Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”

Tag Archives: projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”

Sessões de esclarecimento no projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”

Diversas sessões de esclarecimento sobre capacitação artística na área da música, vão surgir, no âmbito do projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”, uma proposta de programação cultural em rede no território composto pelos Municípios de Nelas, Fornos de Algodres, Gouveia e Mangualde, decorrerão no dia 15 de janeiro de 2022 .

Em Mangualde,  a sessão decorrerá às 10h na Biblioteca Municipal , em Gouveia, a partir das 14h00, no Teatro Cine, em Nelas, às 18h no Edifício Multiusos, e em Fornos de Algodres  às 21h no Centro Cultural Dr. António Menano . Marca o início de uma nova coprodução nos municípios da rede.

No primeiro semestre deste ano entram em cena Bitocas e Artur Fernandes, que juntamente com as associações locais que aderirem ao projeto, irão apresentar 8 espetáculos pelo território do Alto Mondego’ Rede Cultural. Nestes espetáculos participarão diversificadas formações instrumentais e/ou corais, de acordo com as tradições e realidades locais. Desenvolver-se-ão, entre outras competências, a cooperação artística, a criatividade no coletivo, a criação artística multicamada. Dar-se-á ênfase a: criação a partir do espólio tradicional do território, conceção de eventos artísticos sem interações prévias, performance orientada para novos conceitos, direção artística, gestão de recursos humanos e dinâmicas de ensaio. Numa perspetiva ambiental, os aspetos relacionados com a planificação e maquetagem, cenografia ou figurinos e gestão de recursos técnicos terão o cuidado de reutilizar materiais disponíveis.

As sessões de esclarecimento permitirão às associações locais tomar conhecimento e planear toda a dinâmica prevista para 2022 na área da música.

Ana de Castro Osório homenageada num mural de Mangualde

As paredes do Município de Mangualde ganharam por estes dias uma nova vida, através da iniciativa do Alto Mondego Rede Cultural que decorre em quatro Municípios: Fornos de Algodres, Nelas, Mangualde e Gouveia. O projeto desafiou o artista urbano Desy a criar quatro murais, um em cada município. Mangualde foi o terceiro município a acolher a iniciativa e recebeu Desy no final de julho. O Campus Escolar de Mangualde foi o local escolhido para a obra urbana agora apresentada.

 

Cada mural contará uma história. A personalidade escolhida para o Município de Mangualde foi Ana de Castro Osório, escritora e ativista feminista. “Procuramos homenagear personalidades locais ligadas à cultura e aos territórios. Cada mural tem uma leitura individual, mas todos têm uma ligação comum”, considera Desy.

Nos meses de agosto e setembro serão promovidas sessões de capacitação em todos os Municípios. Os participantes das sessões poderão testar os seus conhecimentos e dar o seu contributo para embelezar os seus territórios, uma vez que o projeto culminará com a criação de mais 4 murais.

SESSÕES DE CAPACITAÇÃO DE ARTE URBANA ENTRE OS DIAS 23 E 25 DE AGOSTO

No Município de Mangualde, as sessões de capacitação de arte urbana decorrerão entre os dias 23 e 25 de agosto. As inscrições são gratuitas e já se encontram abertas. Os interessados deverão contactar o e-mail mariajoao.fonseca@cmmangualde.pt ou o contacto telefónico 925 785 552.

PROJETO “ALTO MONDEGO REDE CULTURAL”

O projeto “Alto Mondego Rede Cultural” junta os municípios de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia e é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Apresentação da 2ªedição -Alto Mondego’ Rede Cultural

Vai ter lugar a Conferência de Imprensa de apresentação da segunda edição do Projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”, que integra os Municípios de Fornos de Algodres, Gouveia, Mangualde e Nelas.

Este evento servirá para a apresentação oficial das ações culturais e turísticas que integram esta Rede Cultural, fortemente ancorada no vasto património material e imaterial deste território e na itinerância de espetáculos em locais de elevado valor patrimonial.

Terá lugar no dia 22 de maio, às 11h00, no Auditório Multiusos de Nelas.

Programa

11:00h – Abertura | Apresentação do projeto
Presidente do Município de Nelas | José Borges da Silva
Presidente do Município de Mangualde | Elísio Oliveira Duarte Fernandes
Presidente do Município de Gouveia | Luís Manuel Tadeu Marques
Presidente do Município de Fornos de Algodres | Manuel Fonseca

11:20h – Ações a desenvolver
Capacitação Slackline | Rui Mimoso – Profissional de slackline, campeão nacional
Capacitação Arte Urbana | Desy CXXIII – Artista plástico
Capacitação Música | Artur e Bitocas Fernandes – Músicos e facilitadores criativos                                    
Capacitação Dança | Marta Silva – Coreógrafa e diretora artística

11:45h – Questões dos jornalistas

12:00h- Encerramento da apresentação e experiência slackline

Projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural” aprovado novamente

O projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural”, uma proposta de programação cultural em rede no território composto pelos Municípios de Nelas, Fornos de Algodres, Gouveia e Mangualde na consolidação e afirmação do trabalho em rede já desenvolvido desde 2018, foi agora novamente aprovado.
Privilegiando uma verdadeira cultura em rede e uma eficaz itinerância das criações artísticas pelo território dos quatro Municípios, a rede cultural “Alto Mondego’” prevê o desenvolvimento de 24 espetáculos artísticos realizados ao longo de 18 meses.
Assim, tirando partido do trabalho de parceria já firmado entre os Municípios, são propostas novas ações adaptadas às exigências sociais decorrentes da situação pandémica vivida atualmente, tendo como objetivos: retomar a confiança na vida social por via da dinamização de eventos culturais ancorada nas associações culturais locais; fortalecer a economia local; promover as artes e as criações artísticas do território perante o público interno e externo; projetar a imagem do território e da região com impacto na captação de fluxos turísticos.
No plano de ação da rede assumem especial relevo as associações locais que, após uma primeira fase de capacitação, desenvolverão um trabalho de criação artística, permitindo conjugar manifestações artísticas, estilos e identidades distintas que partilham a origem no território do Alto Mondego e que culminarão na criação de espetáculos que serão apresentados em formato itinerante.
Operacionalmente serão contratados três artistas (capacitadores) de três áreas distintas (e.g. dança, música, teatro e artes plásticas), trabalhando cada um deles com duas associações locais de cada um dos Municípios, sendo capacitadas um total de 24 associações culturais para a realização de 12 projetos artísticos (6 associações, 3 projetos artísticos, por Município).
Importa salientar que no envolvimento das associações locais apresenta o duplo benefício: atender às necessidades dos agentes culturais locais decorrentes do cancelamento das atividades culturais provocado pela situação pandémica e de gerar dinâmicas e resultados nos projetos artísticos a desenvolver no período pós projeto.
O valor total para executar as ações previstas no projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural” será de 292.223,40 € para os municípios e as associações envolvidas.
Em breve será feita uma apresentação pública do projeto dirigida às associações locais.