Templates by BIGtheme NET
Início » Turismo (Pagina 4)

Turismo

Guarda: Feira Ibérica de Turismo adiada para 2023

O Município da Guarda, enquanto organizador da Feira Ibérica de Turismo (FIT), decidiu adiar, por mais um ano, a realização da FIT, tendo em conta as condições de evolução da Pandemia no Concelho da Guarda. A autarquia tomou esta decisão ciente da dimensão que a FIT alcançou nos últimos anos, quer em termos de investimento necessário, mais de 400 mil euros, quer pelo elevado número de participantes e a afluência massiva de público.

Todos estes condicionalismos não permitem que o Município da Guarda promova e realize, salvaguardando as necessárias e fundamentais condições de saúde pública e com as condições de sucesso garantido, a realização deste evento que é já uma marca e uma referência nacional e ibérica, no Turismo de Interior.

Recorde-se que a 7ª edição da FIT,  estava prevista para 2022, em data que não chegou a ser definida, tendo sido sucessivamente adiada desde 2020, data em que teve início a Pandemia por COVID-19.

Consciente do impacto desta decisivo, o Município não pode deixar de lamentar este adiamento e reiterar, uma vez mais, a confiança e o agradecimento a todos aqueles que têm acompanhado a FIT ao longo das seis edições deste grande evento nacional, dedicado ao Turismo Ibérico.

Rota”Viagem do Elefante” será uma realidade em breve

O Salão Nobre da Câmara Municipal acolheu a reunião relativa à nova rota turístico-literária “Viagem do Elefante”, inspirada na obra de José Saramago.
Este trabalho está a ser levado a cabo pela Associação Territórios do Côa, ADR em parceria com os Municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, Sabugal, Belmonte e Fundão.
O projeto contará também com a criação de um novo portal da “Viagem do Elefante” e ainda um passeio Todo Terreno do icónico percurso, organizado pelo Clube Escape Livre que irá percorrer as pegadas do elefante Salomão.
Estas iniciativas visam estruturar uma oferta ao nível do turismo literário, que tem vindo a crescer, encontrando novos fluxos e dinâmicas turísticas, valorizando os territórios da Beira Interior.

Aguiar da Beira comemora o feriado municipal

O feriado municipal do dia 10 de fevereiro é conhecido por todos os Aguiarenses, vamos contar um pouco da sua história e esta a ser celebrado nesta quinta feira com diversas atividades.
Assim aqui fica um pouco dessa história como surgiu a localidade de cabicanca, no tempo de D. Teresa, enquanto regente do condado, em 1120, a vila de Aguiar da Beira o recebeu o seu primeiro foral.
A 25 de Abril de 1835 publicou-se a reforma da administração geral e municipal. Os concelhos de Carapito e de Penaverde foram então extintos em 6 de Novembro de 1836, o de Carapito foi incorporado no de Trancoso; o de Penaverde foi incorporado no de Fornos de Algodres, onde se manteve até 1840.
No decreto de 12 de julho de 1895 procedeu-se à revisão das classificações concelhias e desclassificou o concelho de Aguiar da Beira, integrando-o de Trancoso durante dois anos.
Entretanto, graças ao empenho de algumas personalidades, à insistência do povo de Aguiar da Beira e de todas as freguesias, a 5 de fevereiro de 1898 lavrava-se a primeira ata no recuperado município. Dias depois, a 10 de fevereiro de 1898, já com José Maria Álvares Moreira como presidente, a nova Câmara recupera a dignidade concelhia.
Durante anos o feriado municipal foi comemorado dia 24 de junho, no entanto, por se considerar corresponder àquele que representa a recuperação concelhia, o feriado municipal de Aguiar da Beira passou a ser no dia 10 de fevereiro.
Para este ano 2022, as comemorações do feriado municipal terão início, pelas 10 horas, no salão nobre do Município, com uma sessão solene em que será prestado o reconhecimento oficial às entidades que prestam serviços à comunidade no âmbito combate à pandemia COVID-19.
As comemorações englobarão ainda a atribuição de Prémios de Mérito Escolar e de Acesso ao Ensino Superior aos alunos do concelho e com momentos musicais abrilhantados pelos alunos do Ensino Articulado Especializado da Música.

Pedro Machado tomou posse na presidência da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal

Os novos órgãos sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal (ARPTC) tomaram posse,nesta segunda feira, numa cerimónia que decorreu no Montebelo Viseu Congress Hotel.

A ARPTC é uma entidade público-privada, sem fins lucrativos, que se destina à promoção externa do território do Centro de Portugal.

As eleições para o triénio 2022-24 decorreram no passado dia 7 de dezembro e reconduziram, por unanimidade, Pedro Machado na liderança da Agência. Como vice-presidente continua igualmente Jorge Loureiro, enquanto Luís Veiga preside à Assembleia-Geral e Paulo Romão ao Conselho Fiscal.

Na ocasião, Pedro Machado destacou a importância que a ARPTC tem desempenhado na evolução turística da região. “A ARPTC é um veículo privilegiado que potencia o Centro de Portugal, nas suas múltiplas facetas, além-fronteiras. Desempenha um trabalho crucial para a internacionalização das empresas de turismo, ajudando-as a apostar em novos mercados”, sublinhou, elencando em seguida os principais desafios que os próximos anos colocam à atividade turística na região Centro de Portugal.

Temos vários desafios nos próximos anos. O primeiro é restaurar a confiança dos viajantes. Felizmente, a região reúne todas as condições para que isso aconteça. Em segundo lugar, não podemos descurar o mercado nacional, responsável pelos bons resultados que temos conseguido em altura de pandemia. Depois, temos o desafio de recuperar o fluxo turístico internacional. Para isso, vamos propor ao Turismo de Portugal a revisão da contratualização da promoção externa”, adiantou.

O quarto desafio”, continuou, “é aumentar o número de dormidas e as receitas em todo o território. A esse nível, as Agências de Promoção Turística devem ser o agregador da promoção internacional dos territórios. Em quinto lugar, temos de enfrentar a escassez de mão de obra. O país vai ter necessariamente de recrutar a nível externo, de preferência em países que tenham afinidades connosco. A sexta prioridade é apostar na sustentabilidade do território e das suas comunidades. O sétimo desafio é, em conjunto com as entidades oficiais, aumentar o investimento público no território. A região Centro de Portugal ainda se debate com dificuldades a nível da mobilidade, como a transformação da IP3 em autoestrada, a conclusão do IC6, a ligação Castelo Branco-Cáceres e a ferrovia”, concluiu. Ler Mais »

“Festa da Amendoeira em Flor” em Foz Côa de 25 de Fevereiro a 6 de março

A “Festa da Amendoeira em Flor”, interrompida em 2021 devido às limitações impostas pela pandemia, regressa este ano, com um novo formato e um programa diversificado, pensado para todos os gostos e idades.

O programa conta com um conjunto diversificado de atividades diurnas e noturnas que contam com o apoio das juntas de freguesia, do comércio local e das associações culturais, recreativas e desportivas do concelho.

O pavilhão “EXPOCOA” será transformado num acolhedor e confortável salão de festas, para receber as atividades noturnas. Aqui encontrará para  além de um espaço lounge ,restauração, bares, informação turística e muito entretenimento.

Do cartaz salientamos o espetáculo “Quando Estou Triste–Um Concerto de Palavras”, com estreia em Foz Côa, da autoria da atriz Mia Tomé, com a participação do Músico Noiserv, o Espetáculo “Insónia”, do apresentador Fernando Mendes, os artistas pop AGIR e Calema e o conhecido Augusto Canário fará uma atuação inédita em conjunto com o grupo local, os “Fiarresgas”. O espaço contará ainda com música ambiente e ao vivo, e vários Dj’s.

A festa da amendoeira foi o último evento no concelho, antes da pandemia e pretendem que o seu regresso marque o recomeço de uma nova fase e de tantas outras festividades em Foz Côa ,no país e no mundo. Venha descobrir ou simplesmente redescobrir Foz Côa: história, cultura, natureza, tradições, gastronomia e vinhos, a que se alia uma vasta programação cultural e de animação.

Município de Penalva do Castelo é o quarto mais equilibrado financeiramente em Portugal

O Município de Penalva do Castelo ocupa a 4ª posição, entre 308 concelhos, com maior equilíbrio orçamental no ano de 2020 , sendo o 2º do Distrito de Viseu, atrás do concelho Cinfães, com um resultado positivo de 75,3%, dados avançados pelo Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses.

O índice de equilíbrio orçamental é um dos indicadores que permite verificar o ajustamento da despesa à receita certa e permanente dos municípios, com vista à promoção da sua sustentabilidade financeira, é a comparação entre a receita bruta cobrada e despesa corrente paga acrescida dos pagamentos das amortizações de empréstimos de médio e longo prazo.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses agora publicado apresenta uma análise económica e financeira das contas dos 308 municípios relativas ao exercício económico de 2020.

Termas Centro Classic Cars em abril na estrada

As Termas de São Pedro do Sul recebem a terceira edição do Termas Centro Classic Cars, de 1 a 3 abril com organização do Clube Escape Livre, sucedendo como centro nevrálgico deste passeio turístico e de lazer às Termas do Cró e Termas do Luso.

É habitual dizer-se que não há duas sem três e, no caso do Termas Centro Classic Cars o aforismo popular confirma-se. O Escape Livre e as Termas Centro voltam a unir-se para a última edição de um evento que desde o primeiro momento suscitou grande interesse e teve as duas primeiras edições marcadas pela qualidade e pela grande adesão de participantes.

O Hotel Thermas, em São Pedro do Sul, é a unidade de quatro estrelas que acolherá toda a caravana a partir de sexta-feira, dia 1 abril.

O primeiro dia será para os contactos iniciais, levantar a documentação no secretariado e conhecer em primeira mão as novidades que em breve o hotel terá a disposição dos seus hóspedes. E, como não poderia deixar de ser, usufruir das águas termais de São Pedro do Sul antes do tradicional jantar de boas-vindas.

A manhã de sábado dará o arranque para a primeira etapa que conduzirá a caravana até às Termas do Carvalhal onde, no Hotel Astúrias, terá lugar o almoço.  Esta etapa será, provavelmente, a mais espetacular que se poderia oferecer, percorrendo a Serra da Freita e subindo ao alto da Serra de São Macário, com passagem no famoso Portal do Inferno, livraria da Pena e miradouro sobre a aldeia de Pena.

À tarde uma etapa mais simples, com as paisagens vinícolas do Dão e passagem nas Termas de Alcafache e Caldas da Felgueira. O jantar em São Pedro do Sul será certamente momento de grandes conversas e palco das estórias do dia.

No domingo, uma etapa diversificada em termos de percurso conduzirá os participantes até às Termas da Curia, onde terá lugar uma visita e o almoço de encerramento no antigo Casino das Termas. Pelo caminho, ainda algumas surpresas que não se podem revelar… para já!

As inscrições estão abertas e já disponíveis em www.escapelivre.com e têm o valor de 445€ para duas pessoas incluindo todo o programa desde alojamento, refeições e visitas. Mais informações através dos contactos: 271205285 e 967899449 e email escapelivre@escapelivre.com

 

“Seminário de Modernização e Inovação na Região Viseu Dão Lafões”

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no dia 27 de janeiro, realiza o “Seminário de Modernização e Inovação na Região Viseu Dão Lafões”.

Este evento que terá lugar, no Auditório do Balneário Rainha Dona Amélia, na Cidade de São Pedro do Sul, surge no âmbito da candidatura “Modernização Administrativa na Região Viseu Dão Lafões – Um modelo, catorze municípios”, financiada pelo programa operacional CENTRO2020, com um valor superior a 2,7 milhões de €.

Sob o mote da transformação digital e inovação dos serviços públicos e do estímulo à participação e inclusão dos cidadãos, esta iniciativa pretende dar uma perspetiva de como uma estratégia adequada, suportada pelas melhores soluções, pode ser utilizada para promover o envolvimento dos cidadãos na gestão dos territórios e simplificar a sua relação com as autarquias.

Nesta conferência serão apresentadas diversas iniciativas de mudança, inovação e transformação digital a decorrer nos municípios da região Viseu Dão Lafões, nomeadamente o projeto “Ourcity: Potenciar a Gestão Pública de proximidade com o cidadão”, a “Transformação Digital no Urbanismo”, o “Portal do Munícipe de São Pedro do Sul”, ou ainda “Transformação digital das cidades e regiões inteligentes”.

Entre outros oradores, este simpósio conta com intervenções do Presidente da Câmara Municipal de São Pedro do Sul, Vítor Figueiredo; do Vogal do Conselho Diretivo da AMA, Paulo Mauritti; do Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas; do Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho; e, ainda, do Professor da Nova Information Management School, Miguel Castro Neto.

O programa deste evento encontra-se disponível em: https://bit.ly/3Ac8zP2

Muitos passeios a pé e de bicicleta nas Aldeias Históricas de Portugal em 2021

Pinhel participa na FITUR 22 em Madrid

A cidade de Madrid vai acolher de 19 a 23 de janeiro, a FITUR- Feira Internacional de Turismo , onde o Municipio de Pinhel vai marcar presença.
Apesar de ser um certame dedicado aos profissionais de turismo a nível global, esta é uma excelente oportunidade para promover marcas, apresentar novos produtos, conhecer as últimas tendências do turismo, bem como promover contactos e dar a conhecer novas ideias.Como habitualmente, nos três primeiros dias da Fitur (19, 20 e 21 de Janeiro) apenas poderão entrar profissionais do sector e os dois dias do fim de semana (22 e 23) são reservados para o público em geral.

Segundo o catálogo de expositores, Portugal vai ter cerca de 80 entidades a mostrar a sua oferta turística, entre um total de 600 “expositores titulares”.

É também com estes objetivos que o Município de Pinhel participa uma vez mais nesta que é uma das maiores feiras de turismo a nível mundial, promovendo o concelho e as suas potencialidades, tanto a nível de património edificado e natural como no que diz respeito à oferta de serviços e experiências na área do turismo.
E porque a FITUR também é aberta ao público em geral, espera-se que esta presença de Pinhel contribua igualmente para promover a cidade e o concelho junto do mercado espanhol, sem dúvida um público-alvo muito importante para os territórios de fronteira, não esquecendo que Madrid fica a apenas três horas de Pinhel.
foto:arquivo