Templates by BIGtheme NET
Início » Turismo (Pagina 3)

Turismo

8.º Fórum Vê Portugal  vai ser em Tomar

A cidade de Tomar vai receber, de 6 a 9 de junho, a 8.ª edição do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, uma iniciativa emblemática do Turismo Centro de Portugal, que todos os anos junta especialistas nacionais e internacionais para uma discussão alargada sobre os desafios colocados ao turismo interno.

Tomar sucede a Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco e Caldas da Rainha, as cidades do Centro de Portugal que acolheram as edições anteriores. Este ano, o tema central do evento é “A Era Pós-Covid-19 e o Turismo: Olhos Postos no Futuro!”.

A apresentação do evento aconteceu hoje, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Tomar, com a participação de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, de Anabela Freitas, presidente da Câmara Municipal tomarense, de João Freitas Coroado, presidente do Instituto Politécnico de Tomar, e de Adriana Rodrigues, chefe do Núcleo de Comunicação, Imagem e Relações Públicas do Turismo Centro de Portugal. Ler Mais »

Vão surgir 100 novas Equipas de Intervenção Permanente no País

A Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, autorizou na passada sexta-feira, a celebração de protocolos para criar 100 novas Equipas de Intervenção Permanente (EIP).

A decisão consolida a aposta no reforço do modelo de resposta profissional permanente a riscos de proteção civil, que, entre outros elementos, integra as EIP.

As 100 novas EIP serão criadas em 73 municípios do continente, correspondendo a 13 primeiras equipas, 77 segundas equipas – criadas em Corpos de Bombeiros (CB) onde já existia uma EIP – e 10 terceiras equipas em CV com duas EIP e que dispõem de secções ou postos deslocalizados.

Todos os distritos do continente contarão com novas Equipas, destacando-se os distritos de Lisboa (16 novas EIP), Viseu (11), Leiria (9) e Coimbra, Setúbal e Viana do Castelo (8).

A seleção destas EIP foi baseada em critérios objetivos e verificáveis, estabelecidos pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e apresentados à Liga dos Bombeiros Portugueses.

Com a criação destas 100 novas EIP, compostas por um total de 500 operacionais, elevar-se-á o total de equipas autorizadas para 662, quase quadruplicando o número de EIP criadas até 2016 (169).

Os protocolos, a celebrar entre a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), as Câmaras Municipais e as Associações Humanitárias de Bombeiros, visam melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, como inscrito no Programa do XXII Governo Constitucional.

As EIP são equipas formadas por cinco bombeiros profissionais, que se destinam ao cumprimento de missões no âmbito da Proteção Civil. Os bombeiros que integram estas equipas são caracterizados pela elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários.

Com a entrada em vigor da Portaria n.º 322/2021, de 29 de dezembro, que regula a composição e o funcionamento das EIP, o Governo promove a diversidade de género, pelo que a constituição destas equipas deve prever, no mínimo, uma proporção de elementos de cada sexo não inferior a 20 %.

Até ao momento foram autorizadas 662 EIP (mais de 3.300 operacionais), das quais 491 desde 2017, permitindo a cobertura de todo o território nacional continental por equipas permanentes (à exceção de um município) e estando prevista a constituição de novas equipas no segundo semestre de 2022.

Guarda- Passadiço do Mondego, 7ª FIT e carne Jarmelista em destaque na BTL Lisboa

A 33ª edição da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, o mais importante certame do setor turístico do nosso país, que decorre na FIL – Feira Internacional de Lisboa, na capital portuguesa, até dia 20 de março. A Guarda volta a marcar presença com um stand do Município apostando na promoção do território e do património cultural e endógeno da região, bem como na sétima edição da Feira Ibérica de Turismo que decorrerá na cidade mais alta entre 28 de abril e 1 de maio de 2023.

Nos dias 16 e 17 de março, a BTL está reservada a profissionais e é nesse período, no dia 17, que decorrerá no stand da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, pelas 17h30,  a apresentação dos Passadiços do Mondego, que se encontram na fase final de obra, pelo presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa.

Os Passadiços do Mondego são, de resto, uma das apostas na promoção do território nesta BTL; o stand da Guarda disponibiliza uma experiência 360º aos visitantes: com os principais pontos do itinerário e as suas paisagens deslumbrantes em qualquer altura do ano. Durante os três primeiros dias haverá ainda animação que terá como protagonistas os Passadiços e a FIT.

No stand, durante todo o período da feira, haverá promoção de produtos endógenos; irão decorrer degustações de queijo, chouriça e morcela da Guarda e uma das novidades será a degustação de carne de vitela jarmelista, a raça autóctone desta região, que será confecionada na hora, no stand da Guarda. O Alto das Urgas e a Quinta do Ministro são os produtores que acompanham o Município no stand da Guarda e que irão disponibilizar degustações respetivamente de mel e de vinho e azeite.

De referir ainda que durante todo o certame, haverá distribuição de informação turística e merchandising do concelho.

Recorde-se que a BTL é o salão de referência para a indústria do Turismo Nacional, um importante ponto de encontro para os operadores turísticos e um certame que é também muito visitado pelo público em geral.

Largas dezenas de mulheres na 13ª Caminhada do Dia da Mulher

Manhã de domingo solarenga deu o mote para a realização da 13ªedição da Caminhada alusiva ao Dia da Mulher, numa iniciativa do Bombeiros de Vila Franca das Naves.
Com arranque do quartel dos soldados da paz vilafranquenses, a caminhada iniciou com largas dezenas de mulheres que vieram para desfrutar das maravilhas da natureza e assim percorrerem o percurso que estava definido. Muita animação reinava no grupo extenso, que veio a chegar ao quartel para o almoço convívio.
Uma manhã bem passada nesta atividade desportiva.
foto:BVVFN

Foz Côa- Dezenas de milhares de pessoas passaram na Festa da Amendoeira em Flor

Apesar de ser um fim de semana com muitos eventos nesta região das beiras,  a quadragésima edição da Festa da Amendoeira em Flor foi muito positiva assim conclui o Município de Foz Côa.

Não podemos deixar de começar por agradecer a todos os envolvidos, funcionários municipais, juntas de freguesia, associações, comerciantes entre outros. Foram absolutamente fundamentais no sucesso desta edição.

Ousámos fazer diferente, inovámos com o objetivo de ter uma festa atrativa e moderna que respeitasse os valores culturais e etnográficos do nosso
concelho.

Dezenas de milhares de pessoas passaram pelo nosso território durante este período festivo, facto absolutamente vital e preponderante para o sucesso do nosso comércio local.

Que todos os que nos visitaram possam ser verdadeiros embaixadores do nosso território, que levem consigo um pouco de Foz Côa, um pouco do nosso concelho e das nossas gentes.

O turismo é e continuará a ser uma forte aposta do executivo para o desenvolvimento do concelho. Capacitar os agentes locais, atrair novos investimentos é um objetivo a curto prazo e tudo faremos para o concretizar”, são objetivos do Município Fozcoense.

Assim depois de algum tempo de interregno, eis que regressou em força, este evento que homenageia a amendoeira em flor.

Figueira de Castelo Rodrigo promove os seus produtos endógenos na BTL

O Município de Figueira de Castelo Rodrigo vai marcar presença na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre na Feira Internacional de Lisboa (FIL), de 16 a 20 de março. Sendo esta a maior feira de turismo nacional, Figueira de Castelo Rodrigo apresenta-se com stand próprio, no Pavilhão 2, onde irá promover o seu território e os seus produtos endógenos.

Durante os cinco dias do evento, serão levadas a cabo várias ações de degustação de produtos locais, nomeadamente vinhos, enchidos, azeite, mel e doçaria diversa feita com as nossas amêndoas.

A aldeia histórica de Castelo Rodrigo, depois de ter sido considerada uma das melhores aldeias turísticas do Mundo, pela Organização Mundial de Turismo (OMT), terá lugar de destaque no stand do Município, acompanhado pelo espólio do património material e imaterial do concelho. Com isto, Figueira de Castelo Rodrigo aposta na promoção turística e na captação de novos fluxos turísticos para o seu território.

A 33ª edição da BTL será o maior evento de turismo realizado em Portugal, que juntará num só espaço mais de 1400 expositores. Na quarta e quinta-feira, o evento será direcionado a profissionais, mas na sexta-feira, a partir das 17h00 o evento abre ao público até às 23h00. No fim de semana, o horário será das 12h00 às 23h00 no sábado e das 12h00 às 20h00 no domingo.

Vila Nova de Tazem – Assinatura do Protocolo Abrigo do Queijo Serra da Estrela DOP

O Protocolo de Colaboração do Projeto ao “Abrigo do Queijo Serra da Estrela DOP”, foi recentemente assinado em Vila Nova de Tazem, entre a Freguesia local e o Município de Gouveia.

Em conjunto com esta freguesia, o Município de Gouveia irá apoiar a concretização e desenvolvimento da empreitada em 200 mil euros, num reconhecimento e levantamento da riqueza do património local. Trata-se de um projeto relevante, único a nível nacional, e que se afirma pela sua elevada importância municipal e pública.

O Abrigo do Queijo da Serra da Estrela DOP surge do reconhecimento deste produto endógeno para a atividade turística do concelho e da região — um projeto inegavelmente relevante para o Instituto de Turismo de Portugal, já que a entidade irá apoiar a empreitada em 300 mil euros.

Os valores investidos pelo Município serão concedidos faseadamente: 100 mil euros serão entregues ao longo do ano de 2022, sendo os restantes 100 mil euros concedidos no momento da realização do auto de receção provisória — início do ano de 2023.

O Município irá ainda prestar apoio técnico e jurídico, traduzindo-se na integração do pessoal técnico qualificado para integrar os júris dos procedimentos de contratação pública, na fiscalização e execução da empreitada, bem como na acessoria e execução dos contratos de gestão e exploração do projeto.

Pertencendo o imóvel à Junta de Freguesia de Vila Nova de Tazem, caberá a este órgão a obtenção dos valores necessários à finalização do Projeto ao Abrigo do Queijo Serra da Estrela DOP, que totalizará um investimento de 699.314,08 euros. 

Feira do Queijo Serra da Estrela adiada em Gouveia

O Município de Gouveia decidiu cancelar a ExpoSerra e adiar a tradicional Feira do Queijo Serra da Estrela, eventos que costumam decorrer na época de Carnaval, com vista a salvaguardar a saúde pública e a prevenir a propagação por Covid-19.

O objetivo desta medida é de caráter preventivo, dado que “tradicionalmente, a Feira do Queijo era no fim de semana do Carnaval, no domingo de Carnaval, simplesmente, este ano, as coisas não estão ainda claras para nós”, tal como refere Luís Tadeu Marques, presidente da autarquia, acrescentando que “não queremos criar condições para aglomerações de pessoas que possam originar um número ainda maior de contágios”.

O Município de Gouveia determinou o cancelamento dos eventos associados ao Carnaval, como a ExpoSerra – Feira de Atividades Económicas da Serra da Estrela, o Desfile de Carnaval ou a Queima e Enterro do Entrudo, atividade tradicional que celebra o fim das festividades de Carnaval.

O Município pretende realizar o evento anual da Feira do Queijo Serra da Estrela, pela sua importância para a dinamização do setor, mas numa altura em que seja mais seguro. Assim, o certame irá ser reagendado para o mês de abril, em data ainda a definir.

Para o presidente da autarquia a Feira do Queijo só faz sentido se as pessoas tocarem e provarem o produto: “Não é só passar por uma banca, olhar e dizer `quero aquele`”.

Nos tempos que correm, isso não é muito possível, ou então só é possível realizar com um determinado número de regras que desvirtuam a feira e que a tornam difícil. Por isso, sempre que a fizermos terá que ser com regras, mas com regras mínimas. E, para isso, é preciso que as condições em termos de transmissibilidade [do coronavírus SARS-CoV-2] tenham baixado”, sublinhando que nada se poderá sobrepor ao sentido de responsabilidade e salvaguarda da saúde pública.

Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres regressa de 25 a 27 de março

A Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres está de regresso no final de março  em forma presencial, depois de ter decorrido nos últimos dois anos em formato digital, assim avançou , Manuel Fonseca,  presidente da Câmara à  Lusa.

Segundo o autarca fornense, nos dois anos anteriores, devido à pandemia, o certame foi realizado ‘online’, mas, este ano, “é previsível que a Feira do Queijo se realize no último fim de semana de março , dias 26 e 27”. Depois de dois anos de ausência, este ano entendemos que poderão estar reunidas as condições para realizar a Feira do Queijo”, disse o responsável, embora tenha sublinhado que a decisão final estará sempre dependente da evolução da pandemia.

A edição de 2022 da Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres acontecerá num local alternativo, dado que o Mercado Municipal está em obras de remodelação.

O espaço que vai acolher o evento ainda não está decidido, mas o autarca admitiu que será numa rua da vila ou junto do edifício dos Paços do Concelho.

Neste momento, a nossa intenção é realizar a Feira do Queijo no final do mês de março. No entanto, temos que avaliar dia a dia, semana a semana, todas as situações”, rematou.

Na opinião de Manuel Fonseca, apesar de a sua autarquia conseguir ajudar os produtores na comercialização dos seus produtos, através na plataforma digital “obomsabordaserra.pt” (acessível em www.obomsabordaserra.pt), é importante que o certame anual regresse ao formato presencial para estimular a economia local.

O município de Fornos de Algodres faz parte da área geográfica de produção de queijo Serra da Estrela, que engloba 18 concelhos.

Segundo João Pina Gomes, do Gabinete Técnico de Apoio ao Ovinicultor, “a ovinicultura associada ao fabrico de queijo é uma das componentes económicas mais importantes do município de Fornos de Algodres, contribuindo decisivamente para o bem-estar da população e para o desenvolvimento sustentado do concelho”.

“Todas as freguesias do concelho de Fornos de Algodres são parte integrante da área da Região Demarcada de Produção do Queijo Serra da Estrela. Esta indústria caseira figura no primeiro plano, não só das atividades relacionadas com a vida rural, mas de todas atividades económicas do concelho, representando uma valiosa fonte de receitas para um município desfavorecido como é o caso de Fornos de Algodres”, referiu o responsável numa nota publicada na página oficial da internet do município.

De acordo com João Pina Gomes, o Queijo Serra da Estrela produzido no concelho de Fornos de Algodres “tem como base os sistemas tradicionais, quer de produção de leite, quer de produção de queijo”.

Aventura Dacia por terras do Demo

Trancoso, Mêda, Vila Nova de Foz Côa e Sernancelhe são os Concelhos que recebem a Aventura Dacia em 2022 organizada pelo Clube Escape Livre de 6 a 8 de maio e exclusiva para os modelos Duster e Sandero Stepway.

Das terras do Bandarra às terras do Demo passando pelo importante património da Mêda e pela visita às Gravuras Rupestres do Vale do Côa, a 11ª edição da Aventura Dacia vai procurar corresponder às melhores expectativas dos muitos e habituais participantes.

Para o presidente do Clube Escape Livre, Luís Celínio: “pretendemos tornar a ter mais de 40 equipas oriundas de todo o país, o que devido à pandemia não foi possível nos dois últimos anos. Por isso a Aventura Dacia está a ser preparada com a dinâmica e a inovação necessárias a um evento que já dobrou os 10 anos, mas cujo potencial lhe permite encarar com otimismo os próximos 10.

Trancoso é o centro do passeio e será para o seu Hotel Turismo que vão convergir, na sexta-feira à tarde, os participantes para recolher as informações e documentos no secretariado e para o jantar de boas-vindas. À noite uma caminhada no Centro Histórico para visita à Casa do Bandarra e ao Centro de Interpretação da Cultura Judaica Isaac Cardoso.

No sábado, logo à saída de Trancoso início do todo-o-terreno com passagem em Moreira de Rei a caminho de Foz Côa onde, do Alto de São Gabriel, será admirada uma paisagem única. Descida até ao rio Côa para visitar as Gravuras de Penascosa. Seguida da passagem na Quinta da Ervamoira antes do almoço no restaurante do Museu do Côa.

A tarde os caminhos seguem um percurso ao longo do rio Douro a caminho de Freixo de Numão e da visita às ruínas do Prazo.

Passagem no centro da Mêda com paragem na Câmara Municipal antes de regressar a Trancoso onde ainda será feita a visita ao Castelo.

A etapa de domingo liga Trancoso a Sernancelhe e aqui um coffee break no Espaço da Castanha e do Castanheiro será a pausa porque todos anseiam antes de arrumar até às margens da barragem. A paisagem do alto da Igreja da nossa Senhora das Necessidades vai perdurar na memória de todos antes da chegada ao Santuário de Nossa Senhora da Lapa, lugar de culto e das maiores romarias em Portugal.

Será em Sernancelhe que terá lugar o almoço de encerramento e entrega dos troféus SPAL  a todos os participantes.

As inscrições já estão abertas, têm o valor de 325€ para todo o programa que inclui duas noites em Hotel de quatro estrelas, todas as refeições e visitas. Mais informações em www.escapelivre.com ou através dos contactos 271205285 – 967899449.

Com a parceria com a Terraprima, toda a atividade do Escape Livre em 2022 vai ser Carbono Zero. Através de um processo certificado, foram calculadas as emissões de carbono resultantes das atividades do Escape Livre, tendo em conta o número máximo de participantes e elementos da organização, dos reconhecimentos aos eventos. Essas emissões serão compensadas através de um processo certificado de sequestro de carbono realizado pela Terraprima, através da plantação de espécies vegetais altamente eficientes na retenção de CO2.