Início » Ambiente » Fornos de Algodres-Compostagem: O Caminho Sustentável para o Tratamento de Resíduos Orgânicos

Fornos de Algodres-Compostagem: O Caminho Sustentável para o Tratamento de Resíduos Orgânicos

Arranca a 2 de outubro no Bairro das Capelas

  A comunidade do Bairro das Capelas, em Fornos de Algodres,  está a dar passos significativos na direção da sustentabilidade, com o lançamento de um projeto piloto de compostagem comunitária. Esta iniciativa, liderada pelos residentes locais em parceria com o Município de Fornos de Algodres e a Junta de Freguesia de Fornos de Algodres, tem como objetivo reduzir o desperdício de resíduos orgânicos e promover a conscientização ambiental no território. Um projeto apoiado pelo Fundo Ambiental, arranca no dia 2 de outubro de 2023.

A compostagem comunitária é uma prática sustentável que envolve a recolha e transformação de resíduos orgânicos de várias famílias em composto (e.g. fertilizante natural) de alta qualidade. Este composto pode ser usado para fertilizar jardins, hortas comunitárias e espaços públicos, contribuindo para o enriquecimento do solo e a promoção da circularidade dos recursos.

No âmbito do projeto “Resíduos Orgânicos com Valor”, uma iniciativa financiada pelo Fundo Ambiental e pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), foi promovida, pelo Município de Fornos de Algodres, uma campanha de informação e sensibilização porta-a-porta no passado dia 15 de setembro para os habitantes do Bairro das Capelas. Esta campanha contou com a participação de uma especialista em reciclagem e compostagem com objetivo de promover a adoção de comportamentos mais sustentáveis, mas também, para incentivar à adesão ao projeto piloto de compostagem comunitária promovido pelo Município de Fornos de Algodres.

O projeto piloto de compostagem comunitária do Bairro das Capelas e dos Bombeiros de Fornos de Algodres envolve a distribuição de baldes para o descarte dos resíduos orgânicos, pelos agregados familiares residentes no Bairro. Estes baldes facilitam a deposição dos resíduos orgânicos pelas famílias aderentes, mas também, permitirá a realização de uma recolha seletiva, porta-a-porta, pelo Município de Fornos de Algodres.

Para uma recolha seletiva porta-a-porta eficiente e eficaz os aderentes ao projeto piloto de compostagem comunitária devem colocar os baldes fornecidos pelo Município, à porta de casa, no período da manhã, todas as segunda, quarta e sextas-feiras. O composto resultante será, posteriormente, usado nos jardins municipais.

Para o Bairro das Capelas, esta iniciativa é uma demonstração clara do poder da colaboração, cidadania e da consciência ecológica. Os benefícios da compostagem comunitária são múltiplos:

Redução de Resíduos: A quantidade de resíduos orgânicos enviados para aterros sanitários diminui significativamente, reduzindo a pegada de carbono do bairro.
Fertilização Sustentável: Os residentes têm acesso a composto orgânico de qualidade, que melhora a qualidade do solo e promove a produção local de alimentos.
Consciência Ambiental: A comunidade torna-se mais consciente da importância da gestão de resíduos e da preservação do ambiente.
Fortalecimento da Comunidade: A compostagem comunitária promove a interação entre os residentes, fortalecendo os laços da comunidade.

O Município de Fornos de Algodres espera que esta iniciativa inspire outras comunidades na região a adotarem práticas semelhantes de gestão de resíduos orgânicos. A compostagem comunitária não só beneficia o ambiente, como também fortalece os laços locais e cria um ambiente mais saudável para todos.

Caso pretenda participar neste projeto ou obter mais informações, os interessados podem contactar o Município, através do email ambiente@cm-fornosdealgodres.pt ou através do número 271 700 060.

fonte:MFA

Publicidade...