Templates by BIGtheme NET
Início » Distrito de Viseu » I Jornadas Piaget do Património até dia 23

I Jornadas Piaget do Património até dia 23

Arrancaram nesta segunda-feira, as I Jornadas Piaget do Património, sobre o tema “Construindo Pontes entre o Passado e o Futuro”, até à próxima sexta-feira. Promover o diálogo em torno de factos históricos com diferentes impactos na nossa história comum é um dos objetivos centrais destas Jornadas, que se iniciaram um dia depois da celebração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, assinalado no domingo.

A iniciativa do Instituto Piaget, que junta especialistas e membros da sociedade civil, é organizada pela Escola Superior de Educação de Almada, na qualidade de Escola Associada UNESCO. As Jornadas contam ainda com a parceria da Cátedra UNESCO da Universidade Lusófona e da Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

Através da sua pós-graduação em Educação Patrimonial, Cultura e Turismo, o Piaget traz à discussão um conjunto alargado de personalidades para várias mesas-redondas e ateliês. Todas as sessões das I Jornadas Piaget do Património serão realizadas em formato online, com transmissão através das redes sociais do Instituto Piaget e da plataforma Zoom.

Para a comissão científica do evento, composta pelos professores Ana Cristina Gonçalves e Ana Leitão; pelo coordenador do Projeto Cosmus, Miguel Feio; e pelo museólogo Mário Antas, esta é uma forma de valorizar e dar continuidade ao Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, dedicado este ano ao mote “Passados Complexos: Futuros Diversos”.

Instituído pelo ICOMOS em 1982, e aprovado no ano seguinte pela UNESCO, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios constitui uma oportunidade acrescida para sensibilização da comunidade para a riqueza, complexidade e vulnerabilidade do património edificado.

Estas I Jornadas Piaget do Património, que passarão a ter realização anual, irão permitir uma reflexão conjunta em torno dos valores atribuídos ao que constitui herança comum, bem como facilitar a proposta de ações que possibilitem a valorização do património como elemento necessário à manutenção da identidade e da diversidade cultural. Outro dos propósitos é a dinamização de uma literacia cultural do património cada vez mais alargada, convidando o cidadão a posicionar-se e a refletir criticamente sobre o passado e as suas evidências no presente.

Publicidade...