Publicidade...



 

Enviar Comentário