Templates by BIGtheme NET
Início » Artigos de Opinião » Artigo de Paula Miranda- ESCADAS DA VIDA

Artigo de Paula Miranda- ESCADAS DA VIDA

Antes de iniciares esta leitura, convido-te a fechares os teus olhos e imaginares umas escadas enormes, sem princípio nem fim. Umas escadas que desapareçam no infinito, essas escadas, tanto sobem e te levam a um patamar superior, como descem e te levam para patamares inferiores.

Caso não o consigas fazer olha para esta imagem durante alguns segundos.

A vida. A nossa vida, pode ser comparada a estas escadas.

Algumas vezes, subimos degrau a degrau dias seguidos, outros dias poderemos ter de descer outros tantos, para ver melhor o que temos, ou para descarregar algo que não precisamos mais no caminho.

Há dias, em que as escadas que estamos a trabalhar para subir, têm degraus altos, que parecem quase impossíveis de subir, pois parecem bem maiores que a nossa passada, depois há outros que são tão ténues que nem nos apercebemos que os subimos.

Aqui podemos analisar, que por muito alto que pareça o desafio, ao trabalharmos com persistência conscientemente e com clareza haveremos de conseguir subir aquele degrau e outros tantos, sem desistir e sempre a acreditar nas nossas infinitas possibilidades. Nessas alturas naturalmente celebram, pois o esforço foi tanto, que o subir foi bem notório.

Só que quando fazemos algo fácil para nós e dentro da nossa zona de conforto, subimos um degrau e nem sequer temos consciência do que se está a passar connosco, não celebramos… e isto pode acontecer também quando descemos pequenos degraus, quando nos deixamos levar pela “rotina” pelo “piloto automático”, existem muitos degraus ténues que descemos sem nos darmos conta, o que pode levar-nos ao resultado que não queremos para nós… inconscientemente.

O Grande desafio, está em ver e sentir o que se passa dentro de nós, saber subir e também aceitar que descer muitas vezes pode trazer-nos a aprendizagem, a clareza, tudo o que naquele momento necessitamos para subir com mais energia e foco em direção ao nosso objetivo.

E os patamares que estão lá? Para que poderão servir esses patamares? Aqui, encontras os teus momentos de pausa, pausa para descansar, pausa para pensar no que poderá ser melhor para ti, pausa para te questionares, aqui podes simplesmente ficar contigo, desligar os ruídos exteriores e aproveitar este local para te encontrares, te ouvires, te sentires. Aqui é onde enches todos os teus depósitos e onde podes tomar todas as tuas decisões conscientemente.

 

Na minha escada, está toda a minha vida, já subi degrau a degrau, passei patamares inimagináveis. Só que também já desci alguns degraus de uma vez só… Parei em patamares tempos infinitos.

Há uns anos a escada era barulhenta, hoje é silenciosa.

Tenho nela a consciência e clareza do trabalho contínuo em mim, é nela que encontro a responsabilidade, de persistir para subir, de parar, descansar, pensar e sentir, ou até de aceitar que está na altura de descer alguns degraus e deixar algumas coisas para traz, assim subo mais leve e consciente do que quero para mim.

 

As nossas vidas são muitas vezes colocadas à prova, situações que nos acontecem e nos fazem sentir determinadas emoções.

E de onde vêm essas emoções?

Porque provocam tanta dor? Serão feridas?

Já alguma vez ouviram falar em Feridas emocionais? E que essas feridas nos fazem colocar máscaras? E são essas máscaras que maior parte das vezes nos fazem reagir?

Todos nós trazemos connosco “bagagem”, com este trabalho mágico, apenas ganhamos consciência do que podemos transformar para sermos melhores a cada dia.

Este foi um dos temas que me ajudou e ainda ajuda nos meus patamares e na subida da minha escada da vida.

 

Quando algo acontece, se ressoa em ti é porque é para ti.

Responder?

Não. A resposta é essa mesmo… “bora” até um patamar, agora precisas de descobrir a pergunta, porque a resposta está dentro de ti.

Acolhe-te com amor e gratidão. Retira aprendizagem. Segue o caminho. Agradece. Dá prioridade a ti, em silêncio contigo.

Acredito que todas as pessoas que se cruzam na nossa vida, vêm de alguma forma para nos mostrar algo que estamos a necessitar de ver e trabalhar naquele momento, para evoluirmos. E seja o que for, vem sempre com amor.

VAIS DESENHAR A ESCADA DA TUA VIDA?

OU VAIS DEIXAR QUE OUTROS A DESENHEM?

 

Basta um empurrão pequenino para a escada ficar desenhada em ti.

Sempre por perto …  treecoach9@gmail.com

 

Com Amor e Gratidão

 

Paula Miranda

Coach Profissional & Kid Coach

Especialista em Comunicação e PNL

Atendimento Parental e Escolar

 Somos Criadores / Acredita em Ti

Tlm 932 688 567

treecoach9@gmail.com

 

Publicidade...