Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Mangualde-Investimento de 14 milhões por Terras de Tavares

Mangualde-Investimento de 14 milhões por Terras de Tavares

Na verdade, o concelho de Mangualde possui  as suas vantagens competitivas em termos de localização industrial, face  a isso, surge   um novo investimento.

Uma empresa que já abriu e tem sede em Chãs de Tavares e ficará instalada ao lado do Pavilhão da Junta de Freguesia, ao longo da A25, em cerca de 50.000 m2, já adquiridos pela Junta de Freguesia com o apoio da Câmara Municipal. A empresa prevê iniciar o investimento de 14 milhões de euros em dezembro21/janeiro22 e iniciar a produção um ano depois, em dez22/ jan23. Iniciará a atividade com cerca de 50 colaboradores, 30 dos quais com formação superior, e perspetiva um crescimento ao longo do tempo até 150 funcionários.

 A angariação deste projeto é o resultado de uma impecável colaboração entre a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia e os promotores do investimento, e vem premiar uma aturada, discreta e eficaz diplomacia económica. É também um enorme contributo para o desenvolvimento, a coesão e o povoamento ativo do nosso território, gerando emprego qualificado, fundamental para atrair e fixar jovens”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira.

FORTES UNIDADES DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

A proximidade à A25 e ao respetivo nó de acesso, conjugado com terreno disponível a preço competitivo são fatores portadores de grande potencial de investimento. Também a proximidade de dois Pólos de Ensino Superior, em Viseu e Guarda, se afirmaram como uma mais-valia para este projeto. O projeto desta unidade fabril nasce da grande necessidade de pesquisa e desenvolvimento de novas matérias-primas e componentes, derivado da grave crise que vivemos com o fornecimento dos mesmos de uma forma generalizada, por todo o mundo. Esta unidade fabril está assente num grupo de três empresas, com operação de exportação para países fora da Europa e com necessidade de apoio na produção para exportação para esses mercados. Esta empresa, que terá um elevado nível tecnológico, assentará na produção de matérias-primas como poliuretanos (espumas), fibras sintéticas e componentes de molas (para automóveis e mobiliário), essenciais para o mercado destes operadores e visam na sua totalidade a continuidade na exportação e criação de novos mercados, sendo o principal os Estados Unidos. A criação de fortes unidades de investigação e desenvolvimento é condição obrigatória deste projeto, com vista ao desenvolvimento de novas e diferenciadas matérias-primas para os mercados destes operadores. A proximidade destes Pólos Universitários garante qualidade e quantidade nos recursos humanos, apoiados em quadros médios e superiores de garantida qualificação.

Publicidade...