Templates by BIGtheme NET
Início » Desporto » Guarda Racing Days com adrenalina e muito sucesso

Guarda Racing Days com adrenalina e muito sucesso

 Miguel Correia e ARC Sport brilharam na Guarda

Foi um fim de semana com grande adrenalina na cidade mais alta , com os pilotos a circular a todo o gás nestes dois dias de corridas com vários tipos de carros de competição a evoluir no traçado misto de 1,5 km.

Foi permitida a presença de um milhar de espectadores na orla do muito interessante e competitivo traçado de terra e asfalto, as mangas finais foram verdadeiramente competitivas. Fernando Teotónio ganhou nos Ralis, António Matias foi o melhor nos “Off Road”, Manuel Correia superou-se entre os Todo Terreno e Miguel Correia entre os SSV. Miguel Correia que ao volante do Can-Am Maverick X3 seria mesmo o vencedor absoluto desta competição organizada pela Câmara Municipal da Guarda e Clube Escape Livre.

Temperaturas elevadas marcaram o Guarda Racing Days, formatado pela pandemia de Covid-19 num horário compacto, com o dia de sábado a receber as sessões de treinos livres e o domingo a acolher o “warm up”, duas mangas de competição, mais as finais e a Super Final. Esta encontraria o vencedor absoluto, o mais rápido após três voltas ao traçado de 1,5 km. Quatro categorias estiveram em competição: Ralis, Off Road, Todo Terreno e SSV.

Nos Ralis, apesar do esforço de Gil Antunes ao volante do muito interessante Dacia Sandero R4, o poderoso Mitsubishi Lancer Evolution X de Fernando Teotónio acabou por vencer a categoria com um tempo total de 4m24,411s.

O terceiro lugar ficou na posse de Paulo Domingos (Mitsubishi Lancer Evo), seguido de Eduardo Santos (Peugeot 208 R2) e Diogo Mil Homens (Fiat Uno), Flávio Alves (VW Bora) e Fernando Pereira (Citroen DS3), fechando a classificação o Toyota Starlet de Fernando Morgado.

 

A categoria Off Road foi ganha por um filho da Guarda, António Matias, no seu Mitsubishi Lancer Evo perante os muitos aplausos dos seus conterrâneos. Matias registou um tempo final de 4m48,072s.

 

Com carros de potência e características bem diferentes, a categoria de Todo Terreno contou com a ISUZU D Max do antigo campeão de Todo Terreno, Rui Sousa, e do Mitsubishi de Manuel Correia que, sem surpresa, foi sempre não só o mais rápido, mas também o mais espetacular.

 

A categoria SSV é uma das que maior e mais rápido desenvolvimento tem experimentado e no Guarda Racing Days os pequenos modelos todo-o-terreno deram espetáculo. O Guarda Racing Days foi o palco para a estreia, em competição, de Miguel Correia ao volante de um SSV. E se o pai deu espetáculo no Todo Terreno, o filho não ficou atrás e com o prémio final da vitória na categoria, ao rubricar o tempo de 4m23,317s. Seguiram-se Luca Tavares (Can-Am) e Filipe Campos (Rage), outro ex-campeão nacional de TT a render-se à prova do Clube Escape Livre, com Bruno Martins a ficar com o derradeiro lugar.

 

Encontrados os vencedores das diversas categorias, as semifinais e a final encarregaram-se de fazer brotar o vencedor da edição 2021 do Guarda Racing Days.

 

A primeira semifinal, foi discutida entre Fernando Teotónio e o piloto da Guarda António Matias. Com um tempo de 4m27,506s, Teotónio superiorizou-se ao piloto egitaniense o que lhe deu o passaporte para a final.

 

A luta entre pai e filho na segunda semifinal foi um dos momentos altos destes Guarda Racing Days. Vencedores das categorias Todo-o-Terreno e SSV, Manuel e Miguel Correia lançaram-se para a meia-final com desejo de alcançar o troféu. O filho Miguel não deu hipóteses ao pai Manuel, com os dois Correia a oferecerem um grande espetáculo ao público.

Ficava marcado o encontro para a Grande Final entre o poderoso Mitsubishi Lancer Evo X de Fernando Teotónio e o ágil e veloz Can-Am SSV de Miguel Correia.

Levou a melhor o jovem Miguel Correia, por uma margem inferior a cinco segundos, face a Fernando Teotónio, tornando-se no segundo vencedor do Guarda Racing Days, sucedendo a Alexandre Borges, o primeiro vencedor da competição ao volante de um “kartcross”.

 

Já Carlos Monteiro, presidente da Câmara da Guarda, que teve a oportunidade de estar no recinto e andar ao lado de pilotos com a craveira de Rui Sousa em ISUZU ou Manuel Correia em Mitsubishi, salientou: “o Guarda Racing Days é um projeto vencedor e a prova  é a qualidade dos pilotos e das suas máquinas que vêm até à cidade da Guarda competir numa pista única onde o público se sente verdadeiramente parte deste espetáculo.”

 

Já Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre afirmou: “Não posso deixar de respirar fundo e mostrar a minha felicidade no final desta edição 2021 do Guarda Racing Days. Tudo correu segundo o planeado e tivemos uma competição compacta, mas muito bem disputada. Foi magnífico voltar a ter público que, espalhado pelas encostas do recinto, assistiu em segurança às provas com o respeito das normas sanitárias. Parabéns ao Miguel Correia, fez uma prova espetacular e ganhou na sua estreia com o SSV, o que deixará o Guarda Racing Days gravado a letras de ouro no seu palmarés.”

No final, todos os pilotos receberam o troféu SPAL alusivo ao evento e uma lembrança da Câmara Municipal da Guarda.

Publicidade...