Templates by BIGtheme NET
Início » Distrito da Guarda » Partido Socialista é de confiança e a Guarda já pode comparar a nível local e nacional refere a Federação Distrital Socialista

Partido Socialista é de confiança e a Guarda já pode comparar a nível local e nacional refere a Federação Distrital Socialista

Em comunicado, a Federação Distrital do PS Guarda, pela voz do seu presidente Alexandre Lote ,refere que: “o Partido Socialista na Guarda diz o que pensa, exige o que é justo e cumpre os seus compromissos. Não desiste, nem baixa os braços, nem, muito menos, contamina o diálogo político com um discurso perigoso, radical, e descolado da realidade, como outros o têm feito nos últimos tempos.
O Partido Socialista tem mostrado, ao longo dos últimos anos, que é possível colocar as pessoas em primeiro lugar e governar com responsabilidade.
Com o Partido Socialista, estes territórios do Interior estão no centro das prioridades e são, verdadeiramente, Territórios de Oportunidades.
O Programa “Trabalhar no Interior” tem vindo a ganhar dinâmica e os números começam a ser significativos, com a fixação de pessoas no interior, vindas, principalmente, das áreas de Lisboa e Porto, onde o distrito da Guarda está nas prioridades de escolha.
A verdadeira política, a política que coloca as pessoas no centro das políticas públicas, faz-se com frontalidade e com diálogo permanente, defendendo sempre os interesses da Guarda e das suas populações.
O Partido Socialista é mesmo de confiança e a Guarda já pode comparar a nível local e nacional.
A requalificação das linhas da Beira Alta e da Beira Baixa são já uma realidade.
A Saúde é uma prioridade a nível regional. Esta pandemia veio realçar as potencialidades do Hospital Sousa Martins da ULS Guarda, nomeadamente a nível dos excelentes profissionais de saúde que possui, integrando um dos 5 hospitais nacionais referência de «segunda linha» para a contenção da infeção por Covid-19.
A 2ª fase do Hospital da Guarda não está parada, a sua requalificação será, finalmente, uma realidade a curto prazo, bem como a requalificação do Centro de Saúde de Figueira de Castelo Rodrigo e do Centro de Saúde Seia.
Também no Ensino Superior, tem havido um acompanhamento muito próximo e a preocupação é permanente. O Instituto Politécnico da Guarda é o centro do conhecimento e do saber fazer.
Nesse sentido, continuamos a trabalhar, em proximidade com o Governo, para dotar o IPG de novas valências, nomeadamente na dinamização de laboratórios colaborativos e no Centro Nacional de Educação Rodoviária, para que, cada vez mais, seja uma referência regional e nacional, não só no ensino de qualidade, mas também na investigação.
Estamos também a trabalhar para que a Guarda tenha o Tribunal Administrativo e Fiscal e o Comando da Unidade de Emergência e Socorro da GNR.
Junto do Ministério das Infraestruturas estamos a acompanhar a importante localização do Porto Seco da Guarda, bem como a construção de infraestruturas rodoviárias que, ao longo dos anos, têm sido reivindicadas.
As barragens de Figueira de Castelo Rodrigo e Mêda, bem como os projetos de valorização de Vilar Formoso, são questões que têm merecido também a atenção e preocupação do Partido Socialista da Guarda.
No âmbito da Ação Social, o PS Guarda enaltece o trabalho desenvolvido pelo Ministério do Trabalho da Solidariedade e da Segurança Social, e em particular a Secretaria de Estado da Ação Social, sediada na cidade da Guarda, demonstrado através dos vários apoios às IPSS´s do nosso distrito, traduzido no aumento da Cooperação em comparação com anos de evidente estagnação durante o governo PSD/CDS. De 2019 para 2020 o valor atribuído às várias respostas sociais, através dos vários contratos de cooperação, aumentou de forma exponencial, traduzido em 4 milhões de euros.
Congratulamo-nos ainda pelo trabalho que está a ser desenvolvido pelas equipas dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS – 4G) em todo o distrito, uma vez que o novo programa, iniciado no ano transato, abrange todo o território do distrito da Guarda, não deixando concelhos sem esta importante resposta no combate à exclusão social, através de equipas técnicas que promovam a inclusão social de grupos populacionais mais vulneráveis.
Isto é trabalho, isto é ação, em que, sem a necessidade de constante mediatismo, o caminho vai-se fazendo, paulatinamente, colocando sempre as pessoas em primeiro lugar e dando à Guarda a importância que merece”.

Publicidade...