Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Termas Centro

Tag Archives: Termas Centro

Cerca de meia centena de carros clássicos descobriram encantos da Região Centro

A segunda edição da iniciativa “Termas Centro Classic Cars”, que levou 43 automóveis clássicos e desportivos a descobrir estâncias termais da Região Centro, constituiu um enorme sucesso e deixou em todos os participantes a vontade de repetir a experiência em novas edições.

Durante três dias, de 10 a 12 de setembro, os participantes tiveram oportunidade de conhecer as Termas de Luso, Sangemil, Vale da Mó e São Pedro do Sul, assim como as principais atrações turísticas e paisagens dos territórios onde as estâncias termais estão implantadas, num estimulante programa que aliou a cultura ao lazer e à gastronomia.

O evento resultou de uma parceria entre a rede Termas Centro e o Clube Escape Livre e insere-se no ciclo de animação “Viva Termas Centro”, promovido pelas Termas Centro nas suas estâncias termais. A iniciativa serviu também para o Clube Escape Livre assinalar o seu 35.º aniversário, já que foi fundado em 12 de setembro de 1986.

A adesão à iniciativa foi muito grande, com os participantes a chegarem de todos os cantos do país, desde Lisboa, Porto ou Coimbra, até Leiria, Castelo Branco ou Vila Viçosa, por exemplo. O tempo esteve muito agradável durante todo o fim de semana, sem que a chuva tivesse aparecido. O programa e o percurso foram muito elogiados, destacando-se uma etapa de montanha considerada “espetacular”, que ligou Luso, Caramulo e São Pedro do Sul.

O percurso desenhado para os três dias privilegiou, aliás, as estradas inseridas em grandes paisagens e com muita história. Destacaram-se, entre outras, as visitas à Cruz Alta, ponto mais alto da Serra do Buçaco, à barragem da Aguieira, à adega de Santar ou ao Museu do Caramulo, além das Termas de Luso, Sangemil, Vale da Mó e São Pedro do Sul.

O roteiro teve início na sexta-feira, dia 10, com a apresentação do evento aos participantes e à comunicação social, numa cerimónia no Grande Hotel de Luso. Aqui, houve também lugar a um jantar de boas-vindas, com apresentação das Termas de Luso.

A etapa de sábado começou com um coffee break no Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa, onde os participantes tiveram oportunidade de apreciar uma vista única da barragem da Aguieira. Seguiu-se uma visita à vila de Santar, com uma receção no Paço dos Cunhas, seguida de almoço e de visita guiada à Adega de Santar, em que as equipas acompanharam todo o processo de vindima em curso. À tarde, houve tempo para parar nas Termas de Sangemil, onde, no seu magnifico espaço exterior, os participantes tomaram um café e receberam a oferta de um saco com documentação. O dia terminou com uma visita às Caves Aliança e ao Aliança Underground Museum, na Anadia, seguida de jantar em plena Adega, tendo depois os participantes regressado ao Grande Hotel de Luso.

O domingo teve início com uma passagem pelas Termas do Vale da Mó, seguindo-se a Serra do Caramulo, onde as equipas visitaram o Museu do Caramulo. A comitiva seguiu então para as Termas de São Pedro do Sul, para um almoço de encerramento no Grande Hotel das Thermas. Aqui, teve lugar a entrega dos troféus Spal e foram expostos os 43 veículos participantes junto ao lago, o que mereceu a atenção de muitos transeuntes. Houve ainda tempo para uma visita guiada às Termas de São Pedro do Sul, nomeadamente ao Balneário Romano e ao Balneário Rainha D. Amélia.

O programa dos três dias foi complementado com uma oferta gastronómica de elevado nível, que deu a conhecer aos participantes as especialidades da região.

Entre os automóveis clássicos e desportivos que puderam ser vistos nas estradas da região, houve exemplares de grande raridade e beleza. São os casos, por exemplo, do MG B GT, do Citroën DS, do Ferrari 400, do Austin Healey Sprite, do Mercedes 300 SL, do Matra Murena e do Jaguar E-Type, além de outros modelos de excecional qualidade.

Matos e Prata, concessionário da BMW, garantiu a viatura oficial da “Termas Centro Classic Cars”.

Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro, sublinha que “o grande sucesso que o ‘Termas Centro Classic Cars’ evento registou no ano passado tornou obrigatório que realizássemos uma segunda edição, a qual superou todas as expetativas”.  “Mais uma vez, ficou comprovado que esta é uma excelente forma de dar a conhecer as estâncias termais da região aos adeptos dos automóveis clássicos. Os participantes chegaram ao final plenamente satisfeitos com um fim de semana de puro lazer. As experiências termais, paisagísticas de que desfrutaram, criaram em todos a vontade de que haja mais edições”, acrescenta.

De acordo com Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, “esta segunda edição do Termas Centro Classic Cars constituiu mais um enorme sucesso, nas palavras dos participantes. Fazer sempre melhor é o objetivo que anima o Escape Livre. Estamos disponíveis, por isso, para trabalhar de forma a concretizar uma terceira edição, em que possamos visitar outro núcleo importante das Termas Centro”.

“Termas Centro Classic Cars” decorre em três dias

Grande sucesso da iniciativa, em 2020, levou as Termas Centro e o Clube Escape Livre a avançarem com a segunda edição, agora com muitos mais participantes.

Um total de 45 automóveis clássicos e históricos vão partir à descoberta da região Centro, na segunda edição da iniciativa “Termas Centro Classic Cars”, que decorre de 10 a 12 de setembro. Este ano, face ao grande sucesso da edição de 2020, há mais carros em prova e mais participantes de todo o país.

O evento resulta de uma parceria entre a rede Termas Centro e o Clube Escape Livre e insere-se no ciclo de animação “Viva Termas Centro”, promovido pelas Termas Centro nas suas estâncias termais. O objetivo é levar os proprietários de automóveis clássicos e históricos a conhecer as estâncias termais da região.

As 45 equipas inscritas representam uma enorme evolução, uma vez que em 2020 foram 29 as que responderam afirmativamente ao desafio. A adesão é muito grande a nível nacional, com os participantes a virem de todos os cantos do país.

O percurso desenhado para os três dias privilegia as estradas inseridas em grandes paisagens e com muita história. Destacam-se, entre outras, as visitas à Cruz Alta, ponto mais alto da Serra do Buçaco, à barragem da Aguieira, à adega de Santar ou ao Museu do Caramulo, além das Termas de Luso, Sangemil, Vale da Mó e São Pedro do Sul.

Paralelamente, a organização delineou um programa gastronómico de elevado nível, de forma a dar a conhecer aos participantes as especialidades da região.

ntre os automóveis clássicos e desportivos que vão poder ser vistos nas estradas da região Centro, há exemplares de grande raridade e beleza. São os casos, por exemplo, do MG B GT, do Citroën DS, do Ferrari 400, do Austin Healey Sprite, do Mercedes 300 SL, do Matra Murena e do Jaguar E-Type, além de outros modelos de excecional qualidade.

O programa inicia-se na sexta-feira, dia 10, às 15h00, com a apresentação do evento aos participantes e comunicação social. Essa tarde é integralmente passada nas Termas e Grande Hotel de Luso.

No sábado, dia 11, os participantes visitarão o Aguieira Resort, a vila de Santar, com almoço no Paço dos Cunhas e visita às Caves, as Termas de Sangemil e as Caves Aliança, em Anadia, com jantar, regressando ao Grande Hotel de Luso.

O dia seguinte começa com uma passagem pelas Termas do Vale da Mó, seguindo-se a Serra do Caramulo, onde visitarão o Museu do Caramulo. A comitiva seguirá então para as Termas de São Pedro do Sul, com visita ao Balneário Romano. A rota termina com um almoço no Grande Hotel Thermas.

Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro, sublinha que o enorme sucesso que este evento alcançou no ano passado tornou obrigatória a continuação da iniciativa”.  “Esta é uma forma muito atrativa de dar a conhecer aos entusiastas dos automóveis de todo o país as estâncias termais da região e as magníficas paisagens onde estão inseridas. Com o ‘Termas Centro Classic Cars’, mostramos que as nossas estâncias termais são destinos únicos, uma vez que estão inseridas no seio da natureza e oferecem condições ideais para relaxar àqueles que fazem passeios de automóvel pela região”, acrescenta.

De acordo com Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, esta parceria com a rede Termas Centro deixa-nos muito satisfeitos pois o nosso objetivo é sempre divulgar e promover o mais possível as parcerias. Levar os clássicos às Termas do Centro permitiu cativar inúmeras pessoas que já prometem voltar em outras ocasiões para usufruir deste magnífico turismo termal”.

Uma vez mais, a SPAL, fábrica de porcelanas de Alcobaça, será a responsável pelos troféus a entregar a todos os participantes.

O Termas Centro Classic Cars é organizado pela rede Termas Centro em parceria com o Clube Escape Livre.

Termas Centro concluem instalação da rede de geocaching na região

O consórcio Termas Centro concluiu a instalação de 50 geocaches no território das estâncias termais que compõem a rede. Um total de 50 geocaches foram “escondidas” em toda a região por uma equipa do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, coordenada pelo Doutor Paulo Carvalho, Diretor do Mestrado em Turismo, Território e Patrimónios.

geocaching é uma atividade recreativa ao ar livre, feita em família ou individualmente, que atrai cada vez mais entusiastas. O objetivo é encontrar objetos georreferenciados (geocaches), escondidos em locais públicos, numa estimulante “caça ao tesouro”.

Para localizarem os “tesouros” escondidos nas estâncias termais da região, os participantes devem aceder ao perfil TermasCentro, no site www.geocaching.com, onde podem verificar as coordenadas das geocaches disponíveis, assim como pistas para as encontrarem. Depois, só precisam de utilizar um dispositivo com GPS, como um simples telemóvel. No final, podem registar e partilhar as suas experiências com a comunidade geocacher e nas redes sociais.

A equipa responsável pela iniciativa – com o Doutor Paulo Carvalho (Professor Associado do Departamento de Geografia e Turismo da Universidade de Coimbra; Investigador do CEGOT/Universidades de Coimbra e Porto) e o Mestre Luiz Alves (Doutorando em Turismo, Património e Território da Universidade de Coimbra;  Investigador do CEGOT/Universidades de Coimbra e Porto) – começou por fazer o levantamento da oferta de geocaching nos territórios termais, seguindo-se o trabalho de campo de reconhecimento e georreferenciação dos pontos de interesse para a localização das geocaches. O passo seguinte foi a elaboração de conteúdos para cada uma delas e a criação dos suportes digitais nas páginas da plataforma geocaching.com, nomeadamente textos, fotografias e grafismos, em português e inglês. Finalmente, as geocaches foram instaladas no território.

Com esta rede de geocaching Termas Centro, queremos atrair um novo segmento de visitantes às estâncias termais da região Centro. Normalmente, as termas estão inseridas em territórios magníficos, que merecem visitas prolongadas e que reúnem as características ideais para atividades como o geocaching ou as caminhadas. Desta forma, as termas cumprem a sua função natural de promover a saúde e bem-estar, ao mesmo tempo que dão a conhecer o património natural e cultural envolvente”, destaca Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro.

Ciclo “Viva Termas Centro” conjuga descobertas com experiências

A criação da rede de geocaching está inserida no ciclo de animação em rede “Viva Termas Centro”, promovido pela rede Termas Centro nas suas 20 estâncias termais.

O ciclo desenvolve-se a partir de três eixos, que levam os participantes a descobrir a rede cultural que envolve as Termas, a explorar o seu território e património e a desfrutar de novas experiências. A iniciativa de geocaching está integrada no eixo “Explore – O Nosso Território e Património”, que assume dois propósitos: a sensibilização para o conhecimento dos recursos aquíferos e espaços termais que compõem a rede e dos recursos naturais e paisagísticos da sua envolvente. Pretende‐se que os turistas que procuram a região descubram as termas e que, em paralelo, os aquistas que vão às termas descubram a região.

Elisabete Jacinto alia-se à iniciativa “Rota das Termas Centro”

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto, que se popularizou pelas suas participações vitoriosas no rali Paris-Dakar e em outras provas de todo-o-terreno, iniciou ontem um percurso que a vai levar a descobrir as estâncias termais que integram a rede Termas Centro.

A iniciativa, que surgiu a convite das Termas Centro, recebeu o nome de “Rota das Termas Centro com Elisabete Jacinto” e o ponto de partida aconteceu nas Termas de Monfortinho, no concelho de Idanha-a-Nova. Aqui, a piloto terá a oportunidade de usufruir de várias experiências termais e de explorar o extraordinário território envolvente, em plena raia fronteiriça.

Segue-se, ainda esta semana, a descoberta das Termas de Unhais da Serra e das Termas do Cró. Posteriormente, ao longo dos meses de junho e julho, Elisabete Jacinto irá visitar as restantes estâncias termais da região.

Em cada visita, Elisabete Jacinto terá a oportunidade de conhecer de perto as instalações, através de visitas guiadas, usufruir de experiências termais e, ainda, descobrir o melhor que tem para oferecer o território onde as várias termas estão situadas – o que, no caso das Termas Centro, é muito. Passeios pela natureza, experiências gastronómicas, cultura ou património são algumas das atividades previstas.

As impressões de cada visita serão depois partilhadas pela piloto portuguesa em diversas plataformas de divulgação das Termas Centro, nomeadamente no site (www.termascentro.pt), no blogue (www.termascentroblog.pt) e nas páginas das principais redes sociais. Nas publicações, Elisabete Jacinto irá apresentar as várias estâncias termais, descrevendo os principais tratamentos disponíveis, bem como sugestões complementares de visitas no território.

A iniciativa “Rota das Termas Centro com Elisabete Jacinto” insere-se no programa de comunicação das Termas Centro, promovido pela rede Termas Centro nas suas estâncias termais. O conjunto de ações previstas pretende mostrar a experiência turística dentro do produto termal, sem perder de vista a sua íntima relação com a dimensão de saúde e bem‐estar e estilos de vida saudável.

Termas Centro vão recolher e partilhar memórias e tradições dos territórios termais

Projeto “Aldeias do Conhecimento” vai proceder a cerca de 400 registos de vivências e tradições das estâncias termais e dos territórios envolventes.

A rede Termas Centro vai realizar uma recolha exaustiva das memórias e tradições mais características dos territórios onde as suas estâncias termais estão implantadas. O projeto, designado de “Aldeias do Conhecimento”, visa recolher e documentar, em vídeo e noutros suportes digitais, as vivências de pessoas reais dos territórios termais.

Em cada uma das estâncias termais serão entrevistadas várias pessoas, preferencialmente mais velhas, sendo recolhidas e documentadas as suas memórias sobre o território. Os testemunhos serão compilados e posteriormente publicados num portal específico para o efeito. Em simultâneo, serão promovidas atividades que permitam capitalizar e partilhar os conhecimentos recolhidos.

Para Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro, com o projeto Aldeias do Conhecimento, as Termas Centro vão contribuir para a preservação das memórias de todo um povo, materializadas nas tradições dos territórios termais. O resultado será, sem dúvida, um legado histórico importantíssimo que esta rede oferecerá ao país.

O projeto será realizado para as Termas Centro pela associação cultural Binaural Nodar, a qual se dedica há mais de quinze anos à etnografia e criação artística sonora e audiovisual.

Um projeto concretizado ao longo de dois anos

O projeto “Aldeias do Conhecimento” compreende várias etapas, ao longo de dois anos. Após os estudos preliminares, proceder-se-á à fase de recolha, em que serão efetuados pelo menos 20 registos audiovisuais – entre entrevistas, registos de tradições e de paisagens – em cada um dos territórios onde se situam os balneários termais incluídos na rede Termas Centro, ascendendo assim a, pelo menos, 400 registos no final do projeto. Os registos incluirão sempre memórias das próprias estâncias termais e outros aspetos patrimoniais considerados relevantes em cada concelho, particularmente aqueles ligados à temática da água e dos seus usos locais.

Todo o material registado será devidamente catalogado, de acordo com as melhores práticas internacionais de arquivologia, e inserido num portal criado para o efeito – “Memória Termas Centro”. No portal, todos os registos poderão ser pesquisados, por concelho, temática e outros filtros, ficando igualmente disponíveis num mapa interativo e sendo difundidos através das redes sociais.

Com base nas recolhas efetuadas, será posteriormente apresentada uma exposição multimédia itinerante e será desenvolvido um espetáculo contemporâneo em espaços termais. Um ciclo de ateliês “Viver o Património das Termas Centro” é outra das vertentes do projeto previstas.

Sobre a rede Termas Centro:
A rede Termas Centro, cujo promotor líder é a Associação das Termas de Portugal – Delegação Centro – é um projeto cofinanciado pelos programas operacionais Centro 2020, Portugal 2020 e pela União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE (Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos).

Um total de 20 estâncias termais da região Centro integram o consórcio, representando 60 por cento do mercado nacional. A saber: Termas de Alcafache, Termas de Almeida – Fonte Santa, Termas de Águas – Penamacor, Termas do Bicanho, Caldas da Felgueira, Caldas da Rainha, Termas do Carvalhal, Termas da Curia, Termas do Cró, Termas da Ladeira de Envendos, Termas de Longroiva, Termas de Luso, Termas de Manteigas, Termas de Monfortinho, Termas da Piedade, Termas de Sangemil, Termas de São Pedro do Sul, Termas de Unhais da Serra, Termas de Vale da Mó e Termas do Vimeiro.

Termas Centro Classic Cars deu as boas vindas ao outono

Foram algumas dezenas de carros clássicos e desportivos, de Portugal e Espanha, passaram três dias relaxantes a descobrir as termas da região Centro.

 A iniciativa “Termas Centro Classic Cars”, que levou automóveis clássicos e desportivos à descoberta das termas da região Centro, resultou num enorme sucesso e numa experiência a repetir. Durante três dias, no passado fim de semana, mais de meia centena de participantes, divididos por 29 equipas portuguesas e espanholas, tiveram oportunidade de conhecer cinco emblemáticas estâncias termais, bem como as principais atrações turísticas e paisagens em redor. No final, a satisfação de todos os presentes deixou a garantia de que mais edições irão acontecer.

O evento, que teve lugar entre 18 e 20 de setembro, resultou de uma parceria entre a rede Termas Centro e o Clube Escape Livre e inseriu-se no ciclo de animação “Viva Termas Centro”, promovido pelas Termas Centro nas suas estâncias termais.

Num fim de semana marcado pela passagem do ciclone Alpha por Portugal, o passeio recebeu os louvores de São Pedro: o “Termas Centro Classic Cars” passou entre os pingos de chuva e cumpriu todo o programa de visitas previsto, inclusive com sol e boas temperaturas. As chuvas de sexta-feira e sábado levaram, naturalmente, a uma maior precaução na condução destas viaturas, que não dispõem da mecânica e da tecnologia mais atuais, mas as boas abertas de sábado e o piso seco de domingo permitiram desfrutar das paisagens e aproveitar o passeio ao máximo.

O programa iniciou-se na sexta-feira, dia 18, com uma visita às Termas do Cró, no Sabugal, que serviram como base do percurso durante os três dias. Aqui, os participantes do encontro puderam desfrutar de experiências termais, antes da apresentação oficial do evento e da realização de um jantar de boas-vindas.

No sábado, a comitiva passou por Almeida, com visita às Termas Fonte Santa de Almeida e ao Museu Fronteira da Paz, visita obrigatória em Vilar Formoso. Seguiram-se as Termas de Águas de Penamacor, as Termas de Monfortinho e o Sabugal, com visita ao castelo, terminando o dia novamente nas Termas do Cró. No domingo, o destino principal foram as Termas de Unhais da Serra, onde teve lugar o almoço de encerramento e entrega de troféus.

Numa altura em que o país e o mundo vivem uma fase de pandemia, todas as normas de higiene sanitária em vigor foram escrupulosamente cumpridas, graças ao número restrito de participantes e aos cuidados presentes em todas as ocasiões. As preocupações com a pandemia levaram a um passeio um pouco mais controlado, mas em que não faltou o interesse nem a boa-disposição.

Os participantes chegaram de origens tão diversas como Lisboa, Porto, Guarda e Coimbra, sendo de salientar a presença de cinco equipas de Espanha. O diretor do Museu de História de la Automocion de Salamanca (MHAS), Luis Mata, com um Mercedes-Benz 300 SL de 1991, e a presidente do MG Clube de Portugal, Isabel Tinoco, com um MG B de 1973, foram alguns dos condutores que fizeram questão de conhecer as Termas Centro.

Entre os automóveis de coleção que palmilharam as estradas da região, os destaques vão para um Alfa Romeo Giulietta 1750 TCT 240HP, conduzido por Álvaro Urze Pires, que não deixa ninguém indiferente pelo design, elegância, potência, fiabilidade e divertimento; o Porsche 944 Turbo S de António Grilo, com motor de 4 cilindros, 2500cc e 250HP, e do qual foram fabricados apenas 8164 carros de 1988 a 1991; o Volkswagen Split de 1950, carro mais antigo no evento e que já fez milhares de quilómetros em passeios pela Europa; um Alfa Romeo Giulia 1750 GTV de 1968, um Alfa Romeo 2000 GTV de 1973, montado em Setúbal, um Jaguar XJR de 1995, um Alfa Romeo Giulietta Sprint GTA de 1968, ou um Rover 216 coupé de 1993, além de outros modelos que deslumbraram quem os viu passar.

As marcas mais representadas foram a Alfa Romeo e a Porsche, seguidas da Mercedes-Benz.

No final, Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, destacou o sucesso da iniciativa: “Com a paixão dos clássicos, trouxemos os seus proprietários a uma região onde a mais-valia das estradas desafiantes e as grandes paisagens se aliam aos importantes momentos de relaxamento das termas, com qualidade e em segurança. Realizámos esta edição e estamos já a preparar a edição do próximo ano, esperamos que já em liberdade plena”.

Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro, sublinhou o ambiente de grande satisfação a que se assistiu durante os três dias: “Com todas as regras respeitadas, o convívio resultou num fim de semana a repetir. Os participantes chegaram ao final muito mais relaxados, fruto das experiências termais de que usufruíram, e plenamente satisfeitos com um fim de semana de puro lazer. As descobertas termais, paisagísticas e históricas que fizeram criaram em todos a vontade de regressar em futuras ocasiões. Face à satisfação geral, terminámos o evento a pensar já numa segunda edição, em 2021”.

O “Termas Centro Classic Cars” foi organizado pela rede Termas Centro em parceria com o Clube Escape Livre e contou com vários apoios e colaborações, de que são exemplo o Turismo do Centro de Portugal e a SPAL, responsável pela entrega dos troféus aos participantes.