Início » Ambiente » Nelas:Projeto de remediação ambiental da zona industrial vai ser inaugurado

Nelas:Projeto de remediação ambiental da zona industrial vai ser inaugurado

Decorre na segunda-feira, dia 24 de maio, uma visita ao concelho de Nelas do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, acompanhado pelo Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, estarão de visita à Urgeiriça – Canas de Senhorim, para inaugurarem o projeto de remediação ambiental da zona industrial da antiga área mineira da Urgeiriça, num programa que terá início pelas 11:00 horas e inclui também a visita às obras da Barragem Nova e à ETAM – Estação de Tratamento das Águas de Mina e do perímetro industrial mineiro.
Este projeto, que se iniciou em 2005, insere-se no âmbito da prioridade «Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos», e representou um investimento total de 13.237.032€, com uma contribuição de 9.631.587€ do Programa Operacional «Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos» para o período de programação 2014-2020.

Esta obra esteve a cargo da E.D.M. – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, uma empresa pública, que tem a responsabilidade da remediação ambiental de todas as antigas minas.
Esta remediação ambiental integrou um conjunto de diversas intervenções, tais como a descontaminação química e radiológica do solo e subsolo na envolvência dos edifícios e em equipamentos com significado histórico do complexo, obras estruturais de estabilização dos edifícios, foi melhorada a recolha de lixiviados (líquidos que contêm substâncias nocivas que podem entrar no ambiente por percolação através de matéria sólida) e o seu transporte para a nova barragem, garantindo assim que as águas de mina contaminadas são devidamente tratadas antes da descarga, foram feitas melhorias na recolha de exsurgências e caudais afluentes contaminados na margem esquerda da Ribeira da Pantanha, sendo as águas contaminadas enviadas para uma nova estação de tratamento de águas de mina, que utiliza métodos ativos e passivos para remover os contaminantes, entre muitas outras ações realizadas em várias etapas, destinadas a concluir um processo de atenuação das consequências ecológicas resultantes da exploração mineira e do subsequente abandono de um local considerado como prioridade nacional.
A remediação ambiental da mina da Urgeiriça, considerada particularmente importante por estar situada numa área edificada, abrangeu a limpeza de 13,42 hectares de terreno, o que deverá reduzir a exposição a riscos para a saúde e para o ambiente, incluindo riscos ligados à contaminação do solo, das águas superficiais e das águas subterrâneas, para 9.800 pessoas, sendo um dos objetivos deste projeto tornar esta área própria para acolher atividades e eventos públicos, estando já a comunidade local a utilizar algumas partes do complexo para várias finalidades.
Após a conclusão dos trabalhos, a monitorização e a manutenção contínuas assegurarão a segurança do local a longo prazo.

Publicidade...