Templates by BIGtheme NET
Início » Património (Pagina 37)

Património

Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves celebra 23 anos em Mangualde

No dia 22 de novembro a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, comemora o seu 23º aniversário. A Câmara Municipal de Mangualde, juntamente com a Biblioteca Municipal, assinalará esta data presencialmente e através de Live Streaming na página oficial de Facebook da Biblioteca Municipal. Os dois momentos acontecerão no dia 21, este sábado, e 25 de novembro.

CONCERTO EM LIVE STREAMING DO MÚSICO FRANCISCO SALES

Assim, este sábado, dia 21 de novembro, pelas 21h30, decorrerá um concerto em Live Streaming, do músico Francisco Sales, através do Facebook oficial da Biblioteca Municipal. Licenciado em JAZZ na Escola Superior de Música em Lisboa e após viver alguns anos em Londres em busca da realização dos seus sonhos, sem saber falar inglês e sem muitas possibilidades, a sua insistência levou-o até ao Bluey, líder dos míticos Incognito, onde atuou em várias partes do mundo. Regressa a Portugal em 2017 e desde então permaneceu no seu país onde diz que “É o país onde me sinto mais inspirado para compor, onde gosto de apreciar a vida e onde me sinto mais seguro e feliz.” Continuando a sua carreira de músico a tocar com os Incognitos por várias partes do mundo, hoje alinha a sua carreira a solo tocando guitarra, mostrando ainda mais o seu talento.

No dia 25 de novembro, quarta-feira, irá decorrer a apresentação de um livro de Lúcia Morgado, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal. A apresentação do livro “Mariana a menina que sonha acordada” de Lúcia Morgado, ilustrado por Sandra Serra, relata uma história, rimada, que conta como a Mariana vê o mundo, dando ênfase aos sentimentos, e como as coisas simples da vida são importantes na infância de uma criança. O momento contará com a apresentação de Irene Mota e Luís Almeida, seguido com um momento musical de Fernando Pereira, terminando a apresentação do livro com uma dramatização das alunas Iara e Mara Campos. Antes da apresentação, pelas 15h00, decorrerá um Workshop de Ilustração com Sandra Serra em Live Streaming a partir da Biblioteca.

Nesta apresentação no dia 25, para além de Live Streaming, existe a possibilidade de assistir presencialmente no local, sendo necessário realizar uma inscrição prévia através do email da Biblioteca Municipal, biblioteca@cmmangualde.pt ou por telefone 232 619 889. Durante todo o momento é obrigatório o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento físico, cumprindo assim com todas as regras impostas pela DGS.

Gouveia acolheu debate “Conversas: Guarda2027”

Paisagem e criação contemporânea como fatores de identidade em evidência

Uma noite de debate que decorreu em Gouveia,isto é , o segundo debate do ciclo Conversas: Guarda2027, mais concretamente no Teatro Cine .

O trabalho em rede é fundamental para criar, preservar e valorizar o património. Esta foi uma das principais conclusões na noite em que, a paisagem e criação contemporânea foram apontadas como áreas fundamentais na construção da identidade do território e como valores a serem trabalhados pela equipa executiva do projeto.

José Nuno Santos, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Gouveia, um dos 17 municípios que se uniram para este projeto, reafirmou durante a sessão, o compromisso do concelho com a visão que hoje a Guarda2027 está a trabalhar, nesta candidatura, para o território da Beira Interior. Carlos Bernardo, responsável da Escola Velha Teatro de Gouveia, referiu a necessidade de se trabalhar de forma planeada, estratégica e em rede cultural conjunta e inter-municipal, sem esquecer o envolvimento dos empresários. “A Agenda Cultural da Beira Interior, recentemente lançada pela Guarda2027, representa já um passo para o mapeamento e organização da programação neste território de “metrópole rural,” o que perspectiva uma mudança de percepção fundamental para entender aquilo que pode ser este projeto”, concluiu Pedro Gadanho, diretor executivo da Guarda2027.

A discussão, aberta ao público, teve como tema “Património identitário – do património natural ao património histórico da região” e insere-se no processo de participação e envolvimento, na Candidatura, dos agentes culturais da região.

O mote do debate foi dado pelas conclusões de um grupo de reflexão que integrou Emanuel Castro (Geopark Estrela), Bruno Navarro (Fundação Côa Parque), Miguel Vasco (INature), Leonor Narciso  (Adufeiras da Casa do Povo do Paúl), Ricardo Brandão (CERVAS – Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens), Joel A. Saraiva Correia (Arqueólogo Câmara Municipal de Gouveia), Miguel Rainha (Câmara Municipal do Fundão), Maria Manuel (Aldeias Históricas), Rui Simão (Aldeias do Xisto), alguns do mais relevantes agentes que intervêm neste território a nível do património.

“Conversas: Guarda2027” é um ciclo de quatro debates organizados pela candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura. As conversas acontecem no Fundão, Gouveia, Figueira de Castelo Rodrigo e Guarda. Nestas sessões de debate vão ser discutidas temáticas como a atividade cultural e artística; mobilidade e coesão social; empreendedorismo e tecnologias da cultura; património natural e histórico da região a partir da reflexão de grupos de trabalho e dos resultados do Inquérito à população sobre consumo e práticas culturais, realizado pela INOVA+ nos 17 concelhos que integram a Guarda2027.

Filme promocional do Centro de Portugal premiado em festival na Grécia

“Chegou o Tempo” foi distinguido com Silver Award no 11.º Festival Internacional de Filmes de Turismo de Amorgos.

“Chegou o Tempo”, filme promocional do Turismo Centro de Portugal (TCP), conquistou recentemente um prémio a nível internacional, no 11.º Festival Internacional de Filmes de Turismo de Amorgos, que decorreu naquela ilha da Grécia.

O filme da região Centro conquistou um Silver Award, equivalente a um segundo lugar, na categoria Tourism Destinations – Regions (Destinos Turísticos – Regiões).

“Chegou o Tempo” inseriu-se numa campanha lançada pelo TCP em maio, que teve como objetivo mostrar aos portugueses que o Centro de Portugal é o destino mais indicado para ultrapassar os dias difíceis do confinamento a que estiveram sujeitos: um destino mais seguro, mais autêntico, mais pessoal e mais sustentável.

Adriana Rodrigues, chefe do Núcleo de Comunicação, Imagem e Relações Públicas do Turismo Centro de Portugal, enviou uma mensagem de vídeo, que foi transmitida em direto durante a cerimónia de entrega de prémios, na noite de ontem.

Agradeço este prémio a todos os membros do júri, a toda a incrível equipa do Turismo Centro de Portugal, aos meus colegas e à direção, assim como a todos os empreendedores da área do turismo, associações e municípios. Este filme é um convite a todos para que visitem o Centro de Portugal e uma forma de agradecer a coragem e resiliência das pessoas em todo o mundo. Vamos manter a alegria e a esperança, disse Adriana Rodrigues na mensagem.

Pode ver o filme “Chegou o Tempo” nesta ligação: https://youtu.be/f2Ueu6Goa48.

Reservatórios de Água do Concelho de Fornos de Algodres estão limpos e higienizados

A higienização dos reservatórios de água surge como medida profilática de grande importância, visto que todas as estruturas de tratamento e armazenamento de água potável devem estar limpas e desinfetadas, para que a água, que tem grandes tempos de permanência nestes locais, não sofra alterações nas suas características organoléticas, microbianas e químicas, respeitando, desta forma, todos os Valores Limites de Exposição (VLE) especificados no Decreto-Lei 306/2007, de 27 de agosto, na sua redação mais atualizada.

No passado mês de outubro de 2020, e à semelhança do ano transato, cumprindo a recomendação n.º 01/2018 da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), foram efetuados trabalhos de inspeção, limpeza e higienização dos Reservatórios, de responsabilidade do Município, destinados ao armazenamento de água para consumo humano do Concelho de Fornos de Algodres. Recorde-se que a ERSAR tem como missão regular os serviços de abastecimento público de água, de saneamento de águas residuais urbanas e de gestão de resíduos urbanos, em Portugal Continental.

Estes trabalhos de higienização fornece uma imagem atualizada e global do estado de conservação dos equipamentos e das infraestruturas. As conclusões do relatório final de cada reservatório irá descrever exatamente o estado inicial do reservatório e a forma como decorreram os trabalhos. O relatório, além de constituir um histórico importante sobre a infraestrutura, irá permitir sugestões para a melhoria das condições existentes da infraestrutura.

Adicionalmente a estes trabalhos foram feitos trabalhos de desmatação da área envolvente, pinturas exteriores de alguns reservatórios e colocação de placas identificativas.

Empresários do Turismo em encontro no Centro de Portugal com Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa ficou a par das preocupações dos empresários, num encontro que decorreu no Luso.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realizou hoje um encontro com empresários e agentes do setor do Turismo da zona Centro, para ouvir as suas preocupações perante a situação grave que esta atividade atravessa.

O encontro, que aconteceu por iniciativa do Turismo Centro de Portugal e da Confederação do Turismo de Portugal, teve lugar no Grande Hotel de Luso.

À chegada ao encontro, o Presidente da República reconheceu que os empresários do setor do turismo na região vivem uma situação muito difícil.

“Nesta região Centro houve uma recuperação pequena, mas apesar de tudo sensível, durante o verão, porque houve muito turismo nacional. Mas essa recuperação não compensou os meses anteriores e não está a compensar o que aconteceu no último mês e meio. É uma situação grave para a hotelaria e para a restauração. O alastramento no número de municípios com casos de maior risco repercute-se no turismo, na restauração, com quebra de receitas”, reconheceu Marcelo Rebelo de Sousa.

“Vou ouvir os empresários e serei porta-voz junto do Governo e de outras autoridades daquilo que pode ser feito em termos de apoios e aquilo que pode ser pensado em termos de moratórias”, acrescentou o Presidente da República.

Antes de entrar para o encontro, Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, justificou a importância do evento. “O Presidente da República tem sido um participante ativo nos problemas que afetam o Centro de Portugal. Perante esta pandemia, queremos transmitir-lhe três grandes preocupações. A primeira é que Portugal, para ser um país mais equilibrado e mais justo, deve ser visto como um todo. No verão, regiões como o Centro de Portugal souberam readaptar-se a este tempo de pandemia e conseguiram resultados positivos, que permitem um novo olhar sobre os territórios do interior e da baixa densidade”, frisou Pedro Machado.

“Em segundo lugar”, continuou, “queremos transmitir que neste tempo de emergência muitas empresas não conseguiram pagar salários em outubro e receiam não poder manter-se nos próximos meses. Para os restaurantes, por exemplo, os novos horários são dramáticos. Finalmente, queremos partilhar palavras de esperança, salientando que na Turismo Centro de Portugal estamos a procurar reinventarmo-nos e a estruturar novos produtos turísticos, com os nossos empresários. Produtos em que o impacto é menor, nomeadamente o turismo médico, o turismo ativo e o turismo da natureza. São estas posições que querermos partilhar com o Presidente da República e, naturalmente, esperar que, como tem sido sempre o seu apanágio, continue a ser uma voz nacional na defesa de todos”.

João Dinis, administrador do Grande Hotel de Luso, adiantou também que os empresários iriam aproveitar o momento para “transmitir a preocupação que os encerramentos afetam muito a restauração, a hotelaria e o turismo em geral”. “Todos os ganhos que tivemos no verão estão a esfumar-se. São necessários apoios para manter os postos de trabalho. Muitas unidades estão com enormes dificuldades”, disse.

Pinhel saiu da lista e aplicou medidas de calamidade

Atendendo à evolução da situação epidemiológica, Pinhel saiu da lista dos concelhos de risco elevado, motivo pelo qual, a partir de hoje, aplicam-se as medidas do Estado de Calamidade (prorrogado ao abrigo da Resolução do Conselho de Ministros n.º 96-B/2020), bem como as medidas do Estado de Emergência (excetuando-se as medidas mais restritivas) que continua em vigor até dia 23 de novembro de 20 (Decreto n.º 8/2020, de 8 de novembro).

Assim, são estas as medidas aplicáveis no concelho de Pinhel:
• Confinamento obrigatório para doentes com COVID-19 e pessoas em vigilância ativa.
• Casamentos e batizados limitados a 50 pessoas.
• Outros eventos e celebrações limitados a 5 pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar.
• Cerimónias religiosas, segundo as regras da DGS.
• Estabelecimentos comerciais com lotação máxima indicativa de 0,05 pessoas por m2.
• Restaurantes, cafés e similares: acesso do público até às 00.00h e encerramento à 01.00h (salvo se estiver em vigor horário mais reduzido); lotação limitada a 50% da capacidade; grupos limitados a 6 pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar, ou 4 pessoas nos estabelecimentos até 300 metros de uma escola.
• Proibida a venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço e, a partir das 20.00h, em qualquer loja.
• Proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública.
• Veículos particulares com lotação superior a 5 lugares apenas podem circular com 2/3 da sua ocupação, salvo se todos pertencerem ao mesmo agregado familiar.

Face às medidas em vigor, e no que diz respeito às atividades culturais promovidas pelo Município, importa ainda informar que:
– os espaços de Cultura e Turismo mantêm os horários habituais: de terça-feira a domingo, das 10.00h às 12.00h e das 14.00h às 18.00h.
– as atividades culturais programadas retomam os horários normais, com destaque para o Cinema cujas sessões se realizam sextas-feiras e domingos, às 21.30h (no caso de filmes infantis, também se realiza a sessão das 16.00h de domingo).

Sempre importante – a Regra dos 5:
– Distanciamento físico;
– Lavagem frequente das mãos;
– Uso obrigatório de máscara;
– Etiqueta respiratória;
– App Stayaway COVID.

Município de Nelas entrega produtos a instituições da região

Na sequência da ação solidária de recolha particularmente de produtos de higiene pessoal, realizada na época natalícia e de fim de ano de 2019, e que se prolongou até fevereiro do corrente ano, e que a pandemia que se instalou a partir de então impediu que acontecesse mais cedo, foi agora entregue pelo Presidente da Câmara às instituições de apoio a crianças e jovens da Confraria de Santo António, de Viseu, e ao Internato Viseense de Santa Terezinha, respetivamente, para crianças e jovens do sexo masculino e do sexo feminino, os produtos angariados na referida ação solidária, tendo sido enaltecido o espírito dos jovens estudantes do Concelho de Nelas, bem como das direções dos agrupamentos de escolas e das instituições do ensino particular do Concelho de Nelas, que em tão nobre iniciativa participaram.

Por parte dos representantes de ambas as instituições foi deixado um profundo agradecimento pela generosidade das gentes do Concelho de Nelas, particularmente numa época em que a palavra solidariedade e a acção solidária ganham outra dimensão.

Espaços de Cultura e Turismo de Pinhel com alteração de horários,no âmbito do Estado de Emergência

Tendo em conta a declaração do Estado de Emergência, regulamentado pelo Decreto n.º 8/2020, de 8 de novembro, o Município de Pinhel vem por este meio informar que nos próximos fins de semana, os espaços de Cultura e Turismo estarão abertos ao público das 9.00h às 13.00h, em conformidade com o Artigo 3º do referido Decreto que prevê, para os concelhos considerados de risco elevado, a “proibição de circulação na via pública” (…) “aos sábados e aos domingos no período compreendido entre as 13.00h e as 05.00h”.

Mais se informa que de terça a sexta-feira, estes espaços continuam abertos no horário habitual, ou seja das 10.00h às 12.00h e das 14.00h às 18.00h.

Recorde-se que estas medidas estão em vigor durante o período abrangido pelo Estado de Emergência, aplicando-se nos concelhos de risco elevado, até dia 23 de novembro.

Espaços abrangidos:
– Posto de Turismo e espaço VisitPinhel
– Castelo de Pinhel
– Casa da Cultura

Celorico da Beira desafia munícipes a elaborarem Postais de Natal

A Câmara Municipal de Celorico da Beira lança um desafio a todos os munícipes convidando-os a apresentarem, até ao próximo dia 1 de dezembro, postais de Natal criativos e originais, resultantes de trabalhos de expressão artística de pintura, desenho, fotografia, recortes etc.
No atual quadro de crise pandémica que se atravessa, que  força ao isolamento e limita a vida social, estão proibidas as manifestações físicas de socialização e afeto mas, não impede as virtuais ou à distância.
Pese embora o facto de se estar a viver num tempo de caos, medo e angústia, há sempre lugar para se celebrar a vida, renovar a esperança e, o Natal está à porta. Festa por tradição, da família e dos afetos, neste ano atípico, deve ser encarado como a oportunidade para voltar a acreditar e a ter esperança num mundo melhor.
Todos os participantes serão contemplados com um prémio personalizado e os trabalhos serão expostos numa galeria virtual no site e páginas do facebook do Município e do Centro Cultural.
Os trabalhos apresentados por crianças até aos 10 anos poderão ser utilizados para as Boas Festas do Município, nesta quadra natalícia.
Consulte as normas de participação em:

Guarda2027 promove debate sobre Património identitário no Teatro Cine de Gouveia 

Teatro Cine de Gouveia  recebe evento

 

 O segundo debate do ciclo “Conversas: Guarda2027” realiza-se no Teatro Cine de Gouveia, na próxima quinta-feira, 12 de novembro, às 21h00.

A discussão tem como tema “Património identitário – do património natural ao património histórico da região” e parte dos resultados da reflexão de um grupo de trabalho que reuniu entidades, agentes e cidadãos representativos da região. Este grupo avaliou as aspirações e a atividade cultural da região com o objetivo de compreender as dinâmicas sociais atuais, identificando os valores que farão parte do futuro sustentável da Beira Interior, da sua auto-imagem e também da imagem que se pretende projetar para a população, o país e a Europa.

O debate, aberto a todo a população interessada, conta com a participação de Emanuel Castro (Geopark Estrela), Bruno Navarro (Fundação Côa Parque), Miguel Vasco (INature), Rita Costa Gomes (Conselho Estratégico da Guarda2027), Leonor Narciso  (Adufeiras da Casa do Povo do Paúl), Rita Salvado (Museu de Lanifícios) , Ricardo Brandão (CERVAS – Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens), Joel A. Saraiva Correia (Arqueólogo Câmara Municipal de Gouveia), Miguel Rainha (Câmara Municipal do Fundão), Maria Manuel (Aldeias Históricas), Jorge Maximino (Programador Guarda2027), entre outros. A moderação é de Nuno Jerónimo (UBI) e João Fonseca (INOVA+).

Na ocasião, vai ser ainda apresentado o Resultado do Inquérito à população sobre consumo e práticas culturais, realizado pela INOVA+ nos 17 concelhos que integram a candidatura da a capital europeia da cultura em 2027.

“Conversas: Guarda2027” é um ciclo de quatro debates organizados pela candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura. As conversas acontecem no Fundão, Gouveia, Figueira de Castelo Rodrigo e Guarda. Nestas sessões de debate vão ser discutidas temáticas como a atividade cultural e artística; mobilidade e coesão social; empreendedorismo e tecnologias da cultura; património natural e histórico da região.