Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Termas Centro concluem instalação da rede de geocaching na região

Termas Centro concluem instalação da rede de geocaching na região

O consórcio Termas Centro concluiu a instalação de 50 geocaches no território das estâncias termais que compõem a rede. Um total de 50 geocaches foram “escondidas” em toda a região por uma equipa do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, coordenada pelo Doutor Paulo Carvalho, Diretor do Mestrado em Turismo, Território e Patrimónios.

geocaching é uma atividade recreativa ao ar livre, feita em família ou individualmente, que atrai cada vez mais entusiastas. O objetivo é encontrar objetos georreferenciados (geocaches), escondidos em locais públicos, numa estimulante “caça ao tesouro”.

Para localizarem os “tesouros” escondidos nas estâncias termais da região, os participantes devem aceder ao perfil TermasCentro, no site www.geocaching.com, onde podem verificar as coordenadas das geocaches disponíveis, assim como pistas para as encontrarem. Depois, só precisam de utilizar um dispositivo com GPS, como um simples telemóvel. No final, podem registar e partilhar as suas experiências com a comunidade geocacher e nas redes sociais.

A equipa responsável pela iniciativa – com o Doutor Paulo Carvalho (Professor Associado do Departamento de Geografia e Turismo da Universidade de Coimbra; Investigador do CEGOT/Universidades de Coimbra e Porto) e o Mestre Luiz Alves (Doutorando em Turismo, Património e Território da Universidade de Coimbra;  Investigador do CEGOT/Universidades de Coimbra e Porto) – começou por fazer o levantamento da oferta de geocaching nos territórios termais, seguindo-se o trabalho de campo de reconhecimento e georreferenciação dos pontos de interesse para a localização das geocaches. O passo seguinte foi a elaboração de conteúdos para cada uma delas e a criação dos suportes digitais nas páginas da plataforma geocaching.com, nomeadamente textos, fotografias e grafismos, em português e inglês. Finalmente, as geocaches foram instaladas no território.

Com esta rede de geocaching Termas Centro, queremos atrair um novo segmento de visitantes às estâncias termais da região Centro. Normalmente, as termas estão inseridas em territórios magníficos, que merecem visitas prolongadas e que reúnem as características ideais para atividades como o geocaching ou as caminhadas. Desta forma, as termas cumprem a sua função natural de promover a saúde e bem-estar, ao mesmo tempo que dão a conhecer o património natural e cultural envolvente”, destaca Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro.

Ciclo “Viva Termas Centro” conjuga descobertas com experiências

A criação da rede de geocaching está inserida no ciclo de animação em rede “Viva Termas Centro”, promovido pela rede Termas Centro nas suas 20 estâncias termais.

O ciclo desenvolve-se a partir de três eixos, que levam os participantes a descobrir a rede cultural que envolve as Termas, a explorar o seu território e património e a desfrutar de novas experiências. A iniciativa de geocaching está integrada no eixo “Explore – O Nosso Território e Património”, que assume dois propósitos: a sensibilização para o conhecimento dos recursos aquíferos e espaços termais que compõem a rede e dos recursos naturais e paisagísticos da sua envolvente. Pretende‐se que os turistas que procuram a região descubram as termas e que, em paralelo, os aquistas que vão às termas descubram a região.

Publicidade...