Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Dia Internacional da Mulher -Ordem dos Médicos do Centro: 55% dos inscritos são mulheres

Dia Internacional da Mulher -Ordem dos Médicos do Centro: 55% dos inscritos são mulheres

Medicina Geral e Familiar é a especialidade predominante, logo seguida pelas especialidades de Medicina Interna, Pediatria, Anestesiologia e Ginecologia-Obstetrícia. Perto de 27% das médicas da região têm entre 51 e 70 anos

No Dia Internacional da Mulher, a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos comemorou o papel pioneiro de Carolina Beatriz Ângelo na Medicina e no exercício de cidadania, relembrando esta personalidade de causas, com uma exposição temática e um debate, na Guarda. Ao assinalar este dia, precisamente a cidade onde nasceu Carolina Beatriz Ângelo, a Ordem dos Médicos do Centro pretendeu homenagear não só o pioneirismo desta cirurgiã mas também elogiar quem segue esta vocação. E são cada vez mais. De acordo com os dados mais recentes, elaborados a partir do número de inscritos da Ordem dos Médicos na região Centro, 55% dos inscritos são mulheres.

No retrato estatístico que visa perceber a demografia médica, é interessante constatar a progressão da presença das mulheres na Medicina.

Cada vez mais, o papel da mulher é preponderante na Medicina. Carolina Beatriz Ângelo, a primeira cirurgiã portuguesa, formou-se em 1902 na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa. Passaram 120 anos e hoje o papel das mulheres é notável e destaca-se a cada ano que passa”, assinala o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes.

E há especialidades onde, atualmente, essa tendência é significativa. Reportando à Região Centro, vejamos os dados estatísticos:

Das 5569 médicas inscritas na região, 970 possuem a especialidade de Medicina Geral e Familiar. Nesta especialidade, 56.82% são mulheres.

Em Medicina Interna, estão inscritas 289 médicas, sendo a prevalência feminina de 57.46%.

É bastante significativa a prevalência de mulheres médicas na especialidade de Pediatria. São 240, o que significa uma percentagem de 71.43%. Na região Centro, estão inscritas 232 médicas especialistas em Anestesiologia, o que significa que são 65,54% desta especialidade. Já em Ginecologia-Obstetrícia são 62,28%, com 213 médicas desta especialidade.

Na distribuição por faixa etária, a maioria das 5569 médicas tem entre 30 a 40 anos, ou seja 1968 médicas (35,3%), logo seguida de 1004 médicas na faixa dos 61 e 70 anos (18,02%). “A caracterização demográfica dos médicos na região Centro revela uma classe profissional envelhecida, não é exclusivo do género feminino, o que trará dificuldades a curto prazo ao sistema de saúde na sua globalidade”, assume Carlos Cortes.

A sessão evocativa, que teve lugar na sede da sub-região da Guarda da Ordem dos Médicos, contemplou a inauguração da exposição temática que pretende reafirmar o contributo ímpar de Carolina Beatriz Ângelo na história da Medicina em Portugal, logo seguida por uma conferência/debate sobre o atual papel das mulheres na Medicina. A exposição ficará patente na Guarda até ao fim deste mês de março.

Publicidade...