Início » Ambiente » GNR Guarda-Manteigas – Resgate de raposa e Seia com três arguidos por furto em posto de abastecimento de combustível

GNR Guarda-Manteigas – Resgate de raposa e Seia com três arguidos por furto em posto de abastecimento de combustível

Manteigas – Resgate de raposa

 O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da Guarda, ontem, dia 21 de novembro, resgatou uma raposa (Vulpes vulpes), no concelho de Manteigas.

Na sequência do alerta dado por um popular a informar que o animal se encontrava debilitado, aparentava ter dificuldades de locomoção e estava numa zona isolada, os elementos do NPA deslocaram-se para o local onde detetaram e resgataram a raposa que estava bastante debilitada e incapacitada de andar.

No seguimento da ação, a raposa foi entregue no Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens (CERVAS) em Gouveia para monitorização do seu estado de saúde, recuperação e posterior libertação no seu habitat natural.

A Guarda Nacional Republicana, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de situações de âmbito ambiental. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Seia – Três arguidos por furto em posto de abastecimento de combustível

 O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Gouveia, no dia 19 de novembro, constituiu arguidos três homens com idades compreendidas entre os 17 e os 53 anos, por furto em posto de abastecimento de combustível, no concelho de Seia.

Na sequência de um alerta de intrusão de um posto de abastecimento de combustível, na localidade de São Romão, os militares da Guarda encetaram de imediato diligências policiais que culminaram na localização dos suspeitos do furto e recuperação de vários objetos furtados, destacando-se:

  • Um cofre;
  • Uma gaveta de uma caixa registadora;
  • Um prumo metálico extensível (usado para efetuar furto);
  • Um cartão de abastecimento;
  • Três carteiras;
  • 46 isqueiros;
  • Várias chaves.

Os três suspeitos foram constituídos arguidos e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Seia.

Esta ação contou com o reforço do Posto Territorial de Paranhos da Beira.

 

Publicidade...