Templates by BIGtheme NET
Início » Almeida » ‘Emigrante Chama’ até domingo

‘Emigrante Chama’ até domingo

Até domingo decorre a iniciativa ‘Emigrante Chama’, nas principais fronteiras terrestres e nos três aeroportos do continente, a iniciativa pretende sensibilizar e mobilizar os emigrantes para que não usem o fogo ou máquinas em espaço rural, e para que adotem medidas de autoproteção em caso de incêndio. Após dois anos de restrições devido à pandemia por COVID-19, espera-se este verão um aumento significativo na chegada de emigrantes ao país, por via terrestre e aérea, com maior fluxo nos próximos dias. Estando Portugal a atravessar um período de seca e esperando-se condições meteorológicas que agravam o risco de incêndio, este momento de boas-vindas aos nossos emigrantes é também um momento de sensibilização para os riscos e, em simultâneo, para a oportunidade que têm de registar gratuitamente os seus terrenos, designadamente através do BUPI – Balcão Único do Prédio.

Será reforçada a mensagem para que em dias secos, quentes e com vento, e sempre que se verifique um nível de perigo de incêndio rural «muito elevado» ou «máximo», não usem maquinaria, não realizem queimadas ou queimas de sobrantes, não lancem fogo de artifício e não realizem de fogueiras oi churrascos, principalmente em áreas não destinadas para esse efeito. A campanha inclui informação sobre a forma de os proprietários identificarem e registarem os seus terrenos.

Os conteúdos informativos estarão disponíveis nos três aeroportos do continente – Lisboa, Porto e Faro – através do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Também nos próximos dias, nos aeroportos de Lisboa e Porto, as crianças podem encontrar na zona das chegadas as mascotes da Banda da Floresta a distribuir material informativo Portugal Chama e a relembrar todos que ‘com o fogo não se brinca’.

De 28 a 31 de julho, nas várias fronteiras terrestres do país, vão também ser realizadas ações de sensibilização, através da Guarda Nacional Republicana.

A Cap Magellan, uma associação de jovens lusófonos da Europa que promove a língua portuguesa, associou-se à iniciativa, e irá também distribuir os conteúdos durante as ações que promove este verão em Portugal para a comunidade de emigrantes.

A iniciativa ‘Emigrante Chama’, organizada pela Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), conta com o envolvimento de entidades com especial competência nesta matéria, como a GNR, o SEF e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), e ainda do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Turismo de Portugal, BUPi, ANA Aeroportos de Portugal, Tapada Nacional de Mafra, Associação Florestal do Minho, Associação Florestal e Ambiental do Concelho de Chaves (AFACC), Associação Florestal de Portugal – Forestis, Associação Florestal do Grande Porto – Portucalea, Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor (ARAC), CAP Magellan, entre outros.

Trata-se de uma iniciativa da Agência para a Gestão Integrada dos Fogos Rurais.

Publicidade...