Templates by BIGtheme NET
Home » Serra (page 31)

Serra

Plano Municipal de apoio às famílias, instituições e empresas cerca de 300 mil euros

 Como é do conhecimento público, foi decretada a passagem do Estado de Emergência para o Estado de Calamidade. Decorre desta alteração, a abertura, a partir de hoje, dia 4 de maio, de várias atividades que estiveram fechadas desde a declaração do Estado de Emergência a 18 de março último. Este contexto de pandemia está a causar uma situação de grandes dificuldades na sociedade e vulnerabilidades na economia.

Com o início do processo de desconfinamento, e a abertura a partir de hoje de algumas atividades, a Câmara Municipal de Mangualde preparou um Plano Municipal de apoio às famílias, às instituições e às empresas. O Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, destaca que se tratar de “um conjunto de incentivos com o objetivo de minimizar os efeitos socioeconómicos do confinamento e dar um estímulo à recuperação e ao desenvolvimento destas atividades, dando um encorajamento aos diversos agentes para retomar as diferentes atividades”.

Assim, e em complemento das medidas que o governo tem tomado à escala nacional, vai também “o Município de Mangualde aplicar um conjunto de medidas transversais de apoio às famílias, às instituições e às empresas, num montante de cerca de 300 mil euros, para enfrentar a crise, e manter vivo o nosso ecossistema social e empresarial”, contextualiza o Presidente. Das medidas a aplicar destacam-se as seguintes:

APOIO ÀS FAMÍLIAS

  • Isenção das tarifas variáveis da água, saneamento e resíduos sólidos urbanos em maio e junho (limite máximo de gastos igual ao mês homólogo do ano anterior, mais 30%);
  • No âmbito da ação social escolar, disponibilização de géneros alimentares às famílias que tenham alunos do escalão A;
  • Entrega de pelo menos 100 computadores, 50 routers e outros equipamentos informáticos, de acordo com as prioridades definas pelo Agrupamento de Escolas de Mangualde, para apoio do ensino à distância;
  • Entrega de máscaras às famílias mais carenciadas.

APOIO ÀS EMPRESAS, COMÉRCIO E SERVIÇOS

As microempresas do Comércio e dos Serviços, que estiveram encerradas por determinação do Estado de Emergência, terão os seguintes benefícios:

  • Entrega de máscaras e gel desinfetante ao comércio e ao setor cooperativo;
  • Isenção das tarifas fixas da água, saneamento e resíduos sólidos urbanos nos meses de maio e junho;
  • Isenção do pagamento de rendas dos estabelecimentos concessionados pelo Município, em maio e junho;
  • Redução da derrama, em pelo menos 50%, para empresas com volume de negócios inferior a 120.000 euros, relativa ao ano económico 2020;
  • Isenção do pagamento das taxas dos terrados das feiras durante um trimestre;
  • Isenção do pagamento das taxas das bancas e das lojas do mercado durante um trimestre;
  • Suspensão da cobrança das taxas municipais relativas a esplanadas, publicidade dos estabelecimentos comerciais com exceção de bancos e seguros relativos a abril, maio e junho;
  • Comparticipação da adesão à plataforma de Comércio Eletrónico da CIM – Viseu Dão Lafões para promoção e venda dos produtos endógenos da região;
  • Promoção, em parceria com a Associação Empresarial de Mangualde, de uma dinâmica de estímulos ao comércio local:
    • 2000 euros de estímulo por mês, durante 6 meses, em que o prémio de 2000 euros por mês se desmultiplica em 20 vouchers de 100€, para aplicar em compras no comércio local. Esta ação terá assim um duplo efeito: comprar no comércio local para se habilitar, sendo depois o prémio a aplicar no comércio local (regulamento ainda em elaboração).
  • Criação, em parceria com a Associação Empresarial de Mangualde e em articulação com o IAPMEI, de uma equipa de apoio às micro, pequenas e médias empresas, tendo em vista assegurar a informação e aconselhamento sobre todos os apoios existentes, designadamente no decurso da crise da pandemia, tendo em vista promover a recuperação económica.

APOIO ÀS IPSS

  • Isenção das tarifas variáveis da água, saneamento e resíduos sólidos urbanos durante 6 meses, maio a outubro (limite máximo de gastos igual ao mês homólogo do ano anterior, mais 30%);
  • Apoio em Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
  • Apoio em testes de despistagem covid-19.

APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, CULTURAL E DESPORTIVO

  • Entrega de Kits de proteção. Pretende-se entregar equipamentos aos membros dos grupos associativos, culturais e desportivos que de forma abnegada desenvolvem atividades que enriquecem a vida coletiva, devendo fazê-lo nessas instalações em condições de segurança;
  • Privilegiar na organização dos eventos e atividades culturais a aquisição de serviços a estas entidades para as festas da cidade e animação cultural, e redução de contratações exteriores ao concelho. Trata-se de dar mais oportunidades de participação em eventos e de fazer aumentar as receitas das bandas, ranchos, grupos culturais, etc. de forma a garantir a sua sustentabilidade.

APOIO ÀS JUNTAS DE FREGUESIA

  • Reforço, via protocolo, de um aumento de 50 mil euros para apoio no combate a covid-19, nas ações diretas das Juntas de Freguesia;

Caracterizando-se o período em que vivemos por grande incerteza, o Presidente sublinha “Este plano será aberto e dinâmico, podendo haver medidas adicionais, sendo ajustado à medida que se vão conhecendo melhor as consequências económicas e sociais resultantes da pandemia”.

“Este conjunto de medidas não impedem o seguimento das linhas estruturais que o município perspetiva a médio e longo prazo, nomeadamente ao nível da atração do investimento, do desenvolvimento urbano, do ambiente, do ensino e da cultura”, sublinha ainda o Elísio Oliveira.

COVID-19: Voluntárias LPCC costuram máscaras, cogulas, botas e cobre botas para ajudar profissionais de saúde

Voluntárias do Núcleo Regional do Centro estão a costurar, em casa, equipamento de proteção individual para entregar aos profissionais de saúde da Região Centro. O resultado é, em poucos dias, a confeção de cerca de mil e duzentos artigos.

Em poucos dias nasceram centenas de exemplares de equipamento de proteção individual. Mais de 600 metros de tecido deram origem a cerca de 1200 peças: desde máscaras, a cogulas, botas e cobre botas.
A iniciativa conta com a colaboração exclusiva de voluntárias do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC), nomeadamente monitoras no Centro de Voluntariado Ocupacional do Núcleo, que estão a fabricar artesanalmente, em suas casas, este material para posterior doação a unidades hospitalares, centros de saúde e estruturas de apoio a idosos, que se debatem com a sua falta no dia a dia.
Com esta iniciativa, “ao proteger os profissionais de saúde ,uma vez mais, se protegem os doentes oncológicos e seus familiares”, reforça Vítor Rodrigues, Presidente da Direção do Núcleo Regional do Centro da LPCC.
Vários conjuntos de peças, produzidos pela LPCC.NRC, já têm estado a chegar há algum tempo às mãos dos profissionais de saúde, nomeadamente ao: IPO de Coimbra; Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Centro de Saúde de Ovar; ACES do Baixo Vouga e ACES Dão Lafões.

Comércio tradicional de Nelas recebe equipamento de proteção do Município

Começou a distribuição em todo o Concelho pelo comércio tradicional local de máscaras cirúrgicas, álcool gel e viseiras, distribuição que prossegue durante a semana com reforço de material que é esperado pela Câmara Municipal.

Essa distribuição contou também com a colaboração das Juntas de Freguesia de todo o Concelho.

Sendo o objetivo desta campanha o de auxiliar o comércio tradicional local nesta época de dificuldades inerentes à pandemia e contribuir para a prevenção e minimização do risco de propagação da doença COVID-19 e do vírus que a causa, a Câmara Municipal solicita a todos os comerciantes e profissionais para contactarem os serviços de apoio que se indica no final deste texto, no sentido de indicarem eventuais necessidades dos produtos em distribuição que temos disponíveis, sendo objetivo da Câmara a cobertura integral de todos os comerciantes e profissionais.

Linha de apoio a comerciantes e profissionais na qual poderá ligar e esclarecer alguma dúvida e/ou indicar alguma necessidade é:

– Serviço de Proteção Civil através do número 965251187

Termas Centro promovem Plataforma para voltar a reabrir

A rede Termas Centro está a tentar promover a nova fase e assim desenvolveu uma nova plataforma de promoção das estâncias termais da região Centro do país. Trata-se de um blogue, acessível em www.termascentroblog.pt, que mostra as experiências que se podem usufruir nas estâncias termais e nos territórios onde estas estão inseridas.

O blogue Termas Centro, em conjugação com o site oficial da rede (em www.termascentro.pt), conta histórias sobre as Termas, demonstra os múltiplos benefícios das águas termais, através de estudos científicos, e descreve os muitos tratamentos disponíveis. Sugestões de passeios em família nas zonas envolventes ou as melhores receitas regionais para experimentar em casa são outros dos conteúdos que se podem encontrar na nova plataforma, que será atualizada com regularidade.

“Este novo blogue foi pensado para mostrar a todos as muitas experiências de que podem usufruir numa deslocação às Termas, assim que for possível voltarem a desfrutar em pleno do bem-estar proporcionado pelas nossas estâncias”, explica Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro.

“Há indicadores que nos fazem acreditar que, assim que for ultrapassada a fase mais crítica da atual pandemia, quem viaja vai ter uma preocupação mais acentuada em escolher destinos não massificados, que lhes ofereçam garantias de segurança, higiene e tranquilidade. As Termas Centro reúnem todas estas garantias. Há muito que os procedimentos de segurança estão implementados nas Termas e estas, além do mais, estão situadas em locais de grande beleza natural e tranquilidade”, sublinha o mesmo responsável.

As Termas são o destino ideal para o pós-covid-19, até por serem particularmente eficazes no reforço do sistema imunitário, como está comprovado, o que permite resistir melhor aos riscos que todos os anos surgem, especialmente no que respeita às vias respiratórias. O papel das Termas na prevenção da doença e na promoção da saúde é muito importante, além da vertente terapêutica”, diz ainda Adriano Barreto Ramos.

Por esta altura, as estâncias que integram o consórcio Termas Centro estão a preparar ativamente a reabertura da atividade termal, de forma a que esta aconteça com toda a segurança. A reabertura acontecerá em alinhamento com a Associação das Termas de Portugal, nomeadamente com a sua Comissão Técnico Científica, que está em contacto com as suas congéneres europeias, na definição de um conjunto de medidas a implementar para reforço da segurança de instalações e equipamentos

Computadores e routers entregues pelo Município de Nelas aos Agrupamentos de Escolas do concelho

Foram entregues ,nesta segunda-feira, nos Agrupamentos de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas, 85 computadores portáteis, routers e acessos à internet, de modo a poderem ser distribuídos a todos os alunos carenciados dos respectivos agrupamentos e que ainda não dispunham desta tecnologia de modo a permitir-lhes o acompanhamento do ensino à distância das aulas do terceiro período letivo, pela Câmara Municipal de Nelas.

A distribuição nos Agrupamentos decorrerá até ao final da presente semana, com o auxílio dos técnicos da Câmara Municipal, procurando-se uma solução adequada a cada caso concreto.

Como anteriormente referido, todos os bens são cedidos a título de empréstimo, uma vez que, após a sua utilização, os computadores servirão para a criação de salas de informática nas escolas primárias ou do 1.º ciclo de ambos os Agrupamentos de Escolas, onde será dada formação tecnológica e digital aos alunos desse nível de ensino.

A concretização desta medida no âmbito da educação é aquela que, mesmo em tempos de pandemia, melhor realiza o princípio da igualdade de oportunidades, que continua a estar presente na política de educação, quer pelos responsáveis dos Agrupamentos de Escolas quer pela Câmara Municipal, que contribuíram para esta solução.

GNR descontaminou cerca de 2400 ambulâncias e 70 instalações

O núcleo de matérias perigosas da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR procedeu à descontaminação de cerca de 2 400 ambulâncias e de 70 instalações, desde o início da pandemia COVID-19, até hoje. Esta estrutura, que integra cerca de 60 militares, altamente especializados em matérias perigosas e agentes NRBQ (nucleares, radiológicos, biológicos e químicos), tem sido empenhada diariamente para conter a propagação da pandemia.

No âmbito da intervenção em instalações, este núcleo especial tem vindo a ser acionado diariamente, designadamente para a descontaminação de estabelecimentos hospitalares, IPSS, lares de idosos, creches, centros de dia, e outro tipo de infraestruturas, aqui se incluindo instalações e viaturas da própria Guarda.

Adicionalmente, destaca-se o empenho dos seus militares para garantir o funcionamento ininterrupto, o cuidado rigoroso e atenção redobrada que merecem, em Lisboa e no Porto, duas linhas de descontaminação exclusivas para ambulâncias e viaturas médicas de emergência e reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Cruz Vermelha Portuguesa e dos Bombeiros, oriundas de todo o país, registando-se uma descontaminação média diária de 50 viaturas.

UF Santiago Cassurrães e Póvoa Cervães recebe donativo da UF Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta

Foi deliberado pelo Executivo da Junta da União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta – UFMMCA  atribuir à Junta da União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães -UFSCPC uma verba de 4000€ para ajudar nas despesas associadas à crise sanitária que a freguesia vive.

O presidente Marco Almeida afirma que “esta decisão tem por base um momento único que estamos a viver onde a cooperação e a solidariedade têm que ser expoente máximo da nossa ação política. Não podíamos deixar de querer ajudar. Trata-se do nosso território, dos nossos conterrâneos que estão a passar por um momento muito difícil. Sabemos que os desafios são muitos e que toda a ajuda é bem vinda.”

Para Marco Almeida “o trabalho da Junta da UFSCPC, do seu presidente Rui Valério tem sido de uma dedicação extrema aos seus fregueses.”

Marco Almeida conclui “Aos Homens e Mulheres de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, do Lar de S. José e aos voluntários uma palavra de coragem e incentivo para continuarem nesta batalha, são momentos como este que também revelam o melhor de nós.”

GNR celebra 109 anos

A Guarda Nacional Republicana este domingo, dia 3 de maio, o seu 109.º Aniversário com a atual designação. Considerando os constrangimentos decorrentes da situação de pandemia COVID-19, as comemorações integrarão, este ano, um programa exclusivamente digital.

As comemorações do Dia da Guarda serão transmitidas ao longo do dia 3 de maio, na página oficial de Facebook da GNR https://www.facebook.com/GuardaNacionalRepublicana/

Do programa se destaca: o Hastear da Bandeira, seguido  da homenagem aos mortos e as comunicações do Primeiro Ministro, Presidente da República, Ministro da Administração Interna e Comandante Geral da GNR.

 

Gouveia prolonga até dia 18 de maio o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil

Em comunicado, o Município de Gouveia informa que prolonga Vigência do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil, de acordo com o despacho nr.º3/2020
Considerando a evolução da pandemia de COVID-19 no país e a confirmação dos primeiros casos no concelho de Gouveia. Considerando a existência de um número ainda significativo de casos positivos relacionados com a COVID-19 no concelho.
Considerando que foram ouvidos os membros da Comissão Municipal de Proteção Civil restrita e que concordaram com o teor do presente Despacho, e de acordo com o disposto no nº 3 do Artigo 6º do Decreto-Lei nº 44/2019, de 1 de abril, determino o seguinte:
1- Prolongamento da situação de alerta de âmbito municipal, justificada pelos considerandos acima descritos;
2- Prolongamento da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Gouveia, com inicio às 00:00h do dia 1 maio e termo às 23:59h do dia 18 de maio, podendo ser prorrogado de acordo com a evolução da situação epidemiológica no distrito da Guarda.
Esta decisão é comunicada de imediato à Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, através do Comando Distrital de Operações de Socorro da Guarda, a todos os agentes de proteção civil com atividade no Município de Gouveia, às Juntas de Freguesia, à população, aos órgãos de comunicação social e aos serviços municipais de proteção civil limítrofes pela via mais célere.

Programa de Intervenção Preventiva do MTSSS (testes Covid-19) promovido pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Em comunicado enviado, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social está a desenvolver o Programa
de Intervenção Preventiva em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas e Lares Residenciais, entretanto alargado ao Serviço de Apoio Domiciliário e às Unidades de Cuidados Continuados Integrados. O programa consiste na realização de testes com a metodologia RT-PCR para detetar o SARS-CoV-2, em articulação com o Ministério da
Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com o Ministério da Saúde e com o Ministério daCoesão Territorial.
No âmbito deste programa, que testa os funcionários das instituições, assim como os utentes que tenham sintomas, já foram realizados mais de 36.000 testes, em 1350 instituições com Respostas Sociais de ERPI (lar de idosos), Lar Residencial, Serviço de Apoio Domiciliário e Unidades de Cuidados Continuados Integrados.
O objetivo é conseguir testar, progressivamente, todas as instituições do continente, onde não haja foco de infeção e em que desenvolvam as respostas sociais referidas.
Este programa, que começou a 30 de março, conta, atualmente, com 18 parceiros, entre
Universidades, Institutos Politécnicos, hospitais e laboratórios, certificados pelo INSA e tem
uma capacidade diária contratualizada de 5000 testes.
A operacionalização do programa é concretizada em estreita articulação com as comunidades intermunicipais, as autoridades de saúde locais, os centros distritais do Instituto da Segurança Social, IP e com os Secretários de Estado que asseguram a coordenação regional do combate à pandemia.
Nos concelhos que integram a CIMBSE – Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, a realização dos testes teve início no passado dia 10 de abril e, até este momento, foram testados 1962 colaboradores, em 65 instituições, estando programada a realização de mais 2370 testes, em 110 instituições, nas próximas duas semanas.
Os profissionais das Respostas Sociais Creche e Centro de Atividades Ocupacionais serão, igualmente, testados, antes da reabertura das suas atividades.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar